UD – Capítulo 58 – Uma Montaria para uma deusa?


58. Uma montaria para uma deusa?

Eu estou atualmente caminhando por Midpoint para dar uma olhada na cidade. Durante os últimos quatro anos, eu estive só rodando de um lado para o outro para por tudo em ordem.

Primeiro eu tentei explorar o vazio para poder deixar este mundo como muitos outros deuses. Mas como eles, eu logo percebi que nós estamos presos neste mundo por enquanto.

Ninguém pode navegar dentro do vazio. Não existem caminhos que você possa seguir. Eu consigo imaginar porque o Tjenemit usou o método de se deixar ser invocado. Mas após interroga-lo por alguns meses eu cheguei a conclusão de que ele realmente não tem outra solução para o problema.

É claro, eu aprendi muitas coisas interessantes sobre o Conselho e seus membros, por exemplo.

Tem o El Shaddai. Ele é algo como o líder  ele parece com uma estátua dourada de Buda. Ele é um carinha nojento que pode ser completamente legal em um momento, e no próximo invoca o apocalipse para cima de qualquer coisa que ele não goste.

Durante a grande guerra entre deuses, ele reuniu todos os membros do Conselho e criou paz ao derrotar todos os outros e selá-los.

Eu chamo aquele período de época de caos, porque era todo mundo contra todo mundo. Parece que o Conselho não governava desde o princípio do tempo afinal de conta. Era só o que estava sendo dito para os deuses jovens.

Já atualmente os únicos deuses que lembram daquela época são os membros do Conselho e os deuses que estão vivendo dentro da cidade do Conselho. Eles pertencem ao exército pessoal do Conselho e são fanáticos se eu entendi isso direito.

Então tem a Lada. Ela é algo como a consciência ruim do Conselho, mas ninguém dá uma paçoca pra opinião dela. Ela estava sempre do lado da Seria quando o Conselho tinha uma discussão sobre ela, então o Tjnemit a odeia.

Ela é uma mulher de cabelos castanhos, aparência normal e uma queda por saias curtas demais? Eu não estou certo porque o Tjenemit insistiu nesse pedaço de informação.

Amaru é um nerd tecnológico e responsável pela vitória do Conselho na grande guerra. Ele criou a esfera de visão, que dá a eles a habilidade de espiar todo mundo em quase qualquer lugar. Ele também inventou várias armas, mas os cristais-de-mana não eram suas invenções. A cidade do Conselho existira bem antes disso, eles só tomaram de outra pessoa durante a Guerra.

Ele tem a aparência de um estudioso velho com cabelos grisalhos e um monóculo, que é seu tesouro pessoal.

Se isso é verdade, a história do multiverso pode ser bem mais complicada do que nós pensávamos.

Então nós temos Enyo, que é uma doida maníaca por lutas. A maior parte do tempo ela estaria a cargo do exército. Se ela tiver algum tempo livre ela sempre se permite ter o prazer de se saciar em carnificina e destruição.
Pela descrição do Tjenmit ela deve ser uma candidata perfeita ao método de selamento via buraco negro.

Ela é fácil de se reconhecer, já que todo seu corpo é coberto com tatuagens. Ela tende a vestir armadura completa e tem um curto cabelo loiro.

Eris não é muito diferente da Enyo. Ela está sempre lutando para criar problema para todos. Não há nada que a deixe mais feliz do que ver outros sofrerem.

Ela tem cabelos negros e uma pele realmente pálida, mas tirando isso ela parece com um ser humano comum.

Por último nós temos Elohim. Ele é um cara misterioso que tende a se resguardar. Um individuo balanceado. Ele sempre faz o que ele acredita ser o melhor para si. Mesmo ele sendo o único que ficou do lado da Seria junto com a Lada, parece que ele fez isso por razões oportunistas.

Ele tem cabelo verde e é algum tipo de elfo. Existem sempre plantas crescendo nele, o que soa repugnante. Por que alguém criaria plantas intencionalmente em seu próprio corpo?

Apesar de eu achar que eu posso ter dado ao Aengus uma visão maior do mundo deixando ele se juntar nesses interrogatórios. É claro, eu nunca contei a Celes sobre isso. Ela me decapitaria se soubesse!

Após o Aengus conseguir superar¹ seu comportamento heroico, ele foi uma perfeita ajuda em tortu….. interrogar Tjenemit.

Eu estou orgulhoso do meu filho pra dizer o mínimo!

Então, eu tive uma boa quantidade de trabalho com o pôr a sociedade em ordem de novo. Claro, muitos espertalhões estavam me ajudando, mas não conta realmente como ajuda se todo mundo tem uma opinião diferente.

Algumas vezes é realmente bom ter alguém que tenha a última opinião! Foda-se a democracia! Se eu tivesse deixado eles continuarem a discutir o problema, o multiverso teria acabado antes deles me apresentarem uma resposta que os satisfizesse.

Nós ainda estamos funcionando com algo parecido com um sistema de guildas. Está funcionando no momento mas é claro que ainda está longe de perfeito.

Primeiro uma guilda precisa de um propósito único, como a guilda dos guerreiros guardando um edifício contra invasão, protegendo bens e pessoas. Então ela pode oferecer esses serviços a outros em troca de pontos de guilda que é agora nossa moeda.

Um deus só começaria a trabalhar, se ele quisesse um item de luxo que pudesse apenas ser providenciado por outro deus. Então a maior parte dos serviços são trocados por itens valiosos e artefatos mágicos.

Frustrado por nossa inabilidade de sair do vazio, eu então cometi o maior erro de todos. E se eu digo todos, quero dizer TODOS!

Celes estava grávida com outra criança e eu estava sozinho em meu laboratório no anoitecer. Eu estava tentando montar de volta a alma da Seria usando a ajuda do meu palácio.

É um ponto de conjuração de mana e almas bem forte. Por sorte nós estamos dentro de um vazio e os… pedaços da Seria não voaram para muito longe.

Quando a Celes descobriu o que eu estava tentando fazer ela….. persuadiu? ….. convenceu? ….. cortejou? … ela me forçou a pôr a alma da Seria no corpo da nossa criança.

De acordo com ela, ela não queria dar a luz a algum estranho. Hah… nossa sociedade ficou bem perturbadora. Imagine cada criança recém nascida tendo a personalidade de uma pessoa morta ou pelo menos algumas memórias de uma vida passada.

“Papai! Mais pra esquerda! Eu quero ver aquela estátua!”

Minha cabeça é puxada para a esquerda. A garotinha nos meus ombros está usando meus chifres como um volante enquanto ela me usa como uma montaria para explorar a cidade. Ela tem cabelo vermelho e feições muitos similares a sua mãe. Apesar dela obviamente ser muito mais que uma criança de três anos.

“Papai, o que é aquela estátua? Ela parece familiar.”

“Aquela é uma estátua sua, Seria.” Nós estamos em frente ao templo e tem uma estátua realmente muito boa da Deusa de Vida e Morte em frente a ele.

“Uma estátua minha? Mas eu estou pelada!? Mamãe me bateu até eu ficar verde a azul quando eu corri pelada pela casa ontem!” Seria usa meus chifres para me impelir para frente. “Eu quero ver aquele prédio de dentro!”

Eu começo a me mover e caminho lentamente na direção ordenada. A tentativa de reviver a Seria funcionou de uma maneira … e não funcionou de outra.

Seria manteve algumas de suas memórias, apesar dela claramente ter perdido muitas delas. Pelo que eu puder colher, ela apenas manteve as mais recentes. Sua personalidade está um pouco diferente também. Entretanto, não de uma maneira boa.

Ela é realmente infantil agora. Ela era infantil antes também, mas você podia perceber que ela só estava brincando. Ela não estava levando o mundo a sério.²

Agora eu julgaria sua idade mental como a cerca de dez anos. Apesar dela ter muito mais conhecimento do que alguém de dez anos deveria ter.

Infelizmente ela esqueceu como viajar o vazio. Eu ainda tenho esperanças de que ela de alguma maneira se lembre como. Algumas vezes ela ganha acesso a algumas memórias que estavam trancas antes.

Eu não me atrevo a mexer mais com a mente dela. Reformar uma alma após ela ter sido rasgada em tantos pedacinhos deveria ter levado éons.

Uma alma é uma forma muito delicada de …. flutuações quânticas de ondas de energia na falta de um termo melhor. É como a superfície de uma poça silenciosa. Se você jogar uma pedra dentro ela é perturbada e são formadas ondas que perturbam a poça por um longo tempo. Você pode tentar acalmar novamente a superfície a força depois criando uma onda oposta que cancela a prévia.

Isso foi o que eu fiz após eu ter juntado sua alma de novo. Mas não é tão bom quanto dar à alma o tempo necessário para reencontrar seu estado natural. Eu não tenho a garantia de que eu tenha encontrado todas os seus pedaços também. Mas eles vão se juntar novamente com o corpo principal com o tempo. Talvez ela lembre ainda mais, mas apenas o tempo irá dizer.

Eu estou dentro da igreja deserta agora. A religião desse mundo tomou um golpe bem pesado com a revelação de nós sermos deuses o tempo todo.

Muitos deuses se perguntaram por que eles deveria rezar para outro deus e abandonaram suas crenças. Whoohoo, quem teria acreditado que um maravilhoso edifício como este templo poderia decair assim em uns poucos anos.

Eu olho ao redor da área desolada dentro do templo com outra estátua da Seria no centro do cômodo. As fileiras de bancos de madeira estão quebradas em algumas partes.

“O que te traz aqui, pessoinha.”

Eu me viro e vejo uma mulher velha com feições como a de uma coruja em um banco de madeira ao lado da entrada.

“Eu estou em um tour com meu papai pra ver a cidade!” Seria grita orgulhosamente de cima da minha cabeça.

“Hoh, o qual é o seu nome pequenina?”

“Ouça e veja! Seria em pessoa está diante de você! A primeira una e única Deusa da Vida e Morte!” Seria dá uma fala realmente grandiosa.

“Hahaha.” A velha senhora começa a rir. “Este é realmente um grande nome, pequenina.” Ela obviamente não acredita nela.

“Hmpf. É o que os meus pais escolheram para mim. Então o que você está fazendo aqui?” –Seria

“Eu sou a sacerdotisa chefe deste templo e eu estou esperando por pessoas que precisem da minha ajuda.” A velha senhora responde com uma face sorridente.

“Apesar de que parece que não tem ninguém aqui….” Seria aponta o óbvio.

“Oh. Há o bastante vindo aqui. Pode ser verdade que costumava haver mais no passado. Mas cada pessoa que eu possa ajudar me faz feliz.”

“E o que você pode fazer por eles? Nós somos todos deuses agora.” –Seria

“Mesmo que sejamos deuses, ainda é bom se você tiver alguém com quem você possa falar. Algumas pessoas ainda estão vindo aqui se precisam de conselho ou ajuda. Ontem eu tive um par, que queria um casamento à moda antiga. Ou por exemplo, pais que tem crianças problemáticas.” A velha senhora ri para mim e eu sorrio de volta para ela.

“Há! Como a grande Eu poderia ser uma criança problemática? Eu sou  a Seria em pessoa afinal de contas!” –Seria

“Você não deveria usar o nome dela dessa maneira. É verdade que as coisas mudaram. Mas, se eu acreditar em minhas memórias, ela ainda assim salvou a todos nós.”  O sorriso da velha sacerdotisa se torna um pouco forçado.

“Mas eu sou Seria! Eu posso ter perdido algumas memórias porque eu morri mas eu sou a criadora desse mundo. Hmpf!” –Seria

“Oho! Então você realmente é ELA? Mas porque você morreu? Eu nunca ouvi nada assim.” –Sacerdotisa

“Para devolver seus poderes e memórias é claro. Cê pensou que trair o Conselho viria sem um preço?” –Seria

“Hmmm.” A sacerdotisa ainda parece que não acredita nela e olha com pena para os meus olhos. Você está pensando que eu tenho uma criança delirante. Não é?

“Tá! Eu vou provar! Quem MAIS além da grande deusa Seria em pessoa…… Poderia montar cabeça do REI!? Ela dá uma palmadinha na minha cabeça de cima.

A mulher olha duvidosamente para mim, então ela empalidece. “V …v… vossa majestade! Me desculpe, eu não lhe reconheci. Por que você está aqui completamente sozinho!?” Ela se levanta apressadamente e se curva para mim.

“Está tudo bem. Eu sou só uma montaria hoje. Seria quer ver o mundo dela…… apesar de eu assumir que ela só tentou ficar longe da mãe dela.”

Ela começa a bulir³ em meus ombros. “Isso não é verdade. Eu não to com medo da mamãe….. apesar dela ser muito rigorosa comigo.”

“E seu irmão distrai-la por um momento não tem nada a ver com você fugindo em toda oportunidade possível?” Eu pergunto a ela com um tom sarcástico.

“O.. o que você está pensando? Eu totalmente não subornei meu irmão pra distrair ela.” –Seria

“Kukuku… em pensar que o rei iria para uma caminhada na minha igreja. O mundo certamente mudou.” A velha senhora ri abafadamente.

“Apesar de que parece que as coisas não foram bem para a igreja.” Eu contemplo enquanto eu olho para os meus arredores.

“É verdade. Mas eu acho que as pessoas podem percebem em algum ponto que a igreja fez mais do que prometer um grande pós vida.” A velha senhora responde esperançosamente.

“Papai, você pode reparar as igrejas?” –Seria

“Eu não tenho dinheiro para algo assim. Elas nem mesmo tem um uso próprio mais.” Eu não vou desperdiçar dinheiro nestes prédios.

“E o valor histórico!? Mesquinho! Eu vou usar a mamãe contra você!” Seria faz uma ameaça séria e minha face cai.

Por um segundo eu penso sobre as possibilidades e então eu tremo. “Eu… Eu vou considerar.”

“Viu velhota? Outra prova! Quem mais além da deusa pode dar ordens ao Rei?” Sua voz está realmente alta e poderosa agora.

A velha senhora agora realmente sorri com pena para mim. “Hah, eu te agradeço por sua ajuda minha deusa. Mas mesmo se os templos fossem renovados, ainda há a falta de pessoas.”

“Porque você não cria uma guilda para orientação espiritual então. Ainda há mistérios e questões o bastante sobre o universo. Tem sempre um novo horizonte por trás do antigo.” Seira grita.

“Hoh. Eu posso fazer isso.” A velha senhora sorri calorosamente para Seria. Parece que ela ainda não acredita que ela é a antiga deusa.

“Papai, podemos dar uma olhada no parque?! Eu ouvi que eles o reconstruíram mais maravilhosamente que antes do meu irmão explodi-lo!” Seria puxa meus chifres enquanto eu suspiro e aceno uma despedida para a sacerdotisa.

Eu me viro e caminho para fora

“Brrrrm” Pisa fundo papai! Nós precisamos chegar lá antes que a mamãe descubra que nós saímos.” De novo, ela me impele para frente e eu caminho praça abaixo.


Tradutor: Baata Yacon   |   Editor: Heaven



Notas:

1. “Superar” comportamento heroico…
2. A Seria não estava levando o mundo seriamente… Tá bom, eu paro.
3. Bulir – mover(-se) ou agitar(-se) de leve; mexer(-se), deslocar(-se). Basicamente é o que as pessoas fazem quando estão inquietas.
Levou anos, mas eu finalmente achei uma palavra pra isso. Que emoção T-T

Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores