UD – Capítulo 27 – Falha e uma Criança Abandonada?



É o final do meu segundo ano escolar e meu projeto está evoluindo bem rápido. Eu tomei vantagem completa das capacidades de construção desse mundo.

Agora eu também sei porque Margerie está tão interessada em levitação. É bem simples na verdade. As pessoas nesse mundo usam dispositivos mágicos para quase todos os aspectos de trabalho.

Não há gruas em áreas de construção. Ao invés disso tudo é levitado ao local devido. Não há quase nenhum uso de eletricidade. Algo que eu desejo mudar tão cedo quanto possível.

O uso pesado de dispositivos mágicos é um sério fator nos problemas de recursos. Eu terei que substituir a maior parte dos dispositivos mágicos por algo que contam em pura ciência.

Mas por enquanto eu estou brincando com um dispositivo mágico. É uma pulseira com a mais nova tecnologia de ponta. Eu chamo de dispositivo de assistência de invocação. Você pode colocá-la e então ela entra em contato com seu poço de mana.

Gravando um dos seus feitiços, você pode programá-la para ativar o feitiço gravado com uma condição predefinida. Por exemplo, você pode grava um feitiço de cura e ativá-lo com a condição de ser ferido.

Bem conveniente se me perguntar.

I tenho muitos outros projetos, mas eu fiz esse minha prioridade nº1 para poder elevar o poder de luta dos seguranças da minha instalação. Imagine um guarda treinado sendo capaz de invocar cura, mesmo sendo um idiota que nunca tentou artes curativas antes.

Sim. Correto você pode gravar um feitiço e então dar o dispositivo para outra pessoa. Ele pode invocar seu feitiço através do dispositivo, apesar de não ter ideia de como o feitiço funciona.
E esse é o motivo principal por trás dessa invenção!

Mwahaha! E eu vou usar isso pra gravar a habilidade do estúpido velho guaxinim! Aquela trapaça será minha! Eu serei uma trapaça imortal também!

No momento eu estou de pé diante de Tongord e a aula está prestes a começar. Todos estão aqui, apesar de Sven Gabriel, Sandra e Iris já terem começado a treinar.

“Professor Tongord? Você poderia por favor colocar isso e ativar sua magia de regeneração uma vez?” -Eu

“O que é isso?” Tongord pergunta com um olhar suspeito.

“Um gravador de feitiços. Algo que estou desenvolvendo. Na vai acontecer, eu testei em mim mesmo.” -Eu

“Hmm.” Tongord coloca a pulseira e ativa a habilidade. Então ele a tira e devolve. “Aqui.”

Eu pego a pulseira. Hahaha! Agora eu …. HUH!? Nada foi gravado?

“Hmmm, isso é estranho. Eu achei que tivesse cometido erros.” Eu falo comigo mesmo.

“Nyahaha! Angrod é esperto de mais pro seu próprio bem! A regeneração do Tongord é uma habilidade inata e não um feitiço. Ele não precisa gerar uma formação mágica que possa ser gravada. Então é óbvio que não há nada para seu dispositivo gravar.” Tanja dispara ao lado e minha mente congela.

“AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!” Eu grito. Como eu pude cometer um erro tão básico! Todo meu trabalho por nada. Eu nem preciso de um dispositivo tão inútil porque eu posso invocar instantaneamente tudo que eu preciso de qualquer maneira. Ugh.

Eu caio de joelhos e me afogo em auto-piedade. Hah, sem mais escolhas então. Eu posso simplesmente jogar a coisa aos cães.

“Celes? Eu sei que é tarde mas eu tenho um presente pra você.” -Eu

“Huh? Huh? Um presente? Pra mim?! De você!?” Celes está chocada.

Eu coloco a pulseira na Celes que está ao meu lado. ” Há um escudo mágico e magia de cura gravados dentro disso, tudo que você precisa fazer é colocar sua mana no dispositivo e pensar eu “cura” ou “Escudo” para ele se ativa.”

“Oh? Uh? Poderia ser que você fez isso especialmente pra mim, por eu ser tão ruim com feitiços mágicos?” Celes de repente começa a chorar.

“Ahem….” Não? Por que você interpretou dessa maneira?

“Oooh” Angrod, você realmente ainda tem sentimentos por mim afinal de contas. Eu tinha quase abandonado a esperança depois de você não me mostrar aquelas plantas! Mas elas eram meu presente você não queria que eu visse antes! E até ficando de joelhos pra isso, é quase como receber um anel de casamente! Obrigada!”
Celes me dá um grande abraço.

Huh!” O quê? Eu não entendi! Eu… Como minhas ações podem ter sido mal entendidas dessa maneira?

“Tanja vamos testar imediatamente!”

Celes e Tanja correm para realizar uma partida de treino. NÃOO! Me deixe explicar!

Isso deixa apenas eu e Tongord aqui. Espere um momento! Apen…

“Eu acho que vou te dar uma mão então!” Tongord arregaça as mangas e sorri para mim.

…….

***

Já era final de tarde quando chegamos em casa e achamos nossos pais com expressões graves na sala do trono. A pequena Iris está de pé em frente a eles e parece ainda mais assustada do que ela normalmente é ao redor da Celes.

“O que está acontecendo aqui?” Celes pergunta e eles se viram.

“Ah, vocês estão chegando exatamente no momento certo para as últimas noticias.” -Arthur

“A casa de de Meltheim e a casa de Tulhelm juntos com algumas casas menores em seus arredores declararam independência. Todo o norte está em rebelião.” -Ireth

Bem, que merda….

“Agora nós sabemos porque a casa de Meltheim se retirou completamente de Midhold. Levando todos os seu associados com eles e fechando suas residências.” -Nicol

“A única questão que temos, é porque esta ainda está aqui. Nós enviamos alguns guardas para a residência Tulhelm para pegá-los mas eles relataram que estava completamente abandonada com apenas uma pequena parte ainda mantendo forma. Aparentemente Iris viveu lá sozinho por um bocado de tempo, quanto apenas um grupo esquelético de empregados mantinham a aparência externa.” -Katrine

Oh, essa é de fato uma boa história. Eu coço minha cabeça e penso sobre as implicações.

“Então o que você tem a dizer em defesa?” Nicol pergunta a Iris que parece bem pálida atualmente.

“Por…. por onde devo começar?” Ela pergunta.

“Começar do inicio é sempre o melhor.” Arthur a incita.

“Eu.. Eu nunca gostei muito de política. Mas um dia meus pais começaram a mandar eu puxasse o saco do Angrod. Eles queriam que eu causasse um incidente na festa de apresentação, mas eu recusei. Eu odeio como eles fazem as coisas.

Isso deixou eles completamente furiosos e então todo o incidente com o Sarda e Senda aconteceu. Eu acho que eles foram instruídos de maneira igual. Apenas que eles não recusaram.

Quando meus pais ficaram realmente desagradáveis, eu tentei na escola com toda minha força. Mas a Celes me deu uma surra. Eu fiquei com medo demais de chegar perto do Angrod de novo. Então um dia meus pais me mandaram não ir para escola.

Eu recusei de novo porque eu odeio os jogos deles. E então o ataque terrorista aconteceu os terroristas tentaram me sequestrar. Eu tentei resistir, mas falhei. Então eu fui salva pelo Angrod. Eu sinto muito por não agradecer, mas eu tive medo.” -Iris

Ela dá um olhar assustado a Celes.

“E… e quando eu voltei pra casa naquele dia, eu achei a residencia toda abandonada. E um dos empregados me disse que eles foram apenas instruídos a manter o jardim intacto.

No meu quarto eu achei uma carta da minha mãe, me dizendo que eu sou uma desgraça e que eu posso ficar na residência até eu terminar a escola. E se eu contasse pra alguém, eles iriam mandar assassinos atrás de mim.”

Iris agora está com lágrimas nos olhos e está realmente tremendo. Wow… nossa. Não é estranho para alguém da idade dela dar uma explicação tão pensada?

Por outro lado, ela teve mais que tempo o bastante para pensar sobre o que falar caso uma situação assim acontecesse.

Se isso tudo é verdade então é coisa bem pesada. Para pais fazerem isso com seus próprios filhos essa mãe deveria se morta a vista. Há um pesado silêncio no salão.

“Angrods?” -Celes

“Hmmm?” -Eu

“Eu preciso de alguns nukes[1] !” -Celes

“De que tamanho?” Eu sorrio. Infelizmente eu só estou brincando. Esse mundo não tem nenhuma produção de combustível nuclear. E para construir um eu precisaria de algum tempo.

Mas o que nós realmente devemos fazer nesse caso? Infelizmente eu não tenho ideia.


1. Para quem não souber, é o apelido carinhoso dessas belezinhas aqui


Contribua com a Novel Mania!