SSN – Capítulo 9 – Vou Conseguir Algum Dinheiro

“Woojin. É realmente nosso Woojin. É realmente Woojin.”

Sua mãe o agarrou, então chorou por um longo período de tempo. Ela pensara que ele tinha morrido, então Woojin voltara a vida depois de 5 anos. Ela não podia dizer se isso era um sonho ou realidade.

“Onde você esteve?”

“É uma longa história para explicar aqui. De qualquer forma, onde está o resto da família? Eu voltei pra casa e ela estava vazia.”

“Sooah está na pré-escola. Seu pai…”

Sua mãe começou a falar, mas logo começou a chorar novamente. Ele sentiu que algo estava errado, então seu coração ficou frio.

“Vamos lá. Vamos pra casa e falaremos lá.”

“Sim. Vamos fazer isso. Vamos pra casa.”

Como se sua mãe fosse desaparecer, Woojin segurou suas duas mãos apertadamente enquanto eles saiam da sala da direção. Enquanto eles pegavam o ônibus, sua mãe falou sobre sua situação.

Seu pai fora pego em um Embate do Calabouço quando saiu para trabalhar. Assim como as dezenas de milhares de pessoas pegando o metrô, ele atravessou. Eles não puderam achar seu corpo. Sua mãe vivera sozinha cuidando de Sooah.

Depois de perder o marido, seu filho também tinha desaparecido. A única razão para sua mãe continuar era a jovem Sooah. Eles não tinham muito dinheiro no passado e sua mãe cuidou de tudo sozinha. Ele podia sentir as dificuldades que ela tinha passado.

A única coisa que eles tinham era o apartamento, mas o preço declinou muito depois do Embate do Calabouço. Além disso, sua mãe não tinha qualificações para a maioria dos empregos, desde que ela sempre foi uma dona de casa.

Para deixar pior, Sooah ficou doente, então a saúde da família desceu rapidamente. Era uma situação onde todo dia era doloroso. Ela tinha batalhado para se manter por 5 anos.

“Está tudo bem desde que você está vivo. Não se preocupe sobre isso. Eu pensei que você tinha pego o metrô.”

Sua mãe era grata só por ele estar vivo.

O ônibus viajou por uma hora antes de se aproximar da vizinhança onde eles costumavam viver. Eles se moveram em direção a uma quadra de distância do quartel general da Guilda do Martelo e alcançaram a decrépita vizinhança.

“Só pelo caso de que seu pai talvez volte, nos movemos para um lugar perto.”

Se alguém desaparecesse durante o Embate do Calabouço, isso basicamente significava que a pessoa estava morta. Porém, sua mãe não perdeu a esperança. Seu filho retornou depois de 5 anos, então ela se sentiu recompensada por seus esforços.

Sua mãe o guiou através de sinuosas ruas, então ela se dirigiu a um especifico barraco. Era somente uma sala muito pequena, menor que a casa de Jaemin. Além disso, tinham um monte de bagagem empilhada, o que fazia o quarto menor ainda.

“Fique aqui, eu vou na pré-escola, buscar Sooah.”

Sua mãe deixou Woojin sozinho no quarto e saiu da casa. Woojin olhou ao redor do pequeno quarto cheio de caixas, então abriu uma delas.

“Ah…”

A caixa tinha nada mais que seus velhos pertences. Ele abriu as outras caixas e era mais do mesmo. Continha roupas de seu pai e suas roupas. Tinha até seus antigos brinquedos de quando ele era pequeno.

Ela manteve todos seus pertences de quando eles viviam no apartamento 5 anos atrás. Ela forçou todos eles em uma sala, então era inevitável que a casa ficasse lotada. Ele imaginava a razão pela qual ela não podia se livrar de seus pertences e seu coração parecia rachar.

Logo, sua mãe retornou com Sooah segurando sua mão. Sua face com grandes olhos mirou Woojin. Sua complexão empalideceu, mas sua pele branca só a fazia mais fofa.

O bebê de dois anos que ele lembrava se tornou em uma fofa criança de sete anos.

“Sooah. Este é seu irmão mais velho. Cumprimente ele.”

“Irmão mais velho?”

Sooah agarrou a borda das roupas de sua mãe, então olhou preocupada para Woojin. Woojin fez seu melhor sorriso amigável enquanto olhava para Sooah.

“Sooah. Você pode brincar com seu irmão um pouco? Eu vou fazer uma comida deliciosa logo.”

“Huh? Mamãe não tem que ir para o restaurante?”

“Não. Hoje é minha folga.”

Era somente um lanche, mas sua mãe trabalhava como se tivesse pressa. Ela preparou um banquete faustoso. Sooah ficou extraordinariamente animada quando viu o prato de carne. Parecia que ela não comia carne regularmente.

Sua mãe o olhou feliz, então para pagar, ele comeu a comida com deleite. Depois de comer três potes de arroz, ele aposentou sua colher.

Dizia-se que o ato de comer era bom para tirar as preocupações das pessoas.

Sooah parecia estar se acostumando com ele. Ela o chamou de ‘irmão’ facilmente e ela sentou ao lado de Woojin. Era falso dizer que ela não se preocupava, mas ela parecia estar sedenta por atenção. Isso fez o coração de Woojin doer ao ver isso.

“Então Sooah brinca sozinha quando vem da pré-escola?”

“Sim. Mamãe tem diversos problemas. Eu tenho que aguentar e brincar sozinha.”

Ele tinha orgulho do que uma criança disse, então ele deu um tapinha em sua cabeça.

“Deus. Você tem que pentear a cabeça da Mimi ao invés da minha.”

“Ah. Ok.”

Sooah o entregou sua barbie chamada Mimi, então ele escovou seu cabelo com uma escova do tamanho de um dedo. Woojin e Sooah brincaram com a boneca e sua mãe os olhava enquanto ela lavava a louça.

Ela se esforçou tanto nos últimos cinco anos que parecia que ela tinha se tornado uma jovem senhora.

Sua mãe, que lavava as louças, pegou o telefone quando ele tocou. Então, ela correu para atender.

[O que está acontecendo? Onde você está durante as horas movimentadas? Volte imediatamente.]

“Hoje é realmente importante? Posso ter uma folga?”

[Hey, senhora, o que você pensa que isso é? Não existem folgas neste pequeno restaurante. Você sempre sai do horário padrão dando desculpas que sua filha está doente. Se você realmente não quer ser despedida, volte agora!]

Os sentidos de Woojin eram muito maiores que o de pessoas normais, então não era difícil para ele escutar conversas sussurradas. Woojin rudemente entendeu a situação e sentiu um sentimento pesado. Parecia que uma pedra estava sobre seu peito.

Sua mãe desligou o telefone, então rapidamente terminou de lavar a louça. Logo, disse para Woojin e Sooah com uma face de desculpa.

“Sooah. Me desculpe, mas você pode brincar um pouquinho com seu irmão?”

“Mmm. Está bem. Eu vou brincar com o irmão.”

Mesmo que ela não lembrasse deles, Sooah já estava o chamando de irmão e isso era muito fofo.

(DS: Gente… Esse autor…)

“Desculpe por isso, Woojin.”

Woojin deu uma grande risada.

“Está tudo bem. Tenha uma viagem segura.”

“Sim. Eu volto logo.”

Depois que sua mãe saiu, Sooah deixou sair as lagrimas que ela segurava.

“Ela sempre está ocupada. Sooah sempre está sozinha.”

Os olhos de Woojin se viraram quando ele viu-a chorando.

“Não. Eu estou aqui agora.”

“Eu nunca te vi, então como você pode ser meu irmão?”

“Huh Huh. Eu realmente sou seu irmão. Não lembra de mim de quando você era mais nova? Eu até troquei suas fraldas.”

“Sooah não é mais pequena!”

Woojin tentou apaziguar a berrante Sooah, então ele brincou com ela. Ele assumiu que sua mãe voltaria na hora do jantar, mas ela ainda não tinha voltado. Então, Woojin começou a cozinhar.

Woojin costumava acampar no Planeta Alphen. Quando ele abriu a geladeira, existiam diversos ingredientes deixados pela última compra de sua mãe.

Woojin simplesmente fritou um ovo, então dividiu arroz frito com vegetais com Sooah. Sua mãe voltou as 9.

“Me desculpe, estou atrasada. O que vocês jantaram? Nós temos que comprar um celular amanhã.”

Sua mãe não podia contatar Woojin, então ela se sentia frustrada.

Eles colocaram os colchões na pequena casa e não havia espaço para sequer se mover. Sooah dormiu nos braços de sua mãe rapidamente, mas Woojin e sua mãe demoraram para dormir.

“Estou muito feliz que você está de volta.”

Sua mãe disse aquelas palavras diversas vezes enquanto descansava seu corpo cansado. Woojin não pode dormir naquela noite e ficou de pé com os olhos largamente abertos.

‘Não é assim’

Woojin sentiu algo sufocante, como se estivesse preso dentro de um edifício caindo.

De manhã, todos acordaram em um turbilhão. Sooah foi para a pré-escola e sua mãe se preparou para ir trabalhar.

“Woojin. Vá para a prefeitura e pegue uma reemissão do seu SSN. Depois que eu sair do trabalho, iremos comprar um celular. Não vá para lugar nenhum. Se tiver fome faça algum ramen. Não, se tiver fome, venha para o restaurante aqui perto. É o Restaurante Seungmi, na frente do mercado.”

“Sim. Não se preocupe comigo. Te vejo depois.”

Quando todos saíram, Woojin estava só, então seu humor gelou.

Ele tinha várias coisas para fazer.

Ele tinha que cancelar o anuncio de pessoas desaparecidas, então ele iria receber um novo SSN na prefeitura.

Ele fora convocado durante seu terceiro ano do ensino médio, então não tinha sequer se graduado. Ele não queria ser desempregado, então ele tinha também que arrumar um emprego.

‘Eu tenho que conseguir algum dinheiro.’

Ele tinha dó de sua ocupada mãe e de Sooah que passava todo o dia sozinha. Ele era o homem da casa agora. Ele tinha que se tornar o pilar da família.

‘Eu tenho que conseguir muito dinheiro.’

Ele tinha que estudar de novo. Além disso, ele iria imediatamente conseguir um emprego temporário. Woojin rapidamente pensou em uma forma de fazer muito dinheiro.

Ele sentiu o destino.

Ele sentia a garra do demônio o desenhando.

‘Desperto.’

Woojin olhou para as três notas amarrotadas de 10.000 won e tomou uma decisão. Ele abriu a caixa com roupas bem cuidadas. Ele vestiu suas próprias roupas, então saiu de casa.

Ele recebeu seu SSN e cancelou o anúncio de pessoas desaparecidas. Ele abriu uma conta em seu nome no banco e foi comprar um celular.

“Este é nosso melhor item, querido cliente. É muito resistente, então é usado por vários Despertos famosos.”

Pela recomendação do vendedor, ele comprou o celular. Ele colocou o número de sua mãe, então enviou-a uma mensagem.

“Tem um irmãozinho que eu conheço vivendo próximo a nossa casa. Eu vou ficar lá agora e vou me prepara para o exame de qualificação escolar.

(DS: É um teste para dar o diploma de ensino médio para pessoas que não o concluíram. É tipo quem faz o ENEM para pegar o diploma)

Sua mãe imediatamente o ligou quando recebeu a mensagem de Woojin. Ele teve de falar com ela por um grande tempo para afastar seus medos. Ela sabia que sua situação financeira não ia permiti-lo estudar, então no fim, ela aceitou sua proposta.

“Whew. Eu me sinto mal sobre isso, mas cuidarei disso depois.

A casa de Jaemin não era longe da casa de Woojin. Era uma distância que ele podia andar. Ele decidiu que este era o lugar ideal para ficar até comprar uma casa maior.

Woojin desdobrou o papel amassado, então ele inseriu o número de Jaemin. Ele pressionou o botão de chamada e o telefone soou. Logo, alguém atendeu.

[Olá. Aqui é Park-hweeso da Agência Dongjin]

Ele ouviu uma voz rouca. Ele checou para ver se digitou o número errado. Porém, ele tinha acertado o número.

[Olá. Se você fez uma ligação, então por favor fale.]

“É Jaemin?”

[Não.]

Click-

Junto de uma voz chateada, a ligação terminou. Woojin estalou a língua enquanto olhava o telefone.

“Ha. O que é isso? Ele me enganou?”

Woojin pressionou firmemente sua têmpora.

Contribua com a Novel Mania!