SSN – Capítulo 6 – Calabouço Fechado Parte 2


“O mundo mudou muito.”

Woojin olhou pela janela do ônibus e murmurou enquanto olhava a paisagem. A taxa de ônibus aumentou em 300 won, mas a mudança mais notável que lhe chamou a atenção, foi que a quantidade de carros na estrada diminuiu significativamente.

A TV ligada do ônibus estava falando sobre quais estações de metrô e saídas foram atacadas com sucesso. Era falado sobre temas semelhantes.
“Se o ataque ao calabouço for bem sucedido, ficaremos seguros por pelo menos dois dias, e no máximo dois meses. Se falharmos, os monstros serão soltos.”

A notícia era repetida incessantemente. Começou a diminuir a distância entre a realidade dos últimos 5 anos para Woojin. No tema das Notícias do Mundo, eles falaram sobre os monstros que saíram das estações do metrô em Tóquio, e eles tiveram que mobilizar o exército para bloqueá-los.

‘As áreas ao redor da Estação de Metrô são velhas notícias.’

Se a captura de um calabouço falhasse, não se tinha ideia de quando os monstros iriam para fora. Era como viver ao lado de uma bomba, então ninguém queria morar perto das estações.

Ao invés de viver ao lado das estações de metrôs, as pessoas brincavam que seria mais seguro morar ao lado de uma usina nuclear.

Naturalmente, a população de Seoul tinha diminuído significativamente e a diminuição da população levou a menos tráfego. O ônibus era dirigido como se estivesse voando.

Quando o ônibus parou, sentiu-se como se o mundo à sua frente tivesse ficado amarelo.

“A C….casa…..”

O apartamento, que era a casa de Woojin, desaparecera.

………

Ele ficou tão chocado que estava tendo dificuldade em falar. O apartamento que Woojin morava desapareceu.

Originalmente, era um apartamento de 5 andares. Eles sempre falavam sobre a reconstrução do apartamento, mas ela desapareceu dentro de 5 anos. Ele nunca imaginaria que um edifício grandioso ficaria em seu lugar.
Mesmo num vislumbre, ele pôde dizer que não era um apartamento. A estrutura parecia um prédio de escritórios, e seu olhar disparou autoritariamente no ar. Woojin estava olhando para prédio de perto, e o guarda de segurança considerava-o suspeito. Então o segurança aproximou-se dele.
“O que você está fazendo?”

O guarda de segurança questionou-o abruptamente, e Woojin acalmou sua raiva. Woojin não poderia matá-lo por não gostar dele, ele não poderia condenar a alma dele para o inferno. Essas ações só eram possíveis no Planeta Alphen.
Essa era a Terra.

Woojin diminuiu sua raiva e ele pressionou sua mão contra sua têmpora. Depois de um momento, sentiu-se com se sua raiva tivesse acalmado-se um pouco.

“O que aconteceu com as pessoas que moravam aqui?”

“Hã?”

“As pessoas que costumavam viver no apartamento antes desse edifício ser construído!”

“Não, eu estou perguntando por que você está me perguntando……….”

O guarda de segurança, que o olhava fixamente, desviou o olhar surpreso. Como o olhar de alguém poderia ficar tão assustador?

“Eu… eu não sei. Esse lugar estava em ruínas, antes desse edifício ser construído.”

“Em ruínas?”

A testa de Woojin ficou cheia de veias. O guarda de segurança deixou escapar um suor frio em sua expressão caótica.

Muitas pessoas morreram há 5 anos no Embate do Calabouço. Seria corretor dizer que todos que estavam usando um metrô na época morreram.

Se o Calabouço não pudesse ser ‘limpo’ dentro de um mês, o calabouço explodirá e os monstros aparecerão. Um número incontável de pessoas foram mortas ou feridas quando isso aconteceu.

Seoul era muito grande e lento para lidar com as mudanças repentinas. Eles até lançaram mísseis em locais onde os monstros irromperam.

“Quando…… quando os monstros irromperam, Jichun ficou em ruínas. Então por que você está agitado?”

Woojin controlou sua raiva, quando ouviu as palavras do segurança.

‘Acalme-se. Fique calmo.’

Não era hora de atacar outros. Sua família estava viva. Eles estavam vivos. A esses pensamentos, ele mal conseguia agarrar-se ao fio de sua raiva.

Seria ridículo se ele se tornasse indisciplinado com base numa suposição. Era inconveniente para um mago intelectual como ele.

“Ufa. Foram apenas 5 anos. Existem muitas maneiras de encontrá-los.”

Ele pensou que tinha voltado depois de vinte anos, mas apenas 5 anos passaram-se. Sim, apenas 5 anos. Se ele fosse para o escritório do município, seu último endereço conhecido deveria estar lá. Ele saberia se eles ainda estavam vivos olhando para o registro familiar.

“Ah, eu não sei o meu número de segurança social.”

Foi atribuído-lhe o seu SSN(número de segurança social) durante o seu segundo ano do ensino médio, mas ele não tinha ideia de onde estava mais. Ele poderia ir a sua alma mater para pegar seu SSN.

(Alma mater é uma expressão em latim que significa “mãe que alimenta” ou “a mãe que nutre”, na tradução literal para a língua portuguesa. Alma mater é uma frase muito comum para designar instituições de ensino que formem intelectualmente os seus alunos, como as universidades, por exemplo.)

Ele saberá disso uma vez que ele procurar nos registros de estudantes. Se tivesse sorte, também poderia descobrir o número de telefone dos seus pais, que ele se esquecera.

Conforme seus pensamentos conectavam-se para fazer um plano, ele sentiu uma sensação de calma.

Sim, toda a família dele estava segura. Ele apenas não os tinha encontrado ainda. Já eram seis horas e já não podia voltar à escola para fazer requisitar. Ele estava emperrado.

Não era difícil de dar prioridade ao que ele tinha que fazer a seguir.

Ele terá que encontrar um lugar para dormir e ……..

Roncar.

Woojin colocou a mão no bolso, e tocou nos 5800 Won que tinha. Woojin virou a cabeça e pôde ver um restaurante num prédio do outro ladro da rua.

Woojin atravessou a rua ao lado.

*
“Hã. Que tipo de sopa de arroz custa 6000 won?”

(Nota gringo: você recebe uma sopa e um tigela de arroz + banchan. Banchan (Hangul: 반찬;hanja: 飯饌; Pronúncia: /ˈbɑːntʃɑːn/; também escrito panch an) é o nome dado a pequenos pratos de comida servidos junto com arroz cozido na cozinha coreana. Esta palavra é usada tanto no singular quanto no plural. A palavra banchan traduzida significa “acompanhamento”.)

Woojin reclamou enquanto bebia um copo de sopa de ramen. Como ele não tinha os 200 won, Woojin foi tratado como um mendigo e foi perseguido pelo Restaurante da Sopa de Arroz.

Claro, não foi a falta dos 200 won que decidiram, mas sim suas roupas de mendigos que tiveram um papel maior na decisão de expulsá-lo.

“Merda. A avó maldita provavelmente não me daria sopa de arroz, mesmo se eu tivesse morrendo de frio.”

Woojin pensou desnecessariamente sobre a senhora do coração frio do Restaurante da Sopa de Arroz, enquanto mastigava um Onigiri. Sentiu-se triste por que não tinha dinheiro. No entanto, tem tanto tempo que ele bebia um copo de ramen e comia um onigiri, por isso estava delicioso.

(お握り ou Onigiri, o gi tem som de gui, é um bolinho de arroz japonês, aqueles lá dos animes.)

“Ah, onde eu vou dormir essa noite? Eu realmente tenho que ir a delegacia?”

Ele não fez nada de errado, então porque ele não queria ir para a delegacia? Ele acha que fez algumas coisas ruins….. várias dúzias de coisas ruins. Ele também matou um casal…… ele matou inúmeras pessoas, mas tudo isso aconteceu no Planeta Alphen.

O Kang-Woojin da Terra era apenas um normal…… Ele não era normal desde que desapareceu durante seu terceiro ano do ensino médio. Ele era uma criança, que retornou depois de uma ausência de 5 anos.

“Ah, acho que eles fariam todos os tipos de perguntas se eu for à delegacia.”

Onde você esteve? O que você estava fazendo antes de voltar? Por que você não tentou manter contato? Sua cabeça doía só de imaginar no relatória que ele teria que fazer.

Ele decidiu que ir à delegacia seria o último recurso. Destarte, não era como se ele não tivesse outra escolha.

“Ufa.”

Mesmo que os preços da Terra tenham entrado em colapso completamente em Seoul, e a população tenha diminuído significativamente, Woojin ainda não tinha uma casa para estabelecer-se.

Ele ficou muito feliz em ver uma loja de conveniência em 20 anos, então ele comprou bebidas nos bares animados. No final, todo o dinheiro que lhe sobrou foi 300 won. Era uma quantia onde ele nem sequer seria capaz de entrar numa sauna ou numa sala de PC.
Bem, até mesmo as estações de metrôs onde os sem-tetos ficam, estão fora de limite agora, então ele não teve escolha se não conhecer a manhã nas ruas. Nesse momento, ele ouviu a porta da loja de conveniência abrir, então ele virou a cabeça reflexivamente.

Ring. (som da porta)

Quando a porta da loja de conveniência foi aberta, os olhos de Woojin cintilaram ao ver um rosto familiar.

Isso era o destino. Ele tinha certeza de que era o destino.

Do-Jaemin. O júnior da escola que ele ajudara à noite, estava escolhendo um Onigiri.

Woojin derrubou o resto da sopa deixada dentro do copo de ramen, então ele se levantou. Ele pagou por seus itens, então Woojin o seguiu rapidamente.

“Ei, estudante.”

“Sim?”

Jaemin virou a cabeça e viu um rosto pálido e fantasmagórico. Woojin sorriu de orelha a orelha.

“Haha. Eu estava prestes a te ligar, mas nos encontramos novamente.”

“P… por que? Por que você….”

Jaemin deu um passo para trás.

“Seus pais estão em casa?”

“Por que você quer saber disso?”

Jaemin reagiu de maneira sensível. Woojin fez uma careta indicando que não era nada de mais, então ele mostrou seu sorriso mais confiável.

Do-Jaemin. O júnior da escola que ele ajudou. “Incluindo o incidente anterior, eu tenho um monte de coisas para discontir com eles.”

“Meus pais pereceram.”

“Hã? Isso é bo…. Não, isso é lamentável. Você está morando sozinho?”

Jaemin acenou com cabeça com cautela enchendo seu rosto.
“Você lidera o caminho.”

“Para?”

“Deixe-me ficar em sua casa por uma noite.”

Jaemin tinha uma expressão estupefata no rosto. O tio estranho vestido com uma roupa feita de tapete de palha, que era assustadoramente bom de lutas, estava tentando invadir sua casa.

“Ah, isso não é de graça.”

Ele forçou abrindo a mão de Jaemin e colocou algo nela.

300 wons.

Não é esse o dinheiro que ele tinha extorquido dele? Jaemin olhou de volta com um olhar estarrecido, e como se Woojin não estivesse nem mesmo envergonhado, ele sorriu.

“Haha. Eu te pagarei de voltar, eu só tenho isso. Huh huh. Por que tem uma mosca aqui?”

Ele maliciosamente esmurrou o vazio do ar como um boxeador. Não, ele era como um Desperto, onde o som do ar se separando foi produzido.

Jaemim só pôde caminhar a sua casa com um rosto de chorão.


Contribua com a Novel Mania!