LMS – Volume 5 – Capítulo 5 – Aldeia dos Exilados

Versão em .pdf1: [NovelMania] Volume 5 – Capítulo 5 – Aldeia dos Exilados (nota integrada)

Versão em .pd2: [NovelMania] Volume 5 – Capítulo 5 – Aldeia dos Exilados (nota rodapé)




Como sempre, hoje Lee Hyun acordou cedo e passou a fazer as suas tarefas habituais.

Primeiro ele visitou o site da União dos Dark Gamers e começou a ler as últimas mensagens.

Como Choi Jung Hoon[1] havia dito, o site tinha bastantes informações sobre missões, masmorras, habilidades artesanais e até sobre rotas comerciais e, é claro, como era um site de Dark Gamers, a maior parte das informações era sobre itens.

Lee Hyun tinha um nível de acesso ‘C’ e era capaz de ver as mensagens correspondentes.

“Nada especial hoje também”.

Ele estava procurando por qualquer menção a itens únicos! E, embora Lee Hyun só tivesse um nível de acesso ‘C’, algumas vezes ele tropeçava em alguns pedaços de informações interessantes. Normalmente eles eram contribuídos por outros jogadores com o mesmo nível de acesso, eles estavam contando sobre suas aventuras, missões secretas e recompensas por elas. Tais mensagens rapidamente se tornavam populares e eram movidas para seções que ele não podia acessar.

Lee Hyun estava tentando interceptá-las antes disso acontecer.

Cerca de 3 a 4 mensagens por dia apareciam no site e se você observasse cuidadosamente, você podia lê-las antes de serem movidas. Contudo, hoje ele só desperdiçou tempo novamente.

‘Tanto faz. De qualquer forma, eu estou quase sem pontos’.

A partir da conta que Lee Hyun usava, todos os dias eram retirados alguns pontos. Isso acontecia toda vez que ele lia uma mensagem. Dessa forma, a União dos Dark Gamers estava forçando os membros a postar mensagens úteis para ganhar pontos, usados para ver outras informações.

Lee Hyun se levantou da cadeira e desceu para o corredor. Lá ele colocou uma jaqueta leve, pegou uma cesta e saiu de casa.

Toda manhã, depois dos exercícios e de procurar informações na internet, ele iria ao mercado para conseguir alguma comida mais barata.

“Bom dia”.

“Oh, jovem, você está adiantado hoje. Eu tenho alguns cutlass fish[2] frescos hoje. Eu venderei barato para você”.

“Obrigado”.

Lee Hyun ia ao mercado todos os dias, então era natural que todos os vendedores o conhecessem muito bem.

‘Bastardo exigente!’

‘Droga, aquele garoto ganancioso!’[3]

Mesmo quando comprava um único peixe, Lee Hyun era muito exigente. Ele estava sempre perguntando onde foi pescado, verificando quão fresco está, examinando os olhos e a boca. Ele notava cada detalhe, até mesmo o jeito que o anzol foi removido.

Os vendedores no mercado estavam acostumados com cliente sem nenhum conhecimento sobre o frescor dos peixes. Contudo, Lee Hyun estava bem ciente desses assuntos e nunca hesitava em pechinchar. Ele sabia todos os preços muito bem e tentar vender algo mais caro para ele era o pior erro possível!

Além disso, Lee Hyun nunca procurava por comida barata[4]. Toda manhã ele cozinhava para a sua irmã, então ele só comprava o melhor do melhor.

Esse tipo de ‘infâmia’ o permitiu comprar a melhor comida a um preço razoável sem ter que pechinchar.

Usando os melhores ingredientes que ele comprou no mercado ele fez um ensopado de cutlass fish com molho de soja para a sua irmã.

“Obrigada, irmão. Tudo estava muito gostoso como sempre. Eu estou saindo para a escola!”

“Ok, tenha uma boa viagem”.

Quando sua irmã saía para a escola era a hora de Lee Hyun cuidar de si.

 

***

 

Lee Hayan estava se preparando ansiosamente para os exames de entrada da Universidade da Coréia e reunindo todas as informações disponíveis. Ela ficou surpresa ao descobrir a partir do site da universidade, que havia muitos jeitos de ser aceito nela. Contudo, um atraiu particularmente a sua atenção, o para jogadores profissionais:

 

Videogames se tornaram uma parte importante da nossa vida e cultura, a quantidade de pessoas jogando está aumentando regular e constantemente.

Depois que a realidade virtual entrou em nossas vidas e o revolucionário Royal Road apareceu, nossa universidade abriu um curso dedicado a videogames. Lá nós estudamos toda a história da indústria de videogames, desde o início até a realidade virtual.

Condições para entrar:

– Registro de prêmios relacionados a videogames.

– Diploma escolar.

Depois que a informação fornecida for verificada, você será entrevistado por um dos futuros professores, que verificará o conhecimento do candidato e tomará a decisão final.

 

Realidade virtual estava dando às pessoas a chance de viver seus sonhos. Não havia pessoas com deficiências e todos eram capazes de desfrutar suas aventuras ao máximo.

Depois do lançamento de Royal Road o número de agências de viagens e, consequentemente, o número de faculdades de turismo e de meios de transporte diminuíram. Todavia, no lugar delas, as faculdades associadas com videogame apareceram.

Lee Hayan sabia exatamente o que ajudou sua família a sair da pobreza: o dinheiro da venda do personagem do seu irmão.

“Hyun não tem nenhum prêmio, mas ele tem os registros da venda do seu personagem, talvez isso servirá?”

Embora os registros de venda não fossem um tipo de prêmio de jogo, eles ainda significavam uma conquista e poderiam servir como bom argumento.

Especialmente já que Lee Hyun tinha um grande conhecimento sobre o assunto. Durante o seu ano de preparação para Royal Road, Lee Hyun estudou todos os trabalhos disponíveis sobre a realidade virtual. Ele provavelmente sabia mais sobre realidade virtual do que qualquer estudante da faculdade de jogos.

“Isso deve funcionar”.

Lee Hayan usou a sua poupança para comprar os documentos oficiais da aplicação e os preencheu em nome de Lee Hyun!

 

***

 

Planícies do Desespero.

No mapa personalizado e feito pelos jogadores, um imenso trecho branco estava localizado ao leste do Reino de Rosenheim e da Confederação Britânica.

Não havia muitas informações confiáveis sobre essa região. As poucas almas corajosas que se atreveram a entrar profundamente neste território morreram em poucos dias sob os ataques constantes de monstros!

No mapa vendido pelas lojas, somente uma coisa era dita sobre isso: ‘Se você está procurando pelo verdadeiro desespero, essas terras são para você’.

Uma descrição muito precisa e completa para um lugar tão perigoso.

Weed e, depois dele, os NPCs apareceram em uma caverna espaçosa, escondida dentro de uma das colinas. A entrada foi inteligentemente disfarçada por uma grande pedra, então era impossível achá-la sem saber a sua localização precisa.

“Awwwoooooooo!”

No momento que Weed apareceu ele foi recebido por um terrível uivo de um lobo.

‘Assustador…’

Depois de chegar a um território desconhecido era sempre importante ter cuidado. Mesmo um NPC sabia disso, mas Buren e Becker pareciam ignorar essa simples regra.

“Se o chefe está com a gente nós não temos que nos preocupar com nada!”

“Nós confiamos em você, chefe!”

“Vamos ver como você derrota todos esses monstros com um único movimento da espada!”

“…..”

Weed suspirou e deu uma ordem aos seus soldados:

“Fiquem aqui. Façam as preparações para a comida, descanso e guarda. Esperem pelo meu retorno”.

“Sim! Nós entendemos”.

Felizmente para Weed, a área ao redor do portal era segura. Tendo todos os passos iniciais planejados com antecedência, ele comprou provisões para um mês para o seu pequeno exército.

Weed observou seu pessoal arrumar o acampamento por um tempo e então lentamente saiu do esconderijo para explorar os arredores.

Havia um vento forte lá fora.

Depois de quase cair algumas vezes Weed escalou até o topo da colina para conseguir uma boa vista.

Tudo ao redor era uma vasta pradaria, balançando ao vento.

Planícies do Desespero era um nome tão impróprio para essa fascinante paisagem de ondas verdes.

“Lindo…”

A grama estava se movendo em uníssono como se executando uma dança gloriosa.

Weed olhou em volta.

Para o leste da colina havia uma cadeia de montanhas. Não muito alta ou íngreme, mas muito longa.

“Eu acredito que elas são chamadas Montanhas Yuroki no mapa, certo?”

O mapa do Continente de Versalhes produzido por um autor desconhecido. De acordo com ele, as Planícies do Desespero só tinham uma cadeia montanhosa: as Montanhas Yuroki.

O lugar era habitado por numerosos monstros gigantes!

No topo da cadeia montanhosa Weed notou uma alta muralha de pedra e um forte. No centro do forte, um estranho templo negro era visível.

‘É isso..’

Era difícil dizer com certeza a uma distância tão grande, mas parecia que havia uma estátua de Beelzebu lá. Aquele deve ter sido o templo do Deus das trevas, erguido pelos necromantes de Balkan Demoph.

“Chwi-i-ik!”

Um som estranho subitamente veio de algum lugar. Weed imediatamente caiu no chão e tentou ficar tão imperceptível quanto possível.

À distância, um orc vestido em uma armadura de ferro com um gládio[5] em sua mão apareceu. O humor do Weed melhorou depois de vê-lo.

“Bem, pelo menos algo. Talvez eu seja capaz de aumentar o nível dos meus soldados caçando orcs antes de invadir o templo do Deus das trevas. Um pouco de trabalho e a missão será concluída bem rápido”.

Seu peito começou a se encher de esperança e confiança.

“Eu nunca recuarei. Não temerei nenhum oponente. Mesmo os orcs são bem-vindos”.

No momento em que Weed alcançou o nível 200 ele pegou um orc caçador de tesouros abandonado. Ele parecia com um homem, um homem grande, verde, feio e com presas.

“Prazer em te encontrar, velho amigo”, cantou Weed e lentamente foi em direção ao seu alvo.

A onda de confiança o estava empurrando rapidamente a matar seu primeiro monstro nesta terra para marcar o começo de uma grande caçada e o eventual assalto ao templo sombrio!

*Ruído*!

As árvores e arbustos no pé da montanha começaram a se mexer.

Weed, que estava prestes a atacar, congelou no lugar.

As Montanhas Yuroki estavam se mexendo. Um exército imenso de orcs estava se movendo entre as árvores!

Diante dos seus olhos uma horda de mais de 3 mil de orcs estava marchando e ele nem sabia se isso era um exército inteiro. E talvez ele nunca soubesse.

“…..”

Weed embainhou a espada e segurou seu fôlego.

‘Pelo menos os vampiros não tinham números tão grandes. Existem simplesmente muitos orcs’.

Além disso, a horda de orc estava simplesmente espantando os outros, até mesmo os monstros mais temíveis.

No final Weed teve que abraçar o chão e esperar os orcs passarem. Somente quando o ruído da horda desapareceu à distância que ele se atreveu a levantar a sua cabeça.

Como ele já havia inspecionado as Montanhas Yuroki, dessa vez Weed olhou para o oeste. Havia uma grande vista da área ao redor da colina e ele conseguiu ver algo interessante: uma muralha e um assentamento humano na fronteira atrás dela.

Weed certificou-se de que não havia monstros ao redor e foi em direção ao assentamento.

 

Você é o primeiro a descobrir a Aldeia dos Exilados.

Recompensas:

+ 300 pontos de Fama.

Por uma semana as recompensas e experiências das missões da aldeia serão dobradas.

 

Quando Weed se aproximou dos portões uma mensagem quase esquecida apareceu diante dele. Era a primeira vez desde o Túmulo do Anão, nas Montanhas Baruk.

‘Isso significa que eu sou o primeiro’.

Ainda nenhum jogador conseguiu vir tão longe dentro das Planícies do Desespero. Havia muitos jogadores que desconsideravam suas vidas para explorar novos territórios, mas Planícies do Desespero eram simplesmente muito vastas, então essa parte permanecia desconhecida.

Exilados de todo o Continente de Versalhes viviam aqui. Quase todos eles eram caras grandes e resistentes com várias cicatrizes em seus corpos. Se Weed não soubesse de suas origens antecipadamente, ele teria suposto serem bárbaros.

Por trás das muralhas da aldeia, para a sua surpresa, ele encontrou por volta de 300 casas de madeira construídas às pressas.

“Há um forasteiro”.

“Eu o vejo pela primeira vez”.

Todos os aldeões estavam evitando desconhecidos, mas isso não impediu minimamente Weed.

“Olá para todo mundo”.

“Parece que você não sabe nada sobre a nossa aldeia, forasteiro. Nós vivemos em um lugar muito perigoso e não podemos desperdiçar tempo em conversa fiada, especialmente com forasteiros como você”.

“Prazer em te conhecer”.

“Eu não confio em forasteiros”.

Weed tentou começar uma conversa de novo e de novo, mas os aldeões estavam saindo enquanto o ignoravam ou até mesmo mostrando hostilidade.

“Nós não esquecemos quem baniu nossos ancestrais. Pelo que você veio aqui?”

Ninguém na aldeia o aceitou.

‘Provavelmente essa aldeia é separada do resto do continente e minha fama não significa nada para eles’.

Contudo, Weed não seria ele se desistisse tão facilmente.

Ele decidiu tomar sua aproximação usual: ele estabeleceu uma fogueira no meio da aldeia e começou a assar um javali que ele tinha preparado antecipadamente.

“Venham provar a carne, é tão boa que você não será capaz de parar. É completamente grátis, então comam o quanto quiserem! E também, eu posso esculpir uma linda escultura de qualquer animal para vocês”.

Weed estava apelando para um dos instintos básicos: a fome! Quem poderia ignorar uma comida tão deliciosa, especialmente desde que era de graça?

Todavia, os aldeões ainda estavam ignorando seus esforços e alguns até ficaram com raiva.

“Você está tirando sarro de nós?”

“Nós mesmos podemos cozinhar”.

“Mesmo depois de passar fome por 10 dias, um guerreiro não perderá seu orgulho. Parece que os forasteiros não entendem uma coisa tão simples”.

“Ahahaha, esculturas… Quem sequer precisa delas?”

Todos os habitantes da Aldeia dos Exilados eram ótimos guerreiros.

Apesar de todos os esforços de Weed nenhum deles se aproximou. Os poucos que pararam por perto só estavam assistindo à distância, conversando e rindo dele.

E Weed continuou a assar o javali apesar da zombaria e dos olhares ameaçadores.

Nunca antes a culinária e a maestria escultural falharam com ele. Todos que no mínimo provaram a sua comida ficavam absolutamente apaixonados por ela e as esculturas frequentemente traziam bons resultados também.

Uma vez ele esculpiu um lindo buquê para um jogador chamado Volk, que estava indo propor casamento à garota que ele amava. A Maestria Escultural sempre estava trazendo benefícios inesperados.

‘Eles não devem ter nenhum senso artístico… Selvagens’.

A atitude dos aldeões não chateou nem um pouco Weed.

‘Não é a primeira vez que estou sendo ignorado. Estou acostumado com isso…’

Ele se lembrava bem do tempo em que trabalhou em uma fábrica quando era uma criança. Quando Lee Hyun tinha 14 anos de idade, ele já trabalhava em tempo integral, desfazendo as costuras em um quarto abafado e empoeirado.

Era um trabalho difícil, monótono e ele só podia sair nas pausas para o almoço. Lee Hyun ficava terrivelmente com inveja dos estudantes alegres passando por ele enquanto estava na pausa do almoço.

Naquele tempo ele era um forasteiro para todo mundo. Contudo, isso não o quebrou, mas, ao invés, o fortaleceu e o fez crescer apesar de tudo.

Weed terminou de assar o javali e, depois de não ter recebido resposta, guardou tudo de volta na mochila e continuou a andar pela aldeia tentando começar uma conversa. Ele acreditava que entre todos os NPCs, deveria haver pelo menos um que falaria com ele.

E ele não estava errado. Um jovem garoto, que estava agachado no chão encarando um escudo situado ao lado dele, se virou para Weed e disse:

“Oh, estrangeiro! Se você conseguiu chegar até aqui você deve valer algo”.

“Chegar onde?”

“Hah, você nem sabe onde está?”

“Graças ao mapa eu tenho uma ideia geral da minha localização, mas eu não sei nada sobre este lugar”, respondeu Weed honestamente.

“Bem, nós não sabemos nada sobre você também. Essa aldeia apareceu aqui na Era do Caos. Você já ouviu algo sobre isso?”

“Sim, mas não muito”.

“Aqueles eram tempos onde todos foram à loucura e correram sem parar. Nossos ancestrais vieram para essas terras e lutaram por suas vidas. Para ser honesto, eles estavam dispostos a lutar, mas não tinham armas. Eles foram conduzidos até aqui sem nem mesmo o punho da espada…”

Visões do passado começaram a aparecer diante dos olhos de Weed.

Vários soldados com lanças e espadas estavam perseguindo pessoas pobres e famintas em terras distantes. Terras repletas de monstros perigosos. Havia centenas de milhares de pessoas. O chão estava encharcado de sangue, luto e dor.

“No início o número de pessoas banidas para cá rapidamente reduziu. Somente os mais persistentes sobreviveram. Ahem! Eu te diria mais, mas eu estou ocupado no momento”.

“Ocupado? Com o que?”

“Você deve ter notado esse escudo aqui. Infelizmente, está quebrado e eu preciso de um substituto o quanto antes. Você poderia por acaso me fazer um favor?”

“Sim, eu ajudarei de qualquer forma que puder”.

“Ótimo. Você deveria levar esse escudo a um certo homem e pegar um novo com ele. Ele está dirigindo uma grande ferraria nessa aldeia”.

Ding!

 

Escudo para Kokun:

Apesar de todos os esforços, o caçador Kokun falhou em consertar seu escudo. Se o escudo quebrar durante a luta, ele terá problemas. Você tem que levar o escudo ao amigo dele, Lucille, para trocar por um novo.

Nível de Dificuldade:

E.

Restrição da Missão:

Se você deixar a aldeia com o escudo, Kokun ficará com raiva.

 

“Eu lhe trarei um novo escudo”.

 

Você aceitou a missão.

 

Weed acreditava que antes de fazer uma missão era importante reunir todas as informações disponíveis. O escudo que ele pegou era muito pesado e sólido.

“E agora, nós devemos? Identificar!”

O escudo estava todo quebrado e sujo, então era difícil estimar seu valor somente olhando. Weed estava indo ao ferreiro enquanto olhava para a janela de informações do escudo.

 

Escudo de Lucille:

Um escudo simples feito de metais de baixa qualidade. Ele é coberto com aço por fora, mas também é muito rígido por dentro.

Ele é fraco contra armas sem corte.

O escudo deve ser substituído na primeira oportunidade.

Durabilidade:

12/50

Defesa:

16

Restrição:

Nenhuma.

Opção Quando Equipado:

50% de chance de se defender contra projéteis.

 

A aldeia não era muito grande, então não foi muito difícil achar a oficina de forja. Contudo, ela não parecia nem um pouco como Kokun descreveu. Uma pequena fornalha com uma bigorna em um quarto pequeno com algumas espadas e algumas outras armas penduradas na parede, isso foi tudo o que Weed viu. A única coisa grande ali era o ferreiro barbudo e musculoso Lucille.

“Estou te vendo pela primeira vez, estranho”.

“Eu vim aqui a pedido do Kokun”.

A relação de Weed com os aldeões não estava em bons termos, então ele decidiu tomar a iniciativa. Contudo, todas as suas preocupações eram desnecessárias.

“Oh, entre. Há um cheiro familiar de metal ao seu redor. Eu amo fogo e é por isso que me tornei um ferreiro. Por que você aprendeu essa profissão?”

Weed rapidamente considerou a sua resposta. Algumas vezes, perguntas que no começo pareciam insignificantes determinavam seu relacionamento com os NPCs.

“Eu gosto de derreter o metal frio e dar uma nova forma a ele”.

“Boa resposta. Então, o que te trouxe aqui?”

Weed entregou o escudo.

“Ele pede por um novo”.

“É isso! Aquele Kokun idiota quebrou seu escudo de novo. Eu o avisei tantas vezes para ter cuidado… Ahem! Eu não posso continuar fazendo isso de graça. Eu darei outro por 5 moedas de ouros. Aquele inútil do Kokun não tem esse tipo de dinheiro, então você terá que pagar em vez disso”.

“Erm…”

Weed estava prestes a dizer algo rude, já que ele se sentiu enganado, mas ele se segurou no último momento. Era idiota desistir na primeira missão depois de procurar tanto. Ele se convenceu de que isso era apenas mais um investimento para o futuro.

‘Hmm, eu não tenho sido trapaceado desta forma desde que encontrei o Sábio Rodriguez’.

Weed passou as moedas de ouro para o sorridente Lucille.

“Obrigado. Eu, por acaso, tenho um escudo extra para ele. Aqui está”.

Weed pegou o escudo. A missão foi concluída e ele estava preste a sair, mas Lucille o impediu.

“Ei, você ouviu sobre a origem da nossa aldeia?”

Weed foi o primeiro a descobrir esse assentamento. Talvez isso, ou o fato do próprio Weed ser um ferreiro, fez com que Lucille lhe contasse a história.

“Kokun me disse um pouco. Ele parou na parte onde apenas uma pequena parte dos exilados permaneceu”.

“Ótimo. Então eu continuarei. Sobreviventes estavam vagando nas terras dos monstros à procura de um lugar para se estabelecer. A primeira escolha deles foi uma imensa caverna, mas nem todo mundo gostava da ideia de viver constantemente no escuro. Gradualmente mais e mais pessoas iam para o lado de fora e, eventualmente, eles decidiram fundar uma aldeia”.

“Incrível, eles tiveram a coragem de começar um assentamento nas Planícies do Desespero!”

Weed queria mostrar a sua admiração pela coragem deles. Mesmo em um ambiente tão perigoso o espírito pioneiro dos humanos venceu!

“Nah, isso não foi tão marcante. Para dizer a verdade, naquele momento ainda havia muitos sobreviventes, mas eles tiveram uma divergência. Eles se separaram em 2 campos: alguns, que não queriam mudar nada e outros que queriam deixar a caverna. Os últimos foram aqueles que fundaram a nossa aldeia e depois construíram uma muralha ao redor. Infelizmente, 99 de cada 100 morreram no processo”.

“…..”

Essa era a história de um filme de terror. Terras desconhecidas, repletas de perigo e um grupo de pessoas indefesas…

“Sim, foi assim que tudo aconteceu. Através da tentativa e erro, cada uma das quais custou vidas humanas. Além disso, os sobreviventes adquiriram novos conhecimentos. Eles aprenderam quais lugares evitar, descobriram os hábitos dos monstros e os predadores desta terra. Eles começaram a entender melhor o mundo ao redor deles. Por volta desse tempo, a aldeia começou a se tornar segura. Ahem, eu acho que falei demais. Eu ainda tenho muito trabalho para fazer. Aqui, esse é o meu presente para você”.

 

Você adquiriu o mapa das planícies.

Esse é o mapa das Planícies do Desespero.

Ele mostra a localização de castelos, aldeias, covis de monstros e lugares amaldiçoados.

 

Lucille subitamente deu à Weed um item muito valioso. O mapa das Planícies do Desespero e tudo o que havia nelas! Com uma paisagem grosseiramente marcada e os principais habitats de alguns tipos de monstros. Embora estivesse realmente mal desenhado, como se feito por uma criança que estava aprendendo a escrever.

“Muito obrigado”.

“De nada. Tente visitar a aldeia mais frequentemente. As pessoas que não caçam são mais acolhedoras em relação aos estranhos. Seria bom se mais pessoas novas viessem aqui”.

Weed voltou para Kokun para entregar o escudo. O caçador estava esperando por ele no mesmo lugar enquanto afiava a sua espada.

“Oh, você voltou? Você está atrasado. Trouxe o escudo?”

Weed deu o escudo a ele.

“Obrigado. Você me fez um favor, mas eu não tenho nada para te dar. Embora… espere um segundo, aqui, pegue isso”.

 

Você recebeu 20 flechas de aço.

 

Ding!

 

Escudo para Kokun:

A missão “Escudo para o Kokun” foi concluída.

O caçador Kokun já havia perdido seu escudo algumas vezes em batalhas. Ele sempre voltava da caçada ferido, mas, ainda assim, nunca trouxe algo de valor.

Os aldeões o consideram um fracasso.

Ninguém sabe onde ele luta.

Recompensas da Missão:

20 flechas de aço para um arco longo.

Um pouco de experiência.

 

Weed abriu a janela do personagem. A barra de experiência só aumentou em 0,001%.

Você não pode esperar muito de uma missão de grau de dificuldade ‘E’, mesmo com o bônus de experiência dobrada. Se somente ela fosse uma das missões onde a experiência dependesse dos objetivos concluídos…

Satisfeito, Kokun examinou seu novo escudo e disse:

“Oh, sim, eu comecei a contar sobre a nossa aldeia, certo? Me lembre onde nós paramos?”

“Uma pequena parte dos sobreviventes fundou a aldeia, Lucille me contou até essa parte”.

“Hah! Ele com certeza ama falar. Eu continuarei. Para sobreviver nós tivemos que ficar mais fortes. Todos os aldeões dominaram armas, especialmente arcos: alguns entre nós são até mesmo melhores do que os Elfos Negros. O que mais… Nossa aldeia está localizada na parte mais ao leste das Planícies do Desespero. As Cordilheiras Yuroki podem ser claramente vista daqui e são habitadas por inúmeros orcs”.

“Vocês fundaram sua aldeia em um lugar perigoso”.

“Sim. A maioria das aldeias são assim. Nós até fomos relativamente sortudos. Há uma mina de ferro próxima, então nós podemos forjar armas. Além disso, também temos bastante comida. Embora, de tempos em tempos, sejamos invadidos por orcs”.

“Orcs?”

“Todo ano na época da colheita eles vem pilhar nossos celeiros. Para ser honesto, os orcs são a única razão de não vivermos em abundância. Mas, infelizmente, eles também são a razão de não termos que lidar com outros monstros mais perigosos. Então nós vivemos na pobreza, mas relativamente seguros”.

O assentamento de exilados estava aguentando apesar das invasões anuais dos orcs.

“Contudo, há alguns anos os orcs começaram a levar não só comida, mas também aldeões. Depois de tudo eles não podem fazer nada sozinhos!”

“Eu ouvi que os orcs são a pior raça em relação a tarefas manuais”.

“É isso mesmo. É por isso que eles levam as pessoas, assim eles fazem armas e outros trabalhos para eles. Nos últimos anos eles levaram mais de cem pessoas! Malditos orcs!”

“Você tentou pará-los?”

Kokun explodiu em uma gargalhada.

“Ha! Impedir a horda?! Eu nunca ouvi nada mais estúpido. Orcs amam lutar, eles são incomparáveis nisso. Eles lutam não só contra humanos, mas contra elfos, monstros gigantes e até mesmo uns contra os outros!”

“Entendo”.

“Eu te digo isso porque você ainda não entende o quão perigoso é o lugar no qual você entrou. Mesmo nossos melhores guerreiros têm dificuldades caçando alguns monstros, Formigas Gigantes por exemplo. Nós fazemos uma festa se eles trazem uma da caçada. Você acha que pode caçar 5 delas? Se você conseguir isso, esses aldeões mudarão suas atitudes com relação a você”.

Ding!

 

A Dúvida do Kokun:

O caçador Kokun conheceu muitas pessoas que falavam demais e não faziam nada. Para se opor aos orcs precisa-se não só de coragem, mas de uma mente afiada.

Capture 5 Formigas Gigantes para provar a sua coragem.

Nível de Dificuldade:

C.

Recompensa da Missão:

Reconhecimento dos aldeões.

Penalidade Por Falhar:

O caçador Kokun não falará mais com você.

 

Uma nova missão!

Kokun estreitou seus olhos e continuou:

“Deixe que isso seja um teste para você. Não ficarei surpreso se você recusar. Considere isto como um desafio para forasteiros”.

Weed ficou quieto por um momento e depois respondeu firmemente:

“Eu pegarei essas Formigas Gigantes”.

 

Você aceitou a missão.

 

“Eu realmente espero que sim. Você pode achar as Formigas Gigantes nas planícies a oeste. Elas são fáceis de achar. Embora eu não tenha certeza se você pode fugir se algo der errado”.

 

***

 

Weed deixou a aldeia e voltou para a colina onde seus homens estavam se escondendo. Os 10 Cavaleiros Reais, Buren, Becker, Hosram, Dale, 400 soldados e 50 sacerdotes. Um pequeno exército liderado por Weed!

“Continuem esperando”.

“Como você disser, chefe!”

Weed ficou de pé na frente da pedra na entrada da caverna e olhou para suas ferramentas de esculpir. Ele já tinha pego o jeito de esculpir esculturas e a faca de Zahab e o formão estavam se movendo em suas mãos a uma velocidade incrível!

Ele esculpiu um rosto familiar que algumas vezes até mesmo aparecia em seus sonhos! O rosto de Seoyoon serviu como modelo para outra escultura.

‘Eu espero que termine em outra Bela Peça…’

Weed tinha grandes expectativas. Ele nunca havia falhado em esculpir o rosto da Seoyoon…

Em suas esculturas ele tentou muitas vezes usar o rosto de outras garotas, mas nunca teve sucesso com isso.

Por causa dos menores detalhes, era difícil recriar o rosto de alguém. Algumas vezes, ao olhar para um rosto bonito, você entende que algo está faltando. Parece que se você fizer o nariz um pouco mais alto ou os olhos maiores, você alcançará a perfeição.

Especialmente esse era o caso em relação aos rostos das mulheres. Todavia, na verdade, se começar a mudar algo você consegue resultados inesperados. Fazendo mudanças mínimas, você muda o balanço geral e é por isso que o resultado ‘consertado’ normalmente termina inferior ao original.

Para cada trabalho fracassado a fama do escultor diminuía. Weed desejava evitar isso, então ele só estava esculpindo o rosto de Seoyoon. A aparência dela era tão perfeita que, apenas mudando a expressão um pouco, ele poderia mudar totalmente a atmosfera.

Dessa vez Weed decidiu esculpir Seoyoon como uma guerreira temível. Para as roupas e armadura ele usou o equipamento dos mercenários do Norte, ele ouviu que havia muitas mercenárias entre eles.

A feroz e confiante Seoyoon com uma espada na sua frente parecia estar guardando a entrada dos monstros perigosos. Essa era uma imagem perfeita de uma mercenária digna e orgulhosa.

Ding!

 

Estátua da Mercenária:

Bela Peça! Você terminou a Estátua da Mercenária!

As terras do Norte são pobres e inadequadas para agricultura, então muitas mulheres se tornaram mercenárias para proteger suas casas e ganhar algum dinheiro. Elas nunca recuam e sempre terminam suas tarefas designadas.

Com armas em suas mãos, elas destemidamente matam os monstros mais perigosos do Norte! Desde que os cavaleiros se tornaram muito arrogantes, o dever de manter a paz recaiu sobre os ombros dos mercenários.

Valor Artístico:

600 pontos.
 

Regeneração de vida e mana aumenta em 15% por um dia.

 

+15% de velocidade de movimento.

 

+100 pontos de Carisma.

 

+10 pontos de Força.

Efeitos:

+10 pontos de Agilidade.
 

+5 pontos em todos os atributos.

 

Por uma semana após ver a estátua, você pode pegar missões na Guilda dos Mercenários com melhores condições.

 

+5% de ganho de experiência.

 

Esses efeitos não se sobrepõem com os de outras esculturas.

Número de Belas Peças Concluídas Até Agora:

5.

 

Você ganhou pontos de experiência na habilidade Maestria Escultural.

+85 pontos de Fama.

+1 ponto de Resistência.

Novo atributo: Charme!

Charme:

Esse atributo representa a capacidade de atrair pessoas, principalmente aqueles do sexo oposto. Você se torna mais atraente e charmoso.

Um dos principais atributos para bardos, dançarinas e líderes de grupos. Se a sua profissão estiver relacionada com o artesanato, o charme lhe ajudará a criar trabalhos mais detalhados.

 

Devido à sua profissão, o seu atributo Charme aumentou em 20 pontos.

Perseverança aumentou em 5 pontos.

 

A imagem de Seoyoon não falhou com ele dessa vez também.

‘Hmm, esta escultura não afeta muito o desempenho no combate, mas aumenta o ganho de experiência, o que também não é ruim’.

E ele também ganhou um novo atributo que influenciava suas habilidades esculturais, um inesperado, mas agradável presente.

“Hmmm…”

Weed tentou examinar o reflexo do seu rosto na lâmina da faca para ver se algo mudou depois que o novo atributo apareceu. Em seguida, ele fez a sua melhor pose e se dirigiu aos seus soldados:

“Reúnam todos. Nós estamos saindo!”

Weed e seu exército se dirigiram às planícies para caçar as Formigas Gigantes.

“Sacerdotes, preparem-se para a batalha, abençoem os guerreiros”.

“Sim. Freya, por favor dê aos seus fiéis servos o poder para lutar contra o mal, Abençoar!”

Os sacerdotes usaram bênçãos em grupo. A Ordem da Freya havia enviado os melhores sacerdotes com Weed, então abençoar 400 soldados de uma única vez não era um problema para eles.

Entretanto, Weed ainda assim decidiu agir cuidadosamente. Ele acreditava que se simplesmente jogasse os soldados na batalha desde o início, não haveria chances de evitar perdas, apesar do apoio dos sacerdotes de Freya.

“Cavaleiros, movam-se na frente comigo, o resto de vocês nos sigam a uma certa distância”.

Os Cavaleiros Reais estavam resmungando, mas ainda assim seguiram as ordens de Weed.

“Nós o obedeceremos por ora”.

“Até terminarmos a nossa missão, nós temos que ouvir você, mas não tenha a ideia de que nós estamos fazendo isso por respeito”.

Weed foi ignorado na aldeia! Agora ele foi ignorado aqui também!

Weed suspirou para si mesmo e, sem uma palavra, deixou os cavaleiros irem na frente para procurar pelas formigas.

Quando escutava Kokun, ele não o levou a sério. Bem, as formigas eram grandes e eram difíceis de pegar, mas e daí? Contudo, depois de ver esses monstros, ele não pôde segurar a sua surpresa.

“Woah, elas são realmente imensas!”

Ainda que formigas normais tivessem 1cm de comprimento, os monstros que estavam correndo pelas planícies na frente deles facilmente tinham mais que alguns metros de comprimento e elas estavam se movendo extremamente rápido!

“Não se assustem com o tamanho delas, vão! Ataquem!”

Acompanhado pelos cavaleiros, Weed correu em direção aos monstros, mas eles estavam se movendo muito rápido. Com um único passo eles andavam alguns metros e frequentemente faziam curvas acentuadas.

Os cavaleiros tinham que ser extremamente cuidadosos para evitar um ataque frontal de uma formiga se movendo a toda velocidade.

Weed não pôde evitar se sentir frustrado.

‘Eu gastei tantos pontos de reputação neles e isso é tudo o que eu tenho…’

Os cavaleiros não foram capazes de matar uma única formiga! Os bravos guerreiros estavam apenas correndo em círculos tentando se esquivar dos monstros correndo.

“Nós precisamos desacelerar as formigas! Sacerdotes, usem a habilidade Desacelerar!”

“Será feito, ó aquele que é devoto”.

Felizmente, a fé de Weed ajudou-o a comandar os sacerdotes. Eles estavam executando suas ordens rápida e precisamente.

50 sacerdotes simultaneamente recitaram a oração:

“A beleza de Freya paralisa todos em seus lugares. Então que seja! Pelo poder de nossa fé, Desacelerar!”

A bizarra anti-bênção dos sacerdotes começou a funcionar. Os movimentos das Formigas Gigantes começaram a desacelerar mais e mais. As orações de 50 sacerdotes se juntaram e o feitiço resultante foi muito mais poderoso do que a de um único sacerdote.

Depois de alguns segundos as formigas congelaram no lugar.

“Cavaleiros, ataquem! Arqueiros, comecem a atirar! O resto, protejam os sacerdotes”.

“Sim!”

Cem soldados puxaram seus arcos e lançaram uma chuva de flechas nos monstros congelados. As formigas eram tão grandes que era muito fácil mirar nelas.

Os 300 soldados remanescentes ficaram defendendo os sacerdotes e Weed correu para atacar as formigas.

Eles tinham que correr, já que os sacerdotes tinham que gastar mana constantemente para manter o feitiço de desacelerar funcionando.

‘Nós não podemos deixar isso se arrastar por muito tempo’.

Os ataques dos arqueiros estava gradualmente diminuindo a vida dos monstros.

‘Elas são tão grandes que, para elas, as flechas são como mosquitos as picando…’

Juntos com Weed, os cavaleiros correram para atacar as formigas. Eles estavam subindo nelas e quebrando suas cascas com as espadas. Alguns estavam cortando as pernas delas.

Weed seguiu o exemplo dos outros e escalou a cabeça de uma formiga. Isso era perigoso, mas o perigo não o impediu. Ele estava cortando os monstros junto com os cavaleiros.

As Formigas Gigantes aguentaram por muito tempo.

Algumas vezes elas conseguiam enfraquecer os feitiços de desaceleração dos sacerdotes e sacudir os cavaleiros de cima delas.

Toda vez que isso acontecia o coração do Weed pulava uma batida. Felizmente os cavaleiros não morriam facilmente, então depois da queda eles se levantavam de novo e recebiam alguma cura dos sacerdotes e voltavam para a luta.

Dessa forma, depois de uma hora desde o começo da luta, o pequeno exército de Weed matou a última Formiga Gigante.

 

Você subiu de nível.

Você recebeu a casca gigante de quitina.

Você recebeu uma antena de Formiga Gigante. Você pode usá-la para achar a caverna onde a rainha das Formigas Gigantes está escondida.

 

“Excelente”.

Só depois de derrotar as formigas Weed percebeu que o nível delas estava acima do 350.

“Elas são ridiculamente fortes”.

Era preciso bastante habilidade para lutar contra monstros tão fortes. Foi uma sorte que, por causa da sua alta fama e missões concluídas anteriormente, seu nível era bem alto.

Depois de reunir toda a pilhagem e liderar seu exército de volta ao seu esconderijo, Weed voltou para a Aldeia dos Exilados.

Lá ele mostrou as cascas de formigas para Kokun.

“Eu não esperava muito. Pensei que você fosse apenas outro fanfarrão, mas estava enganado, você realmente derrotou as Formigas Gigantes”.

Kokun cuidadosamente examinou as cascas de formiga trazidas por Weed.

“Incrível. Por lidar com elas você provou que é realmente um guerreiro excepcional. Ninguém duvidará de você novamente”.

Ding!

 

A Dúvida do Kokun:

Você concluiu a missão: “A Dúvida de Kokun”.

Em todo a Aldeia dos Exilados apenas algumas pessoas conseguiram caçar 5 Formigas Gigantes e tais pessoas são chamadas de os melhores guerreiros e protetores principais da aldeia.

Agora Kokun espalhará a notícia de que há outro grande guerreiro entre os moradores.

Recompensa da Missão:

Faca de Kokun.

Pontos de experiência.

6 pontos de Fama.

 

Dessa vez Weed também verificou a barra de experiência. Para essa missão ele foi recompensado com 15% da barra experiência, mas o mais importante foi o fato de que os aldeões finalmente começarão a aceitá-lo.

“Essa é minha faca. Agora ela pertence a você. Um guerreiro tão bom como você é sempre um amigo bem-vindo para mim”.

Kokun pegou uma pequena faca e a passou para Weed.

“…..”

Essa era a lâmina mais suja e cega que Weed já tinha visto no jogo.

“E para que eu preciso disso?”

“Ela é habilidosa para remover a casca das árvores. Uma faca muito útil”.

Weed decidiu não responder, ele já tinha a faca de Zahab e o presente de Kokun não tinha utilidade para ele.

“Eu continuarei a minha história sobre a nossa aldeia. O lugar onde ela está localizada é realmente muito perigoso. Se agir precipitadamente você pode facilmente perder a sua vida. É por isso que você nunca deve subestimar os orcs. Desde a infância eles são treinados para lutar contra monstros, monstros muito fortes… Pode ser dito que os orcs governam essas terras”.

“Entendi. Evitar os orcs”.

“Isso mesmo, pelo menos se você valoriza a sua vida. Contudo, no alto das Montanhas Yuroki vivem os elfos negros. Além disso, recentemente algumas criaturas das trevas que usam magia negra apareceram e se aliaram com os elfos”.

O olhar de Weed ficou mais afiado.

“Você pode me dizer mais sobre isso?”

“Os aldeões caçadores, como eu, não estão tão cientes do que acontece nas Montanhas Yuroki, mas nós vimos muitas vezes como os orcs lutam contra os elfos negros. Quase todas as vezes os orcs venciam, embora os elfos usem magia negra e invoquem espíritos. Contudo, desde que aquelas criaturas das trevas apareceram, os orcs começaram a perder mais batalhas, muito mais batalhas. Além disso, os orcs mortos estavam se levantando e atacando a sua própria raça. Eu quase fui morto algumas vezes enquanto assistia tais batalhas”.

Weed estava bem ciente de que tipo de criaturas das trevas se aliaram com os elfos negros. Os necromantes de Balkan Demoph.

“Os elfos negros começaram a vencer. Eles até mesmo construíram muralhas, uma fortaleza e depois torres nas montanhas. Pensando nisso, parece estranho não é?”

“Certo”.

Elfos eram uma raça que vivia em harmonia com o mundo e a natureza e, embora os elfos negros amassem lutar, eles ainda viviam no ambiente natural. Por que eles se mudariam para uma fortaleza?

“Eu tenho uma sensação de que os elfos estão se preparando para uma guerra. Eles começarão uma guerra em larga escala com os orcs e estão escondendo algo por trás daquelas muralhas, certo? Eu não sei de nada, só posso adivinhar. Contudo, uma coisa eu posso dizer com certeza: desde que os elfos ganharam aliados, as noites em nossas terras ficaram mais longas”.

“Mais longas?”

“Certas vezes nuvens negras surgem a partir da fortaleza dos elfos e elas cobrem o céu todo. O tempo pelo qual podemos ver o sol continua diminuindo. Dê uma olhada à noite e você verá por si mesmo”.

Foi assim que Weed aprendeu sobre a situação difícil nas Planícies do Desespero.

“Aliás, se você conhecer os irmãos Moss e Amy na aldeia, não fale com eles sobre os monstros que mudam de forma. Agora eu preciso ir caçar”.

Kokun pegou seu escudo, balançou sua cabeça e deixou a aldeia.


[1] NT = Nota Dani: vide capítulo 9 do volume 4, é o cara que levou o Weed para a união e deu a ele uma conta para o site.

[2] NT = Nota barafael: um tipo de peixe alongado – https://en.wikipedia.org/wiki/Cutlassfish.

[3] NT = Nota barafael: kkkkkk

[4] NT = Nota barafael: leia-se comida de baixa qualidade, comida barata ele sempre procura, mas o bom pelo menor preço.

[5] NT = Nota Dani: É uma espada curta e de dois gumes, que era usada pelos romanos.


Tradutora: Dani

Revisão: barafael

Formatação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: http://royalroadweed.blogspot.com.br/2014/11/volume-5-chapter-5.html


Contribua com a Novel Mania!