LMS – Volume 42 – Capítulo 7 – Alcard, O Comandante do Exército de Subjugação do Norte

Versão em .pdf1: [NovelMania] Volume 42 – Capítulo 7 – Alcard, O Comandante do Exército de Subjugação do Norte (nota integrada)

Versão em .pdf2: [NovelMania] Volume 42 – Capítulo 7 – Alcard, O Comandante do Exército de Subjugação do Norte (nota rodapé)




Os usuários reunidos no Palácio da Terra para lutar contra o Império Haven ainda não tinham partido.

“Procuro pessoas com coragem para escoltar comerciantes com dinheiro a fim de negociar em áreas perigosas. O valor será de 3 moedas de ouro por dia.”

“Procuro trabalhadores de escritório que estejam de férias por uma semana e queiram caçar em uma masmorra que nem loucos durante este tempo.”

“Huhu, hahahaha, hohohohok! Eu sou o caçador Cockle da Unidade Mingau de Cebola! Sigam-me.”

“Fazendeiro procurando por sentinelas para defenderem as cercas da minha propriedade. Por favor, protejam a colheita dos monstros e animais nas Montanhas Hullio durante uma semana. Se a colheita for um sucesso, eu oferecerei suco de cebola e de melão pelo resto de suas vidas.”

Os usuários uniram forças para fazer missões e participar do comércio enquanto corriam em direção a uma nova fronteira.

Os comerciantes que ouviram falar sobre o plano de reconstrução do Palácio da Terra anunciaram suas intenções de investir na obra.

“O momento de investir é importante. Agora a importância está nos imóveis. Nós podemos construir barracos nesta terra espaçosa e fazer uma fortuna.”

“Quando as pessoas se reúnem é natural que uma área comercial se forme. Eu estou cansado de perambular por toda parte para fazer negócios. Tão logo as lojas sejam estabelecidas, as pessoas virão até nós e ganharemos dinheiro, bem como elevaremos nossas habilidades. Um comerciante precisa trabalhar diariamente para colocar comida na mesa.”

“Kidukkiduk, quando a economia está incerta o melhor a se fazer é investir no ramo dos alimentos. As pessoas conseguem viver sem comer? Estou feliz por ter adquirido a habilidade culinária. Coloque muito tempero em ingredientes baratos e eles poderão ser vendidos por um bom preço.”

Os comerciantes compraram terras de propriedade do reino a fim de construir edifícios. Eles representavam uma das profissões mais ativas no Reino Arpen tendo em vista que faziam renda através das negociações e investimentos.

“Eu deveria ir…”

“Você gostaria de participar da construção do Palácio da Terra?”

“Irei participar. Mais tarde, posso olhar orgulhosamente para o palácio.”

“Eu não pude participar da última vez por causa de uma aventura.”

“Realmente, você trouxe uma pá e um saco?”

“É claro. Esses são itens necessários no Norte. Eu tenho cinco deles. Não há mais espaço na minha mochila para pilhagem.”

Cerca de novecentos e cinquenta mil usuários do Reino Arpen se comprometeram de pronto a trabalhar no canteiro de obras. Eles seguiram as instruções dos arquitetos e limparam os destroços do Palácio da Terra, bem como estabeleceram a infraestrutura da cidade e do novo palácio real.

“De agora em diante, cavem em linha reta.”

“Até onde?”

“Nós temos que construir um grande rio, então continuem cavando por cerca de três quilômetros.”

“A Unidade Mingau de Broto de Bambu fará isso. Duas horas devem ser mais do que suficientes.”

“Se vocês não pararem para comer frango no meio do trabalho, uma hora e meia será suficiente.”

Os limites do rio, estradas e edifícios eram fáceis de definir. Os arquitetos dedicaram-se à reconstrução do palácio real e meramente definiram o contorno básico para a Cidade do Amanhecer.

Os arquitetos conectaram ao Palácio Real as praças, estradas e portões, bem como construíram Edifícios Grandiosos, esculturas, lojas, mercados e até mesmo escritórios para as guildas de profissões. Além disso, houve uma competição acirrada entre os usuários para adquirir um dos 300.000 barracos que tinham sido construídos em tempo recorde.

“O quarto é espaçoso e incrível. É impossível comparar com os barracos de Morata. Que tipo de barraco possui o quarto e a sala de estar em ambientes separados?”

“Não parece que haverá infiltração a partir das chuvas. Será difícil até mesmo ver insetos dentro.”

“Também há uma piscina em frente à favela. A comodidade é incrível!”

A Cidade do Amanhecer era diferente de Morata em muitos aspectos. Morata tinha a forma básica de uma aldeia que tinha crescido passo a passo devido a colonização e ao crescimento do turismo.

Por outro lado, a Cidade do Amanhecer tornar-se-ia a capital do Reino Arpen, então as pessoas investiram pesado.

Morata era o coração do Reino Arpen e isso não havia mudado mesmo depois da construção do primeiro Palácio da Terra. Mesmo que o Palácio da Terra outrora fosse conhecido como a capital do reino, ele só era relevante para os usuários que não tinham participado da sua construção ou nunca tinham visitado a área.

No entanto, centenas de milhares de pessoas estavam participando da construção da Cidade do Amanhecer, de modo que esse foi um começo poderoso.

Além disso, os orcs também vieram com suas famílias carregando bagagens em suas costas.

“Chwiik, há muitos seres humanos aqui. Vamos para outro lugar.”

“Espere um minuto, dizem que há trabalho equivalente a seis meses aqui, chwik chwik!”

O estabelecimento das famílias orcs. Havia uma lei no Reino Arpen dizendo que cada orc só poderia ter dez filhos. Contudo, os orcs cresceram tão rápido que logo representavam uma grande parcela da população.

No entanto, isso não significava que a população orc aumentaria indefinidamente em uma cidade. Isso não acontecia porque os orcs eram muito independentes desde a tenra idade. Após se unirem a uma fêmea e terem seus descendentes, eles sairiam para encontrar novos habitats para alimentar sua prole.

 

***

 

O exército do Império Haven moveu-se cuidadosamente em direção à Fortaleza Vargo com cinco divisões, um total de um milhão e meio de tropas![1]

A mobilização das tropas do Império Haven em grande escala foi um esquema criado pelos líderes da Guilda Hermes. Na verdade, os líderes tinham considerado dois aspectos enquanto montavam o plano de conquista do Norte: os aspectos da guerra em si e a subsequente administração de todo o continente.

A expedição que atravessou o Rio Poros em direção ao Norte era composta por jogadores e NPC´s de elite. Além disso, pequenas e médias unidades de combate com novos recrutas foram organizadas no Leste sob o gerenciamento de comandantes experientes em combate.

No futuro, haveria rebeliões no Norte, então essa era uma boa oportunidade para treinar os soldados no Leste do Continente Norte. Contudo, a primeira coisa que irritou o Império Haven foi a topografia do terreno.

“Aaaack!”

“Meu corpo afundou até minha cintura!”

Eles caíram de encostas ou mergulharam em pântanos escondidos por pilhas de folhas caídas.

O Império Haven tinha muita experiência de combate em terreno montanhoso. No entanto, esta foi a primeira vez deles em uma área tão íngreme e difícil como nos arredores da Fortaleza Vargo.

“Por quê? Esses obstáculos não estavam descritos no mapa.”

“Isso parece ser um mapa desenhado por orcs.”

“Isso é um pedaço de lixo!”

“Como nos perdemos na floresta novamente?”

“Não há sequer espaço para movermos as tropas ao redor?”

“Sim. As árvores e arbustos são tão densos que nem mesmo uma pessoa consegue passar.”

Compreensivelmente, o Império Haven já tinha concluído o reconhecimento da área com antecedência por meio da sua orgulhosa Unidade de Rangers. Todavia, neste meio tempo, o terreno havia mudado consideravelmente e uma grande quantidade de obstáculos surgiu. Isto ocorreu em razão dos usuários da Fortaleza Vargo, principalmente fazendeiros e paisagistas, que plantaram colheitas e outras plantas nas montanhas depois de perceberem a passagem dos rangers.

“Haha, eu não acredito que chegou o dia em que nós plantaríamos essas plantas com espinhos em uma quantidade tão grande.”

“Eu te darei muito fertilizante. Essas plantas são muito fáceis de cultivar porque não precisamos nos preocupar com as pragas.”

“O Norte também tem terras muito férteis. Esta será uma boa colheita de espinhos.”

Os agricultores, liderados por Miretas, trabalharam duro nas montanhas ao redor da Fortaleza Vargo. Fortalezas nem sempre eram feitas somente de pedras. O poder das plantas era suficiente para atrasar o movimento de um grande agrupamento de tropas e causar danos.

Mesmo se a vanguarda do exército cortasse as plantas com uma espada à medida que passasse, se as raízes fossem mantidas intactas, elas rapidamente reviveriam e cresceriam novamente. A menos que eles arrancassem as raízes, o exército principal receberia danos constantemente.

“Se houver quaisquer obstáculos, use uma bola de fogo para queimá-los!”

Os comandantes do Império Haven estavam ansiosos para aumentar a velocidade da marcha, pois queriam ocupar a Fortaleza Vargo rapidamente.

O nível geral dos usuários dessas divisões era mais baixo, então eles queriam avançar rapidamente.

“Os líderes da operação cometeram um erro. Teria sido melhor atravessar as planícies.”

Não bastasse as florestas e montanhas que já representavam um obstáculo, os rangers do Norte também apareciam frequentemente. Eles atiravam centenas de flechas em direção ao exército do Império Haven e fugiam sem observar os resultados.

Devido à topografia da região repleta de florestas e montanhas, até mesmo um jogador iniciante era capaz de exibir suas habilidades. Além disso, assassinos apareceriam à noite e se livrariam dos soldados normais antes de desaparecerem silenciosamente.

A Guilda Hermes tinha os melhores rangers do continente, mas eles não podiam defender sozinhos a retaguarda e os flancos.

No final, o exército do Império Haven teve que queimar os arbustos e árvores com feitiços mágicos até desaparecerem completamente, criando um incêndio que durou cinco dias e cuja fumaça subiu a uma altitude de dezenas de quilômetros através das montanhas da Fortaleza Vargo. O incêndio queimou tudo e eliminou completamente as armadilhas.

“Marchem!”

O exército do Império Haven marchou através dos restos carbonizados e chegou à enorme Fortaleza Vargo, que tinha sido projetada para observar os invasores a partir de uma posição extremamente elevada.

“É realmente uma fortaleza enorme.”

“Originalmente, as paredes possuíam dez metros de altura. Contudo, atualmente, elas triplicaram de tamanho.”

“O que nós deveríamos fazer? Será difícil para os soldados escalarem as muralhas. Devemos solicitar o apoio de unidades mágicas à guilda?”

A tática de usar unidades mágicas e de arqueiros contra os usuários do Norte tinha sido absoluta. Em contraste, este exército tinha muitos cavaleiros e rangers.

“Não será fácil para as unidades mágicas chegarem até aqui. Quantos magos nós temos?”

“Cerca de oito mil.”

“Isso não é pouco.”

Magos custavam muito mais do que cavaleiros. Levava muito mais tempo para treiná-los e eles consumiam grandes quantidades de itens mágicos. Eles formaram um agrupamento de magos que somente pôde ser despachado para a guerra porque o Império Haven tinha usado uma quantidade astronômica de fundos.

“A unidade mágica nos concederá uma vantagem na guerra de cerco. Faça os soldados descansarem o suficiente antes de atacarmos.”

“Não acho que haverá quaisquer danos se agirmos agora.”

“O cerco acabará quando os soldados começarem a escalar as muralhas e assumirem o controle de parte delas.”

“Como nos velhos tempos!”

O Império Haven começou o cerco em torno da Fortaleza Vargo. Os ferreiros instalaram sessenta catapultas enquanto os soldados de infantaria, protegidos com escudos, moviam escadas e cordas em direção às muralhas.

Esses eram equipamentos de baixa qualidade, mas eles não conseguiram se preparar melhor para este cerco enquanto sofriam para atravessar as montanhas e florestas.

“Ocupem a fortaleza!”

“Avancem! Avancem!”

“Wahhhh!”

Mais de duzentos mil soldados do Império Haven avançaram simultaneamente em direção às muralhas. A maioria deles era composta por soldados NPC’s, mas muitos usuários da Guilda Hermes estavam entre eles.

Os usuários da Guilda Hermes desfrutavam de guerras de conquista. Atacar e capturar fortalezas inimigas poderia lhes trazer riquezas consideráveis, além de pontos de contribuição.

“Atirem!”

Os arqueiros escondidos na Fortaleza Vargo começaram a atirar. Estranhamente, havia mais soldados anões e elfos do que humanos. Originalmente, eles viviam ao redor da Fortaleza Vargo, mas juntaram-se ao Reino Arpen para participar da guerra depois de perderem suas casas devido às ações do Império Haven. Além disso, havia diversos usuários do Norte esperando dentro da Fortaleza Vargo, prontos para a batalha.

“Kueok!”

“Mantenham o escudo apropriadamente!”

“Ataquem rapidamente enquanto mantém a formação!”

Os soldados do Império Haven atravessaram uma tempestade de flechas. Alguns deles entraram em colapso, mas os soldados de elite continuaram a se mover.

“Eles estão vindo. Preparem-se.”

“Crescimento de Plantas!”

Os elfos exibiram seu feitiço mágico que aumentava o crescimento e as sementes plantadas no chão cresceram subitamente entre as tropas do Império Haven.

Videiras espinhosas plantadas pelos fazendeiros do Norte! Algumas eram como vampiros e gostavam de sangue, outras lançavam venenos após crescerem. De todo modo, as raras videiras cresceram cinco metros, dez metros… até formarem uma selva que prendeu os soldados ao seu redor. O exército do Império Haven ficou enredado nas videiras a cem metros de distância das muralhas.

“Agora. Atirem!”

As flechas dos elfos e usuários choveram em direção ao Império Haven. Os soldados inimigos foram atingidos pelas flechas, mas estranhamente não morreram. Isso ocorreu porque as tropas de cerco geralmente usavam armaduras projetadas para minimizar os danos das flechas.

Os soldados do Império Haven faziam parte de uma unidade de combate profissional que escalaria as muralhas sem pestanejar mesmo se fossem atingidos por mais de dez flechas enquanto recebiam bênçãos a partir dos sacerdotes e magos como apoio.

“Arremessem as pedras! Arqueiros, continuem a atirar!”

A resistência da Fortaleza Vargo! Os usuários atacaram desesperadamente os soldados do Império Haven que escalavam as muralhas.

O comandante do exército do Império Haven estalou a língua quando olhou para as muralhas.

“É muito alto.”

“Será muito complicado para os soldados assumirem-na. Como comandante do exército, será uma vergonha se minhas tropas receberem muitos danos.”

As muralhas eram elevadas e íngremes, portanto muitos soldados continuavam a cair. Além disso, as tropas estavam concentradas principalmente nas proximidades das muralhas, de modo que estavam recebendo muitos danos a partir dos arqueiros da Fortaleza Vargo.

Não importava o quão incríveis os soldados do Império Haven fossem, eles estavam sendo atacados abaixo da muralha e não havia lugar para escaparem das flechas. Se isso continuasse, então o moral e o poder de combate geral diminuiriam.

“Concentrem-se na destruição dos portões com as armas de cerco!”

O Império Haven começou a usar as armas de cerco que já haviam posicionado e enormes pedaços de pedras começaram a voar em direção à Fortaleza Vargo.

“Pedras!”

“Vamos lutar, não evitem o combate. Já está decidido que morreremos aqui, então não podemos recuar!”

Mesmo que a Fortaleza Vargo fosse uma fortaleza natural, ela gradualmente recebeu danos em razão dos ataques do Império Haven. Entretanto, ela ainda tinha muitas camadas de defesa.

Havia uma sentença que era suficiente para expressar a Fortaleza Vargo: ‘Orcs orcs orcs orcs orcs orcs orcs e orcs’.

Não havia fim para os orcs.

“Esta é a casa, chwiik!”

“Eu vim porque disseram que havia uma luta. Nossa refeição, chwik chwik!”

Ninguém sabia que os orcs se reproduziriam tanto no Norte. Além de se reproduzirem entre si, aqueles localizados nas Planícies do Desespero estavam continuamente migrando para a região.

Isso ocorreu principalmente porque os comerciantes do Norte continuaram a expandir o comércio marítimo. Carruagens puxadas por cavalos eram frequentemente atacadas por monstros, então eles preferiam ir de veleiro, mesmo que fosse uma viagem mais lenta, porque era mais lucrativo.

Particularmente, as rotas comerciais com o Leste eram bem ativas em virtude de os Reinos Rosenheim e Brent terem sido restaurados depois da destruição da Igreja Embinyu. Com isso, os comerciantes que transportavam suprimentos ao longo das rotas comerciais marítimas atraíram os orcs.

“Há muitas armas e alimentos no Norte. Além disso, o custo do transporte marítimo será gratuito!”

Comida e armas de graça. Os comerciantes não precisaram sequer barganhar com os orcs, que começaram a se mover.

“Nós lhe arrumaremos um trabalho. Se vocês tiverem força, trabalhos relacionados ao transporte e construção são bastante rentáveis. Mesmo que seja um trabalho temporário de apenas alguns dias, vocês serão capazes de alimentar suas famílias, não serão?”

“Vocês lutam bem? É claro, vocês são orcs. Orcs são famosos por sua bravura. É arriscado, mas haverá grandes recompensas… da última vez, um orc lutador chamado Karichwi não ficou famoso?”

A Corporação Mapan foi a pioneira em trazer os orcs. Ela abasteceu o Norte com uma força de combate e os posicionou ativamente em áreas com grande concentração de monstros. Como resultado, os orcs erradicaram os monstros e estabeleceram aldeias dentro do Reino Arpen.

Infelizmente, não havia muitos residentes humanos quando se considerava o Continente Norte como um todo. A queda do Império Niflheim e as péssimas condições climáticas garantiram a queda acentuada da população no passado. No entanto, em razão desta lacuna ter sido preenchida pelos orcs, algumas pessoas pensaram que haveria conflitos étnicos entre os orcs e os seres humanos.

“Orcs. Os orcs são agressivos e comerão os seres humanos caso acabe a comida deles.”

“Eu fico ansiosa quando vejo meus filhos se dando bem com os orcs. Se você olhar para os rostos horríveis deles… eu absolutamente não permitirei que orcs entrem em minha casa.”

Muitos moradores pensavam desta forma.

Era um fato que as pessoas ficariam inseguras e menos satisfeitas se houvesse muitos orcs vivendo em uma aldeia. No entanto, havia muitos obstáculos para a expansão populacional dos orcs. Além disso, a espécie orc era muito consciente em relação aos acontecimentos locais. Eles não recuariam frente a nenhum monstro que invadisse seu território e persistiriam até morrerem. Em seguida, os orcs sobreviventes se vingariam.

Desta forma, como os assentamentos localizados nas proximidades da Fortaleza Vargo estavam sendo ameaçados pelo Império Haven, um número interminável de orcs estabelecidos no Norte reuniu-se em direção à fortaleza. Além disso, no decorrer da batalha, mais orcs continuavam a correr em direção à Fortaleza Vargo, causando ao exército invasor a sensação de que o cerco nunca acabaria.

O cerco à Fortaleza Vargo continuou mesmo após a conclusão da batalha no Palácio da Terra, com a aniquilação das tropas do Império Haven.

Os orcs não apenas apareceram na Fortaleza Vargo, como também começaram a caçar as tropas do Império Haven nas montanhas. Não importava o quão poderoso o Império Haven fosse, eles não poderiam exibir as mesmas táticas que exibiam nas planícies.

Além disso, os ataques das armas de cerco não foram suficientes para destruir as muralhas da Fortaleza Vargo, pois as flechas de longo alcance lançadas pelos elfos matariam os técnicos que as operavam e os anões reparariam quaisquer danos causados à fortaleza.

Até mesmo os mortos-vivos acordariam à noite.

“Huhuhuhuhu, sangue fresco.”

“Meu corpo, devolva meu corpo!”

No passado, a Fortaleza Vargo tinham sido o local de estabelecimento da Legião Imortal, liderada por Balkan Demoph. Os mortos-vivos ouviram a batalha de grande escala e acordaram para lutar contra o Império Haven. Era como se uma colônia de formigas vindas do inferno estivesse cobrindo as tropas do Império Haven. E a batalha nunca terminou.

 

***

 

As tropas do Império Haven envolvidas no cerco à Fortaleza Vargo receberam novos comandos.

– A guerra será pausada brevemente. Retornem imediatamente para as áreas conquistadas no Norte. É importante preparar uma cabeça-de-ponte[2] para a futura conquista do Norte.

Uma quantidade considerável de danos também foi causada aos defensores da Fortaleza Vargo. As tropas defensivas perderam cem mil soldados e os orcs perderam duzentos mil guerreiros que estavam ocupando as montanhas ao redor.

As tropas do Império Haven tinham se envolvido em uma luta feroz no cerco à Fortaleza Vargo com o objetivo de destruir completamente a fortaleza e os orcs. Contudo, o Norte ainda tinha um milhão e duzentos mil soldados no local.

“Vamos para os territórios ocupados.”

“Comandante, nós marchamos até aqui, mas agora temos que sair sem sequer destruir a fortaleza?”

“Isso é um absurdo. É como sofrer para escalar uma montanha e ao chegar ao topo alguém fala que é o lugar errado.”

Havia muitos usuários descontentes com a decisão de deixar a Fortaleza Vargo.

“São ordens de cima. Nós temos que obedecer incondicionalmente aos comandos da Guilda Hermes.”

“Isso não pode ser evitado já que o comandante Draka foi morto.”

Draka, aquele que liderou o exército em direção ao Palácio da Terra, optou por um confronto direto com base no seu próprio julgamento e o resultado foi um fracasso. A responsabilidade pela derrota e desobediência de ordens significava que sua posição dentro da hierarquia militar mudou para a de um usuário comum, além de perder seu título como um lorde. Falhar em obter conquistas conduzia naturalmente à punição estrita da Guilda Hermes.

“Não sei porque viemos todo o caminho até o Norte para sofrermos desta forma.”

“Comandante-nim, não seria bom expandir nossas tropas para consolidar a administração das áreas conquistadas no Norte? Draka e os usuários que o seguem virão sob o seu comando para defender os territórios conquistados?”

“Isso mesmo. Não me sinto confortável com eles e não podemos ignorá-los. De qualquer forma, já que a guerra acabou por ora, precisamos cumprir nosso dever. Além disso, a defesa combina mais comigo do que a guerra.”

As habilidades de Alcard eram mais adequadas para defender fortalezas. Ele tinha sido o comandante encarregado pelo décimo segundo cerco ao Forte Odin, onde apresentou suas melhores façanhas militares como comandante das forças de defesa ao enfrentar a Guilda Hermes.

Naquela ocasião, as tropas de elite da Guilda Hermes foram bloqueadas durante quatro dias. No fim, Bardray e sua Guarda Real chegaram e conseguiram assumir o forte porque os defensores estavam cansados.

Alcard tinha uma personalidade cautelosa e que dificilmente cometeria erros, então ficou responsável por destacar um regimento do exército principal de conquista e partir em direção à Fortaleza Vargo. Ele tinha marchado lentamente e mal chegado à frente da Fortaleza Vargo quando recebeu o comando para recuar.

“Todos recuem! Temos que voltar rapidamente para as áreas ocupadas!”

Alcard deu o comando e as tropas começaram a marchar.

Os orcs que estavam nas muralhas e observavam o recuo do exército ficaram intrigados.

“O que eles estão fazendo? Chwiik!”

“Há mais para se fazer. Apenas vamos, chwik chwik!”

Orcs, anões, elfos e bárbaros, que tinham formado uma aliança, viviam dentro e nos arredores da Fortaleza Vargo, fazendo com que um comércio vigoroso acontecesse dentro dessas dependências. Em particular, esta área era muito favorável ao Reino Arpen, portanto a proporção de residentes NPC´s era muito elevada.

Os usuários orcs que ouviram a notícia de que o Império Haven tinha perdido a batalha no Palácio da Terra mostraram seus dentes amarelados.

“Chwik! Se for assim, chwik! Então devemos atacar, chwi chwik chwik!”

“Eles estão recuando, chwi chwik chwik.”

“Persigam-nos, chwik chwik!”

“Chwiik, não seja impaciente. Pode ser uma armadilha, chwik chwik!”

“Nossa tribo é muito grande. Eu ficaria feliz se fosse uma armadilha, chwik chwik!”

“Eu não me importo com a morte, chwiii chwik!”

“Sem perigo não há ganhos, chiiik!”

As tribos orcs que não tinham medo de serem dizimadas! Os orcs eram bravos guerreiros que lutavam constantemente. Se não houvesse terra suficiente e suprimento de alimentos, então haveria um limite para o crescimento da população de orcs.

Quaisquer orcs com medo de combate seriam considerados incompetentes. Foi por esse motivo que os orcs avançaram contra as tropas de Alcard que batiam em retirada. Assim, as tropas do Império Haven foram ferozmente perseguidas pelas montanhas, causando o perecimento de mais de duzentos e cinquenta mil soldados. Os orcs tinham uma excelente capacidade física e cresciam rapidamente, portanto eram muito mais fortes do que jogadores iniciantes.

Alcard, aquele que era chamado de mestre da defesa, poderia ter reduzido as causalidades para menos de cinquenta mil se usasse suas habilidades, mas a principal prioridade era se apressar e chegar às áreas ocupadas. Em razão disso, duzentos e cinquenta mil morreram e outros cento e sessenta mil ficaram para trás devido à marcha excessiva.

De qualquer forma, o exército principal de Alcard atravessou com segurança as montanhas e chegou às áreas ocupadas no Norte. Os usuários que tinham perdido suas vidas na batalha pelo Palácio da Terra e já haviam revivido, juntaram-se ao exército, criando uma enorme força.

Alcard foi nomeado governador dos territórios ocupados e, no momento, governava um quarto do território do Norte, uma grande quantidade de terra.


[1] NT = Nota barafael: vocês vão entender mais tarde, mas para evitar dúvidas: esse exército não é o mesmo que passou pela Ponte de Alkazar e foi para o Palácio da Terra, esse é composto pelas divisões que foram para a Fortaleza Vargo e nesta linha temporal a Guilda Hermes ainda não declarou o cessar-fogo.

[2] NT = Nota barafael: cabeça-de-ponte é um termo militar que se refere a uma posição provisória ocupada por uma força militar no território inimigo tendo em vista um avanço posterior ou desembarque de novas tropas.


Tradutor: barafael | Revisor: bczeulli

Fonte da Tradução: Clique aqui



Fontes
Cores