LMS – Volume 21 – Capítulo 5 – A Mensagem em uma Garrafa

Versão em .pdf1: [LMSNovelBR] Volume 21 – Capítulo 5 – A Mensagem em uma Garrafa (nota integrada)_2 (UPDATED 09.12.2016)

Versão em .pdf2: [LMSNovelBR] Volume 21 – Capítulo 5 – A Mensagem em uma Garrafa (nota rodapé)_2 (UPDATED 09.12.2016)


capa-v21c05


            Em apenas algumas horas, três times de rastreamento compostos de ladrões e assassinos da Guilda Hermes foram completamente aniquilados.

            “Nós perdemos o contato com eles. Nosso último relatório é de que eles estavam sendo atacados por um guerreiro muito forte que estava com Weed”.

            “Eles têm de estar perto. Nós enviaremos tropas para proteger os ladrões e assassinos, então parem a busca até que essas tropas possam fortalecer aqueles times”.

            Drinfeld tinha certeza de que ele estava a apenas alguns dias de distância de atingir o seu objetivo. Ele também se certificou de que seus novos magos e paladinos, os reforços enviados pela Guilda Hermes, estivessem assentados e prontos para lutar com suas outras tropas.

            A marinha, com seus assassinos e ladrões, bem como os piratas, que eram compostos em sua maioria por homens procurados, foram forçados a trabalharem juntos como um grupo. Normalmente a marinha e os piratas são inimigos jurados, mas eles tinham decidido suportar essa situação pelo bem de atacar o seu inimigo mútuo e em razão do poder da guilda tê-los influenciado.

            Os times de rastreamento tinham seguido as pegadas perto da região da Mina de Hélio, mas a trajetória estava difícil de ler em razão das lutas anteriores na área.

            “Olhe para estas pegadas frescas, não faz muito tempo desde que eles passaram por aqui”.

            “Quem cobriu a outra extremidade daquela passagem?”

            “Rutiel-nim e os outros selaram aquela seção”.

            “Aqueles caras não serão vencidos tão facilmente”.

            Rutiel, um cavaleiro da marinha do Reino de Haven, pertencia ao grupo dos 30 cavaleiros mais poderosos no jogo.

            “Eu ouvi que o Rutiel-nim atravessou e esmagou um grande número de masmorras, ele deveria ser capaz de persegui-los não importa quão longe eles correram”.

            Na primeira onda, os assassinos tinham corrido à frente dos cavaleiros. Eles têm um elevado nível de agilidade e uma grande quantidade de velocidade, mas a desvantagem é que eles têm uma baixa resistência. Contudo, agora eles já não estavam mais em um lugar onde podiam se preocupar com isso.

            Seoyoon.

            Três assassinos e um ladrão foram mortos por suas mãos.

            Se você incluir as tropas de escolta enviadas para proteger os times de rastreamento, não menos do que 21 membros foram massacrados.

            Isso tudo foi feito por apenas uma única pessoa.

Roa:

Fique atento. Esta mulher é tão forte, isso é assustador.

Travis:

Não se preocupe em perguntar sobre a localização de Weed depois de encontrá-la, apenas mate-a ao primeiro contato.

Alawin:

Apenas aguentem até que as tropas principais cheguem para dar apoio a vocês.

            Os usuários da Guilda Hermes em Las Phalanx encheram os canais de bate-papo privado com uma conversa interminável.

            Os usuários da Guilda que ainda estavam no Reino de Haven acharam a leitura excitante, de modo que a caçada se tornou o tópico mais popular.

Gochem:

É uma caçada a raposa.

Strauss:

Ela é uma raposa bem feroz.

Jaigeo:

É muito ruim que Las Phalanx esteja tão longe, eu estou começando a desejar ter ido junto.

***

            A armadura outrora intocada de Seoyoon agora estava coberta com grandes rachaduras e entalhes. A vitalidade e a força dela estavam muito baixas, mas ela não podia se dar ao luxo de parar de se mover.

            Os rastreadores estavam fervilhando por toda parte à medida que eles estreitavam a sua rede de busca e se reuniam para formar o seu cerco.

            Força de Ataque.

            Os Berserkers lutam até que o seu último fio de vitalidade se esgote. A maneira como eles ganham mesmo as pequenas quantidades de níveis e habilidades é diferente da maneira utilizada pelas outras classes.

            Normalmente você ganha menos experiência quando está caçando com um grupo. Você pode descansar quando necessário se estiver dentro de um grupo de caça e isso torna a caçada aos monstros mais lenta, mas você ainda ganha alguns pontos de experiência.

            Se, contudo, você se colocar em uma situação perigosa, em uma sala com uma grande quantidade de monstros ou outros inimigos e lutar até sentir que a sua vida está em perigo… você ganhará mais experiência. Você também verá seus atributos e habilidades associados à batalha aumentarem significativamente.

            Este é um estilo de caçada baseado em superar constantemente os seus limites e encarar oponentes mais fortes, lutando até derrubar a sua última gota de sangue. Este é o estilo de combate da classe Berserker e isso, indiscutivelmente, a torna mais forte do que as outras classes.

            A partir dos sinais atuais a Berserker Seoyoon estava em uma condição muito precária.

            ‘Aguentar mais tempo será difícil’.

            Até agora, Seoyoon tinha derrotado todos os inimigos usando somente as suas habilidades de Berserker. Todavia, mais assassinos e ladrões estavam no caminho deles e, desta vez, eles estavam trazendo os cavaleiros com eles.

            Vários tipos de venenos dos assassinos estavam atualmente percorrendo o corpo de Seoyoon e a sua capacidade de resisti-los alcançou o limite.

            “É ela!”

            “Peguem ela!”

            Seoyoon não sabia se ela podia dispor de tempo para resistir ou para escapar.

            Vendo ela hesitar, os inimigos ficaram corajosos e avançaram.

            ‘Uma luta’.

            No fim, Seoyoon fez o seu melhor para evitar os ataques e conseguiu matar 31 inimigos com a sua espada. Ao nocautear esses inimigos, a força e a vitalidade de Seoyoon caiu até o chão. Para quaisquer outras classes, as condições dos ferimentos os teriam deixado incapazes de lutar e muito menos de sobreviver.

            Depois da batalha, Seoyoon foi capaz de descansar por um tempo.

            Para uma Berserker, o resultado do combate carrega um preço terrível, visto que o corpo inteiro deles sofre com o enfraquecimento, o qual os deixa quase aleijados.

            Um dia mais cedo, antes dos rastreadores inimigos terem aparecido, Seoyoon enviou um sussurro para Weed e ele enviou uma resposta:

Weed:

Estou a caminho.

            Seoyoon sentiu que isso era uma boa sorte para se ter em tal momento.

            Depois de batalhar com os inimigos por 10 horas, Weed novamente enviou um sussurro:

Weed:

Nós estamos atrasados, as cargas estão pesadas. Deveremos estar aí em 1 hora.

            Outras 5 horas passaram.

Weed:

Nós estamos quase aí.

            Mais 2 horas.

Weed:

Agora é apenas uma questão de segundos.

            ‘Nós precisamos atraí-los para longe. Nós teremos que nos mover’.

            O Golden Bird (NT = Nota barafael: Pássaro Dourado) e a Eunsae (NT = Nota barafael: Pássaro Prateado) estavam esperando dentro da Mina de Hélio. Para o bem da segurança de Weed, Seoyoon decidiu partir. Empunhando a sua espada, ela olhava fixamente para a entrada da mina, na esperança de finalmente ver Weed.

            ‘Nós logo veremos um ao outro novamente?’

            Os sentimentos dela em relação à Weed não estavam claros, mostrar as suas emoções era difícil e o próprio Weed também não demonstrava muito.

            Sentindo-se tão à vontade com Weed, Seoyoon sentiu que ela queria dizer a ele muitas coisas, mas seu medo ficou no caminho.

            Seoyoon sabia que Weed trabalhava tão duro quanto podia porque ele não podia suportar ver as outras pessoas morrerem. (NT = Nota barafael: OK Seoyoon, me mostre o que lhe fez ter essa noção distorcida do Weed)

            ‘Nós não podemos esperar mais. Nós temos que ir. Os perseguidores devem ser afastados antes que eles cheguem mais perto’.

            Seoyoon virou-se e começou a se afastar…

            *Barulho*…*Ruído*…*Barulho*

            Sons podiam ser ouvidos chegando mais perto da entrada da Mina de Hélio.

            Puxando um carrinho juntos, vieram Yellowy, Weed, Golden Bird e Eunsae. Mostrando-se como parte do carregamento estava a escultura ‘The Advent of Seven Angels’ (NT = Nota barafael: O Advento dos Sete Anjos).

            O rosto de Seoyoon estava repleto de sujeira e suor, ainda assim, como um Sol rompendo através das nuvens, um sorriso penetrante acendeu em seus lábios. Seoyoon estava completamente inconsciente de tal sorriso. (NT = Nota barafael: Pqp, como não gostar dela)

            ‘Weed, você está aqui’.

            Apesar de seus medos e da sua condição atual, naquele momento Seoyoon estava se sentindo alegremente vívida por dentro. O seu esplendor preencheu o seu coração, fazendo-a cintilar a partir de um entusiasmo interior.

            O coração de Weed ficou vazio.

            A testa dela mostrava brilhantemente o seu nome em uma cor vermelho cintilante, bem como o diamante da marca do assassino. Ela havia sido mais uma vez sentenciada.

            Com quantos inimigos ela teve que lutar para a sua armadura estar pendurada em pedaços como se fosse uma roupa consumida por traças. Mesmo a fina armadura de couro vestida sob a sua armadura estava maltratada e rasgada, deixando muito de seu corpo magro ser exposto.

            “Nós temos que partir”.

            Graças a Seoyoon ter matado os times de rastreamento, a Guilda Hermes ainda era incapaz de localizar com precisão a exata localização deles e, como eles ainda estavam a uma certa distância, isso lhes deu um pouco de tempo extra antes que os inimigos chegassem. Eles poderiam ser capazes de escapar se pudessem usar a direção oposta a partir dos times de rastreamento.

            Mesmo assim, o risco de encontrar um grupo de cavaleiros da Guilda Hermes ou tropas era alto, seria preciso apenas um único encontro para eles serem encontrados rapidamente e esmagados.

            Apenas um olhar em direção a Berserker Seoyoon lhe dizia que ela tinha alcançado os seus limites há muito tempo!

            “Eu sei que você não aguenta mais… então, por favor, vamos… há outro lugar onde nós possamos nos esconder”.

***

            Drinfeld junto com a elite militar da Guilda Hermes composta de magos, sacerdotes, cavaleiros e tropas especiais tinham todos finalmente chegado na entrada da Mina de Hélio.

            O time de rastreamento agora consistia de um engenheiro naval, um escavador e um ladrão, os quais haviam sobrevivido. O ladrão olhou para as pegadas deixadas para trás e reportou para Drinfeld:

            “Até agora, os traços parecem com as impressões de Weed. Basta ter em mente que ele é extremamente adepto de apagar ou mudar esses rastros”.

            Seoyoon tinha sido deixada no comando de desviar e aprisionar os cavaleiros e tropas. Drinfeld sabia disso e sentiu que ele estava preparado para essa luta.

            Era claramente uma Mina de Hélio, não havia dúvidas de que essa era a localização correta. Todavia, o fato de que Weed havia retornado para a mina era altamente suspeito.

            “De alguma forma isso me incomoda, eu certamente não teria voltado para cá… ele realmente ainda está lá dentro?”

            “Eu não sei, eles podem não estar lá dentro. Ainda assim, com aquele carrinho os atrasando, eles não poderiam ter ido muito longe… todavia, com os monstros deixando trilhas que cobrem as marcas, não seria fácil rastreá-los mesmo com as marcas das rodas para seguir”.

            Já que eles não tinham um mapa perfeito da masmorra, seria impossível bloquear cada passagem e prendê-los dentro.

            Na verdade, com diversas passagens conectadas, as quais lembravam uma fazenda de formigas, seria muito provável que Weed pudesse passar por eles.

            “Como um rato em uma armadilha… mas a armadilha em si é muito grande”.

            Os times deles estavam explorando as muitas câmaras das masmorras de Las Phalanx e estavam perto de criar um mapa completo.

            Eles experimentaram muitas desvantagens em sua perseguição, mas uma vez que o mapa estivesse completo, eles poderiam estender o alcance da sua procura e, até mesmo, enviar soldados à frente para obstruir caminhos importantes.

            “Conforme você persegue as suas vítimas, elas geralmente entrarão em pânico e até mesmo estarão dispostas a saltar para dentro das mandíbulas da morte, apenas para evitar a armadilha. Eles sempre pensam: ‘Você nunca sabe’, ‘Pode haver outra maneira de escapar’”.

            Também havia o fato de que alguns membros da Guilda Hermes começaram a cobiçar este “Hélio Lendário”, ou como eles começaram a chama-lo: ‘O Tesouro do Escultor’.

            “Venham! Vamos entrar. O primeiro grupo ficará para trás e nos cobrirá… só para prevenir”.

            Drinfeld, junto com metade de suas forças, entrou. Foi exatamente como Weed previu. O alvo fácil era muito tentador para a famosa Guilda Hermes desistir da perseguição.

            Depois de se debaterem após ficarem perdidos por um tempo, eles finalmente alcançaram o final da trilha, o lugar com os trilhos de trem e carrinhos de mineração.

            “Andar nisto é a única maneira de avançarmos?”

            Cuidadosamente quatro usuários subiram a bordo do carrinho de mineração.

            Contudo, era desconhecido por eles o fato de que Weed havia coberto totalmente as rodas do carrinho de mineração com óleo de gergelim. (NT = Nota barafael: kkkkkk, esses caras tão ferrados)

***

As armadilhas que você instalou mataram três pessoas e feriu serialmente uma pessoa.

Notoriedade aumentou em 29 pontos!

            Weed e Seoyoon usaram o tempo que levou para seus perseguidores entrarem na Mina de Hélio para criar a maior distância possível entre eles. Ao se transformarem em suas formas avian-humanoides, Golden Bird e a Eunsae foram capazes de ajudar Yellowy a mover o carrinho rápido o suficiente, então ele não ficou para trás.

            “O que acontece a seguir?”

            Devido às consequências do estado de Berserker de Seoyoon, atualmente todos os seus atributos e níveis de habilidades continuavam a diminuir. Até mesmo andar era difícil para ela agora.

            Recuperar-se a partir de seus ferimentos era um processo muito doloroso, como ter enxames de abelhas constantemente lhe picando. Contudo, Seoyoon não permitiu que qualquer sinal de sua dor aparecesse em seu rosto.

            “Nós já conseguimos tudo o que podíamos daqui, agora nós apenas precisamos escapar de Las Phalanx”.

            Moooooo!

            Yellowy soltou um mugido alto conforme isso o ajudava a puxar o carrinho com todas as suas forças, visto que o mover exauria toda a força que as suas pernas podiam reunir.

            Desde que veio à Las Phalanx, Yellowy pensou que ele iria morrer muitas vezes e isso tinha sido como ir ao inferno e voltar. Ouvir que eles finalmente partiriam, fez com que ele achatasse as suas orelhas em sinal de felicidade com a notícia!

            Ele apenas queria pastar a grama encharcada com o orvalho que crescia no Continente de Versalhes logo de manhã cedo. O bondoso Yellowy também sentia fala do Bingryong e das outras formas de vida esculturais.

            “Logo que sairmos daqui nós seremos cercados por nossos inimigos… Nós teremos que matar todos eles”.

            Weed frequentemente sentia como se ele fosse exatamente como algum personagem que aparecia em um romance ou filme de ação. Em um filme, o herói e a heroína ficam juntos à medida que são forçados a correrem por suas vidas. Conforme eles são perseguidos, todos os tipos de coisas ruins acontecem com eles. A situação em que eles estavam agora, seguramente passou daquele ponto em um filme, portanto Weed estava em um estado de espírito calmo.

            Ainda assim, nunca era fácil estar em uma missão e ter que batalhar contra uma guilda. Além disso, quando a 2ª Frota do Reino de Haven tinha chegado, Weed e seu exército de mortos-vivos os havia atacado enquanto estavam com a guarda baixa… bem, Weed basicamente emboscou eles.

            Minerar Hélio e atrair os inimigos para armadilhas. Era bom que os caras maus experimentassem apenas o tipo de inferno que Weed podia ensinar a eles.

            “Eu tenho que fazer um pouco de reconhecimento. Eu sairei sozinho. Você precisa esperar por mim aqui e ficar escondida”.

            “…Tenha… cuidado”.

            Seoyoon e Yellowy descansarão, ficarão escondidos e deixarão isso para Weed.

            Uma vez que eles estivessem longe da perigosa masmorra que compreendia a Mina de Hélio, Weed não teria preocupações de ser visto por qualquer um dos grupos da Guilda Hermes.

            Bem… em Las Phalanx ele tinha que se preocupar com a caçada e em manter a estátua dos anjos segura, se você pensar realmente sobre isso era óbvio que havia muito sobre o que ficar nervoso!

            Weed estava nervoso e não podia continuar falando em voz alta. É claro que isso foi falado em um pequeno e suave murmúrio que apenas Weed podia ouvir:

            “Nós não deveríamos escrever um testamento antes de nós sairmos lá fora?”

            “Não, eu deveria apenas pegar meus itens e dar o fora daqui”.

            “É claro que eu esperava ir ao Continente de Versalhes para vender meus itens”.

            “Embora com todo esse peso eu não acho que Yellowy possa dar mais outro passo”.

            “FhuFhu, eu não sou muito aquele tipo de pessoa duvidosa e de mente fechada”.

            Os murmúrios de Weed tinham terminado em um tom melhor e mais alto, eles tinham começado de uma forma sombria e acabaram com um giro positivo. Weed tinha muita prática em animar-se a partir de seu passado de muitas horas longas e solitárias de trabalho em uma fábrica.

            “Ainda assim, quanto mais cedo nós voltarmos, mais cedo eu receberei o pagamento”.

            Ele agarrou um bloco de pedra negra que estava por perto e começou a esculpir um corvo.

            “A arte da Sculpture Transformation (NT = Nota barafael: Transformação Escultural)!”

            O corpo de Weed encolheu conforme ele se transformava em um corvo.

            Weed falou através de sussurros com o Golden Bird e com a Eunsae, os quais estavam descansando silenciosamente sobre o lombo do Yellowy.

Weed:

Vocês dois, por que vocês não veem comigo?
Golden Bird e Eunsae:

Entendido mestre.

Weed:

Vocês não podem ir como vocês estão, vocês se destacam demais. Vão em frente e fiquem sujos.

            Usando um pouco de pó de carvão, Golden Bird e Eunsae se tornaram pretos. Este era o disfarce que eles tinham usado uma vez antes… o visual do ‘corvo’.

            Uma vez que eles pareciam pretos o suficiente, Weed os instruiu para pegar as mochilas das costas de Yellowy com seus bicos.

Weed:

Vamos lá.

            Os dois pássaros e Weed, com as mochilas em seus bicos, voaram rapidamente pela passagem da masmorra e quase passaram pela abertura a qual precisavam entrar.

            Kayu!

            Os monstros viram eles em sua saída e agitaram as suas clavas freneticamente, mas as habilidades de voo dos “corvos” os deixaram escorregar facilmente através do ataque.

            Todos os três corvos completamente falsos foram capazes de alcançar uma pequena saída em uma passagem de pedra. Finalmente, a saída da masmorra de Las Phalanx!

            Para Weed, tinha sido um longo tempo desde que ele foi capaz de ver tal céu azul cristalino e agradável. O céu estava claro exceto pelas trilhas esfumaçadas de cinza que eram sopradas pela corrente de lava, a qual se estendia em trilhas serpenteando para fora dos distantes campos cobertos por neve. Você podia ver todo o caminho até a linha de neve de Las Phalanx a partir do ponto de vista destes pássaros pitorescos.

            Ser capaz de ver tanto deste espaço aberto ao seu redor, isso depois de estar confinado por tanto tempo, realmente lhe deu uma verdadeira sensação de liberdade!

            A sensação desagradável deixada a partir de ter que trabalhar com uma picareta em uma masmorra apertada havia desaparecido completamente. Com toda a força que ele podia reunir, Weed soltou um grito enorme:

            Craww! Kriawww Krawww!!

“Este foi um grito muito maléfico que você acabou de dar”.

“Nossa sorte deve estar ficando ruim”.

“Eu tenho certeza que todo mundo que ouviu isso ficará muito nervoso”.

            Estas críticas sobre o rugido de Weed vieram, é claro, a partir do ponto de vista do Golden Bird e da Eunsae. Weed, que estava se sentindo cheio de si próprio, sequer percebeu.

            Os olhos negros e lustrosos de corvo Weed estavam explorando a paisagem de Las Phalanx.

            ‘Bem, vocês têm tudo isso também’.

            A partir do seu ponto de vista, Weed podia ver claramente os marinheiros da 2ª Frota do Reino de Haven e os Piratas de Griffith caçando-os na superfície.

            As equipes de reforços da Guilda Hermes tinham chegado como uma grande força. Weed teria que lidar com ambos, Drinfeld e os novos reforços, embora os marinheiros não tivessem experiência em combate.

            Quando o Rio Descongelado veio à vista, dezenas de navios de guerra e embarcações piratas podiam ser vistas ancoradas. A vantagem atual de Weed é que somente ele pode usar a habilidade Sculpture Transformation e isso era algo que ele planejava explorar.

            ‘Isso poderia funcionar se eu conseguisse alguma ajuda usando a habilidade Picture Teleportation (NT = Nota barafael: Teletransporte de Imagem) da Yurin’.

            Contudo, uma coisa a se manter em mente é que entre os seus inimigos estão magos de nível elevado com habilidades que podiam facilmente oprimir e distorcer o nível do teletransporte da habilidade de Yurin, tornando a ideia muito arriscada de se usar. Portanto, ser resgatado por Yurin poderia coloca-la em perigo.

            Além disso, não havia como saber se o teletransporte poderia mover toda a sua pilhagem e ele absolutamente tinha que manter aquela estátua dos anjos. Ele não gostava da ideia de correr riscos que podiam fazer com que pessoas preciosas para ele fossem pegas como refém.

            De uma forma ou de outra, pegar um barco para levar tudo e todos era a única boa solução.

Weed:

Sigam-me.

            Voando através do céu, Weed atravessou os navios de guerra lá ancorados. Uma vez que eles passaram pelos navios, eles, em seguida, voaram baixo sobre o rio e seguiram em direção ao oceano. A diferença de temperatura entre o rio e o ar criava turbulência em altitudes elevadas, então voar baixo, próximo do rio, era muito mais fácil do que estar em grandes altitudes.

            Eles fizeram uma breve pausa sobre uma saliência rochosa e, em seguida, voaram novamente, repetindo este padrão muitas vezes!

            À Nordeste de onde o Rio Descongelado encontrava o mar estava uma praia, eles se dirigiram em direção a ela.

            “Cancelar Sculpture Transformation!”

            Retornando para a sua forma humana, Weed abriu uma de suas mochilas. Dentro estavam garrafas de vidro, enchendo a mochila até a borda. Snake Wine (NT = Nota barafael: realmente é uma bebida com uma cobra dentro – https://en.wikipedia.org/wiki/Snake_wine), Whiskey, ervas e muito mais, Weed tinha muitas garrafas preenchidas com vários tipos diferentes de bebidas alcoólicas que ele havia trabalhado duro para preparar.

            As bebidas teriam de ser despejadas.

            “Isso é como jogar dinheiro fora, que desperdício!”

            Weed colocou pequenas notas enroladas dentro das garrafas de vidro. Se você já tiver assistido a um filme sobre náufragos em uma ilha deserta você saberá que a única coisa que todos eles fazem é enviar um bilhete dentro de uma garrafa de vidro. Weed estava apenas fazendo uso de um procedimento claro e estabelecido.

“Para todos os mortos-vivos,

Vós sois convocados por meio desta.

Atendeis ao meu chamado de uma vez.

Nós mancharemos o mundo dentro da sombra, os seres vivos serão forçados a aceitar o nosso convite para a morte.

Ouçam meu chamado meus camaradas.

Ass: O Guerreiro Imortal Lich, Weed”.

            Como um toque final ele adicionou uma marca de sua palma impressa com carvão enegrecido como uma forma de criar um selo pessoal para o bilhete.

            “Apenas por precaução…”

            Weed começou a trabalhar à procura de uma madeira a qual ele pudesse cortar e usar. Ele tropeçou em uma madeira a partir de seu velho navio fantasma, que tinha sido trazida pelas correntes para a praia. Algumas eram provenientes do casco e outras de uma enorme seção do mastro principal.

Old Reeking Mast (NT = Nota barafael: Mastro Velho Fétido):

Feito a partir de uma árvore muito forte.

Mergulhado em água salgada depois de ter passado um longo tempo flutuando no mar como parte de um navio fantasma. Esta madeira com certeza trará má sorte. Material inapropriado para criar qualquer coisa.

Durabilidade:

4/49

Opções:

-15 pontos de Sorte.

Fará com que você fique constantemente com sede.

Reduz a chance de ataques bem-sucedidos em alvos enquanto estiver no mar.

Quanto mais tempo é mantido perto, maiores são as chances de você ganhar uma pequena maldição, como uma erupção cutânea urticante ou furúnculos.

            Com este velho mastro, Weed começou a esculpir pequenos esqueletos e uma pequena escultura de um navio fantasma.

            “Exatamente como as minhas velhas esculturas de madeira que eu costumava vender”.

            Centenas de garrafas foram preenchidas como jarros de biscoitos, com esculturas de esqueletos e bilhetes em cada uma delas e, em seguida, elas foram jogadas dentro da água, de modo que sairiam aos poucos para longe no mar.

            O seu pequeno navio fantasma foi detalhado caracteristicamente com velas negras e, uma vez que ele foi colocado nas ondas, ele navegou rapidamente para longe.

            “Hora para novos experimentos com a habilidade em esculpir…”

            Weed mergulhou ambas as mãos dentro da água do mar.

            “Sculpture Material Comprehension”. (NT = Nota barafael: Compreensão Material da Escultura; primeira vez que é mencionada essa habilidade, não sei se é erro da versão americana ou não, a única habilidade próxima a essa que já foi relacionada é a habilidade Sculpture Comprehension/Compreensão Escultural, que é uma habilidade passiva e que foi primeiro mencionada no capítulo 5 do volume 4)

            Ting!

Água do Mar Costeira Sem Nome.

A água do mar tem uma força vital muito forte e a sua natureza é muito tolerante.

            Entre as mãos em forma de concha de Weed, a água do mar começou a iluminar e a brilhar como se tivesse sido de alguma forma fundida com uma essência interior.

            “Usando a mana natural da água para esculpir com… é bom para esculpir sem danificar qualquer coisa ao fazer uma mudança”.

            Weed estava coletando a água do mar sem destruí-la. À medida que ela era coletada, a água ainda retinha o poder de sua essência original e podia ser manipulada dentro de uma escultura.

            “Nature Sculpting!” (NT = Nota barafael: Esculpindo a Natureza/Escultura da Natureza).

            De entre as suas mãos, a água do mar começou a ascender para o ar. Weed não tinha a intenção de que isso acontecesse e a água parecia erguer-se para o céu.

            A água jorrando rodopiou e se tornou uma esfera flutuante linda, silenciosa e serena em suas cores aquosas de verde azulado.

            Weed deixou a água subir até a altura de onde o Yellowy podia tomar um banho nela e, em seguida, puxou a faca de esculpir de Zahab e começou a apara-la.

            “Eu terei que fazer uma boa escultura”.

            Ele podia ter a deixado irregular, mas Weed queria aperfeiçoar a sua técnica.

            Revelado de pé sobre o convés do navio fantasma, olhando muito longe em direção ao desconhecido, com um tapa-olho e um gancho em sua mão, estava Weed em sua forma como um Lich, o Capitão Pirata Lich Deorol.

            Ting!

A Escultura de Um Navio Fantasma:

Um navio fantasma conduzido por um Pirata Lich em alto mar!

Pode seguramente ser chamada de uma escultura malfeita e muito maléfica por qualquer padrão. Foi esculpida usando a água do mar natural.

Valor Artístico:

179 pontos.
Opções Especiais:

Melhora todas as habilidades dos mortos-vivos.

Aumenta a velocidade máxima dos navios fantasmas em 5%.

Habilidades de Liderança aumentam em 2% enquanto estiver no mar.

            Bem, isso foi o melhor que ele poderia fazer por ora.

            “Cloud Sculpting!” (NT = Nota barafael: Esculpindo a Nuvem/Escultura de Nuvem)

            A escultura de água evaporou no meio do ar.

Você usou a técnica Cloud Sculpting.

O nível da sua afinidade com a natureza foi usado em favor do nível da sua habilidade Cloud Sculpting.

O nível da habilidade Cloud Sculpting está muito baixo, impossibilitando definir as propriedades da nuvem de chuva.

            Acima deles uma nuvem negra se formou e começou a atrair outras nuvens das proximidades, crescendo cada vez mais escura e em tamanho enquanto absorvia as nuvens menores.

            Um navio fantasma preenchido com piratas fantasmas parecendo quase perfeitamente real, era como se Deorol e a sua tripulação estivessem navegando no céu!

            Este enorme navio negro feito de nuvens era a primeira escultura de nuvens de Weed. Como ele devia ir para onde o vento empurra, o maciço navio fantasma de nuvem foi forçado a descer para o mar.

***

            O Holandês Voador, a “Calamidade do Mar Planetes” (NT = Nota barafael: Holandês Voador é um lendário navio fantasma – https://en.wikipedia.org/wiki/Flying_Dutchman, retratado em obras literárias, óperas e filmes).

            “Cap…itão! Eu… arranquei… isso… do… mar”.

            O membro da tripulação, que estava sujo e usando roupas esfarrapadas, trouxe o item para o seu capitão.

            O capitão vestia um chapéu desgastado do lado, ao passo que abaixo do chapéu ele tinha um único tapa-olho o deixando com um único olho com o qual podia ler.

            “Ohh… cedo… o chefe está nos chamando… navegar… rapidamente… você… deve… viagem”.

            A bordo do navio, as cordas que prendiam as velas foram desamarradas à medida que o navio se preparava para partir. Foi então que a triste e amarga verdade foi revelada, essas velas eram negras, estavam esfarrapadas e repletas de buracos, ainda assim o navio fantasma Holandês Voador e a sua tripulação de mortos-vivos tinham que se contentar com o que eles tinham.

            Mesmo assim, esta era a época do ano em que os ventos do Nordeste estavam em seu auge e o Holandês Voador apanhou aquele vento razoável e, de alguma forma, navegou adiante.

            O abominável navio fantasma Holandês Voador tinha recebido um bilhete desagradável em uma garrafa de vidro a partir de Weed, mas ele não era o único navio a receber os bilhetes e a arrumar as suas velas.

            No Mar Neria, outro navio fantasma recebeu uma mensagem em uma garrafa e eles rapidamente mudaram o seu curso.

            “Vamos… lá…”

            “Nos chamou… um… Lich… são…. ordens…. nós…. não… ousamos… recusar”.

            “Poderosos… Chaos… Warriors… honrados… guerreiros… nós… devemos… morrer… em… batalha…”

            Depois de enviar as garrafas, Weed tinha mais uma vez revivido o seu Lich, quanto mais elevada a categoria do Lich é claro que mais elevados os níveis dos mortos-vivos que viriam através das habilidades de convocação. Esculpido a partir de uma rocha ali localizada… a escultura parecia pior do que as últimas duas, contudo ele não se esqueceu de adicionar o gancho.

            As habilidades de convocação de nível mais alto tiveram um efeito inesperado sobre os bilhetes dentro das garrafas de vidro… todas elas estavam sendo entregues para navios fantasmas.

            Se você também adicionar a fama que Weed havia ganho na missão com o Chaos Warrior (NT = Nota barafael: Guerreiro do Caos), a fama a partir do anel de fogo/círculo mágico e os níveis e proficiências em habilidades que ele havia ganho enquanto caçava sob a forma de um Lich morto-vivo, não deveria ser tão surpreendente que com o transcurso do tempo o nome de Weed ficou muito bem conhecido não apenas no Continente de Versalhes, mas também para toda a classe dos mortos-vivos.

            Mesmo os seres humanos e outras raças sem interesse nos mortos-vivos estavam falando a respeito de Weed, transformando-o em seu tópico principal!

            Esta vasta quantidade de fama e fofocas estavam tendo um efeito. Não apenas nas proximidades, mas também em oceanos distantes, nos quais capitães de navios fantasmas estavam se movendo.

            “Rápido… nós devemos cortar… uma… enorme…. desperte… através… do… mar”.

            Aquele ano no Mar Pirates, do nada navios fantasmas começaram a aparecer lá, lugar no qual eles nunca tinham sido vistos anteriormente.

            No Mar Neria um navio fantasma foi sugado para dentro de um vórtice de um redemoinho. O casco do navio fantasma foi danificado, mas como você pode ter adivinhado ele não foi destruído.

            Este mesmo navio fantasma, que havia sido sugado para as profundezas do vórtice, reapareceu muito tempo depois… no oeste.

            “Isso… não é… onde nós… estávamos?”

            No momento em que recebiam as garrafas com as mensagens de Weed, outros navios fantasmas também estavam sendo arrastados para dentro de outros vórtices. Eles tinham sido sugados para dentro do vórtice e reaparecido… à Nordeste, perto de Las Phalanx.

            As coisas estavam se movendo!

            Em outro lugar, dentro de águas mais calmas e profundas, navios afundados que tinham sido perdidos e nunca vistos novamente, começaram a erguer-se como novos navios fantasmas. Estes novos navios fantasmas, outrora afundados, começaram a navegar e os corpos abordo deles começaram a acordar como mortos-vivos e a relembrar de suas habilidades.

            “Kee kee kee, nós todos sabemos que para aparecermos desta forma… é para comparecermos a uma luta”.

            Há cerca de 200 anos havia um navio pirata chamado ‘Jabricha’, famoso por sua selvageria. O capitão foi deposto sem piedade por seus homens e jogado em uma ilha deserta. Ele guardou um grande ressentimento e, depois de morrer de fome, se tornou um morto-vivo.

            Na costa arenosa desta ilha deserta uma garrafa foi entregue, mas o capitão morto-vivo não tinha meios de viajar e responder a este chamado.

            “Matar Matar, Matar Matar Matar!”

            Enlouquecido por suas compulsões estranhas ele, no entanto, ficou suspenso na praia e um navio fantasma passando pelo local lhe ofereceu uma carona.

            “Onde… você… indo?”

            “Para… Weed”.

            “Esse é… onde… nós estamos… indo… também”.

            Através de ondas agitadas e tempestades, estes navios continuaram navegando. Sequências de navios fantasmas estavam em produção total.

            Quaisquer coisas que flutuassem tais como canoas ou balsas seriam usadas enquanto os mortos-vivos pudessem se mover. Os mortos-vivos até mesmo se agarravam em pedaços de madeira ou pulavam dentro de barris.

***

            Pale e seus amigos estavam descansando na cidade antiga, Mordred, a antiga capital do velho Império Niflheim, depois do grupo terminar uma missão de alta dificuldade.

            “Uou… essa foi uma missão realmente difícil”.

            Tinha sido uma missão muito difícil para Irene. Embora ela não quisesse dizer isso em voz alta, o que ela realmente queria nesse momento era ter uma chance de apenas sentar-se, enquanto tudo o que ela podia fazer era apenas permanecer de pé.

            “Eles não exageraram quando disseram que este era um paraíso de monstros”.

            Hwaryeong também estava cansada, ainda recuperando o seu fôlego, ela não podia falar mesmo se quisesse.

            Se ela tivesse feito isto em frente a uma grande audiência, ela teria tido um grande momento. Em algum lugar com uma enorme capacidade de assentos, onde ela poderia oferecer tudo em uma apresentação apaixonante, ainda assim lá ela poderia ter um intervalo, diferente de ter que dançar para incontáveis monstros. Esse tipo de performance era realmente algo a se evitar.

            Eles tinham superado muitas dificuldades e foram capazes de trazer a tecnologia da espada para Morata. Os membros do Clã Biteoreu tinham sido os criadores originais da Knight Sword (NT = Nota barafael: Espada do Cavaleiro).

Você fez um grande trabalho ao ser capaz de concluir o pedido a partir da família do Grande General.

Os artesãos do Clã Biteoreu se deslocarão para Morata como habitantes permanentes e abrirão uma loja lá.

Isso aumentará rapidamente o nível da tecnologia das armas de Morata.

            Como parte da compensação pela missão, eles seriam autorizados a manter a joia do Clã Biteoreu que havia sido dada para eles.

            “Mais tarde eu farei seus equipamentos na oficina do clã. O nível da produção de espadas do meu clã é realmente alto, os equipamentos de proteção não estão no mesmo nível, mas mesmo assim eles ainda possuem uma qualidade muito boa”.

            Essa realmente foi uma recompensa por terem sido capazes de trazer os sobreviventes de volta para a família Biteoreu. Matar todos aqueles monstros valeu o esforço.

            O comerciante Mapan estava agindo como um negociante de pedras preciosas para o grupo. Ele tinha rotas de comércio marítimo e estava obtendo uma chance de fazer grandes somas de dinheiro. As pessoas estavam até mesmo falando a respeito dele nas ruas da cidade.

            “O comerciante Mapan fez uma grande quantia de dinheiro ao trocar joias desta vez”.

            “…..”

            “Diga, o que está acontecendo com aquela transmissão?”

            Todo o grupo dos amigos de Weed estava tendo um descanso vagaroso quando um grande evento de notícias surgiu em todos os canais da mídia.

            “Os reforços enviados pela Guilda Hermes para matar Weed chegaram em Las Phalanx”.

            “Vocês não acham que nós deveríamos ajuda-lo?”

            Todos estavam assistindo com interesse a todos os programas associados com Royal Road, não apenas o canal da KMC Mídia, e decidiram que não queriam deixar isso evidente para a Maylon.

            Depois da primeira luta, todos tinham acompanhado Weed e o progresso dos reforços da 2ª Frota do Reino de Haven, visto que eles tinham chegado à Las Phalanx. Era simples de ver outros vídeos porque os usuários de nível elevado da Guilda Hermes também estavam enviando cenas de vídeo a partir de seus jogos.

            Havia muitos debates quentes ao longo do Continente de Versalhes devido a todos estes fatos.

            Desde a missão que tinha posto um fim à vida do Chaos Warrior Daejeonsa Kubichya (NT = Nota barafael: Daejeonsa quer dizer “guerreiro poderoso” em coreano) ninguém esperava que a Guilda Hermes teria tempos fáceis e as pessoas se perguntavam o motivo pelo qual Weed não estava lutando como o esperado.

            Ansioso sobre esses eventos, Pale falou suas preocupações:

            “O canal de sussurros de Weed está bloqueado… Eu não tenho certeza como ele está aguentando com tudo isso que está acontecendo”.

            “Nós deveríamos perguntar para a Yurin?”

            Hwaryeong decidiu ir em frente e falar com a irmã de Weed sobre as atuais condições e descobrir se havia qualquer problema. Ela entrou em contato através de um sussurro:

Hwaryeong:

Yurin, onde você está agora?

Yurin:

Eu estou em uma pintura.

Hwaryeong:

Em uma pintura?… Er… Eu estava pensando em seu irmão…Weed está bem?
Yurin:

Eu acho que agora mesmo as coisas estão difíceis para meu velho irmão.

Hwaryeong:

Difíceis?

Yurin:

Sim. Quando ele comeu em casa a sua expressão parecia, de alguma forma, cansada e nervosa.

            Naquele momento, Weed estava no meio de seu trabalho usando a picareta o dia inteiro enquanto procurava por Hélio, de modo que aquele período não representava uma grande qualidade de vida para ele. As perspectivas daquele tempo tinham sido bem sombrias, já que não importava o que ele fizesse não havia fim à vista.

Yurin:

Eu realmente acho que você não precisa se preocupar. Eu estou tomando conta das coisas do meu lado, de modo que você pode fazer como desejar.

            Mesmo quando seus inimigos estavam interferindo com ele, uma firme convicção de que isso não importava estava clara a partir da atitude de Yurin.

            Desde a mais tenra idade até agora, o papel do bom irmão mais velho nunca havia sido interrompido.

            Como uma jovem garota, quando Yurin queria doces ou brinquedos sempre lhe era dado, embora alguns dos jovens garotos em sua vizinhança podem ter ficado sem. Um laço profundo de confiança foi construído a partir de tais coisas simples e nunca tinha sido traído.

            Em dias de chuva, um guarda-chuva se revelaria, se o tempo estivesse quente uma embalagem fechada de sorvete era entregue.

            Os garotos jovens e selvagens da vizinhança, os quais sempre estavam pregando peças como pequenos demônios, nunca chegavam perto dela e, se acontecesse de verem ela, eles se afastariam tremendo. (NT = Nota barafael: Esse Weed é um demônio, muito me espanta ele querer achar um marido para a Yurin agindo dessa forma)

            Hwaryeong, que não pôde se manter com a rápida revelação dessas histórias, finalmente teve que falar com franqueza para os outros, que não puderam ouvir os sussurros:

            “O que eu deveria fazer? Yurin disse que as coisas parecem difíceis para Weed”.

            A imaginação rica e vívida dela construiu uma grande quantidade de expressões infelizes e de grandes problemas.

            “Eu acho que o nosso Sr. Weed precisará de alguma ajuda para chutar as bundas daqueles caras da Guilda Hermes, nós iremos nos juntar a ele”.

            “Weed precisa de ajuda?”

            Maylon estava perguntando já que ela não tinha certeza se acreditava nisso.

            “Bem, sim, pense sobre isso, ele está lá triste e sozinho, correndo por sua via até que suas costas estejam contra uma parede e, em seguida, eles matam ele”.

            “Ehhh!”

            Esta história era vista muito frequentemente em shows ou filmes como “O Fugitivo”. Um cenário onde um herói precisava fugir do país, sofrendo adversidades ao longo do caminho e sequer sendo capaz de encontrar um momento de paz para beber água tranquilamente.

            A Irene de coração mole pôde facilmente imaginar tal cenário e seus olhos já estavam lacrimejando.

            Quer fosse Drinfeld ou algum pirata, realmente não importava quem, a perseguição iria continuar. Isso tampouco era sobre qualquer missão, era sobre exaurir o alvo e não lhe dar chance de descansar.

            “Esta é Las Phalanx, aqui é onde nós precisamos ir para ajudar Weed e nós precisamos ir agora mesmo”.

            Hwaryeong construiu uma forte hipótese e o grupo se dirigiu correndo para o porto. Uma vez estando lá, eles procuraram por um barco que pudesse velejar até Las Phalanx.

            “Nós estamos procurando por um clipper ship (NT = Nota barafael: Tosquiadeira, é um barco a vela muito veloz – https://en.wikipedia.org/wiki/Clipper), nós precisamos de um rapidamente, vocês têm algum para nos mostrar?”

            Olhando rapidamente para um barco, Bellotte subitamente falou:

            “Eu acabei de pensar nisso, mas por que não usar a habilidade Picture Teleportation? Isso seria muito mais fácil, certo?

            Mesmo antes de Bellotte ter terminado de falar isso, ela parou e balançou a sua cabeça.

            “Não, vocês não ouviram isso. Eu não deveria ter dito nada”.

            Essa opção poderia conduzir diretamente à uma luta com o inimigo. É muito melhor evitar isso ao invés de tentar usar um método que poderia alertar um inimigo poderoso como a Guilda Hermes.

            Os magos de nível elevado em Las Phalanx teriam sido cuidadosos e montariam barreiras mágicas prevenindo qualquer um de se teletransportar para lá. Especialmente, porquanto Weed é bem conhecido por seus truques, eles estariam em alerta em relação a qualquer mágica que fosse usada.

            A Guilda Hermes está com medo do God of War Weed por boas razões. Weed tinha ganhado uma grande quantidade de fama e esse tipo de coisa é notada. Pode parecer apenas mais um pequeno detalhe, mas parte de ser um guerreiro é aprender a não correr riscos quando você não precisa.

            Assim, a razão pela qual Bellotte engoliu as suas palavras foi simplesmente porque ela usou a sua cabeça, avaliando calmamente o fator de risco em usar a habilidade Picture Teleportation antes de empenhar seus amigos em uma tática de grupo perigosa. Uma análise de cabeça fria não é a mesma coisa que ser insensível.

            Seja qual for a reputação de um colega, apenas amigos próximos sabem a real história por trás de tal reputação e isso era especialmente verdade em relação a Weed.

            A abordagem sistemática e constante de Weed em relação a qualquer trabalho o tornava quase incapaz de desistir e isso não ocorria apenas com ele.

            Hwaryeong e Zephyr ainda podiam lembrar vividamente o pesadelo que foi a caçada que eles experimentaram com Weed na masmorra Basara Lair (NT = Nota barafael: Covil de Basara).

            Aquela caçada tinha prosseguido por quase 29 horas contínuas, no final da qual eles tinham estado ao ponto de acolher a própria morte apenas para escapar dela, visto que seus corpos estavam sendo pulverizados.

            Mantendo-os vivos ao aplicar forçadamente a sua habilidade de atadura, Weed não tinha apenas curado o grupo, mas também consertado as suas armas e, quase ao mesmo tempo, procedido com o abate de todos os monstros dentro de seu alcance.

            A única hora que eles tiveram uma oportunidade de fazer uma pausa e tentar se recuperar foi quando a mochila de Weed ficou completamente cheia de pilhagem e, para continuar, ele foi forçado a ir para a cidade para vender os itens.

            Mesmo quando todos os outros faziam uma pausa, Weed agia apenas como o trabalhador da construção civil que ele costumava ser na vida real, sempre se mantendo ocupado. Ele ficava fazendo esculturas sem parar mesmo durante esses intervalos.

            Já que Las Phalanx não tinha comerciantes ou cidades, o sistema de venda de mochilas lotadas de Weed teve de ser mudado para um sistema de armazenamento de pilhagem. Isso não era o ideal, mas ele estava sem opções.

            “Eu não poderia sequer imaginar desistir de minha pilhagem difícil de se ganhar”.

            “Sem itens para vender a minha vida não teria significado…”

            “Se eu perdesse os itens eu seria forçado a caçar sem parar até desmaiar”.

            A habilidade Painting Teleportation tem várias limitações. A pilhagem proveniente da caça, que tinha sido coletada em Las Phalanx, estava empilhada tão alto quanto uma pequena montanha. Não havia nenhuma maneira prática de teletransportar essa quantidade de pilhagem.

            Você também teria que considerar a necessidade de ter cada item único desenhado na pintura com seus exatos detalhes e mostrado na sua nova localização. De jeito nenhum eles teriam o tempo necessário para concluir isso antes que os inimigos os localizassem.

            No final esta foi a conclusão alcançada depois de muita discussão. Para alcançar Weed e, eventualmente, extrair ele e a sua pilhagem de Las Phalanx, nada mais faria este serviço exceto por um clipper ship de médio porte.

            O grupo e o navio recém adquirido velejaram para Las Phalanx.

            O tamanho do ônus que Weed teria para viajar era um fator desconhecido, na melhor hipótese eles poderiam enganar o inimigo e manter a missão de resgate tão secreta quanto possível, não deixando sequer Weed saber sobre ela.

            Levaria no máximo um ou dois dias antes que eles pudessem chegar na área de Las Phalanx e neste meio termo eles poderiam deixar Weed saber sobre a missão.

            Pale não era um marinheiro, mas ele era o líder do grupo por padrão quando Weed estava ausente. Ele tinha, pelo menos, tentado aprender sobre a profissão enquanto viajava a bordo do navio fantasma ‘Maria’ com Weed, o que era mais do que qualquer outro membro do grupo tinha sido capaz de fazer.

            “Ir para Las Phalanx sem mapas de navegação marítimos…”

            “Weed tem o único mapa que eu conheço, eu olhei para ele várias vezes, mas não me lembro bem o suficiente para ter confiança de que eu possa nos levar todo o caminho até lá”.

            Mapan em seu esforço para ser eficiente tinha contratado um capitão NPC totalmente qualificado e uma tripulação para velejar o navio, mas eles estavam todos preocupados sobre o capitão ser habilidoso o suficiente para lidar com uma tarefa como velejar em uma rota marítima desconhecida.

            Depois de navegarem até a melhor rota mercante do Nordeste, o grupo ficou chocado ao encontrar uma enorme procissão de navios fantasmas sobre a água à frente deles. Esses navios fantasmas estavam todos navegando exatamente em direção ao mesmo curso.

            Aquilo era estranho para se dizer no mínimo, bem como era a última coisa que eles esperavam ver.

            Não apenas navios fantasmas, havia grandes quantidades de balsas, barris, troncos cortados flutuando e outros pedaços estranhos de destroços que podiam ter sido partes de velhos naufrágios.

            Monstros marinhos também tinham se reunido e estavam nadando ao longo do mesmo curso, como uma procissão fantasma heterogênea, quase como se eles fossem os guardas ou as escoltas dos navios.

            Era uma cena completamente incrível!

            Se Pale e o resto do grupo não estivessem lá pessoalmente, eles nunca teriam acreditado se tivessem ouvido tal conto louco.

            Eles viraram a embarcação para o Nordeste, o que não seria um curso muito errado, visto que Pale e seu grupo tinham visto o espetáculo dos navios piratas usando a mesma direção. Era bem mais seguro apostar que Las Phalanx estaria naquela direção, à Nordeste.

            Esta visão foi tão estranha e, ainda assim, importante para Pale e o resto do grupo, que claramente algo monstruoso estava sendo estabelecido bem diante de seus olhos. Fazia muito frio nessa parte do mundo, mas não era por isso que eles estavam tremendo.

            “Ele fez isso… eu não sei como ou por que, mas tem de ser ele…”

            “É como se uma onda gigante do destino estivesse pronta para quebrar na costa de Las Phalanx”.

            Os navios fantasmas pilotados por uma mistura de fantasmas e mortos-vivos também foram acompanhados por pássaros enormes.

            Elevando-se junto com os navios, com 3 metros de envergadura, aparência maléfica e tão negros quanto carvão, dezenas de Condores (NT = Nota barafael: um dos maiores pássaros do mundo – https://en.wikipedia.org/wiki/Andean_condor) voavam nas correntes de ar ascendentes, planando ao longo sem mover uma única pena.

            Uma guarnição muito maléfica e totalmente apropriada para esta cena sobrenatural.

            O navio em que Pale estava, seguiu os navios fantasmas com uma distância cautelosa entre a sua embarcação e àquela frota medonha e confusa.

            A partir do mar e chegando à popa (NT = Nota barafael: parte traseira) da embarcação de Pale, surgiu uma grande ondulação aquosa. Navegando atrás de seu navio estava o primeiro navio de um comboio de navios de guerra negros.

            Não era um simples navio, mas sim uma embarcação com múltiplos mastros que se elevava sobre todos os outros navios ao redor deles. Ele era o primeiro navio em uma linha de outros navios de guerra, o qual estava cortando através da água com uma velocidade assustadora. Ele havia navegado até o barco de Pale sem saudações ou avisos e agora parecia pronto para colidir com eles.

            “Vire o leme o mais rápido possível à bombordo!”

            O capitão contratado do navio girou completamente o leme do navio para a esquerda, virando-o rapidamente para evitar a colisão.

            O clipper ship muito menor mal conseguiu sair do caminho dos navios de guerra. Eles não foram atingidos por uma margem estreita, tanto assim que o navio de Pale foi pego em uma turbulência e deixado para trás no rastro dos navios piratas. Eles estavam tão perto daquele enorme navio que as ondas de espuma branca quebraram sobre o convés, fazendo com que o navio de Pale experimentasse um rodopio severo.

            O enorme navio de guerra negro estava lotado ao ponto de explodir, não apenas com mortos-vivos, mas também com muitos Dark Knights (NT = Nota barafael: Cavaleiros das Trevas), Witches (NT = Nota barafael: Bruxas) e uma tripulação repleta de marinheiros fantasmas.

            A linha de navios de guerra à vela nunca sequer deu uma olhada de relance ao navio de Pale à medida que eles permaneceram em seu curso, nem uma polegada daquela linha de navios foi desviada de seus cursos para alcançar Las Phalanx.

            “Cristo! Nós somos muito sortudos por estarmos vivos”.

            “É como ter uma maldita experiência de quase morte”.

            Todos a bordo do navio de Pale deram um enorme suspiro de alívio ao verem os navios de guerra moverem-se à frente deles.

            Maylon apontou em direção à bandeira do navio de guerra em grande velocidade e disse:

            “Aquela bandeira… ela parece realmente familiar, eu não tenho certeza… onde eu vi aquela bandeira antes?”

            A bandeira ondulando ao vento era preta com uma caveira branca estilizada de um esqueleto. O maxilar do crânio estava imensamente aberto, dando o que parecia ser um puro grito de agonia.

            Sem dúvidas, eles tinham visto a bandeira anteriormente. O símbolo naquela bandeira deu a cada um deles a sensação de que ela era muito importante.

            “Eu acho que já vi ela anteriormente também”.

            “Eu também lembro de tê-la visto outrora”.

            Surka e Pale estavam certos de que eles tinham visto aquele símbolo anteriormente.

            “Onde eu vi ela?”

            À medida que eles vasculhavam seus cérebros se esforçando para relembrar, Mapan deu uma tentativa de resposta…

            “Er… para mim parece… ela não estava lá quando Weed se transformou no Orc Karichwi?”

            “O que?”

            “Como eu me lembro, essa era a bandeira que a Serbian Witch (NT = Nota barafael: Bruxa Sérvia) e o Lich Shire usavam. Bem… não… realmente são aquelas bandeiras que marchavam à frente da Legião dos Mortos-Vivos. Eu acredito que ela é o símbolo daquele exército negro de mortos-vivos, a Bandeira da Legião Imortal”.

            Mapan estremeceu à medida que ele falava.

            Aqueles foram seus dias como comerciante em que ele enfrentou uma experiência de quase morte incontáveis vezes (NT = Nota barafael: para quem não lembra, o Weed jogou Mapan para o Tori para ele ser a fonte de reabastecimento de sangue do vampiro, de modo a permiti-lo a lutar contra a Legião Imortal sem se cansar).

            Sempre que as táticas daquela guerra mudavam a saliva secaria em sua boca e você não ousaria desviar o olhar com medo de perder um momento daquela batalha!

            De todos os vídeos postados no Hall da Fama, o vídeo mostrando a batalha dos exércitos de Orcs, Elfos Negros e Humanos, todos comandados pelo Orc Karichwi, havia permanecido dentro dos top 5 vídeos até os dias de hoje.

            “Ah! Isso mesmo! Ela é a bandeira da Legião dos Mortos-Vivos!”

            Foi somente então que Maylon bateu as palmas em reconhecimento.

            A bandeira que representa o Lorde da Legião dos Mortos-Vivos, o Lorde Imortal que comanda todos os mortos-vivos…

            “Então, aqueles navios de guerra… eles vieram a partir da Legião de Mortos-Vivos?”

            Todo o grupo se entreolhou ao mesmo tempo.

            “Vamos lá!”

            “Vamos!”

            “Capitão! Velocidade máxima à frente!”

            Mesmo com as velas estendidas ao máximo, a distância e a velocidade dos navios de guerra terminaram por deixar o normalmente mais rápido clipper ship de Pale muito para trás.

            Os mortos-vivos a bordo dos navios da Legião não tinham a necessidade de dormir, o que não era o caso para a tripulação e para o capitão do navio de Pale. Os navios mais altos também podiam reunir mais correntes de vento. Sob estas condições desfavoráveis, mesmo o rápido clipper ship eventualmente perderia de vista os navios de guerra à medida que a viagem prosseguisse.

            Eles não tinham escolha a não ser perder o comboio de vista.


Tradutor: barafael

Revisão/Adaptação: barafael

Formatação: barafael

Edição: barafael

Fonte da tradução: https://weedsroyalroad.wordpress.com/volume-21-chapter-05-message-in-a-bottle-2/


 

Contribua com a Novel Mania!