KotB – Capítulo 70 – Segunda Classe (Fim)



◈ A avaliação foi terminada. ◈

◈ Para você que realizou o impossível! Seguindo as Leis de Salomão, uma recompensa especial será dada. ◈

◈ O Mestre da Escuridão, ‘Assassino de Reis’, escolheu o Usuário. ◈

◈ Você está disposto a aceitar? ◈

 

Muyoung franziu as sobrancelhas.

Os Mestres da Escuridão. Os guardiões da lei composta por um total de 11 pessoas.

Anteriormente, ele foi capaz de ouvir sobre a existência deles através de Merlin, quando estava no Templo Azul.

E quando o Soberano da Morte escolheu Muyoung, ele foi capaz de sentir a grande presença dele.

Através dele, Muyoung foi capaz de ganhar uma Classe Necromante ainda mais avançada.

‘Dessa vez, é o Assassino de Reis…’

No entanto, tudo o que sabia era o nome, ele só iria verificar que tipo de Classe era, depois que aceitasse.

Claro, era o mesmo para o Assassino de Reis.

Classe Lorde.

Pelo nome, ele presumiu que tinha algo a ver com Reis.

‘Há uma diferença desta vez.’

Muyoung riu silenciosamente.

Soberano da Morte era uma Classe que ele basicamente foi forçado a aceitar.

Ele recebeu isso sem poder contestar a decisão.

Por outro lado, desta vez, eles estavam esperando pela resposta de Muyoung.

No passado, ele até deu a Muyoung seu Cavalo Infernal como um presente.

Havia uma diferença de personalidade entre os dois Mestres das Escuridão?

‘Depois de experimentar a Classe Soberano da Morte, definitivamente tem vantagens em receber Classes Lordes.’

Poderia valer até mesmo ajustar seus planos originais.

Ele estava planejando conseguir Classes Secretas para encontrar um equilíbrio, mas mesmo que fossem Classes de tipos semelhantes, Muyoung poderia ousar afirmar que as Classes Lordes eram melhores.

Mesmo para a Classe Soberano da Morte, era um patamar diferente comparado com Necromantes e Feiticeiros de Cadáveres.

Isso significava que seria o mesmo para a Classe Assassino de Reis.

‘Eu aceitarei.’

Muyoung tomou sua decisão.

Não importava o que era, contanto que fosse benéfico, iria produzir grandes efeitos.

Ele viu isso como um desafio vantajoso se fosse assim.

Em seguida, mensagens lentamente apareceram na frente de seus olhos.

 

◈ O matador de Reis que exterminou todos os Reis do mundo ◈

◈ Você recebeu a Classe Lorde, ‘Assassino de Reis’. ◈

 

Ao mesmo tempo.

Sua visão girou e um homem refletiu-se em seus olhos.

A Era Mado, onde os Magos dominaram e os Cavaleiros eram aniquilados.

Esse homem era um genuíno Cavaleiro.

Ele foi capaz de atingir o pináculo da esgrima e aperfeiçoá-la através da sua própria experiência.

Enquanto todos ficavam em tanques¹ para participar no campo de batalha, o homem confiava apenas em sua espada e decapitava seus inimigos.

O último Cavaleiro Imperial do Império.

Nem mesmo os Magos, que podiam usar poderes sobrenaturais, eram páreos.

Ele ultrapassou os limites humanos e finalmente alcançou o ápice do poder que um ser humano poderia possuir.

Então, o Imperador o mandou para um campo de batalha perigoso.

— Batalha de Usborne?  O extermínio do Dragão Dourado, Alexia? Ele os completou sozinho.

― Ele não é humano. Como pode um humano realizar isso?!

Pessoas faziam piadas sobre ele.

Que ele não era humano.

No entanto, essas palavras não eram uma piada para algumas pessoas.

Essas pessoas sentiam que suas vidas poderiam estar em risco e excluíam o homem de quem eles estavam com inveja.

Porém, o homem se manteve firme e completou seu papel, mas… inúmeros mal-entendidos e sentimentos de inveja resultaram em uma catástrofe.

Todos os Reis do mundo o queriam morto, e como se não bastasse, o homem era um incômodo até mesmo para o Imperador.

 

Magos de Rank Alto foram reunidos e tanques enormes o cercaram.

― Vossa Majestade! Por que Vossa Majestade fazes isso?!

― Tu és muito poderoso. Perigoso demais. Ao realizar os grandes feitos e com a força de um ser humano… Honestamente, nunca imaginei que pudeste voltar vivo delas.

― Tu estás dizendo que nunca confiou em minha lealdade?!

― Se realmente és leal, mate-se aqui.

O homem lamentou alto.

Ele, incessantemente, participou de batalhas consideradas impossíveis e mesmo ferido, retornou vivo, trazendo vitória.

Tudo porque foram as ordens do Imperador.

Porém, isso não estava certo. Sua perversidade, suas emoções obscuras, contaminaram o homem.

― …Entendo. Se desejam que torne-me um demônio, então que assim seja.

Naquele momento, o homem perdeu sua natureza humana.

Maligno, ele se tornou a encarnação do mal e assassinou todos os Reis que tomaram parte na tentativa de matá-lo.

Em seguida, ele quis tornar o mundo livre do ostracismo², mas todos ficaram cobertos de desconfiança e suspeitas.

As pessoas já não podiam confiar umas nas outras e foram caminhando em direção da destruição.

No fim, quando o mundo estava à beira da ruína, o homem perambulou pela devastação sozinho.

Ele estava cansado.

― Eu falhei.

Em seguida, o homem lentamente ergueu sua cabeça e encarou Muyoung.

Claramente falando para ele.

― Tu és capaz de lidar com esta força? Todos te excetuarão³. Todos te desejarão morto. Tu és capaz de superar isto?

Por fim, ele disse enquanto cerrava seus punhos firmemente.

―Tu… não falharás?

O que pode ser definido como uma falha?

Ele provavelmente estava perguntando se ele poderia aceitar todas essas provações.

Muyoung respondeu.

“Eu não sou você.”

No entanto, como se isso não lhe pareceu suficiente, ele acrescentou algumas palavras.

“Eu não serei derrotado.”

Ele matou incontáveis heróis.

Ele transformou sonhos e esperanças das pessoas em cinzas e suportou a culpa de todas elas.

Mesmo assim, Muyoung não foi derrotado.

Ele nunca lamentou as decisões que tomou.

Em vez disso, ele sorriu e as enfrentou.

Por outro lado, o Assassino de Reis era muito justo. Ele era um homem que estava completamente ao lado oposto de Muyoung.

— Então, tome-a. Deixar-te-ei meu Jardim Secreto.

O Assassino de Reis sorriu.

Então, a penumbra desceu e cobriu o mundo em trevas.

 

Uma luz brilhante estava interminavelmente engolindo Muyoung.

O corpo de Muyoung foi lentamente erguido no ar e toda a luz foi absorvida para dentro de seu corpo.

Só então Muyoung abriu os olhos.

“Saudações, Oom.”

“Saudações, Oom!”

Os Dokkaebis se curvaram.

Oom. O verdadeiro Governante dos Dokkaebis.

Era porque ele tinha as qualificações.

Contudo, todos os Dokkaebis estavam confusos.

Não havia nenhuma informação de um Dokkaebi, que não tivesse evoluído para um Duaxini, tornando-se o Oom.

Foi-lhes dito que o Token do Oom os rejeitaria.

Mas, sem qualquer rejeição, como se ele desejasse Muyoung, o Token reconheceu.

Já que o reconheceu, os Dokkaebis simplesmente seguiram.

Muyoung olhou ao redor.

Mais de 20.000 Dokkaebis curvaram seus corpos para saudá-lo.

‘Projetor de Atributos.’

Para verificar suas alterações, Muyoung mexeu no Projetor de Atributos para mostrar suas Competências.

 

 

Ele se tornou o próximo Oom e uma Classe foi adicionada.

Além disso, seus Atributos tiveram um grande aumento.

‘A 1ª Metamorfose não está muito longe.’

Muyoung não tinha certeza se iria experimentar uma primeira Metamorfose novamente, já que ele tinha completado uma, porém ele só saberia quando chegasse a hora.

De qualquer forma, se ele recebeu uma Classe, então Habilidade relacionada também teria sido adicionada.

Muyoung verificou suas novas Habilidades.

 

 

Havia duas.

E ambas as Habilidades eram passivas e não precisavam ser ativadas.

Satisfeito, Muyoung assentiu com a cabeça.

‘Eu não vou falhar.’

E ele se decidiu mais uma vez.

Assassino de Reis.

Ele irá percorrer um caminho completamente diferente dele!

“Parabéns por completar a 32ª Onda no campo de batalha. Wooheehee.”

Crackle! Crackle!

De repente, pequenos fogos de artifício foram disparados e, ao lado dele, uma pequena Fada apareceu.

Era uma Fada que tinha visto antes.

Woohee, aquela que ele conheceu no primeiro Campo de Batalha Infinito.

“Por que está aqui?”

“Ey~ você tá dizendo isso só por que tá com vergonha, né? Eu sei disso. Mas, você não precisa sentir vergonha.”

“Não entendo o que está dizendo.”

“Ehh? Eu prometi que, se você passasse mais de 30 Ondas no Campo de Batalha Infinito, Woohee seria sua.”

“Eu nunca fiz esse tipo de promessa.”

Ele tinha escutado algo parecido, mas não fez uma promessa.

Enquanto Muyoung falava friamente, Woohee estava prestes a chorar.

“Sniff, isso é o que os outros dizem quando querem largar alguém depois de usá-la. Woohee está sendo largada!”

“Pare de falar bobagem.”

“Então você vai ter Woohee?”

Muyoung franziu.

No outro lado, os Dokkaebis que estavam assistindo eles só podiam arregalar os olhos.

“A profecia era realmente verdadeira…?!”

Um pequeno tumulto começou.

A Provação da Hoom. Uma profecia sobre o Token do Oom.

O Prior leu os segredos do universo e falou que tudo será concluído aqui, na Cordilheira das Almas.

E dentro da profecia, havia uma parte que declarava, ‘Aquele que a Fada segue. Ele nos guiará ao paraíso.’

Entretanto, era difícil até mesmo se deparar com uma Fada. E eles realmente nunca ouviram falar de uma Fada seguindo alguém.

“Fiquem quietos.”

Era tudo muito complicado.

Em um instante, com as palavras de Muyoung, eles ficaram em silêncio.

Não poderia ser afirmado que ele não era uma influência incrível, e em seguida, Seohan foi o primeiro a agir.

“Estimado Oom, por favor nos leve ao paraíso.”

“Paraíso?”

Que tipo de absurdo era este?

No entanto, Seohan estava sério.

O Governante dos Dokkaebis Glaciais, aquele que falou informalmente o tempo todo, falou educadamente com Muyoung. Além disso, ele até mesmo foi sincero.

“É dito que quando o Verdadeiro Oom aparecer, ele levará, nós, Dokkaebis, para o paraíso. Nós, Dokkaebis, fomos todos divididos e nesta terra extrema, mal conseguimos prolongar nossas vidas. Por favor, guie-nos.”

Os Dokkaebis nunca foram monstros fortes.

Direto ao ponto, era quase impossível para eles viverem neste Território do Deus Demônio.

Muyoung soltou um longo suspiro.

“Se vocês quiserem me seguir, então apenas me sigam.”

Muyoung continuou a falar com os 20.000 Dokkaebis.

“Porém, eu não garanto que o lugar que estou indo é um paraíso. Não há nada lá e tudo está começando do zero.”

Um lugar onde havia um pouco menos de 100 pessoas.

Muyoung planejava levar os Dokkaebis para o território dele.

Ele não sabia se os seres humanos e os Dokkaebis poderiam conviver pacificamente, mas, enquanto tivessem a pessoa influente, conhecida como Muyoung, não parecia que haveria confusão.

Muyoung olhou para Woohee e falou novamente.

“Decida também.”

“Eu quero ir! Eu quero ir!”

Woohee ergueu suas mãos para o ar.

Uma decisão que ela não pensou sequer duas vezes.

Era isso mesmo, uma decisão tinha de ser feita. Se os levasse à força, eles iriam apenas resistir.

Muyoung se moveu… e logo atrás, 20.000 Dokkaebis de vários tipos estavam seguindo-o.


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar.
Não esqueça de nos Avaliar na Central Novel e dar seu Feedback.
Isso é de extrema importância para nós.


Tradutores: Heilong e BloodyDragon   |   Revisora: Ana Paula



1 – Acredito que como deve se passar numa era mais próspera, ou no Submundo ou em outro plano, as guerras mesmo medievais podiam ter tanques, já que o autor de KotB é meio louco das ideias. Essa é a única possibilidade de haver tanques nesse mundo ‘medieval’.⤴

2 – O Ostracismo era uma punição existente em Atenas, no século V a.C, na qual o cidadão, geralmente um político, que atentasse contra a liberdade pública, era votado para ser banido ou exilado, por um período de dez anos. O Ostracismo foi criado por Clístenes, o “Pai da Democracia”.⤴

3 – Basicamente, o deixarão sozinho, excluído e evitado.⤴

4 – Para os que entendem de RPG: Ele ganha status por matar bosses, mas não por matar minions.

Para os que não entendem: Ele só ganhará Atributos ao matar realmente alguém reconhecido como ‘Rei’, aqueles que não são Reis, são reconhecidos como ‘servos’, os quais quando mortos por Muyoung não proporcionarão nenhum ponto de Atributo extra.⤴


Fontes
Cores