GoC – Capítulo 96 – Prelúdio da tempestade



Como resultado da luta contra o terrorista, o Fantasma foi mostrado na televisão diariamente.

Nisso, as entrevistas com os sobreviventes do ataque despertaram grande interesse. Na tela, uma mulher que sofreu ferimentos relativamente leves estava explicando a situação da ocasião.

“Alguns dos homens tentaram atacar o terrorista… Eles pensaram que, apesar do fato de ele estar armado, ainda era um humano que poderia ser derrotado. Quando falharam, realmente pensei que iria morrer.”

Um repórter que estava segurando o microfone ao lado dela perguntou:

“Então ele apareceu?”

“Sim. Ele saiu de um lugar inesperado.”

O repórter já sabia algo sobre o caso, mas preferiu tremer e fingir que não sabia de nada.

“Ele caiu do teto?”

“Não. Ele estava entre os reféns. Uma pessoa aparentemente comum tirou uma máscara do bolso e a colocou no rosto.”

“Ohu… Então você viu o rosto do Fantasma?”

“Sim. Mas não acho que era a verdadeira cara dele.”

“O que você quer dizer?”

A mulher hesitou por um momento antes de responder:

“Isso… um homem estava chorando ao meu lado, e o Fantasma tinha o rosto idêntico ao dele. Obviamente não são irmãos gêmeos… Talvez o Fantasma possa se disfarçar usando o rosto de outras pessoas.”

“Talvez seja uma maquiagem especial ou algo do tipo.”

“Eu não sei. Só sei que de repente ele tirou um cano de ferro de algum lugar e começou a lutar com o terrorista.”

“Ele lutou contra aquele monstro usando um cano de ferro?”

“Sim.”

“Essa certamente é uma arma conhecida, mas lutar com um terrorista armado usando isso… Parece um pouco imprudente.”

“Eu também pensei a mesma coisa. Não importa quão bom seja o Fantasma, pensei que ele não poderia usar tal arma. Então uma coisa incrível aconteceu. O terrorista atirou na cara do Fantasma… e então a cara do próprio terrorista começou a sangrar.”

Mudar o rosto era algo explicável, poderia ser uma maquiagem especial. No entanto, ele não apenas sobreviveu a um tiro, como também feriu o oponente? Era um mistério impossível de se solucionar, mesmo com a ciência moderna.

O repórter terminou a entrevista com algumas poucas palavras.

“Obrigado por falar sobre a ocasião. Então, vamos nos conectar com um correspondente que irá nos levar para dentro do prédio onde ocorreu o incidente. Agora, vamos ver como o Fantasma lutou contra o terrorista? Vamos!”

A tela apagou antes da cena mudar. Shin Se Ho desligou a televisão que estava assistindo enquanto ficava na UTI.

“Droga. O Fantasma veio me socorrer, mas não pude fazer uma entrevista… eu não sou um bom jornalista.”

Kwon Joon Hyuk, que estava deitado na cama ao lado, levantou metade do corpo.

“Isso é tão… Seria uma entrevista muito mais realista se você estivesse lá.”

“De qualquer forma, o Fantasma não tem afeição por mim? Ele arriscou a vida para me proteger.”

‘Ha? Mesmo?’

Kwon Joon Hyuk se segurou para não dizer essas palavras.

“Ugh… Não temos tempo para isso. Pergunte ao médico quando irei receber alta. Se eu puder conseguir uma entrevista exclusiva, então…”

Ele não mudou nada, apesar de quase ter morrido. Ele ainda era Shin Se Ho.

Kwon Joon Hyuk suspirou e murmurou:

“Aigoo… É a mesma coisa que jogar merda na parede. Você realmente pode encontrar esse cara?”

Infelizmente Shin Se Ho não conseguiria a tão desejada entrevista com o Fantasma tão cedo…

 

*   *   *

 

“Quando penso nisso de novo, percebo que essa habilidade é realmente insana.”

Tae Hyuk estava deitado em uma cama enquanto observava o Espelho de Revelação do Demônio. Ele não estava ciente da dor, graças aos anestésicos, mas sofreu ferimentos graves. Mesmo com o dano sendo reduzido pela metade, ele ainda tomou dois tiros a queima roupa. Seus ossos do ombro quebraram e os músculos foram rompidos.

O problema era a cabeça dele. Depois de um Raio-X, o médico disse que continuar vivo, por si só, já era algo incrível. Tae Hyuk lembrou da situação e tremeu.

“Eu definitivamente tomei um tiro na cabeça… Se não fosse por aquela habilidade, então estaria no expresso para o inferno.”

O médico disse que seu crânio estava rachado e seu nervo ótico danificado. Por enquanto, seria necessário continuar o tratamento. Apenas ficar deitado faria com que ele se sentisse tonto e com náuseas. Quando fechava os olhos, via algumas luzes piscando. Por um tempo, parecia que estava sendo tratado como um maltrapilho à beira da morte.

O hospital onde Tae Hyuk estava descansando não tinha licença. Era um lugar onde os criminosos poderiam ir, já que não tinham o direito de procurar um hospital adequado, igual aos outros cidadãos. A instalação era inesperadamente boa. Apesar da falta de licença, era melhor que o hospital geral da vizinhança.

“Seo Tae Hyuk. Está na hora de seu exame geral de rotina.”

A porta foi aberta, um homem com um óculos de lentes grossas entrou. Ele era o médico responsável por Tae Hyuk, Jung Eui Do.

“Você está sentindo dor em algum lugar?”

Uma enfermeira indelicada desamarrou as bandagens enroladas na cabeça de Tae Hyuk. Então, Jung Eui Do perguntou, com os olhos brilhando:

“Você disse que caiu de algumas escadas, certo? Tem certeza de que não tomou alguns tiros?”

Tae Hyuk respondeu sorrindo:

“Eu realmente caí das escadas. Pensei que você não iria perguntar esse tipo de coisa aqui.”

“Aigoo… me desculpe. Eu trabalhei como um médico daqui por muito tempo, mas não posso fazer nada a respeito de minha curiosidade.”

“O que você faz normalmente?”

“Ah, eu sou especialista em abortos.”

“Cough…”

Era surpreendentemente fácil encontrar médicos clandestinos na Coreia do Sul. A maioria trabalhava com cirurgias plásticas ou com abortos. Na Coreia, fazer um aborto era ilegal, então seria necessário um médico clandestino para isso.

“A razão pela qual a instalação é tão bem equipada…”

Jung Eui Do era um médico que falava demais, e era por isso que Tae Hyuk não precisava finalizar nenhuma pergunta.

“Estará tudo bem até a décima semana. O feto começa a inchar à medida em que os braços e as pernas começam a se formar e, depois de vinte e cinco semanas, quase parece que estou matando alguém, ao invés de fazer um aborto. Ah, nosso hospital faz aborto até em gestações que já alcançaram a trigésima sexta semana. Se você conhece alguém que precise de um, então entre em contato comigo.”¹

Jung Eui Do sorriu e entregou um cartão. Tae Hyuk aceitou enquanto ria.

‘Trinta e seis semanas… é quase um assassinato…’

Talvez esse médico tenha matado mais pessoas do que o Grande Irmão. Como o tratamento levaria algum tempo, Jung Eui Do continuou falando:

“Quando fico aqui de noite, acho que escuto o som de bebês chorando. Você não acha estranho?”

“…”

Tae Hyuk ignorou o médico e olhou para o Espelho de Revelação do Demônio, no entanto, o que estava sendo dito não poderia ser ignorado.

“Na verdade, fazem cem anos desde que o prédio deste hospital foi construído. Aqui costumava ser uma sede do exército japonês. Prisioneiros eram torturados e assassinados diariamente no porão.”

“Os japoneses…?”

“Sim. Depois que a Coreia se tornou independente, eles correram daqui, inclusive deixaram algo grande escondido no prédio.”

Uma história de fantasmas poderia ser descartada, mesmo se tratando de um prédio antigo, mas Tae Hyuk já havia escutado sobre algo assim em algum lugar. Era claramente uma de suas lembranças do futuro…

Então, talvez ele poderia encontrar uma pista na história de Jung Eui Do.

Tae Hyuk guardou o Espelho de Revelação do Demônio e prestou atenção às palavras do médico.

“O que está escondido aqui?”

“É disso que estou falando. Os japoneses estavam pegando todo o ouro da Coreia e transformando em barras de ouro. Então enterraram em um lugar… este lugar…”

O ouro não estaria nesse prédio? Tae Hyuk engoliu em seco. Ao levar o exército japonês em consideração, esse ouro seria o mesmo que dezenas de bilhões de won.

“Ouro…!”

“Ohh!”

“Eu imaginei que existiria alguma pista escondida, então contratei pessoas para procurar por todos os cantos… mas parece que fui enganado por quem me vendeu o prédio. Hahaha!”

“Bem, essa é uma história comum. De qualquer forma, foi algo interessante.”

“É mesmo?”

Jung Eui Do terminou os exames em Tae Hyuk e disse os resultados enquanto sorria:

“Você comeu algum ginseng silvestre? Seus ossos já estão quase recuperados. Acho que já poderá receber alta em duas semanas.”

“Eu conheço algo melhor que ginseng silvestre. Não irei morrer facilmente.”

“De qualquer forma, você possui uma boa elasticidade.”

Isso foi realmente fortuito. Jung Eui Do fez mais algumas piadas antes de se retirar.

Tae Hyuk ficou sozinho e começou a pensar com uma expressão séria. Seria bom se a história pudesse ser ignorada. Os japoneses fugindo sem levar um tesouro… eles deixaram pistas, explicando onde tudo estava enterrado.

“O antigo exército japonês… não havia algo sobre isso?”

Seo Tae Hyuk possuía lembranças do futuro. Definitivamente havia algo sobre o exército japonês…

“Será dentro de dois anos?”

Algum ouro que o exército japonês escondeu seria encontrado, fazendo com que todo o país ficasse em turbulência por algum tempo. Tudo seria entregue à tesouraria nacional, e a pessoa que encontrou o ouro receberia apenas cinquenta milhões de won².

“Eu esqueci o local exato…”

Se a história de Jung Eui Do fosse real… talvez Tae Hyuk poderia se deparar com algo incrível.

“O descobridor original não recebeu apenas uma ninharia? Mas se fosse eu quem encontrasse…”

Ele poderia usar tudo sem o governo descobrir! Ele nunca imaginou que suas memórias do futuro poderiam ajudá-lo assim.

“Eu vou ficar aqui por um tempo de qualquer forma… Talvez deveria começar a procurar por um mapa do tesouro?”

O ouro supostamente seria encontrado por acaso durante a reforma de um prédio. Se fosse assim, a pista estaria escondida em algum lugar escuro.

“Um mapa do tesouro que ninguém encontrou. Isso não é incrível?”

Os olhos de Tae Hyuk brilharam.

De qualquer forma, não teria nenhum dano. Jung Eui Do disse que procurou por todos os cantos, mas não conseguiu encontrar nada. Ele estava obviamente muito desapontado. Era provavelmente por isso que contava a história para os pacientes.

No entanto, Tae Hyuk possuía as Habilidades Criminais.

“Neste caso, posso usar a Habilidade de Espionagem.”

Todos os dias eram tão parados, tornando a vida no hospital algo realmente agradável.

 

*   *   *

 

Kang Suk se encontrou com Kim Do Shik após uma ligação. Ele se perguntava sobre o motivo pelo qual Kim Do Shik queria que ele entrasse em contato com o Fantasma novamente.

“Aigoo. Agora eu sonho com uma máscara todas as noites… Isso não é terrível?”

Desde o caso do terrorista, a pressão para pegar o Fantasma aumentou, mas eles não conseguiram nada.

“Ah, Detetive Cho!”

“Sinto muito, mas não houve nenhum contato do Fantasma…”

“Parece que você vai entrar em colapso nervoso. Me desculpe, mas desta vez não é por causa do Fantasma. Uma carta chegou para você.”

“Uma carta?”

Kang Suk ficou perplexo. Ele não fazia parte do departamento de assuntos gerais, então por que alguém enviaria uma carta para ele?

“Isso mesmo. Park Sung Yul que enviou.”

“Park Sung Yul…”

Kang Suk gemeu.

O primeiro caso de crime hediondo dele. O sujeito foi condenado a quinze anos de prisão por assassinar uma mulher de quarenta anos brutalmente.

“Leia primeiro. Se isso for verdade… Você é quem está mais familiarizado com Park Sung Yul. Eu quero ouvir sua opinião.”

“É um caso?”

“Leia logo.”

“Certo.”

Kang Suk engoliu em seco. Ele abriu a carta lentamente e a leu.

“Oh meu deus…”

A carta continha palavras que Kang Suk jamais poderia imaginar.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: Juro que fiquei com raiva enquanto traduzia isso…

Nota 2: R$174.281,90 em 18/06/2018.



Fontes
Cores