GoC – Capítulo 93 – Incursão do Grande Irmão (4)



A polícia não podia atuar de forma adequada, devido ao número de reféns que estavam sendo mantidos. Além disso, a maioria dos sequestradores só pediriam por dinheiro ou um meio de fuga. No entanto, a pessoa no prédio disse que mataria todos os reféns se o Fantasma não aparecesse.

“Droga…!”

Depois de ligar para o comissário de polícia, o líder em comando soltou algumas palavras de frustração. Não importava como ele encarasse a situação, o sequestrador provavelmente era alguém de alguma organização criminosa, com rancores contra o Fantasma.

Há cerca de meia hora, uma equipe de comando de choque foi despachada, ao ouvir a notícia de que um sujeito armado estava mantendo reféns no centro da cidade. O líder em comando achava que essa pessoa era apenas um gângster armado e que poderia dominá-lo facilmente.

Portanto, o primeiro esquadrão, contando com doze pessoas, entrou no prédio. Todos eram soldados que passaram por um treinamento especial, estavam acima dos soldados comuns em termos de Habilidades de Combate, e todos possuíam habilidades excepcionais. Quando se tratava de reprimir o terrorismo, não ficariam para trás das forças especiais de outros países.

No entanto, o líder do esquadrão logo percebeu que seu julgamento estava errado.

“Desculpe, Chefe-nim. O oponente colocou armadilhas no prédio e bloqueou todas as rotas de acesso. Ele também possui uma metralhadora M60¹.”

O líder do esquadrão ficou tonto ao receber esse relatório.

“Quanto dano tomamos?”

“Duas pessoas ligeiramente feridas… quatro pessoas gravemente feridas… Felizmente, não houve nenhuma baixa.”

“Como você pode dizer isso?”

“Eu realmente sinto muito…”

O número de inimigos era de, no máximo, três. No entanto, seis das doze pessoas enviadas retornaram feridas?

“A maior força de contenção ao terrorismo da nação…”

O representante começou a dar desculpas.

“É uma estrutura difícil de se infiltrar, devido aos corredores estreitos do lado de dentro. Além disso, o alvo não é um simples terrorista. Os tiros de metralhadora acertavam precisamente a parte de nossos corpos onde não havia nenhuma proteção. Além disso, ele não está usando armas simples, mas sim rifles de assalto e espingardas…”

“Pare de dar desculpas. Prepare uma segunda equipe para se infiltrar. O Detetive Cho Kang Suk está vindo!”

Apenas duas pessoas poderiam entrar em contato com o Fantasma. Uma delas estava sendo mantida como refém no prédio, então, alguém que estava ajudando no bloqueio, deu um grito:

“O Detetive Cho Kang Suk chegou!”

O líder em comando olhou para o lugar de onde o grito soou. A pessoa que estava esperando finalmente apareceu.

“Desculpe. Me atrasei.”

O Detetive Cho Kang Suk estava em companhia do Investigador Joo Hyun Ho. Ele era um perito criminal, que estava presente para auxiliar nas negociações.

Joo Hyun Ho perguntou ao representante:

“Não temos muito tempo para o assassino eliminar o primeiro refém, certo?”

“Isso mesmo. Temos dez minutos e vinte segundos.”

“Entendo. Entre em contato com o Fantasma enquanto tento conseguir algum tempo extra.”

O líder em comando balançou a cabeça ao escutar as palavras de Joo Hyun Ho.

“Então, você pode entrar em contato com o Fantasma?”

“Estou tentando. Ele parece estar em um lugar onde não há sinal.”

“Hu… Não sei por que civis inocentes precisam se envolver na luta de poder entre criminosos. De qualquer forma, o Investigador Joo Hyun Ho vai tentar conseguir algum tempo extra. Em breve faremos uma segunda tentativa de infiltração.”

Cho Kang Suk ficou com o rosto pálido.

“Ouvi dizer que ele possui trinta reféns. Se você tentar forçar uma infiltração não serão prejudicados?”

“Eu também me sinto envergonhado, mas somos obrigados, pelas regras, a não negociar com terroristas. Alguns sacrifícios podem ser necessários.”

O rosto de Kang Suk se distorceu.

Eles deveriam pensar na vida das pessoas como prioridade. No entanto, os reféns estavam sendo tratados como obstáculos no caminho da captura de um terrorista.

O líder em comando percebeu o que Kang Suk estava pensando e tentou acalmá-lo:

“Em primeiro lugar, penso que as pessoas que trabalham em um karaokê bar não são um bom tipo de gente.”

Essa foi uma péssima escolha de palavras. No final, Cho Kang Suk explodiu em ira.

“A polícia não está aqui para matar terroristas, mas para proteger as pessoas!”

O rosto do líder em comando ficou vermelho. Cho Kang Suk obviamente estava certo. No entanto, ele seria destruído se continuasse pensando assim. Para viver neste mundo, às vezes seria necessário ser moderadamente compromissado com as coisas.

Cho Kang Suk percebeu que tinha gritado com um superior e, então, inclinou a cabeça:

“Desculpe… Estou um pouco agitado.”

“Não. Esse mundo é muito cruel para um homem como você. De qualquer forma, tente entrar em contato com o Fantasma o quanto antes.”

“Entendido.”

Kang Suk queria entrar e salvar os reféns se possível, mas não podia fazer isso.

“Não, ah! Por que a ligação não… eh?”

“O que? Você conseguiu falar com o Fantasma?”

“Parece que sim.”

Não foi um telefonema, o Fantasma enviou uma mensagem de texto. Joo Hyun Ho e o líder em comando se aproximaram de Kang Suk.

“O culpado é um assassino enviado pela Tríade, e é apenas uma pessoa…”

“Haha… Só uma pessoa fez isso tudo?”

Kang Suk ignorou o líder em comando e continuou lendo a mensagem do Fantasma.

“Ele já matou dez reféns. Existe o perigo de que todos sejam eliminados se tentarmos forçar uma entrada.”

“…”

As pessoas reunidas gemeram. Se todos os reféns fossem assassinados, isso indicava que nenhum seria resgatado. Então, por que ele mataria os reféns assim? Eles ficaram abalados ao imaginar o que estava acontecendo dentro do prédio.

“Está proibido forçar uma entrada. Atualmente estou tentando entrar em contato… Ah, a mensagem acabou.”

O rosto do líder em comando ficou vermelho depois de escutar a mensagem. Isso significava que, se tentasse algo, todos os reféns morreriam. Então, de repente, ele percebeu algo.

“Espere. Isso significa que o Fantasma está lá dentro.”

“Parece que sim…”

“Droga. Isso faz algum sentido? Nem mesmo uma formiga pode passar por nosso bloqueio. Como ele entrou?”

As pessoas reunidas engoliram em seco e olharam para o prédio, onde os reféns estavam sendo mantidos. Dentro dele estava o terrorista e os reféns…

E o Fantasma.

 

*   *   *

 

Tae Hyuk desligou seu smartphone e murmurou:

“Desculpe, mas estou ouvindo a conversa.”

Ele havia interceptado a polícia e se agarrado aos seus movimentos, perfeitamente. Originalmente, ele precisaria de um equipamento caro de detecção de frequência, um painel solar, que ofereceria suporte por vinte e quatro horas, e um dispositivo de controle remoto.

No entanto, Tae Hyuk tinha algo ainda melhor do que um dispositivo de escuta telefônica. Todo mundo carregava um telefone consigo. Ele instalou um aplicativo chinês, um hack, que a Flor do Luar forneceu, no telefone de Cho Kang Suk, do líder em comando e do comissário de polícia.

Ele poderia ouvir as conversas em tempo real e conferir o conteúdo de cada telefone. Claro, existiriam aplicativos de segurança, mas não poderiam fazer nada diante do hack, que custava dezenas de milhares de dólares.

Tae Hyuk lambeu os lábios.

“O único problema é a vida útil disso, que é curta… Devo aproveitar a oportunidade e aprender a fazer esse tipo de coisa?”

De qualquer forma, mais cedo ou mais tarde, ele teria que visitar a China, para acabar com a Tríade. Seria bom se pudesse se encontrar com os hackers deles para aprender algumas habilidades.

Tae Hyuk analisou o oponente, combinando a informação que a polícia possuía com a sua. A conclusão que apareceu foi a de que não teria nenhuma chance de ganhar em um confronto cara a cara. Mesmo com as Habilidades Criminais, ele morreria se tomasse um tiro.

“Claro, eu não sou idiota para enfrentar um assassino como em um filme de ação.”

Tae Hyuk escolheu uma sala adequada e entrou nela. Ele olhou para as coisas que tinha à disposição.

“Laptop, câmera, microfone, luzes… Perfeito.”

Se tivesse esse equipamento, a transmissão via Internet poderia ser feita de qualquer lugar. Eles estavam conectados em rede com um servidor de músicas. As máquinas de karaokê poderiam ser comandadas através de um computador principal. Isso significava que ele poderia transmitir um vídeo ao vivo para a sala onde o assassino estava.

Tae Hyuk conectou o laptop, que era o computador principal da rede, e murmurou:

“Não poderei nem ficar orgulhoso. Essa não é a estreia do Fantasma na Internet?”

 

*   *   *

 

O Grande Irmão viu que horas eram e falou com os reféns:

“Chegou a hora. Quem quer morrer?”

Então, um dos reféns falou, com uma voz trêmula. Era uma estudante infeliz, que estava na loja de conveniências com sua irmã mais nova, Min Soo Young.

“Você já matou dez pessoas. Isso ainda não foi o suficiente?”

“As mariposas voando para o fogo não foram executadas, elas se mataram. Já sei. Vou matar você.”

Min Soo Young ficou pálida.

“P-poupe-me… Eu faço o que você quiser.”

Então, o Grande Irmão riu.

“Mesmo? Acho que sua irmãzinha está aqui com você. Eu vou deixar você viva, caso atire na cabeça dela. O que acha?”

A irmã de Soo Young, Soo Yeon, que era dois anos mais nova que ela, gritou, com a voz trêmula:

“U-Unni… eu… eu não quero morrer… Oi? U-Unni…”

As duas garotas se agarraram pelas mãos, uma olhando para os olhos da outra. Mesmo se isso significasse que uma delas poderia viver, a outra não poderia matar a própria irmã. No final, Soo Young falou, com olhos cheios de determinação.

“E-eu prefiro morrer. Poupe minha irmãzinha.”

“Hoh… Este caloroso afeto entre irmãs, gosto disso. Então vou poupar sua irmã.”

“O-obrigada.”

“Mas tenho uma condição. Os homens da Yakuza se matam cortando a própria barriga, para mostrar determinação. Isso não é chamado de harakiri²? Se quer salvar sua irmã, se suicide. Assim eu posso poupar ela.”

O Grande Irmão pegou uma arma da cintura e jogou para Soo Young.

“…”

Ele ria alegremente, como se estivesse gostando disso.

Soo Young pegou a arma e olhou para o demônio diante dela. Ela poderia usar isso para mata-lo? Essa ideia surgiu, mas ela sacudiu a cabeça. Ela viu esse demônio lutando contra outros reféns. Não havia maneira nenhuma de matar ele com uma simples arma.

“Se você fizer barulho, então vou fazer um buraco na cabeça de sua irmã, atire bem em seu umbigo…”

“…”

O corpo de Soo Young estava tremendo, como se estivesse com frio. Depois de sair da escola, ela ficou com sede e foi comprar um pouco de leite com a irmã…

Como acabou nesta situação? Tudo parecia tão irreal. Se fechasse os olhos, então poderia voltar para a realidade.

“Sniff… Não é um sonho…”

Em filmes de ação, o protagonista poderia sobreviver ao tomar vários tiros. Ela poderia sobreviver também? Com esperanças, Soo Young apontou o bico da arma contra o estômago, com as mãos trêmulas.

No entanto, a realidade não era fácil. Quando a bala de 5.56mm fosse disparada, um buraco do tamanho de um dedo apareceria por onde ela penetraria. Tudo bem. No entanto, a bala disparada iria girar, danificando seus órgãos internos. Também não seria estranho se aparecesse outro buraco para a saída do projétil.

Esta era uma ferramenta projetada para matar pessoas. Ser atingido por um tiro a queima roupa com certeza resultaria em morte.

“P-por favor…”

Por favor, sobreviva…

Com essa esperança, Soo Young puxou o gatilho. Não, ela estava prestes a puxá-lo.

– Parece que algo interessante está acontecendo.

No momento em que a voz de um homem soou, Soo Young parou o dedo, que estava quase puxando o gatilho. O Grande Irmão e os reféns olharam para a direção de onde saiu a voz. Um homem mascarado apareceu na máquina de karaokê que estava na sala.

“Hackearam a máquina.”

– Todos os sistemas do local estão em minhas mãos. Você deveria se render, ao invés de tentar resistir.

O Grande Irmão sorriu e caminhou até o monitor.

“Haha! Parece que pode ouvir minha voz. Você deve ter instalado algumas escutas em algum lugar. Então, o que pode fazer? Huh? Vai sair do monitor, como em um filme de terror?”

– Vou provar que posso controlar tudo.

Naquele momento, a sala ficou sem luz. Os reféns gritaram quando ficou repentinamente escuro.

O Grande Irmão possuía várias pistolas, além da que entregou para Soo Young. Ele atirou em direção da porta.

Tang!

“H-hik!”

“Tentando tirar proveito do tumulto para fugir. Sim. Tente fazer isso novamente. Huhuhu.”

O homem que tentou abrir a porta secretamente para fugir tropeçou. Menos de dez segundos depois, as luzes foram ligadas novamente. O monitor também voltou a funcionar.

– E então? Eu sou capaz de tudo.

“Ridículo. Não pense que pode lidar comigo apenas limitando minha visão. A escuridão não pode me impedir.”

Mesmo no escuro, o Grande Irmão atirou precisamente no refém que queria escapar.

– Eu vou fazer uma profecia. Você vai morrer hoje.

“Besteira!”

O Grande Irmão foi provocado, então atirou no monitor.

Fumaça começou a sair enquanto algumas peças voavam.

“Ouça atentamente. Pare de falar besteiras e apareça na minha frente agora, ou matarei um refém por minuto. Bem, se outras pessoas morrerem, sua reputação vai por água abaixo. Isso significa que não precisarei mais prestar atenção em você.”

As palavras do Grande Irmão não passavam de uma meia verdade. Tae Hyuk obviamente estava escutando suas palavras, mas não era através de escutas.

‘Ele destruiu o monitor depois de ser provocado. Se eu soubesse disso antes, então só teria feito uma gravação de três minutos.’

Tae Hyuk sorriu amargamente de onde estava escondido, atrás dos reféns.

‘De qualquer forma, o cérebro dele é parecido com o de Park Sung Kwang³.’

O Grande Irmão pensou que estava conversando em tempo real com o Fantasma, mas ele estava errado. Tae Hyuk tinha reproduzido um vídeo pré-gravado na máquina de karaokê. Ele entrou na sala quando a eletricidade foi desligada. Agora dois reféns no local possuíam o mesmo rosto. No entanto, o Grande Irmão estava muito agitado e não percebeu isso. Tae Hyuk se disfarçou como Kwon Joon Hyuk e se escondeu.

O Grande Irmão pensou que todos os reféns estavam desamparados. Ele estava gritando para uma ilusão do Fantasma, sem saber que um assassino estava presente para matá-lo.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: A arma do Rambo!

Nota 2: Acho que seppuku é a mesma coisa… Não tenho certeza.

Nota 3: O carinha que extorquia a An Eun Young.



Fontes
Cores