GoC – Capítulo 90 – Incursão do Grande Irmão



“Você gostou de ver as pessoas?”

Kim Hyun Do estava tão feliz quanto quando era criança.

“Eu não esperava que muitos viessem visitar. Conheci algumas das pessoas mais ricas do mundo hoje.”

Tae Hyuk suspirou internamente.

A fantasia da Máfia Vermelha, de vender pinturas falsificadas de Rubens, foi esmagada pelo Fantasma. Se ele conseguisse a Machina e saísse, então tudo teria sido feito. No entanto, as pessoas que continuassem no lugar se tornariam alvos da Máfia Vermelha.

“Diretor Kim Hyun Do. Em breve a Máfia Vermelha virá atrás de você.”

“S-sério? Não se preocupe, Fantasma. Com certeza não direi nada sobre você.”

Tae Hyuk balançou a cabeça, Kim Hyun Do ficaria em perigo se fizesse isso. Se não soubessem quem era o inimigo, então iriam atacar pessoas inocentes.

“Não. Diga tudo o que o Fantasma fez.”

“Huh?”

“Para que você possa ficar em segurança.”

“H-heok…!”

Kim Hyun Do arregalou os olhos enquanto olhava para o Fantasma. Um homem que parecia ser um criminoso estava preocupado com ele. Apesar da máscara, o Fantasma parecia estar sorrindo suavemente. Tae Hyuk riu ao perceber que havia capturado o coração de Kim Hyun Do.

“Eu seria um vilão se jogasse meu aliado fora.”

No futuro, a Universidade S continuaria a fazer pesquisas sobre as partes corporais artificiais, Machina. Ele poderia se tornar um bode expiatório para poder continuar acessando a pesquisa no futuro.

“Então, você pode me mostrar o Machina, assim como o prometido?”

“Certo!”

Kim Hyun Do gritou entusiasmado.

Eles chegaram a um salão especial no museu. Era um lugar onde os resultados dos laboratórios eram divulgados. Ele servia para obter fundos para as pesquisas.

“O corpo artificial Machina está em exibição nessa área.”

“Obrigado. Você foi muito útil.”

Kim Hyun Do estava curioso a respeito do interesse do Fantasma pelo Machina. Ao conectar os nervos, os humanos poderiam controlar a máquina através da simples vontade. Embora isso fosse um novo capítulo na história da biomecânica, ainda era considerado apenas uma criança como projeto. O resultado era um pouco melhor do que o normal.

‘Seria bom se ele me contasse o que deseja do projeto Machina.’

Assim que pensou nisso, Tae Hyuk começou:

“Você deve saber, há algum tempo explodi um negócio de tráfico de órgãos.”

“Claro. Houve uma grande comoção por causa das ações do Fantasma.”

Surgiram algumas críticas, mas Kim Hyun Do não mencionou isso.

“Então deve saber que crianças perderam partes do corpo. Eu não queria que tudo acabasse apenas resgatando-as do inferno. Os seres humanos vivem graças à esperança.”

Kim Hyun Do quase tossiu.

A maioria das pessoas estava entusiasmada com o simples fato de o Fantasma ter acabado com uma organização criminosa. Ele também pensava assim. Mas o Fantasma agora estava trabalhando para curar as feridas daqueles que sofreram… Ele até se arriscou a se tornar um inimigo da Máfia Vermelha, uma organização enorme.

“Ohhh… Fantasma…”

Tae Hyuk riu da reação de Kim Hyun Do. Seu propósito original ao conseguir um Machina para Soo Bin era o de conseguir mais tempo para que Kang Suk e Ha Ran pudessem namorar. Então ele conseguiu informações sobre a relação entre Park Jung Hwan¹ e a máfia. Ele não sabia que tipo de força seria, mas sabia que precisaria enfrentá-la. Ele apenas se adiantou um pouco.

‘Também foi bom apresentar o Fantasma.’

Sem o criminoso mascarado, ele não seria capaz de enfrentar a máfia. Tae Hyuk foi para o ponto de exibição do projeto Machina. Havia um manequim com um braço mecânico. Ele testou a Habilidade de Espionagem, para ver se poderia falsificar isso.

 

 

‘Adquirido automaticamente?! Wow, um benefício incrível!’

Seria necessária uma quantia significativa de Pontos de Afinidade para conseguir um novo Atributo. Para fazer isso, ele precisaria pegar mais membros da Lista Negra, salvando mais vítimas, mas conseguiu isso de graça. Além disso, o potencial do Atributo era incrível. Se tivesse os materiais, poderia construir até uma nave espacial.

 

 

‘E-espere um pouco…”

Tae Hyuk encarou as mensagens que começaram a aparecer no Espelho de Revelação do Demônio.

 

 

Seriam necessárias trinta mil peças para fazer um carro. Um Machina precisaria de cerca de duas mil. Basicamente, havia um sistema de direção que moveria o braço e um invólucro que cobria a superfície externa. Além disso, havia um dispositivo de processamento central que receberia e processaria sinais elétricos. O recipiente feito de liga de titânio e aço inoxidável podia ser facilmente produzido. No entanto, o problema seria o sistema de condução e o dispositivo de processamento central.

‘Isso não está em um nível que eu possa fazer, mesmo se tivesse os materiais.’

Tae Hyuk suspirou.

Kim Hyun Do, que estava olhando de longe, perguntou com uma expressão preocupada:

“Você pode replicar?”

“Claro. Isso é algo fácil para mim.”

Tae Hyuk riu.

Ele levou exatamente duas semanas para conseguir todos os materiais.

 

*   *   *

 

“Kuheok…”

Os olhos de Tae Hyuk lacrimejaram ao ver o Machina finalizado.

Por quantos problemas passou para conseguir isso? Embora tivesse as Habilidades Criminais, não conseguiria criar as coisas a partir do nada. No final, ele precisou obter todas as peças individualmente. Muitas delas eram coisas que não seriam encontradas facilmente no mercado.

No final, acabou pedindo ajuda de Grande Mama. Ele usou uma enorme quantidade de dinheiro, mesmo comprando quase tudo pelo mercado negro. Mas, eventualmente, terminou.

Graças à pele artificial, realmente parecia um braço humano quando visto de longe.

“Este é o Machina versão 0.12?”

Tae Hyuk chamou Kim Soo Bin ao armazém que estava usando como oficina. Ele, naturalmente, se disfarçou como o Fantasma.

– Ir onde você está? Você vai fazer algo de estranho…?

“Há algo que quero te dar.”

– Huh?

“Se possível, venha sozinha.”

Kim Soo Bin já havia se recuperado o suficiente para poder andar sem a ajuda de outras pessoas, mas ainda havia um problema ligado a ela. Tae Hyuk lambeu os lábios.

“Pensei ter dito para vir sozinha.”

Song Hye Mi estava colada em Kim Soo Bin. Ela estava nervosa ao encontrar o criminoso que virou a Coreia do Sul de cabeça para baixo. Suas mãos estavam tremendo.

“A Unni está desconfortável com o corpo dela.”

“Entendo. Não posso fazer nada se você é a guardiã dela.”

Tae Hyuk tocou na cabeça de Song Hye Mi antes de ligar as luzes do armazém.

“Huh? Você é uma pessoa inesperadamente boa…?”

Song Hye Mi olhou para as costas do Fantasma com uma expressão em branco. Ela estava preparada para defender sua Unni. No entanto, a reação do Fantasma foi inesperadamente suave. Ela pensou que ele seria um tipo de pessoa demoníaca infernal…

Havia um manequim dentro do armazém.

Kim Soo Bin perguntou:

“Não parece que você esteja planejando algum desfile de moda. Para que serve o manequim?”

Tae Hyuk pegou um smartphone com o aplicativo do Machina e ativou um movimento pré-programado. Então, o braço do manequim começou a se mover.

“Wah…”

“O-o que é…?”

O Machina tirou suas roupas, amarrou cadarços e colocou água em um copo. Essas eram ações difíceis de se fazer com apenas uma mão.

As lágrimas começaram a cair dos olhos de Kim Soo Bin quando ela percebeu o que estava acontecendo.

“É-é um pr-presente…?”

Tae Hyuk tirou o Machina do manequim e disse:

“Sim. Este será seu novo braço a partir de agora.”

Infelizmente, era impossível mover a prótese livremente depois de conectar os nervos. Os movimentos precisavam ser previamente registrados no smartphone. No entanto, isso seria uma grande ajuda.

“De agora em diante, esse será meu braço…”

Kim Soo Bin acariciou o Machina gentilmente. Havia a frieza distinta do metal, mas também era estranhamente quente.

“Desculpe, mas isso não será de graça.”

Certamente, ele não iria querer dinheiro?

Song Hye Mi exclamou:

“N-nós não temos dinheiro!”

“Huhu… Desculpe, mas há algo mais interessante.”

“N-não me diga…!”

O rosto de Song Hye Mi ficou vermelho. Parecia que ela estava passando por um estranho mal-entendido. Kim Soo Bin tirou a roupa para que o Machina pudesse ser instalado. Era obviamente embaraçoso ficar só com as roupas de baixo diante de um homem.

No entanto, ele não possuía nenhum pensamento a respeito disso.

“O que eu quero são dados. O Machina continuará sendo desenvolvido no futuro, então quero testar todas as versões no corpo de Kim Soo Bin.”

Kim Soo Bin riu enquanto se sentava na cadeira preparada por Tae Hyuk.

“Seria bom se você fosse um pouco mais honesto…”

O trabalho de fixar o Machina estava concluído. Ele foi originalmente projetado para que pudesse fazer movimentos livremente, através da simples força de vontade, sem qualquer auxílio extra. Mas uma quantidade significativa de tempo seria necessária para desenvolver isso por completo. Claro, Tae Hyuk estaria comendo pipoca enquanto observava a pesquisa.

“Seja paciente, isso pode doer um pouco às vezes.”

O Machina estava firmemente preso na superfície da parte cortada do corpo. A maior parte da dor era proveniente da carne, recentemente cicatrizada, sendo cortada novamente.

“Sim, isso não é nada… Eu tive meu braço arrancado sem nenhuma anestesia, sabia?”

Ele tinha verificado o tamanho de Kim Soo Bin com antecedência, para que o Machina se encaixasse perfeitamente em seu corpo. Ela percebeu isso e perguntou:

“Quando você examinou meu corpo?”

Ele não podia dizer que, quando ela estava em sua casa há algum tempo, ele deu comprimidos para fazê-la adormecer e tirou suas medidas.

“Eu posso dizer apenas olhando.”

“Hrmm…”

Kim Soo Bin olhou para o Fantasma com desconfiança, mas não podia ver a expressão que ele estava fazendo.

“É assim que se move.”

Tae Hyuk instalou o aplicativo do Machina no smartphone de Soo Bin. Ela poderia dispor de dez mil movimentos que poderiam ser usados no dia a dia.

Kiriririk!

O som de engrenagens soaram no Machina e, então, o braço direito de Kim Soo Bin se moveu.

“Agora eu tenho de passar óleo no braço todas as manhãs.”

“Eu fiz um manual para isso, por favor, leia com cuidado. Em particular, você deve sempre prestar atenção na temperatura. Se sair sem o equipamento necessário no inverno, então pode congelar e parar de funcionar.”

“Obrigada, Fantasma.”

“Então pode ir. Eu lhe enviarei uma mensagem quando precisar de você novamente no futuro.”

Hye Mi, que estava escondida atrás de Soo Bin, mostrou a cabeça e falou:

“Eu quero dizer algo ao Fantasma. Obrigada por salvar a Unni…”

“Huh? Desculpe, mas não ouvi direito.”

“Obrigada!”

Tae Hyuk olhou para as duas pessoas que estavam sorrindo enquanto estava com um pequeno sorriso no rosto. Parecia que o incidente do Doll Play finalmente estava completamente resolvido.

“Fantasma! Desculpe, mas pode abrir isso?”

Kim Soo Bin perguntou quando chegou à porta do armazém, que estava trancada.

“Um momento. Logo irei abrir.”

“Ah, não. Eu posso abrir. Quero testar o poder do braço que o Fantasma me deu!”

Kim Soo Bin manipulou o Machina para abrir a porta. Parecia que ela pensava que a porta estava destrancada.

“E-espere um pouco! Há uma trava…!”

Tae Hyuk, que estava confuso, gritou, mas já era tarde demais…

Crunch!

O Machina destruiu completamente as portas de ferro e as trancas.²

“Meu Deus…”

Ele queria que ela vivesse uma boa vida, mas isso parecia possuir força demais.

 

*   *   *

 

Uma aeromoça novata em um avião, que partiu da China, murmurou enquanto observava os passageiros na primeira classe.

“Ele parece uma estrela de cinema… O que a Unni acha?”

A aeromoça sênior ao lado dela respondeu:

“Sim. Incrivelmente bonito.”

“Acho que ele deve ser muito rico. As roupas que está vestindo são todas de marca.”

“Além disso, está no meio dos trinta anos…”

As aeromoças passavam a maior parte do tempo em aviões. Como resultado, não poderiam ir a encontros às cegas, já que estavam em idade de se casar. Assim, costumavam brincar com os jovens homens dos assentos executivos.

No entanto, o cliente diante delas estava sentado em um assento de primeira classe. Na classe executiva, muitas pessoas estavam em busca de fazer uma viagem rápida para negócios, mas que não estavam com muito dinheiro sobrando. Mas a primeira classe era diferente. Se alguém não tivesse nascido em um berço de ouro, seria difícil conseguir comprar uma passagem facilmente, já que custava uma enorme quantia em dinheiro.

“A economia está ruim atualmente, então ele é o único na primeira classe… Esse não é um grande achado?”

“Dom Perignon 2004³? Pegue a garrafa.”

Esse era o melhor champanhe, servido apenas para passageiros da primeira classe.

“U-Unni. Talvez…”

“Definitivamente vou servir ele.”

“Que mesquinha! Eu vi primeiro!”

“Ano que vem eu faço trinta anos. O meu caso é urgente.”

“Hiiiing… Entendo…”

A aeromoça sênior retocou a maquiagem enquanto se olhava em um espelho de mão. Então, armada com seu melhor sorriso, ela foi até o passageiro.

Depois de cinco minutos, a aeromoça sênior retornou sorrindo de orelha a orelha.

“O que devo fazer? Tão incrível. Ele é um completo cavalheiro.”

“Você conseguiu o número dele?”

“Hah! Eu consegui um cartão.”

A aeromoça sênior mostrou um cartão preto orgulhosamente.

“Vamos ver… Ele é um chaebol? Ou um ator?”

“Talvez seja ambos!”

O cartão possuía uma palavra chinesa e um número de telefone.

“Grande Irmão?” (Em chinês)

“H-Hyung-nim?”

As aeromoças ficaram em pânico. Não havia nada esclarecendo a identidade da pessoa.

“Eu ainda quero o contato dele. O cliente comprou apenas o bilhete de ida. Obviamente pretende passar muito tempo na Coreia do Sul.”

“Unni, pergunte se ele tem amigos.”

Enquanto as aeromoças tagarelavam, ele estava bebendo de uma taça.

“Umm… Bom… essa é uma boa bebida.”

O Grande Irmão cheirou o champanhe que a aeromoça levou e abriu uma pasta para analisar o perfil de seu alvo.

“Fantasma. Então também existe uma pessoa estranha na Coreia do Sul.”

Grande Irmão, o melhor assassino da Tríade, chegou à Coreia.

“Em primeiro lugar, deveria me encontrar com Shin Se Ho, da Estação ABS.”

O Grande Irmão riu e tomou mais um pouco de champanhe.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: O cara que o Tae Hyuk ‘matou’.

Nota 2: Ele criou um monstro…

Nota 3: Um champanhe nada caro…



Fontes
Cores