GoC – Capítulo 79 – O Fantasma abre seus olhos



Havia uma sala de operações incomum no Centro Médico T. Ela só poderia ser acessada depois de passar por algumas áreas bem protegidas, e até mesmo os faxineiros que trabalhavam lá eram fiscalizados. Isso era para evitar que as coisas que aconteciam ali pudessem vazar.

Dois homens jovens usando uniformes estavam limpando a sala de operação depois do término de um procedimento cirúrgico.

“Porra, cortaram a artéria de novo. Isso tá cheio de sangue.”

“Uh… Esse sangue não é brincadeira.”

“Mesmo assim, prefiro fazer isso, já que dinheiro não tá sendo fácil.”

Então, um deles perguntou:

“Aliás, Hyung-nim… tenho uma pergunta.”

“O que foi? Ah, tenha cuidado. Se cair ali, você morre. Isso ali vai cortar sua carne em pedaços.”

O jovem, que quase escorregou estalou a língua e colocou um pouco de carne em um saco.

“Por que não usam anestesia? Ao invés de cortar um membro para impedir que se movam, não seria melhor apenas dopar?”

O mais velho sorriu para a pergunta do mais novo.

“Hey! Se você se preocupa com isso, então não deveria trabalhar aqui. A razão é simples. É como manter peixes vivos para fazer sashimi. O medicamento não prejudicaria os órgãos?”

O jovem concordou, parecendo entender.

“De qualquer forma, a limpeza da sala de operação já está quase lá… Agora só falta descartar o lixo.”

“Sim. Traga um pouco de ácido clorídrico e plástico do armazém. Depois que a sala ficar limpa por três a quatro horas, poderão usá-la novamente. Coloque o que sobrar no tambor de descarte. Ah, prepare dois tambores.”

“Oh, outra será feita mais tarde?”

“Sim. Este é um negócio realmente próspero.”

Uma vez que os órgãos dos prisioneiros não podiam mais ser usados na China, aqueles que precisavam de transplantes procuravam pela Coreia para fazer a cirurgia. Em particular, era mais seguro do que na China, que normalmente acabava deixando que algum efeito colateral aparecesse, por causa do ambiente cirúrgico pouco higiênico.

Recentemente, o mercado global estava extremamente cheio com órgãos da Índia e do Sudeste Asiático. As partes mais caras, como o coração, fígado e os rins, poderiam ser vendidos por cerca de duzentos milhões¹ cada.

No entanto, o Centro Médico T possuía órgãos frescos e sadios, que tiveram o desenvolvimento acompanhado pela equipe, fazendo com que seus preços fossem duas vezes mais altos que o de outros lugares. Apesar disso, as pessoas ainda faziam filas de espera por eles.

“São cerca de 1,5 bilhões de won² por pessoa? Eu ficaria feliz de vender algo por um preço tão alto. Morreria feliz. Huhuhu…”

Então a porta da sala de operações foi aberta e o Dr. J, um cirurgião, entrou.

“O que? Ainda não está limpo? Eu disse para terminar o quanto antes, não me escutou? Por que está parado aí?”

O zelador mais velho curvou a cabeça.

“E-eu realmente sinto muito. Terminaremos o mais rápido possível.”

“Sim, sim. Tenha certeza de fazer isso. Kim Soo Bin ainda tem um braço sobrando; estamos sem tempo, então ela vai ser operada em breve. Tenha certeza de amarrá-la bem para que não possa se mover.”

“Sim. Vou ter certeza de que não poderá mover sequer um dedo.”

“Phew, vou confiar em você desta vez…”

O Dr. J suspirou e saiu.

O zelador mais novo perguntou ao mais velho, que ainda estava curvado.

“Ele é o médico?”

“Sim, é ele. Lembre-se do responsável por isso.”

“Wah… O comportamento dele não é brincadeira.”

“Ouvi dizer que é um dos três principais especialistas da China. Não o irrite, eu não sei o que ele poderia fazer.”

“Sim. Mas eu me pergunto uma coisa… Por que os membros estão sendo cortados?”

“Isso é para evitar que o médico acabe atingido por um braço ou uma perna durante a cirurgia. Eles são vendidos por preços surpreendentes para alguns colecionadores. Além disso, você viu as notícias de ontem?”

“Sim.”

“O Dr. J tem uma mente realmente fantástica. Ele usou peças inúteis para simular um caso de assassinato com mutilação. Recentemente havia um policial procurando por crianças desaparecidas.”

Nesse momento, a porta firmemente fechada foi aberta novamente e o Dr. J entrou. Ele se aproximou silenciosamente do zelador mais velho e cortou o pescoço dele com um bisturi.

“K… keook…”

O sangue espirrou da boca do zelador mais velho. O Dr. J limpou sua mão e pegou um cigarro antes de perguntar:

“O que foi que eu disse? Disse para prestar atenção em sua boca. Hey, novato.”

“Sim? Sim!”

O jovem congelou de surpresa antes de responder.

“Agora você é o zelador principal, seu salário será dobrado. Aprendeu tudo sobre o trabalho?”

O jovem sorriu diante da promoção³ e respondeu:

“Aprendi tudo.”

“Então, prepare esse. O corpo não presta, mas pode haver alguma parte que sirva para algo.”

O Dr. J fumava o cigarro enquanto colocava o homem na mesa de operação e começava a trabalhar. Depois determinar tudo, o médico disse:

“Você tem uma hora, limpe tudo. E lembre-se de manter a boca fechada.”

“Entendido, Doutor.”

Depois de terminar a limpeza, o jovem foi comer. O menu era composto de buchada e sopa de intestinos.

 

*   *   *

 

Kim Soo Bin olhou para a porta firmemente fechada no meio da escuridão.

Toda vez que era aberta, uma pessoa do quarto seria arrastada e nunca mais voltaria. O que acontecia com eles? Ela não queria imaginar, mas com certeza não era algo bom.

Mesmo com os olhos acostumados à escuridão, ela só poderia ver vagamente o contorno das coisas.

Kim Soo Bin abraçou o próprio corpo enquanto tremia.

Quando acordou, um braço havia desaparecido. Infelizmente, a coisa mais triste foi que havia perdido o símbolo da promessa que compartilhava com sua única amiga. O símbolo que carregava em seu dedo mindinho…

As lágrimas de repente começaram a sair.

Kim Soo Bin era uma criança que deixou de ser amada muito cedo. Sua mãe fugiu de casa. A única família que restou, seu pai, viu sua mãe em Kim Soo Bin, e abusava dela todos os dias. No final, ela fugiu de casa e viveu nas ruas, cometendo todos os tipos de ações ilícitas, como roubos.

Parecia que o paraíso não existia. No final, a polícia a encontrou cometendo um crime e levou-a para algum lugar. A vida ali não era muito diferente. Ela foi marcada como uma criminosa, de modo que o olhar dos adultos sempre era frio. Se algo acontecesse, seria suspeita e, por isso, apanharia.

Assim que aceitou que sofreria para sempre, Song Hye Mi apareceu. As duas, que se pareciam muito, de modo que pareciam o reflexo uma da outra, se tornaram amigas rapidamente.

‘Eu quero ser feliz.’

Pela primeira vez, esse pensamento apareceu na mente de Kim Soo Bin. Naquele dia, ela renasceu. Não fez mais nada de errado e trabalhou duro para melhorar suas habilidades. Ela queria viver com Song Hye Mi assim que saíssem do orfanato. Se estendesse a mão, então talvez pudesse agarrar a felicidade que tanto desejava.

Mas então, foi sequestrada.

Ddubeok…

Naquele momento, Kim Soo Bin escutou alguns passos. Ela era a única que ainda restava no local. Era sua vez?

Ela sempre desejou ser salva, mas quando foi sequestrada, e quando seu braço foi cortado, ninguém apareceu para resgatá-la.

‘Talvez alguém venha me salvar…’

Kim Soo Bin manteve a esperança até o fim. Isso não podia acabar. Ela precisava manter uma promessa.

 

– Vamos ser felizes juntas.

 

Então, a porta foi aberta. O rosto de Kim Soo Bin se distorceu enquanto confirmava quem era.

Aquele homem. O homem que cortou seu braço.

“Aha, ahahahahah! Fique feliz. Finalmente chegou a sua vez. Agora poderá viver enquanto estará cercada pelo luxo. Agora poderá comer todos os tipos de comidas deliciosas e poderá acabar tendo um relacionamento amoroso com alguma boa pessoa. Agora você poderá alcançar seus dias de felicidade.”

Kim Soo Bin entendeu o significado dessas palavras. Não era a felicidade que ela queria.

“M-me s-solte… Eu farei qualquer coisa… Po-por fa… Oof!”

O jovem zelador atrás do Dr. J tampou a boca de Kim Soo Bin. Ela lutou desesperadamente, tentando evitar que fosse levada. Então, o médico estalou a língua e resmungou:

“Eu deveria ter cortado o outro braço antes. Estive ocupado pelos últimos dias… A morte de um de vocês trará a felicidade de outras dez pessoas. Não acha que é muito melhor do que viver uma vida infeliz?”

O Dr. J acariciou a cabeça de Kim Soo Bin como se estivesse tentando agradá-la. Então, lentamente, injetou um anestésico em seu pescoço. A resistência de Kim Soo Bin diminuiu instantaneamente.

“Zelador, pegue-a. Eu não queria usar isso, para manter tudo fresco… Ainda assim, não há nada que possa ser feito. Não foi uma dose forte, mesmo sem se mover, ela ainda está consciente.”

“Sim. Prepararei tudo doutor.”

O Dr. J balançou a cabeça satisfeito.

“Você é bem quieto em comparação com o outro.”

O zelador pegou Kim Soo Bin e foi para a sala de operações.

O Dr. J disse calmamente:

“Tome cuidado. A garota que você está carregando vale 1.5 bilhões de won.”

‘Desculpe… Hye Mi… não poderei cumprir com minha promessa…’

 

*   *   *

 

Tae Hyuk olhou para o Centro Médico T de longe.

Parecia um hospital qualquer, mas havia algo perverso e nefasto acontecendo ali. Ele queria explodir isso.

‘Seria ótimo se eu fosse um terrorista.’

O importante era a justificativa. Tae Hyuk planejava informar aos meios de comunicação sobre a existência do Fantasma através do evento do Doll Play. Para fazer isso, Shin Se Ho, o repórter, estava se preparando o tempo todo.

‘Em primeiro lugar, tenho que capturar tudo o que está acontecendo com uma câmera. Então…’

Ele tirou a máscara de uma bolsa que estava carregando. Então, ficou tão calmo quanto a água parada. A máscara estava com uma micro câmera instalada. Tudo o que Tae Hyuk visse seria gravado em alta definição. Depois de coletar todas as evidências, ele iria usar ‘aquilo’ que estava em sua bolsa.

No entanto, um guarda de segurança saiu do meio do nada.

“Me desculpe, mas este lugar está fora dos limites.”

Parecia que o prédio estava cheio de câmeras de segurança que não eram visíveis do lado de fora. Através disso, notaram a existência de um intruso. Além disso, ele não estava armado e carregava uma grande bolsa.

O guarda acenou com um cassetete para Tae Hyuk, ameaçando-o para que fosse embora. Tae Hyuk riu. Era engraçado ver o guarda fazendo ameaças com um rosto tão confiante.

 

 

Tae Hyuk diminuiu a distância entre ele e o segurança, e ao mesmo tempo bateu com o cano na cabeça dele.

“Kuak!”

O segurança caiu no chão. Tae Hyuk registrou a voz dele no Espelho de Revelação do Demônio. Agora, poderia usar a Habilidade de Variação de Voz sem problema nenhum.

“Primeiro preciso escondê-lo.”

Tae Hyuk o amarrou e o arrastou para um lugar escondido, depois disso, verificou o que ele tinha. Havia um cartão, um rádio, o cassetete, um telefone e etc. Infelizmente, o nível de acesso do cartão era baixo, então o porão não poderia ser acessado.

No entanto, isso ainda seria bastante útil. A atmosfera era importante nesse tipo de trabalho.

Tae Hyuk murmurou no rádio desligado:

“O Fantasma está aqui. De agora em diante, entrarei no campo inimigo.”


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: R$697.127,61 em 16/06/2018.

Nota 2: R$5.228.457,11 em 16/06/2018.

Nota 3: Eu queria entender o nível de perturbação mental do povo que aparece nessa novel…

Nota 4: Vou fingir que não acho que são restos humanos… que sinistro véi…



Fontes
Cores