GoC – Capítulo 75 – Doll Play



Havia um clima de feriado natalino nas ruas. Apesar da hora, as pessoas estavam se reunindo para desfrutar de um festival.

O novo repórter da Estação ABS, Shin Se Ho, bocejou enquanto observava as pessoas. O diretor assistente, segurando a câmera, perguntou com um sorriso:

“Repórter-nim, você teve uma noite longa?”

“Bah! Estou tão cansado que parece que meus ossos vão quebrar. De começo tentei dormir até tarde, mas não deu certo. Nós somos como hienas procurando por carniça.”

Shin Se Ho estava sofrendo com a vida de ser um trabalhador de meio período, então teve que ir em busca de entrevistas com um diretor assistente, ao invés de um cinegrafista profissional. Ele queria estar no comando de um programa popular de assuntos atuais. Essa oportunidade poderia estar surpreendentemente perto.

Shin Se Ho se levantou do assento. Era a hora dos investigadores começarem a trabalhar.

“Fortaleça seu espírito. De agora em diante, vamos à batalha.”

O diretor assistente limpou a mão na camisa e perguntou:

“Mas repórter-nim. A que incidente nós vamos agora?”

“Ah… preciso restaurar meu ânimo. Eu não expliquei. Partes de corpos decepados foram encontrados ontem de manhã, os braços e as pernas estavam sendo usados para decorar uma árvore de Natal. Isso já foi noticiado à mídia. Acho que provavelmente irá ao ar amanhã.”

“Wah, sorte grande… Um bastardo completamente psicótico. De qualquer forma, não vi nada sobre isso ainda.”

Shin Se Ho estalou a língua com uma expressão arrependida. Ele não sabia como o diretor assistente conseguiu esse emprego, ele nem mesmo sabia como funciona a imprensa.

“Claro que não. Que dia é hoje?”

“Natal.”

“O que aconteceria se houvesse uma notícia assim hoje? Em um dia como hoje, o conteúdo da televisão deve ser confortável e caloroso.”

O diretor assistente concordou com uma expressão de que tinha entendido.

Então, Shin Se Ho riu e disse:

“Claro, isso é apenas para as grandes transmissoras. Não precisamos nos preocupar com a opinião pública, então vamos fazer a transmissão hoje.”

“Você recebeu permissão do chefe?”

“Claro. Esta noite, seremos os primeiros a informar sobre este incidente, durante a golden hour¹. Então, filme direito. Não teremos tempo para edições.”

“Sim! Entendido.”

Era hora da entrevista. Shin Se Ho e o diretor assistente chegaram à cena do crime, mas a polícia os deteve. Eles mostraram a identificação de repórteres e procuraram por Cho Kang Suk.

“Detetive Cho! Esta é uma cobertura da Estação ABS.”

Cho Kang Suk saiu do meio da multidão com uma expressão séria.

“Outra cobertura… Aigoo, você novamente.”

Shin Se Ho riu de Cho Kang Suk e concordou.

“Wow, quem é esse? Se não é o Detetive Cho Kang Suk! Você parece estar sempre ocupado. Haha.”

Claro, Cho Kang Suk não se sentia muito confortável com os repórteres.

“Uma entrevista agora será difícil. Só posso passar um relatório breve do caso no momento…”

Essa era a resposta padrão perfeita. No entanto, Shin Se Ho não ficaria satisfeito com isso.

“Não podemos ver os corpos? Eles serão cobertos com um mosaico durante a transmissão.”

“Desculpe, creio que isso não poderá acontecer, já que já foram enviados para o necrotério…”

A voz de Kang Suk estava mais suave do que quando se encontraram na cafeteria. Kang Suk não gostava disso, mas estava de plantão.

Shin Se Ho cobriu a boca com a mão e sussurrou:

“Eu realmente não posso ver isso? Ah, certo, há um boato de que você agora está em uma posição importante. Se não se importar, fale sobre isso então.”

Kang Suk confirmou que o homem segurando a câmera também estava segurando um gravador de áudio. Se ele cometesse qualquer erro, então iria aparecer no noticiário. O cansaço por ter ficado acordado pela noite toda começou a surgir de uma só vez.

Como o repórter conseguiu descobrir isso? Os rumores eram surpreendentemente assustadores. Talvez ele soubesse sobre a existência do Deus do Crime. Mesmo assim, Kang Suk precisava ficar de boca fechada.

“Me desculpe, mas está fora de meu alcance. Eu lhe darei a entrevista e deixarei você filmar tanto quanto for possível. Embora seja impossível levá-lo até a cena do crime, você poderá imaginar a imagem diante da situação.”

Shin Se Ho sorriu. Ele sabia que a polícia estava escondendo algo. Mas agora, queria informações sobre esse caso. Ele precisava desenhar uma linha precisa sobre o que queria obter.

“Então vamos a uma cafeteria por perto para conversarmos. Vou pagar o café. Até porque eu tenho um cartão corporativo. Haha!”

Então, Shin Se Ho enviou o sinal secreto para o diretor assistente. Conforme tinham decidido anteriormente, o diretor assistente sumiu da visão de todos e foi para um local próximo. Kang Suk viu isso e perguntou:

“Onde o cinegrafista foi?”

“Ele de repente precisou ir ao banheiro.”

“Entendo.”

Shin Se Ho riu internamente.

O que? Não mostrariam a cena do crime? Ele trouxe a câmera equipada com uma lente especial, que custou vários milhões de won. Seria como tirar uma foto com os próprios olhos. Ele poderia fazer algo sujo para receber algo em troca. Esse era Shin Se Ho.

“Uh, eu tenho uma ligação, espere apenas um minuto.”

Kang Suk olhou rapidamente para o smartphone. Shin Se Ho notou que a expressão de Kang Suk mudou quando confirmou quem estava ligando. Cheirava a um furo de reportagem.

Ele estava certo. Quem estava ligando era o Deus do Crime.

“Sim, aqui é Cho Kang Suk.”

– Olá, Detetive Cho Kang Suk. Não, devo dizer Feliz Natal?

Desta vez, era a voz de Kim Do Shik. Era estranho, mesmo Kang Suk sabendo quem era. Como essa pessoa mudava de voz?

“O que está acontecendo? Não acredito que você ligaria apenas para dizer olá.”

– Não seja tão agressivo. Eu sou meio tímido… Ao invés disso, preparei um presente de Natal especial para a polícia. Quero devolver a bomba que não entreguei no outro dia.

“O-onde está…?”

– Você já recebeu algumas ‘bonecas’ de presente de alguém, mas eu ainda não comecei a agir.

“Bonecas? Ah…”

Kang Suk arregalou os olhos quando percebeu o que a outra pessoa queria dizer. O Deus do Crime estava falando sobre a cena do crime atual.

– Não vai haver nenhuma festa com fogos de artifícios? Então, coloquei a bomba lá, Detetive Cho Kang Suk.

“E-espere um pouco. Não me diga…!”

– Você devia se apressar. Cinco minutos.

“Kuoook…!”

Kang Suk soltou um gemido estranho.

Isso era uma vingança por tentarem prendê-lo? Era confuso. Depois do aviso, a pessoa desligou.

Kang Suk correu até um policial e disse:

“N-nós temos que sair daqui! Uma bomba! Diga às pessoas para saírem do local agora mesmo!”

“Huh?”

“B-bomba?!”

O policial rapidamente entendeu as palavras de Kang Suk. Por sorte, havia um bloqueio na área, então o acesso de civis estava sob controle. Shin Se Ho assobiou enquanto sentia a atmosfera e caminhava até Kang Suk.

“Huiyu. O que está acontecendo tão de repente? Você recebeu um aviso de ataque com bomba por perto…?”

Kang Suk cometeu um erro. Ele havia se esquecido dessa pessoa durante a ligação.

“Desculpe, mas o Repórter Shin Se Ho também deve se retirar do local. Existe a ameaça de uma bomba instalada por aqui.”

“Whoa! Quem ligou agora pouco? Parece que você conhecia a pessoa. A polícia está com um agente infiltrado em alguma organização de terroristas? Posso acreditar nisso?”

“Agora não é hora de conversar! Isso parece uma brincadeira? Bomba! Você quer que sua cabeça exploda?”

No final, Kang Suk perdeu a paciência. Shin Se Ho recuou silenciosamente, como um cachorro com o rabo no meio das pernas depois de levar um chute. No entanto, seu corpo tremia de alegria.

Seus sentidos sempre lhe diziam algo. Algo estava acontecendo nesse local. Seria um furo que poderia surpreender o mundo.

 

*   *   *

 

O diretor assistente, que instalou uma câmera no telhado de um edifício que ficava a duzentos metros da cena do crime, não conseguia parar de espirrar.

“Ah… está frio.”

Estava muito mais frio do que o normal, já que ele estava em um lugar alto.

“Ah, aquele maldito Shin Se Ho. Quem quer ser um diretor assistente? Quando eu for promovido…”

Ele resmungou enquanto ajustava o foco da câmera, mas então, notou algo estranho. A forma como a polícia estava reunida na cena do crime não era comum. Parecia que estavam fugindo.

O diretor assistente ficou intrigado.

Nesse momento, chegou uma mensagem de Shin Se Ho.

– Sorte grande. Há uma ameaça de bomba no local agora mesmo. Se você achar o culpado, será um enorme furo de reportagem! Fique bem perto do local.

“Uma bomba…? Não, então eu…”

O diretor assistente ficou atordoado. Mesmo se estivesse a duzentos metros de distância, não sabia que força teria a explosão. Ele poderia acabar morrendo por causa da explosão, mas Shin Se Ho queria que ficasse e capturasse a cena da explosão da bomba?

No entanto, as pessoas precisavam correr riscos para conseguir bons furos. Ele não era um cinegrafista dedicado, mas estava nessa posição há cinco anos. O seu coração de jornalista começou a bater mais forte. Era como ser um repórter em uma zona de guerra.

“Sim, um homem só vive uma vez. Hoje vou fazer o melhor vídeo da minha vida!”

O diretor assistente concentrou a câmera na cena do crime e esperou silenciosamente. Em pouco tempo, a polícia havia evacuado, a rua estava vazia.

“Huh? Aquela pessoa…?”

A pessoa estava vestida de forma estranha. Ele estava usando uma máscara de fantasma da ópera no rosto e uma jaqueta de couro. Também segurava um enorme cano de ferro em uma mão.

“N-não me diga…! Terrorista?”

O diretor assistente engoliu em seco. Talvez essa fosse uma ótima cena.

Nesse momento, algo estranho aconteceu. O homem não identificado, com máscara do fantasma da ópera, olhou para onde o diretor assistente estava.

“U-uma coincidência?”

Ele estava a duzentos metros de distância. Sem uma lente de foco, uma pessoa ficaria mais pequena que uma formiga. No entanto, ele estava olhando para o lugar certo? Uma gota de suor escorreu pelo nariz do diretor assistente.

Ssik-

No entanto, não foi uma coincidência. O homem mascarado sorriu e passou o polegar pelo pescoço.

“Hiiik!”

Ele sabia! Essa pessoa sabia que ele estava filmando!

O diretor assistente se escondeu com medo.

 

*   *   *

 

“Agora, esta é a cena onde a polícia estava.”

Tae Hyuk falou com uma expressão satisfeita.

“Mas e essa mosca voando aos redores?”

Ele usou a Habilidade de Espionagem para verificar se alguém estava por perto. A expansão do alcance da Habilidade de Espionagem só poderia ser usada uma vez por dia. Ele notou que alguém estava filmando o lugar do telhado de um prédio, que ficava a 206,2 metros de distância. Talvez fosse um jornalista ou algo assim.

Tae Hyuk sorriu e passou o polegar pelo pescoço, fazendo um gesto ameaçador. Parecia que teria que lidar com isso depois de analisar o local.

“Talvez isso não seja tão ruim.”

Ele planejava apresentar o Deus do Crime para a mídia mais cedo ou mais tarde. Talvez essa fosse uma boa oportunidade.

“Então, vamos desenhar uma foto.”

Se desenhasse o local usando a Falsificação, então poderia desenhar uma imagem poderosa, que apresentaria uma reconstituição da cena. Era basicamente como psicometria. Ele poderia ver vestígios do passado.

Tae Hyuk foi até a árvore que tinha sido decorada com partes de corpos e murmurou:

“Os corpos já foram retirados, mas a árvore ainda está aqui?”

Ainda havia sangue em alguns lugares. Ele desenharia a imagem residual com base nisso.

“Cavalete OK, bloco de folhas OK, tintas OK.”

Depois que tudo estava preparado, Tae Hyuk ativou a Habilidade de Falsificação. Ele começou a desenhar com uma postura relaxada, como se fosse um artista pintando uma paisagem. Nesse momento, uma estranha ilusão surgiu diante dos olhos de Tae Hyuk.

“Ugh… É a segunda vez, mas ainda não me acostumei com isso.”

Uma mulher estava deitada em uma mesa de operação, o rosto distorcido de dor. Mas isso não era tudo. Do outro lado, uma pessoa…

“H-heok… Keok!”

A imagem desapareceu.

Obviamente, isso não havia acontecido no local em que Tae Hyuk estava. Talvez fosse o local onde foi feito o desmembramento.

“Cirurgia…?”

 

 

Tae Hyuk engoliu em seco e olhou para o trabalho terminado e, então, murmurou em voz baixa:

“Ah, essa é a razão. Não é apenas um incidente de assassinatos com mutilação.”

Ele havia encontrado a verdade sobre o caso do Doll Play.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: De tardezinha.



Fontes
Cores