GoC – Capítulo 73 – Grande recompensa (2)



O homem encarou a boneca de olhos maravilhosos. No quarto escuro, os olhos da boneca estavam fixados em um lugar. Seu corpo branco como o leite e seu cabelo reluzente flutuavam suavemente pelo ar.

“Não se preocupe, consertarei todas as partes quebradas.”

O homem, inconscientemente, aproximou o nariz do cabelo da boneca e respirou profundamente.

“Hah… cheira bem…”

Em particular, eram os grandes olhos da boneca que tinham capturado o coração do homem. Eles brilhavam com uma luz profunda, encantadora o suficiente para hipnotizá-lo.

“Oof…! Oof…!”

O homem tocou no queixo da boneca, que parecia estar tentando falar.

“Parece que preciso de mais ferramentas para fazer os ajustes adequados.”

O homem saiu do estúdio e deu partida no carro, uma grande van para um único homem. Ele havia comprado ela há algum tempo, para alguns usos desconhecidos. Por mais incríveis que fossem as bonecas, ainda seria necessário tomar cuidado com o olhar das outras pessoas.

Superficialmente, as bonecas eram exatamente como os seres humanos, então, alguns mal entendidos poderiam acabar acontecendo. O homem foi à loja mais próxima e comprou óculos de sol antes de ir até outra loja, para comprar algumas ferramentas.

Naquele momento, um vendedor se aproximou e perguntou:

“Cliente-nim. Você está procurando algo?”

“Estou procurando por uma serra de aço inoxidável. Deve ser uma grande.”

“Isso estará na seção F-10.”

“Ah, sim. Obrigado.”

Com a ajuda do vendedor, ele poderia comprar o que desejava facilmente. Junto com a serra de aço inoxidável, comprou alguns tubos de ferro. Além disso, comprou uma lona grande o suficiente para cobrir uma sala pequena e, também, um recipiente de plástico, grande o suficiente para caber uma pessoa. Finalmente, também comprou uma bolsa de viagem.

Então, foi até o balcão para pagar.

“Qual será a forma de pagamento?”

“Dinheiro.”

Quando calculado, tudo custaria mais de quatrocentos mil won¹.

“Você possui um cartão de pontos da loja?”

“Não.”

“Gostaria de receber nota fiscal?”

“Não precisa.”

O homem respondeu tudo sem enrolação.

“Você está planejando viajar para algum lugar? Quer que façamos entrega de seus produtos?”

O homem falou com uma expressão severa, parecendo que não queria que o vendedor se intrometesse mais:

“Eu mesmo levo. Estou de carro.”

“Sim, entendido.”

O responsável pela conferência das compras olhou para o homem de forma estranha, no entanto, não havia necessidade para se preocupar com nada. Para comprar isso, ele foi para outra cidade, a centenas de quilômetros de distância de onde morava. Se houvesse algum problema, então ele não seria facilmente encontrado.

O homem carregou as coisas em sua van com um rosto satisfeito, pensando em como consertar a boneca enquanto dirigia.

“Antes de tudo, cortar as pernas para que não possa escapar. Para evitar que faça algo de errado com as mãos…”

O homem voltou para seu local de trabalho com um sorriso no rosto enquanto pensava em várias coisas agradáveis. A boneca que tanto desejava estava esperando-o.

 

*   *   *

 

Kang Suk chegou ao local em que os corpos foram encontrados.

“Desculpe, mas você não pode entrar aqui.”

Um homem com uniforme policial bloqueou a entrada. Kang Suk tirou o distintivo de polícia e mostrou ao oficial.

“Eu sou o Detetive Cho Kang Suk, da delegacia de polícia de Gang Dong.”

“Ah, obrigado pelo trabalho.”

“O Investigador Joo Hyun Ho está aqui?”

“Sim. Por favor, me siga.”

Depois de entrar no restaurante com o policial, ele viu Joo Hyun Ho conversando com um dos funcionários do local.

“Ah! Sunbae! Isso é incrível, realmente brilhante!”

Joo Hyun Ho cumprimentou com um rosto alegre, que não era adequado para uma cena de um crime.

“Hey. É errado agir assim aqui.”

“Haha. E sobre você? Enfim, não somos os únicos aqui. Apresse-se e ouça a explicação. Aliás, o que está acontecendo?”

“Eh?”

Joo Hyun Ho bateu na própria cabeça com os dedos, então, Kang Suk percebeu o que estava acontecendo. Ele ainda estava usando o gorro de Papai Noel.

“Você parece estar se divertindo.”

“De qualquer forma, descreva o caso. O que aconteceu?”

“Por que o Sunbae veio de repente? Pedi apoio ao Legista Park por falta de equipe. Não precisava vir.”

“Aish. Estou um pouco ansioso por causa de umas coisas…”

Kang Suk pegou Hyun Ho pelo pescoço.

“Kek, kek! E-eu me rendo!”

Neste momento, Kang Suk pensou que esse cara poderia até mesmo gostar disso.

Joo Hyun Ho passou um relatório geral sobre o caso.

O corpo…

Não, o primeiro que achou o corpo foi um funcionário do restaurante onde estavam reunidos. Ele foi trabalhar cedo, e enquanto limpava… Ele disse que estava removendo a neve da noite quando encontrou uma árvore de Natal, que estava decorada com braços e pernas.

A expressão de Kang Suk mudou quando ouviu a história de Joo Hyun Ho.

“Loucura… Quantos corpos?”

“Cinco braços e sete pernas…. são pelo menos quatro pessoas.”

Kang Suk torceu a boca.

“O que você quer dizer com pelo menos quatro corpos?”

“Isso… a explicação é um pouco longa. Você está bem?”

“Sim, fale.”

“Há sete pernas, então são pelo menos quatro pessoas. O que o Sunbae pensa sobre o psicológico de um criminoso que mutila as pessoas?”

“Ele está arrancando os membros para que seja mais fácil lidar com as vítimas…?”

“Algo assim. Em primeiro lugar, as pessoas muitas vezes ficam loucas por algum tempo depois de cometerem um assassinato, mas quando um corpo é mutilado, o estado mental da pessoa permanece racional.”

“Loucura… Então a pessoa que fez isso estava sã?”

“Sim. Mesmo se alguém mata alguma pessoa acidentalmente, esse alguém não poderia acidentalmente mutilar a vítima.”

Joo Hyun Ho disse com uma voz casual, como se fosse uma conversa qualquer.

“Huu…”

Kang Suk não pôde deixar de suspirar.

“De qualquer forma, o psicológico de um assassino que mutila a vítima é bastante simples. De alguma forma, ele ainda quer voltar a viver em sociedade normalmente.”

“Um… Mas ele matou alguém.”

Kang Suk lambeu os lábios. De repente, estava sentindo-se como um gangster. Ele sentiu que algo estava errado.

“Eles querem se livrar do corpo, então jogam no mar ou enterram em alguma montanha. De qualquer forma, querem que isso passe despercebido pela sociedade.”

Uma pergunta surgiu na cabeça de Kang Suk:

“Então, por que cortar em pedaços? Você pode se livrar do corpo sem fazer isso. Ficar mutilando só vai fazer demorar mais.”

Joo Hyun Ho usou os dedos para fazer gestos de seus braços e pernas sendo cortados.

“O motivo de mutilar o corpo após o assassinato é muito simples. Eles pensam que se cortarem o corpo em vários pedaços será mais difícil para alguém encontrá-lo e, além disso, o transporte fica mais fácil.”

“Kuoong…”

Kang Suk não queria saber como funcionava a mente dos criminosos.

“Mas este caso é incomum.”

“Porque, eles não costumam decorar árvores com os membros?”

“Sim. Isso não é típico de um mutilador comum. É como se ele quisesse se vangloriar do crime… Você ouviu sobre a pessoa que cortava e mantinha partes de corpos das pessoas que matou em uma guerra?”

“O que…? Então também existe gente assim.”

“Parece que o assassino está orgulhoso de ter feito tantas vítimas. Ah, é por isso que eu disse que são pelo menos quatro vítimas. Isso…”

“Isso?”

“Ele não tinha espaço para colocar mais decorações na árvore de Natal.”

“Porra…”

“De qualquer forma, este não é um assassino comum. Vou tentar fazer uma análise simples. Ele provavelmente é um profissional com uma formação razoável e, além disso, possui aproximadamente trinta anos. Ele se preocupa muito com as aparências, deseja aparecer para o mundo. Eu falei sobre o rendimento? Ele pensa que está fazendo obras de arte. É por isso que fez uma ‘escultura’, para mostrar aos outros. Isso é semelhante a um artista da vanguarda das bonecas… Não me lembro exatamente qual, mas acho que já vi isso em uma revista. Haha!”

“Bonecas?”

“Sim. Fazendo coisas estranhas como cortar os braços e as pernas das bonecas, para trocar entre elas. Houve uma aceitação pública surpreendentemente grande. Uma exposição aconteceu há pouco tempo atrás.”

Os olhos de Kang Suk se afiaram.

“Você pode descobrir mais sobre isso?”

“Hrmm… Não acho que isso teria algo a ver com o incidente.”

“Por favor.”

“Bem, se o Sunbae quer, vou tentar.”

“A identidade de alguma das vítimas já foi descoberta?”

“O Legista Park Min Soo é o responsável por isso. Parece que os resultados ainda não saíram. Você o chama, estou um pouco desconfortável com isso.”

“Você não bate com ele… de qualquer forma, vou ligar…”

Kang Suk ligou para Park Min Soo, para ver se havia confirmado alguma identidade.

“Uh, sim… obrigado. Trabalhe duro.”

A conversa não durou muito. Hyun Ho perguntou a Kang Suk, com a mesma expressão que uma criança que quer um presente:

“A identidade das vítimas foi revelada?”

“Min Soo disse que será difícil fazer uma identificação precisa.”

Kang Suk coçou a cabeça.

“Os dedos dos pés e das mãos não possuem impressões digitais? Não acho que o assassino tenha apagado elas com ácido clorídrico.”

Os cidadãos coreanos passam por um registro de todas as impressões digitais, para que tudo seja armazenado em um banco de dados. Essas informações servem para identificação de vítimas e também para a de criminosos. Muitas vezes, essa é uma grande ajuda para a investigação.

“…”

No entanto, Kang Suk não disse nada.

“Eh? Sunbae? Você está chorando?”

“O que…? Entrou um cisco no meu olho.”

“De qualquer forma, por favor, diga… caso contrário, não poderei trabalhar.”

Kang Suk olhou para Joo Hyun Ho com os olhos vermelhos. Sua expressão era uma mistura de emoções.

“Infelizmente, nenhuma das impressões digitais foi identificada.”

“Uau! Então talvez…”

Bam!

Kang Suk socou uma parede com uma cara irritada.

“Porra… sim. Isso significa que todas as vítimas eram menores de idade.”

Nesse momento, Hyun Ho sentiu que Kang Suk poderia matar alguém com as próprias mãos. Se o criminoso aparecesse diante dele, então morreria instantaneamente.

 

*   *   *

 

‘Antes de qualquer coisa, devo pensar no motivo pelo qual fui notificado a respeito do Doll Play.’

Tae Hyuk começou a analisar a situação lentamente. A primeira coisa que aconteceu foi o desaparecimento de Kim Soo Bin, que vivia no Orfanato Santa Maria. Depois de se reunir e ouvir os detalhes da história, Kang Suk de repente recebeu notícias de um assassinato. Depois disso, Tae Hyuk recebeu uma notificação a respeito do caso do Doll Play.

Em outras palavras, o desaparecimento de Kim Soo Bin estava envolvido com o caso. Seria correto considerar as coisas relacionadas.

De qualquer forma, Kang Suk logo descobriria mais sobre os assassinatos por mutilação. Então, ele se concentraria em resolver isso e o desaparecimento de Kim Soo Bin. De qualquer forma, acabaria ficando dividido no trabalho.

Tae Hyuk decidiu conseguir algumas palavras de Hye Mi.

“Você se chama Hye Mi? Olá. Eu sou Tae Hyuk.”

“Bah!”

Ele foi ignorado, mas isso não seria suficiente para fazer Tae Hyuk desistir.

“Um. Na verdade, também me importo com o desaparecimento de Soo Bin. Eu quero que você me ajude a encontrá-la. Pode me dizer alguma coisa?”

“…”

Tae Hyuk sabia como persuadir esse tipo de garota. Para isso, criou uma atmosfera humilde. Ele murmurou e tremeu.

“Hwii ~ se Hye Mi não ajuda, então acho que tenho de procurar sozinho. Mas se eu a encontrar, talvez deva pedir um beijo? Por que as meninas se atraem por bandidos? Quem sabe o que vou sugerir…”

O rosto de Hye Mi ficou pálida assim que escutou as palavras.

“P-pare. Eu entendi. Vou te ajudar a encontrar a Unni. Apenas, por favor, nada de beijo…”

Tae Hyuk sentiu um nó no peito nesse momento. Ele era tão ruim assim? Até agora, a única magia que usou…

Hye Mi esfregou os dedos e começou a falar.

“Eu vou dizer. Vivo com Soo Bin neste orfanato, mas não somos órfãs. Não se engane.”

Tae Hyuk balançou a cabeça.

“Entendido.”

“Vi a Unni pela primeira vez no Centro de Socorro Emergencial.”

Hye Mi e Soo Bin, duas vítimas de violência doméstica. Essas vítimas também eram chamadas como VD.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: R$1.394,26 em 16/06/2018.



Fontes
Cores