GoC – Capítulo 42 – A caça ao Hippo (2)



“O-obrigada…”

Jung Yuri aceitou a jaqueta de couro de Tae Hyuk e a colocou. Ela não estava usando nada além dessa jaqueta agora.

No final, nem mesmo estava usando roupas íntimas. Ela era bastante alta para uma mulher. Mesmo com uma jaqueta, muitas partes de seu corpo ainda estavam expostas. Se não puxasse essa peça de roupa para baixo com a mão, então sua bunda ficaria exposta.

No entanto, a parte superior de seu corpo era mais importante. Seus peitos eram grandes o suficiente para fazer com que um homem olhasse fixamente. Assim, os botões da jaqueta só poderiam tampar uma parte.

“Hah…”

Um gemido escapou dos lábios pálidos de Jung Yuri. Ela se abraçou para aquecer o corpo, mesmo que só um pouco.

Ela parecia tão patética que Tae Hyuk se sentiu estranhamente confuso por um momento. Ele esticou a mão para ela e disse:

“Não me interprete mal… realmente não estou tentando pegar nos seus peitos.”

“Uh… sim.”

Tae Hyuk demonstrou um autocontrole fenomenal enquanto desviava o olhar dos peitos dela, que não estavam completamente cobertos pela jaqueta.

Quando tocou na testa de Yuri, percebeu que ela estava tão fria quanto gelo.

“Haang!”

Yuri gritou quando a mão de Tae Hyuk tocou em sua testa; no entanto, ela não resistiu.

‘Frio… Ainda assim, não parece que ela está correndo algum risco de vida. Assim que seu corpo for aquecido…’

A hipotermia era grave. Os músculos de seu corpo estavam rígidos e ela estava sentindo uma fadiga extrema.

“Seque a água do seu corpo.”

“Haang… sim…”

Tae Hyuk olhou aos redores, mas não conseguiu encontrar nada parecido com uma toalha. No final, ele tirou a camisa para que Yuri se secasse com ela.

“Hum, hum. Eu vou à lavanderia todos os dias, então não deve estar com suor.”

“Não… isso serve.”

Tae Hyuk olhou para a pele de Yuri.

Um brilho vermelho estava começando a aparecer no rosto dela, que antes estava pálido. A temperatura do corpo estava aumentando, mas ainda não era o suficiente.

“Você quer que eu te carregue? Se formos a outro lugar, podemos encontrar um aquecedor e, então, você poderá se aquecer.”

Yuri concordou.

Seus lábios estiveram azuis o tempo todo e seu corpo estava tremendo. Os gemidos ocasionais não podiam colaborar, já que eventualmente escapavam de sua boca. A primeira coisa a fazer era levá-la a um lugar seguro, já que suas pernas não funcionavam.

Tae Hyuk se ajoelhou. Yuri não podia suportar seu próprio peso e montou nas costas dele. Tae Hyuk sentiu que ela era pesada…

Mulkeong!

“Heok!”

Havia algo tão suave quanto um marshmallow tocando as costas dele.

Yuri relaxou o aperto na jaqueta de couro e se agarrou a Tae Hyuk. No final, seus peitos acabaram tocando diretamente as costas dele.

‘F-frio… Mas muito suave… N-não! Acorde Seo Tae Hyuk!’

“Haang…”

As costas de Tae Hyuk estavam muito quentes, então um gemido agradável escapou da boca de Yuri. Ela estava nua nas costas de um homem desconhecido. Ela ficaria terrivelmente envergonhada se estivesse em seu estado mental normal.

No entanto, ela não estava se sentindo assim no momento, talvez por causa da sensação de alívio por sobreviver? Jung Yuri não podia se sentir envergonhada. Era confortável, como se estivesse nas costas de seu pai.

Tae Hyuk ficou envergonhado ao ser abraçado por Jung Yuri, que estava em suas costas. Suas pernas não se moveram, então ele cuidadosamente segurou as coxas dela com as duas mãos. A textura macia foi sentida diretamente. Curiosamente, ela tinha um bom cheiro.

‘E-eu não sei quem está fazendo o que por quem!’

Jung Yuri tinha um metro e setenta de altura, uma altura semelhante à de Tae Hyuk. Ela era mais difícil de se levantar do que parecia.

‘Mas e se eu usar a Habilidade de Violência? Posso fazer isso com minha estamina!’

Tae Hyuk usou a Habilidade de Violência. Ambas as mãos estavam nas coxas de Jung Yuri, então ele teve que segurar o cano de ferro com a boca.

Tae Hyuk e Yuri se dirigiram para outro lugar. Ele teve que parar de vez em quando, já que o som da respiração de Yuri o distraía. Então tinha que se acalmar para não ficar excitado.

 

*   *   *

 

“Eu sou um homem. Um homem que foi feito para fazer essas coisas!”

Joo Hyun Ho murmurou enquanto caminhava pelo local. Kang Suk estava patrulhando pelo aquário enquanto Joo Hyun Ho verificava outro lugar. Não havia ninguém por perto. O único lugar sobrando era a sala de espera dos treinadores. Havia uma banheira onde animais como focas e pinguins podiam ser lavados. Se ele fosse o Hippo, então iria cometer o crime neste lugar.

Joo Hyun Ho estava segurando uma arma na mão.

“Eu apenas peguei uma arma de pressão. Não é real como a do Sunbae, mas ainda assim, é melhor do que nada.”

Joo Hyun Ho se especializou em Psicologia Criminal e passou a formar o perfil dos criminosos. No entanto, para trabalhar como investigador, precisou estudar por dois anos na academia de polícia. Ele sabia a forma de segurar uma arma. E além disso, ao contrário de sua aparência, que parecia a de alguém frágil, ele era um mestre de judô.

“Bang bang! Haha! Isso não é bom?”

Joo Hyun Ho apontou para um criminoso imaginário. Ele não parecia um investigador genial no momento.

Hyun Ho tirou o dedo do gatilho e girou a pistola no ar.

“Já chega de brincar. Então, vamos começar a procurar seriamente!”

Ele caminhou na direção onde o Hippo deveria estar, com uma expressão séria. Quando chegou no local, uma porta apareceu.

‘Aqui.’

Hyun Ho olhou para a porta com uma expressão séria e a chutou.

Bam!

A porta, que estava fechada, se abriu de uma vez.

“Mãos para cima! Se você se mover, eu atiro!”

Hyun Ho se ajoelhou e apontou a arma para frente. Então, deu uma olhada em volta.

“Sheeesh. Não tem ninguém aqui.”

A sala só tinha um grande aquário, cordas e baldes.

“Uh, espera um pouco…”

Hyun Ho abaixou a arma e se aproximou das coisas.

“Aqui… com certeza tinha alguém aqui.”

Não havia ninguém no local, no entanto, a evidência ainda estava lá. O aquário estava com água, e ao colocar a mão nela, ele sentiu que estava fria.

“Vamos pensar como Arquimedes… O tanque está meio cheio… isso significava que havia algo na água. Aproximadamente…”

Hyun Ho calculou a quantidade de água no tanque e a área vazia dele também.

“Parece que a pessoa tinha uns cinquenta quilos…”

Havia muita água no chão, isso indicava que uma pessoa tinha tirado outra de dentro do tanque.

Joo Hyun Ho analisou os arredores.

Ali estavam cordas e vários baldes cheios de líquidos. Ele verificou o conteúdo de cada um.

“Leite, molho de soja, óleo de cozinha…”

Havia apenas um tubo com um metro de comprimento perto do tanque.

“Eu devia estar contente já que meu raciocínio estava certo… Incrível, mesmo o culpado tendo desaparecido.”

Hyun Ho tocou na superfície do aquário. A água se espalhou para todos os lados quando alguém saiu desse lugar.

“Isso indica que a pessoa estava aqui até agora a pouco.”

A superfície do aquário era lisa, então mesmo se a água tivesse vazado, tudo secaria em menos de dez minutos.

Joo Hyun Ho engoliu em seco.

“Este é o local de trabalho do Hippo…”

E o Hippo foi embora. Sua vítima esteve dentro do tanque de água.

“Ele já a matou?”

Isso não era possível. Os líquidos utilizados para os assassinatos ainda estavam nos baldes.

Isso indicava que…

O rosto de Joo Hyun Ho ficou pálido.

“Sunbae está em perigo…!”

 

*   *   *

 

Cho Kang Suk estava no aquário escuro. Talvez por causa do cansaço, seu rosto estava rígido, como se fosse uma boneca de cera.

Então, alguém se aproximou dele. Cho Kang Suk sentiu isso e virou-se rapidamente. Era alguém que conhecia.

“Ah… Kim Jong Wook? Você veio pegar o Hippo também?”

Kim Jong Wook era um policial da equipe. Sempre que ocorria um assassinato na área, ele iria revezar com outros para vigiar a cena do crime. Kim Jong Wook era o responsável pelo banheiro onde o Hippo cometeu o segundo assassinato. O lugar não ficava longe. Parecia que ele tinha corrido quando ouviu o pedido de reforços.

Jong Wook gritou com um rosto surpreso:

“Ah, Detetive Cho Kang Suk! O que está acontecendo aqui? O Hippo…”

Cho Kang Suk respondeu:

“Recebi uma pista de que o Hippo estaria aqui, então vim verificar. Até agora não encontrei ninguém. Ah, eu preciso pegar o Hippo o mais rápido possível. Todos os dias parecem estar sendo um desperdício.”

O rosto de Kang Suk estava sombrio.

“Haha, na verdade… Eu corri para cá depois de um pedido.”

“Kim Jong Wook, descanse um pouco.”

“Haha! Esse não é o nosso trabalho?”

Cho Kang Suk olhou para Kim Jong Wook com uma expressão em branco.

Ele estava vestindo as roupas de um civil, estava com uma mão no bolso e suas calças estavam molhadas.

“Estava chovendo lá fora? Suas roupas…”

Jong Wook deu um suspiro profundo.

“Aigoo. De repente começou a chover. Você trouxe um guarda-chuva?”

Kang Suk suspirou:

“Eu não trouxe nenhum. Quando eu sair vou usar algum jornal. Gostaria de chamar um táxi, mas não posso. Você deve saber, o salário de um detetive é baixo.”

“Realmente… você deve sofrer.”

“De qualquer forma, acho que a pista provavelmente era só uma piada. Então vou investigar um pouco mais. Você quer vir?”

Jong Wook concordou.

“Isso parece bom. Por sinal, você está sozinho?”

Cho Kang Suk pensou por um momento antes de perguntar surpreso:

“Por quê?”

Jong Wook se aproximou de Kang Suk e riu.

“Isso é…”

Os dois estavam perto o suficiente para tocar um ao outro se esticassem as mãos. A boca de Jong Wook se torceu de uma forma estranha. Ele estava com uma faca na mão.

“Eu preciso saber quantas pessoas tenho de matar!”

Jong Wook deu um passo à frente e enterrou a faca no peito de Kang Suk.

Puok!

“Keok!”

Kang Suk gritou.

O ataque foi tão repentino que não conseguiu resistir. Ele caiu no mesmo momento.

Jong Wook riu como se estivesse sentindo prazer com a cena e disse:

“Ohuhu… Me pergunto como você adivinhou que eu estava aqui. Você vai escutar o que tenho a dizer antes de te matar? Huh? Detetive Cho Kang Suk… por favor, diga alguma coisa. Uhahaha! Isso mesmo! Eu sou o Hippo!”

Jong Wook… Não, o Hippo sorriu brutalmente enquanto torcia a faca no peito de Kang Suk.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame



Fontes
Cores