GoC – Capítulo 4 – Eu não acho que seja um sonho (4)


“Parece que não consigo aprender habilidades apenas ao tocar outra pessoa.

Tae-Hyuk tocou deliberadamente a mão de Yoo Cheol-ho enquanto ele estava dando o dinheiro.

No entanto, não houve reação do espelho.

‘Então o que é isso?’

Certamente não era apenas a habilidade de Roubo?

Havia muita coisa que ele não sabia.

‘Vamos apenas pensar em Yoo Cheol-ho primeiro.’

Era impossível para ele pegar o assassino diretamente. Ele nem sabia a taxa de sucesso de Roubo, por isso era um suicídio agir confiando apenas nisso.

Então, restava apenas uma coisa.

Os promotores asseguraram que eles poderiam capturar Yoo Cheol-ho até amanhã. No entanto, de acordo com o sonho de Tae-Hyuk, Yoo Cheol-ho fugiria por todo o país durante um mês.

Dentro desse período, três civis inocentes seriam mortos.

O mais importante era Tae-Hyuk adiantar a data pré-determinada.

Se Yoo Cheol-ho fosse pego hoje…. então as três vítimas que morreriam, seriam salvas no final.

Ele esperava que pudesse mudar o futuro.

Tae-Hyuk entrou em ação.

‘Sim. Ligarei para um detetive confiável.’

Tae-Hyuk estava pensando com quem ele deveria entrar em contato enquanto procurava nos bolsos dele.

Em seguida, ele pegou o celular para fazer uma ligação.

‘….. Não há mais bateria.’

Era um celular antiquado que ele herdou de sua irmã. Mesmo que ele carregasse todos os dias, ainda era um celular lixo que ficava sem bateria.

Tae-Hyuk foi a uma loja de conveniência próxima e botou seu celular para carregar. Alguns minutos seriam suficientes para fazer uma ligação.

A TV na loja mostrava notícias sobre Yoo Cheol-ho.

“Finalmente, há uma recompensa de cinquenta milhões de won. No entanto, sua localização ainda é desconhecida.”

‘Recompensa!’

Tae-Hyuk quase caiu para trás ao ouvir essa palavra.

“Por que não pensei nisso antes? Ele é um fugitivo, então, naturalmente, haverá uma recompensa!”

Pensando nisso, seu irmão havia dito algo semelhante essa manhã.

No início, isso era simplesmente para verificar se ele estava sonhando ou não.

Então ele de repente aprendeu uma habilidade criminal estranha – mas esse fato não era muito importante.

‘Cinquenta milhões de wons….’

Era uma quantia que lhe permitia não só comprar roupar para a sua irmã trabalhadora, mas também permitia que eles saíssem do quarto semi-porão alugado.

A pessoa que ele ligasse, seria alguém que obteria um enorme mérito. Portanto, ele queria ligar para alguém que ele conhecesse.

‘Sim. Eu ligarei para Cho Kang-Suk Hyun.’

Ele era um investigador criminal que questionou Tae-Hyuk várias vezes no passado. Ele foi uma das poucas pessoas que tratou Tae-Hyuk como um humano, em vez de um condenado à morte.

A sorte de promoção dele era muito ruim, apesar de ter um senso de justiça comovente, ele ainda estava na área, apesar de ter mais de quarenta anos.

‘Ele deveria ter mais ou menos trinta anos agora.’

Depois de confirmar que a bateria foi carregada até certo ponto, Tae-Hyuk pressionou alguns números.

“Essa é a delegacia de polícia de Gang-Dong.”

“Eu quero falar com o detetive Cho Kang-Suk.”

“Sim, eu entendo.”

Houve um momento de silêncio antes que a voz de Cho Kang-Suk fosse ouvida.

“Sim, o telefone foi trocado. Eu sou Cho Kang-Suk da segunda equipe policial de Gang-Dong.”

“Eu realmente receberei uma recompensa se eu pegar Yoo Cheol-ho?’

Tae-Hyuk perguntou diretamente.

“Pode ser diretamente. Ou pode ser apenas uma dica importante que o leve à prisão… Ei, você é um estudante do ensino médio? Por que você está fazendo um trote? Se eu te pegar, ficarei com raiva!”

Foi uma reação que Tae-Hyuk já esperava vindo de Cho Kang-Suk.

Ele era mais como um vizinho do que um detetive.

“Estou falando sério. Mas é em dinheiro? Quais são as porcentagens tributárias?”

“Hyung está ocupado, então vou desligar.”

“É definitivamente o Yoo Cheol-Ho. Não é essa uma situação onde você tem que encontrar todos os grãos de arroz que Yoo Cheol-ho derramou ao comer? Que tal apenas verificar?”

“Eu verificarei. Eu espero que seja verdade ou eu te darei um soco tão forte que quebrará três dentes seus.”

“Ok.”

“Como você o achou?”

“Eu fiz uma entrega.”

Até um fugitivo tem que comer.

Tae-Hyuk revelou um grande sorriso.

Apesar do modo grosso de falar dele, Cho Kang-Suk era um detetive minucioso. Ele verificaria qualquer pequena pista diretamente.

Tae-Hyuk disse ao Kang-Suk a sua localização.

***

“Porra. É real. E pensar que estava escondido nesse lugar. Filho da puta.”

Ele usou o walkie-talkie, solicitando que os reforços da sede de investigação fossem enviados.

“Eu encontrei a localização a qual ele está escondido. Localização….”

Kang-Suk deu um tapinha na cabeça de Tae-Hyuk.

“Perdoe-me por duvidar de você.”

“Sem problemas. Certifique-se de pegá-lo.”

“Então. Veja como eu o pego.”

Tae-Hyuk lambeu o sorvete que Kang-Suk comprou e observou a operação de prisão.

O resto aconteceu rapidamente.

A investigação teve problemas porque não houve testemunhas denunciando a localização. Mas agora eles sabiam exatamente onde estava escondido.

Cho Kang-Suk atuou rapidamente.

Depois de entrar em contato com a sede da investigação policial, chegaram dezenas de carros da polícia.

Tae-Hyuk observou com interesse, enquanto atravessavam a porta do prédio.

Yoo Cheol-ho tirou a roupa que estava vestindo e começou a fugir rapidamente.

Cho Kang-Suk lançou-se em Yoo Cheol-ho como um falcão caçando sua presa.

Yoo Cheol-ho foi algemado e começou a gritar.

“Porra! Quem foi o filho da puta que sabia minha localização? Conte-me! Vou morder a carne dele até chegar nos ossos!”

Yoo Cheol-ho foi levado por cinco policiais enquanto ainda lutava furiosamente.

Tae-Hyuk apenas assistiu enquanto colocava o último pedaço de sorvete na boca…

“Que refrescante!”

Estava doce e delicioso.

Depois que Yoo Cheol-ho foi levado, a polícia entrou na igreja para encontrar qualquer evidência restante.

Cho Kang-Suk continuou com um walkie-talkie para verificar se havia mais ameaças para Tae-Hyuk, a testemunha.

Tae-Hyuk achou que seria bom se a dica fosse dele.

‘Ah, detetive-nim. Você está rejuvenescido. Você não tem mais aquela pança.’

Estava tão diferente do Cho Kang-Suk que ele lembrava, que Tae-Hyuk não pôde deixar de rir. Somente os olhos que queimavam com as chamas da justiça, que eram os mesmos.

“Detetive Cho Kang-Suk. Agora você deve receber uma promoção especial.”

“Pirralho. Se você tiver qualquer problema, entre em contato com o Hyunk… Mas não se parece com o tipo de pessoa que é facilmente intimidado. Ah. Você já almoçou? Talvez o Hyung devesse comprar uma tigela de Jajangmyeon para você?”

“Uau. Eu te dei o melhor mérito por capturar esse criminoso, mas você só quer me comprar uma tigela de jajangmyeon?”

“Bom. você quer tangsuyuk também?”

“Não. Na verdade já comi. Em vez disso, preciso de sua ajuda com outra coisa. Ajude-me a obter o dinheiro da recompensa, pois essa é minha primeira vez.”

Cho Kang-Suk riu. Ele parecia gostar da audácia de Tae-Hyuk.

“Haha. Você não está pensando em fazer isso de novo?”

“……”

“Hahaha. O que há com essa expressão. De qualquer forma. Você é Tae-Hyuk? Sério, obrigado. Yoo Cheol-ho, aquele bastardo, é um cara muito perigoso. Se ele tivesse escapado, ele definitivamente teria matado mais pessoas de novo. Conseguimos pegá-lo sem feridos, graças ao seu relatório.”

Tae-Hyuk sentiu algo quente surgindo de dentro do seu coração.

Ele não tinha percebido porque ele tinha se concentrado na recompensa.

Tae-Hyuk salvou a vida de três vítimas futuras de homicídio.

A tragédia que ocorreria futuramente, não aconteceria mais.

Foi nesse momento.

O espelho vibrou.

‘Eh, eu não toquei em ninguém.’

Parece que a habilidade criminal Roubo foi ativada independentemente da vontade de Tae-Hyuk.

No entanto, havia a condição de que ele precisava tocar a outra pessoa.

Ele puxou o espelho e verificou o que estava escrito.

[Três pontos de afinidade foram adquiridos.]

[Você pode usar os pontos de afinidade para melhorar as habilidades criminais ou ativar atributos ocultos.]

“O que diabos é isso?”


Tradução: Spinner Branford   |   Edição: Ryokusan000


Contribua com a Novel Mania!