GoC – Capítulo 4 – Eu não acho que seja um sonho (4)



‘Parece que não consigo aprender habilidades novas apenas tocando no corpo de outras pessoas.’

Tae Hyuk tocou na mão de Yoo Cheol Ho enquanto recebia o dinheiro.

No entanto, não surgiu nenhuma reação do espelho.

‘Então, como é que faço isso?’

Ele não iria ter só a Habilidade de Roubo, certo?

Havia muita coisa que ainda não sabia.

‘Vou pensar em Yoo Cheol Ho primeiro.’

Era impossível capturar um assassino sozinho. Ele nem sabia qual era a taxa de sucesso do Roubo, por isso seria suicídio agir sozinho.

Então restava apenas uma opção.

Os promotores conseguiram capturar Yoo Cheol Ho no passado; no entanto, de acordo com o sonho de Tae Hyuk, Yoo Cheol Ho começaria a fugir de um ponto para o outro no país por aproximadamente um mês.

Nesse período, três inocentes seriam assassinados.

O mais importante de tudo agora era Tae Hyuk determinar uma data.

Se Yoo Cheol Ho fosse pego hoje… Então as três vítimas seriam salvas no final das contas.

Ele esperava que pudesse mudar o futuro.

Tae Hyuk entrou em ação.

‘Sim. Vou ligar para um detetive confiável.’

Tae Hyuk pensou em alguém para contatar enquanto procurava algo nos bolsos.

Então ele pegou o telefone para fazer uma ligação.

‘Está sem bateria…’

Era um telefone velho que ganhou de sua irmã. Mesmo que ele carregasse todos os dias, ainda era um telefone de merda, que ficava sem bateria toda hora.

A televisão de uma loja estava mostrando notícias sobre Yoo Cheol Ho.

– Finalmente, existe uma recompensa de cinquenta milhões de won¹. Mas sua localização ainda é desconhecida.

‘Recompensa!’

Tae Hyuk quase caiu para trás ao escutar isso.

‘Por que não pensei nisso antes? Ele é um fugitivo, então, naturalmente, existe uma recompensa!’

Pensando nisso, seu irmão tinha dito algo assim durante a manhã.

No começo, isso era apenas para verificar se tudo era apenas um sonho ou não.

Então ele de repente descobriu uma Habilidade Criminal estranha – mas isso não era muito importante.

‘Cinquenta milhões de won…’

Era uma quantia que o permitiria comprar não apenas roupas para sua irmã trabalhadora, mas também ajudaria a se mudarem, saindo daquele porão que alugavam.

A pessoa que chamasse receberia um crédito enorme. Então ele queria dar isso a alguém que já conhecia.

‘Sim… Vou chamar Cho Kang Suk Hyung.’

Era um investigador que interrogou Tae Hyuk várias vezes no passado. Ele foi uma das poucas pessoas que trataram Tae Hyuk como um humano, ao invés de um condenado à morte.

Sua sorte para ser promovido tinha sido bem ruim, apesar de ter um ótimo senso de justiça, e ele já estava nos seus quarenta anos de idade.

‘Ele deve estar com aproximadamente trinta anos agora.’

Depois de confirmar que a bateria tinha carregado um pouco, Tae Hyuk digitou um número.

– Delegacia de polícia de Gang Dong.

“Eu gostaria de falar com o Detetive Cho Kang Suk.”

– Certo, um momento.

Houve um momento de silêncio antes da voz de Cho Kang Suk soar.

– Olá, o telefonema já foi transferido. Eu sou Cho Kang Suk da segunda equipe da polícia de Gang-Dong.

“Eu realmente receberei uma recompensa se pegar Yoo Cheol Ho?”

Tae Hyuk foi direto em sua pergunta.

– Isso deve ser tratado pessoalmente. Se for uma dica crucial que possa levar à prisão de… Hey, você é um estudante do Ensino Médio? Por que está passando um trote? Se eu te pegar, estará em problemas!

Essa foi a reação que Tae Hyuk esperava de Cho Kang Suk.

Ele era mais como um vizinho curioso do que um detetive.

“É verdade. Mas a recompensa é em dinheiro? Quais são as taxas tributárias?”

– Hyung está ocupado, então estou desligando.

“Definitivamente é Yoo Cheol Ho. A situação atual não exige que você encontre até os grãos de arroz que ele derruba enquanto come? Que tal se apenas me escutar?”

– Muito bem então. Espero que seja verdade, ou eu vou te dar um soco tão forte que vou arrancar pelo menos três de seus dentes.

“Ok.”

– Como você viu ele?

“Eu fiz uma entrega.”

– É… Até um fugitivo precisa comer…

Tae Hyuk deu um enorme sorriso.

Apesar da maneira grosseira de falar, Cho Kang Suk era um detetive cuidadoso. Ele verificaria qualquer pista, por menor que fosse.

Tae Hyuk disse onde estava para Kang Suk.

 

*     *     *

 

“Porra. Faz sentido… E pensar que ele estava escondido em um lugar assim… Que filho da puta.”

Ele usou um walkie-talkie e pediu para que fossem enviados reforços para a investigação.

“Eu encontrei o lugar onde ele está se escondendo. A localização é…”

Kang Suk deu um tapinha na cabeça de Tae Hyuk.

“Desculpe por duvidar de você.”

“Sem problemas. Tenha certeza de capturar ele.”

“Muito bem, veja como eu faço.”

Tae Hyuk lambia um sorvete que Kang Suk tinha comprado para ele enquanto observava a operação.

Tudo aconteceu rapidamente.

A investigação era problemática, já que não tinha nenhuma testemunha. Mas agora eles sabiam exatamente onde o criminoso estava escondido.

Cho Kang Suk fez tudo rapidamente.

Depois de entrar em contato com a sede de investigações especiais, chegaram dezenas de carros de polícia.

Tae Hyuk observou com interesse enquanto os policiais foram até a porta da igreja.

Yoo Cheol Ho tirou as roupas que estava usando e tentou fugir no mesmo instante.

Cho Kang Suk se jogou contra ele, como um falcão pegando sua presa.

Yoo Cheol Ho foi algemado e começou a gritar.

“Porra! Quem foi o filho da puta que disse que eu estava aqui? Me conte! Vou roer até os ossos do desgraçado!”

Yoo Cheol Ho foi levado por cinco policiais enquanto ainda continuava lutando furiosamente.

Tae Hyuk apenas assistiu tudo enquanto tomava o que restava de seu sorvete.

“Ah, legal!”

Era doce e delicioso.

Depois de Yoo Cheol Ho ser arrastado, a polícia entrou na igreja para encontrar qualquer evidência remanescente.

Cho Kang Suk continuou andando com um walkie-talkie para verificar se tinha mais alguma ameaça para a testemunha.

Tae Hyuk achou que foi bom ser uma testemunha.

‘Ah, detetive-nim. Você está tão jovem, não está mais com aquela barriga enorme.’

Esse Cho Kang Suk era tão diferente daquele que Tae Hyuk estava acostumado, que ele não pôde deixar de rir. Somente os olhos continuavam iguais, queimando com um poderoso senso de justiça.

“Detetive Cho Kang Suk. Você agora deve receber uma promoção especial, não?”

“Fedelho. Se você encontrar qualquer problema, então ligue para o Hyung… Mas você não parece ser o tipo de pessoa que é facilmente intimidada. Ah, você já almoçou? O Hyung vai comprar uma tigela de jajangmyeon, o que acha?”

“Wah! Eu te dei o mérito por pegar esse criminoso e você só quer me pagar uma tigela de jajangmyeon?”

“Então… Você quer tangsuyuk também?”

“Não. Na verdade, eu já comi. Ao invés disso, eu preciso de sua ajuda com outra coisa. Me ajude a conseguir o dinheiro da recompensa, já que é a primeira vez que eu consigo algo assim.”

Cho Kang Suk riu. Ele parecia gostar da tenacidade de Tae Hyuk.

“Haha. Parece até que você está planejando fazer isso de novo!”

“…”

“Puhahaha. O que há com essa expressão? De qualquer forma, você se chama Tae Hyuk, certo? Realmente, obrigado. Yoo Cheol Ho, aquele maldito, ele é realmente perigoso. Se continuasse foragido, então definitivamente teria começado a matar de novo. Conseguimos pegar ele sem ninguém se ferir, tudo graças a você.”

Tae Hyuk sentiu algo quente em seu coração.

Ele não tinha percebido isso, já que estava focado na recompensa.

Tae Hyuk salvou três vidas, três pessoas que seriam assassinadas no futuro.

A tragédia futura tinha sido mudada!

Foi nesse momento.

O espelho vibrou.

‘Eh, eu não toquei em ninguém!’

A Habilidade Criminal de Roubo parecia ativar independentemente da vontade de Tae Hyuk.

Ele puxou o espelho e verificou o que estava escrito.

 

 

“O que é isso?”


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: R$169.403,71 em 29/05/18.



Fontes
Cores