GoC – Capítulo 39 – Ajuda (3)



Kang Suk fez uma breve descrição do caso do Hippo.

Shin Se Ho simplesmente o seguiria se ele se dirigisse para outro lugar. A parte perigosa disso é que existia o risco de alguma informação sigilosa da conversa poder acabar vazando.

“Wah… Então tomaram água até morrer. Eles não foram obrigados a fazer isso?”

“Hey! Fique quieto! Tem gente ouvindo.”

“Aigoo… Desculpa.”

Hyun Ho se curvou exageradamente.

Kang Suk riu. Embora já fizesse mais de sete anos que eles tinham se formado na universidade, Joo Hyun Ho ainda era o mesmo de antes.

As duas pessoas se conheceram em um clube de debate universitário. Cho Kang Suk e Joo Hyun Ho gostavam de resolver mistérios e acabaram participando de um programa de televisão chamado ‘Mafia Game’.

Hyun Ho era herdeiro de um chaebol conhecido, e possuía vários edifícios em Gangnam¹. Se ele simplesmente ficasse parado respirando, poderia ganhar centenas de milhões de won em um mês.

Kang Suk sempre se perguntou por que Hyun Ho se especializou em Psicologia Criminal. Hyun Ho respondia essa pergunta sempre da mesma forma:

– Não posso me satisfazer mais com a ficção, Sunbae.

Kang Suk sentia arrepios quando pensava no Hyun Ho daqueles tempos.

“Hyun Ho. Isso é o que eu penso…”

“Sim?”

“Estou feliz que você tenha se especializado em Psicologia Criminal. De várias maneiras.”

“Ahaha! Obrigado por me elogiar, Sunbae.”

Depois de conversarem por um tempo, Kang Suk e Hyun Ho se levantaram de onde estavam.

Kang Suk foi ao balcão e pagou a conta antes de dizer.

“Hyun Ho, ligue seu carro agora. Vamos!”

Ao ouvir as palavras de Kang Suk, Joo Hyun Ho se retirou rapidamente.

Shin Se Ho, que estava observando as duas pessoas durante todo o tempo, ficou impressionado. Cho Kang Suk e Joo Hyun Ho desapareceram repentinamente de sua linha de visão.

A perseguição do dia tinha acabado, mas isso não seria o suficiente para fazer Shin Se Ho desistir.

 

*   *   *

 

Depois de sair do café, Kang Suk e Hyun Ho se dirigiram para o banheiro público onde ocorreu o segundo assassinato.

Kang Suk se sentou no banco do passageiro e se espreguiçou. Se este caso acabasse sendo exposto na mídia, então não acabaria mesmo se ele tirasse todas as roupas e implorasse ajoelhado para que não publicassem.

Hyun Ho ligou a sirene policial, visto que queria chegar rapidamente à cena do crime.

Cho Kang Suk disse:

“Oh, você já almoçou? Vamos comer depois de visitar a cena do crime. O Hyung pagará!”

“Hey, você só vai comer jajangymeon de novo… Além disso, eu não estou com fome. De agora em diante, estarei vendo algo muito mais interessante.”

Hyun Ho riu como se realmente estivesse se divertindo.

“Às vezes eu me pergunto se você é um gênio ou um psicopata.”

“Gênio está bom, Sunbae.”

“Aigoo… Ah, esse é o banheiro público.”

Kang Suk suspirou e apontou para um prédio do outro lado da rua.

“Pobre dono… Parece que isso foi construído há pouco tempo. Agora que um assassinato aconteceu aqui, ele provavelmente vai vender isso. Mesmo assim, não existem muitos banheiros públicos e saunas por essa região.”

“Realmente.”

Depois de estacionar o carro, Kang Suk foi até o local do crime. O policial que estava de guarda olhou para a BMW brilhante de olhos arregalados. Então ele acenou com uma expressão convicta depois de ver que Joo Hyun Ho era o motorista.

“Detetives, vocês estão trabalhando duro!”

“Jong Wook também.”

“Não! Entrem!”

Todas as provas já tinham sido coletadas da cena do incidente, inclusive a poeira.

Kang Suk pegou o arquivo da investigação, que estava em sua bolsa. As evidências estavam organizadas de acordo com o local onde elas foram encontradas.

Hyun Ho digitalizou o arquivo da investigação e apontou para onde o corpo esteve.

“Eu vou dar uma olhada em tudo. Sunbae, demonstre como o corpo estava quando foi encontrado.”

“Hey! Por que eu devo fazer isso?”

“É necessário para a investigação.”

“Sheeesh.”

Kang Suk resmungou, mas ele relutantemente seguiu as instruções de Hyun Ho. Se Hyun Ho não se tornasse um policial, então ele se tornaria um criminoso. No entanto, Kang Suk reconhecia suas habilidades.

Kang Suk se deitou no chão, da mesma forma que o corpo estava quando foi encontrado, dobrando os braços e o corpo ao máximo possível.

Hyun Ho não conseguiu conter a risada.

“Hahaha! Sunbae! Você parece um camarão frito.”

“Seu bastardo…”

Kang Suk se levantou e deu uma chave de pescoço em Hyun Ho.

“Keeek! E-eu me rendo! Desisto!”

“Eu sempre soube que você é assim. Você por acaso é um pervertido?”

“M-mas eu acho que sei como ele matou a vítima.”

Kang Suk soltou Hyun Ho.

Ele sabia como as vítimas tinham morrido. Elas beberam uma grande quantidade de água, fazendo com que a respiração fosse bloqueada e forçando os órgãos internos a romper. No entanto, o mistério de como isso tinha acontecido ainda não havia sido solucionado. Joo Hyun Ho resolveu isso em menos de cinco minutos.

“Parece que foi bom te chamar. Sim, o seu cérebro ainda funciona…”

“Sim, agora me deixe sozinho!”

Joo Hyun Ho observou algumas das evidências.

Em primeiro lugar, a vítima estava com um longo tubo na boca até morrer, com tiras de couro amarradas ao redor do pescoço. Finalmente, havia um balde cheio com várias substâncias estranhas.

“A vítima estava imobilizada com os braços amarrados por trás das costas.”

“Isso mesmo. Ele então forçou a vítima a beber muita água… Ah, caramba… Esse louco bastardo. Eu certamente o colocarei na prisão!”

Kang Suk liberou alguma intenção assassina, desejando capturar o assassino. No entanto, o raciocínio de Joo Hyun Ho estava apenas começando.

“O pescoço das vítimas estava amarrado com uma tira de couro e a água estava na banheira?”

“Eu disse isso no carro…”

“Então isso significa que a cabeça das vítimas estava totalmente submersa. Se for esse o caso, então eles deveriam ter se afogado.”

“Mas as vítimas não morreram afogadas.”

“Sim. Elas conseguiram respirar um pouco através do tubo, que poderia ser considerado uma linha de vida.”

Havia um longo tubo de plástico entre as evidências, a vítima estava segurando ele no momento em que morreu. Havia marcas de dente no tubo.

“Então, ela lutou enquanto estava amarrada…”

O corpo da vítima estava cheio de pequenas feridas.

“O médico legista disse que ela provavelmente estava se debatendo.”

“Sim. Parece que o criminoso tampou o tubo que estava na boca da vítima e depois o destampou, para desfrutar do sofrimento.”

Crunch.

Kang Suk quebrou a pasta que estava segurando.

“É claro que o culpado não estava satisfeito ainda, então usou isso.”

Hyun Ho apontou para um balde que estava por perto.

A capacidade do balde era de um litro.

“A vítima bebeu água desesperadamente. Por quê? Bem, imagine isso: Os olhos da vítima estão cobertos e seu corpo está amarrado, então o criminoso tampou o tubo para fazer com que a vítima sufoque…”

“…”

O rosto de Kang Suk ficou vermelho enquanto ele se segurava desesperadamente.

“Então o balde apareceu… Claramente existiam alguns líquidos aqui. A água não era o único líquido no corpo da vítima, certo? Leite, molho de soja… Também havia óleo de cozinha. Esta á a razão principal.”

Hyun Ho colocou o tubo no balde.

“Um litro. Ela teve que beber tudo para poder respirar um pouco.”

Primeiro leite, depois molho de soja e, finalmente, óleo de cozinha. Ele deu coisas difíceis de se beber para a vítima.

Apesar da náusea, ela teria que beber para poder respirar. Desesperadamente…

“Se bebesse tudo, então poderia respirar novamente. É por isso que o balde estava vazio quando vocês encontraram o corpo. E…”

Desta vez, Hyun Ho colocou o tubo na banheira.

“Por fim, o Hippo colocou o tubo aqui. A vítima começou a beber litros de água e não conseguiu terminar. No final…”

O estômago inchou, a vítima tomou água até morrer.

Tudo isso foi feito para sobreviver? Se bebesse um litro de água, então poderia respirar. Só mais um pouco… Se tomasse mais um gole, então poderia respirar. Ela acreditava em algo que não tinha sido prometido, então bebeu a água da banheira. E no final…

O ato de tentar sobreviver a qualquer custo definiu sua morte.

“Este bastardo louco!”

Kang Suk uivou como uma besta que encontrou um grande desastre. O Hippo usou a vontade de sobreviver da vítima como ferramenta de assassinato.

“Meu raciocínio vai até isso. Uh, aliás, também temos sal. Então, a última coisa que a vítima tomou foi água salgada? O que ele estava fazendo enquanto fazia as vítimas beberem isso? Sunbae…? Um. Eu vou te falar mais algumas coisas depois que você se acalmar um pouco.”

Kang Suk estaria pronto para usar sua arma se o Hippo aparecesse na frente dele.

Eventualmente, ele se estabilizou depois de meia hora.

“Sinto muito… Fiquei um pouco exaltado.”

“Sem problemas, Sunbae. Eu direi o que descobri sobre o Hippo até o momento.”

Hyun Ho passou o perfil do assassino, incluindo a idade, para Kang Suk.

Depois de terminar, Hyun Ho disse:

“Meu trabalho está terminado. Agora é a sua vez, Sunbae. Pegue o assassino. Ah, certo. Este é um favor pessoal. Uma vez que você o prender, me deixe fazer uma análise psicológica, certo? Estou interessado nesse criminoso.”

Hyun Ho riu como se estivesse feliz.

Kang Suk respondeu:

“Isso não será difícil… Mas eu não sei se o desgraçado irá conseguir falar corretamente.”

Se Kang Suk o pegasse, com certeza daria um soco na boca do sujeito.

Os olhos de Kang Suk estavam cheios de intenção assassina.

 

*   *   *

 

Faltavam apenas dois dias para a próxima lua cheia.

Tae Hyuk sabia quem era o Hippo, seu trabalho, como se parecia, do que gostava… todas essas coisas.

O problema era que conhecia o Hippo muito bem. Ele sabia tudo sobre esse criminoso. Se não tomasse cuidado, poderia ser confundido com o Hippo.

“Eu tenho que evitar qualquer acusação falsa, não importa o que.”

Tae Hyuk riu amargamente quando pensou na identidade do Hippo.

Tae Hyuk sabia onde ele estaria. Se batesse na cabeça do Hippo com o cano de ferro e o levasse para a delegacia, então os assassinatos iriam parar. No entanto, não havia nenhuma evidência, ou seja, não existiria nenhuma razão para manterem o Hippo preso.

A coisa mais óbvia a se fazer era pegá-lo tentando cometer um crime.

Ele tinha conseguido algumas câmeras no incidente com o voyeur, há algum tempo, e agora elas seriam muito úteis.

Tae Hyuk sorriu para as câmeras que estavam sobre a mesa. Então, ele iria instalá-las na terceira cena de crime do Hippo…

Neste momento, Tae Hyuk percebeu que tinha esquecido de uma coisa importante: ele não sabia qual seria o lugar exato onde o crime seria cometido.

“Espere um minuto… Obviamente, o Hippo fez a terceira vítima no… Ugh, droga. Era definitivamente um aquário. Mas não me lembro de qual!”

Tae Hyuk olhou para a Lista Negra. O nome exato não tinha sido registrado.

“Bem, não existem muitos aquários. Eh? Espere um pouco… Aquários ficam abertos durante a noite… Não é um lugar bom para cometer um crime, mesmo se não tiver nenhum cliente.”

O Hippo não matava as vítimas rapidamente. Ele gostava de vê-las morrer lentamente. Se fosse assim, fazer essas coisas em um aquário seria impossível.

Tae Hyuk se conectou à internet pelo seu smartphone e procurou por um aquário que não estaria aberto. Havia apenas um lugar.

Tae Hyuk verificou a localização.

O aquário ficava a aproximadamente cinco quilômetros de sua casa.

“Isso não é mais perto do que pensei…?”

Estava a cerca de quinze paradas de ônibus. Era um local realmente próximo, um assassinato bizarro aconteceria neste local depois de dois dias.

“Então, esta noite, irei colocar a armadilha.”

Tae Hyuk não tinha intenção de usar apenas as câmeras.

Ele tinha as Habilidades Criminais para ajudar.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: Um bairro sul-coreano. Sabe aquela música ‘Oppa Gangnam Style’? Do Psy. Então, ela fala sobre um Oppa de Gangnam, esse bairro aí.



Fontes
Cores