GoC – Capítulo 124 – Engolir o Sol (2)



Qualquer um que tivesse um familiar próximo ou um amigo pego por um culto, de alguma forma, tentaria resgatá-lo. O Culto do Sol tinha um pessoal dedicado para lidar com essas pessoas.

Este era um lugar remoto, longe do centro da cidade. Havia apenas uma fábrica e alguns campos de arroz ao redor. Além disso, a maioria das lojas que negociavam com estudantes universitários acabou fechando. O efeito foi tão grande que só restou uma loja de conveniências solitária.

Se houvesse uma reunião para se encontrar com alguém e discutir sobre o Culto do Sol, eles inevitavelmente se encontrariam na cafeteria.

‘É porque tem que haver uma reunião antes de se entrar na base do culto. Esta cafeteria é a melhor armadilha. No entanto, os status do líder não parecem ser um pouco baixos?’

Já fazia um ano desde que Tae Hyuk conseguiu as Habilidades Criminais. Ele se sentia assim por ter ficado enfrentando criminosos o tempo todo?

Tae Hyuk encontrou doze câmeras escondidas dentro da cafeteria. Havia também microfones instalados nas mesas. Obviamente, os bispos do Culto do Sol estariam verificando todos os clientes presentes. Usando suas habilidades, ele poderia entrar no prédio sem que ninguém soubesse.

Mas, a fim de destruir o Culto do Sol, precisaria fazer um ataque frontal.

“Aqui está seu café. De qualquer forma, acho que você estava esperando por alguém… Essa pessoa já chegou?”

Tae Hyuk olhou para a porta enquanto respondia:

“Ele está um pouco atrasado, mas acho que logo chegará.”

Um sino soou quando alguém entrou na cafeteria. Naturalmente, o olhar de qualquer um dentro do local se concentraria nessa pessoa. Era um homem de trinta anos, com o cabelo bem cortado, curto. Seu físico mostrava que se exercitava frequentemente.

O homem olhou em volta da cafeteria e confirmou que apenas duas pessoas estavam presentes. Ele virou-se para Tae Hyuk e curvou-se ligeiramente.

“Você é Kim Cheol Su?”

“Ah, sim. Olá!”

“Eu sou Lee Gun Woo. Prazer em conhecer.”

Ele estendeu um pequeno cartão comercial para Tae Hyuk. As palavras ‘Exército da República Coreana’ em inglês e o título de ‘Capitão’ estavam escritos. Lee Gun Woo recebeu um cartão de Tae Hyuk também e resmungou com uma expressão surpresa:

“É o seu nome real… Ah, me desculpe.”

“Haha, tudo bem. Não é um nome que você vê em livros didáticos?”

Qualquer um que visse o cartão de Kim Cheol Su, professor de matemática, reagiria da mesma forma. As duas pessoas tinham trocado apenas alguns telefonemas. Foi a primeira vez que se encontraram.

Lee Gun Woo pediu um copo de Mocha Branco e sentou-se com Tae Hyuk. Então, ele cuidadosamente começou sua história.

Lee Gun Wo era um Tenente que não conseguiu ser promovido e estava se preparando para ser dispensado. Ele então descobriu que sua irmã tinha se envolvido com o Culto do Sol. Ele estava procurando por ajuda quando encontrou Tae Hyuk.

“Na verdade, eu não tinha pensado em ir lá no começo. Ela é uma adulta, eu deveria deixar que faça suas coisas em paz. No entanto… não acho que posso deixá-la ser pega por um culto.”

Tae Hyuk concordou com uma expressão pesada.

“Sim, eu também quero recuperar um parente que entrou para o Culto do Sol.”

“Esse parente…”

“Ah, meu irmãozinho.”

“Entendo. De qualquer forma, quero encontrar Min Young e trazê-la de volta.”

As duas pessoas estavam trocando informações sobre o Culto do Sol. Alguns olhos estavam os observando.

 

*   *   *

 

A base do Culto do Sol ficava a apenas um minuto de carro da cafeteria.

Lee Gun Woo ligou o carro e disse:

“Eu queria trazer uma arma, como uma pistola. No entanto, não tenho muito tempo antes de ser dispensado, e também não quero ir para a cadeia militar, então hoje sou um soldado apenas em meu espírito.”

“Haha. Então você trouxe alguma arma?”

“Ah, eu trouxe um bastão, então vou ficar bem. Ao invés de se preocupar comigo, você deveria tomar cuidado consigo mesmo, já que é um professor, e não um soldado.”

“Não. Muitos alunos abandonaram a matemática, então também tive que aprender outras coisas.”

Lee Gun Wo continuou conversando, como se quisesse se acalmar. Então ele parou de repente e tirou a mão do volante. Não haveria tempo para respirar fundo quando chegassem à base do Culto do Sol.

Tae Hyuk falou como se fosse a primeira vez dele visitando o lugar.

“Não é tão grandioso quanto pensei.”

“Parece tão… Achei que pelo menos teria uma atmosfera semelhante à de uma base militar ou de uma prisão, mas a cerca é baixa e as pessoas podem entrar e sair livremente.”

Tae Hyuk sabia a resposta para isso, mas não a falou em voz alta. Ele era apenas um professor do Ensino Médio, que teve um parente atraído pelo culto.

A razão para não ter nenhuma barreira ou guarda era simples: os seguidores do Sol viviam em cinco grupos. Eles eram como travas que restringiam as ações uns dos outros.

Lee Gun Woo respirou lenta e profundamente antes de dizer:

“Hu… Então, como já discutimos, vamos pela porta da frente.”

Mesmo não sendo algo grande, eram três prédios de quatro andares. Não importa como se movessem, levaria um tempo sendo apenas duas pessoas.

“Eu acho que tem mais gente visitando. O Sol recebe todos os visitantes.”

Enquanto atravessavam a entrada, algumas pessoas de terno apareceram para cumprimentá-los. O homem de pé diante do grupo falou com um sorriso:

“Hwanim¹ disse que vocês viriam e vocês realmente vieram. Vocês dois são bem-vindos.”

Lee Gun Woo arregalou os olhos diante da hospitalidade inesperada.

“Kim Cheol Su e Lee Gun Woo, por favor, sigam-me. Min Young está esperando por vocês.”

Lee Gun Woo gemeu quando o nome de sua irmã saiu da boca do homem.

“C-como você…”

“Hwanin sabe tudo. Então, por favor, me siga para ter uma explicação mais detalhada.”

O guia era um dos bispos do Culto do Sol. Eles o seguiram e chegaram a um grande banheiro.

“Não vou ver minha irmã? E como diabos você sabe o meu nome e o dela? Talvez…”

Lee Gun Woo estava obviamente agitado. Ele chegou até o lugar sem dizer nada a sua irmã. Então, de repente, se lembrou de um boato sobre o líder do Sol.

Ele se autodenominava uma encarnação de Hwanin, com a capacidade de ver o passado, presente e futuro. Certamente essas habilidades não eram reais. Tais pensamentos desapareceram de sua cabeça. Ele não acreditava nesse tipo de coisa. Obviamente era algum truque esperto.

O bispo sorriu ao notar o olhar de desconfiança de Gun Woo e disse:

“Sinto muito, mas há uma ordem para tudo. Primeiro, você deve limpar seu corpo e se livrar de todas as coisas mundanas. Então nós arranjaremos algo para você vestir.”

Gun Woo não pensou duas vezes e entrou no banheiro. Tae Hyuk seguiu-o de perto com uma expressão confusa. De fato, Tae Hyuk conhecia o truque que o bispo estava usando.

‘Como fez isso? Ele só analisou a conversa que tivemos na cafeteria. Que diabos, essa não é uma tática usada há muito tempo?’

Era uma técnica que utilizava truques psicológicos durante uma conversa, para adivinhar o que a pessoa estava pensando.

‘As informações que eles têm ainda são incompletas, então usarão o tempo no banheiro para um interrogatório.’

Tae Hyuk sorriu. Era como assistir os truques fofos de uma criancinha.

‘Bem, se isso é o que desejam, é o que darei.’

 

*   *   *

 

A expressão sorridente desapareceu do rosto do bispo quando os dois homens entraram no banheiro.

“Huhu. Os dois não sabem que são como insetos em uma teia. Hey, o que você está fazendo? Vá pegar a identificação e o telefone deles.”

“Sim, entendido!”

“Certifique-se de providenciar algumas massagens. Eles devem ser enrolados por pelo menos uma hora.”

Durante esse tempo, todos os preparativos deveriam ser concluídos. O bispo fez com que tomassem banho para supostamente ficarem limpos. Era apenas o prelúdio para o golpe que começaria.

“Já passou algum tempo desde que eles caíram na armadilha.”

A cafeteria e as áreas de descanso por perto eram todas operadas pelo Culto do Sol. Aqueles que visitavam esses lugares ficavam todos sob olhares atentos. Se alguém tentasse se aproximar, então aconteceria sempre o mesmo.

Ao tomar banho, todos seriam forçados a se despir. Claro, as pessoas deixariam carteiras e telefones no vestiário.

Os crentes entraram e saíram com alguma coisa em mão.

“Pegamos tudo!”

“Sim. Verifiquem se eles têm SNS e obtenham o máximo de informações pessoais possível. Eu vou desbloquear os telefones.”

“Certo.”

O bispo sorriu ao pegar os telefones. Os smartphones eram muito fáceis de se invadir. No pequeno aparelho estariam todas as informações das pessoas. Além disso, era possível liberar o bloqueio via impressão digital.

“Existem impressões digitais na tela, então podemos coletar elas. Depois de criar uma impressão falsa, poderei ver todas as informações pessoais. É um mundo realmente bom.”

Nome, sexo, idade, local de nascimento e escola frequentada. O nome e as informações de contato de conhecidos. Os sites mais vistos na Internet. Além disso, cartões de identificação.

A partir disso, seria simples passar as informações para o líder parecer como a encarnação de Hwanin. A única coisa que restava era como produzir um palco adequado.

“É muito simples. Nós já fizemos isso mais de cem vezes.”

O bispo riu e foi para seu estúdio com os dois telefones.

Uma hora passou.

Depois do banho, Tae Hyuk e Gun Woo abriram a porta do banheiro e saíram. O crente em espera estava segurando algumas roupas e um copo de leite.

“Este é o leite de vacas criadas aqui. Não há nenhum produto químico, então vocês podem tomar tranquilos.”

Gun Woo murmurava enquanto pegava o copo:

“Realmente parece que tudo sobre o mundo foi lavado de meu corpo.”

Então eles ouviram a voz do bispo:

“Vocês estão limpos. Vocês foram limpos pelo poder de Hwanin. Agora estão prontos para encontrá-lo.”

“Ah, então seu nome…”

“Eu sou Song Chi Hyun. O fundador está esperando. Por favor, venham.”

Tae Hyuk e Gun Woo caminharam pelo longo corredor enquanto seguiam Song Chi Hyun, um bispo do Culto do Sol.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: Hwanim ou Haneullim.
É o deus supremo do Xamanismo Coreano. Conhecido como o Imperador de Jade.
Ele é o Deus Pai, o Deus Tutor e o Deus Encarnado. Ele criou o universo, a natureza e governou entre os homens, de acordo com as leis naturais, garantindo o bem-estar de todos os povos.



Fontes
Cores