GoC – Capítulo 121 – Divergente



“Já passou um mês. Você fez questão de manter sua promessa.”

Tae Hyuk olhou para Kang Suk enquanto eles subiam em um barco para deixar a Penitenciária Dragão Azure. Ele parecia estar absorto em pensamentos, então não respondeu Tae Hyuk. A resposta surgiu de um homem usando um sobretudo.

“Fantasma? Não, eu deveria te chamar de Kim Cheol Su? A promessa de remuneração também será cumprida.”

“Hrmm. Espero que algo como da última vez não tenha sido planejado.”

A expressão e o tom com que as palavras foram ditas foram tão assustadores que Joo Hyun Ho não conseguiu deixar de se engasgar. Esse era um rosto falso. Era como uma maquiagem especial igual as usadas em filmes? Ele saberia claramente se tocasse, mas infelizmente não era tão corajoso.

Hyun Ho sorriu e disse:

“Não é como se você fosse ser pego no caso de isso acontecer novamente.”

Tae Hyuk sorriu de forma significativa ao invés de responder. Então, Hyun Ho se arrependeu. Ele era um especialista em entender os sentimentos dos criminosos e analisá-los. Ele não demonstrava, mas era muito orgulhoso disso.

Mas Kim Cheol Su… Não, ele não sabia nada sobre o Fantasma, mesmo depois de fazer algumas perguntas. No entanto, isso não seria suficiente para fazer ele desistir. Fantasma, aquele que ele tanto queria encontrar, estava bem em sua frente. Ele precisava pelo menos descobrir o que o Fantasma gostava de comer de noite.

“A propósito, você conhece Shin Chang Ho?”

“O nome é famoso, já escutei várias vezes. Mas e o comissário, como vai?”

“Ele tem alergia a pólen, então é um pouco… Hup.”

Hyun Ho percebeu que cometeu o erro de falar sobre algo a respeito do comissário de polícia. Por outro lado, ele era o único realmente sendo interrogado. Isso era algo básico que tornava claro que o Fantasma não era um iniciante. Os olhos de Hyun Ho tremeram.

Quando Hyun Ho entrou em pânico, Tae Hyuk olhou para a tela do Espelho de Revelação do Demônio, que estava flutuando no ar.

‘Essa não é uma habilidade completamente roubada?’

Ele revirou os olhos e encarou o Espelho de Revelação do Demônio novamente. Havia uma descrição detalhada das habilidades e estado psicológico de Joo Hyun Ho.

 

Não… parece que a missão especial que o comissário passou foi um fracasso…

 

Era o efeito do Atributo ‘Olhos de Falcão’. Tae Hyuk aproveitou isso para explorar os erros que Joo Hyun Ho normalmente não faria. Não foi possível usar isso até o momento por serem necessários dez Pontos de Afinidade para desbloquear isso.

No entanto, ele ganhou alguns pontos com o fim da rebelião. Ele adivinhou que era por ter salvo Park Sung Yul, que deveria ser assassinado por Shin Chang Ho.

‘Mas olhando melhor, ganhei dois pontos.’

Ele só conseguiu oito pontos ao lidar com o assassino da Tríade. Então aparentemente tinha conquistado dois pontos ao salvar Park Sung Yul. Ele achava que sempre ganharia Pontos de Afinidade ao salvar pessoas destinadas a morrer.

O Grande Irmão só mataria mais oito pessoas no futuro? Não fazia sentido. Ainda havia alguma incerteza em relação a como conquistar Pontos de Afinidade para fortalecer as Habilidades Criminais.

‘De qualquer forma, as características dos ‘Olhos de Falcão’… Isso realmente foi como ganhar na loteria!’

Se ele ativasse isso, poderia entender o estado mental do oponente, era quase como ler a mente do outro. Aos olhos de Hyun Ho, que não sabia sobre as Habilidades Criminais, o Fantasma era literalmente um monstro.

Cho Kang Suk, que estava silenciosamente sentado ao lado de Hyun Ho, abriu a boca.

“De qualquer forma, consegui concluir o caso de Park Sung Yul graças a você. Muito obrigado.”

Era verdade que tudo estava resolvido graças à ajuda de um criminoso. Apesar de ter resolvido um caso difícil, Cho Kang Suk não parecia estar satisfeito.

“Não precisa agradecer. Eu estarei sendo pago.”

“Se não fosse pela sua ajuda, não teria sido fácil encontrar a identidade das vítimas.”

A imagem da dona da pensão depois de reencontrar sua filha surgiu na mente de Kang Suk. Agora Park Sung Yul pagaria por seus pecados. Tudo graças à ajuda do Fantasma.

Quando Kang Suk fez uma expressão facial sutil, Joo Hyun Ho de repente interrompeu.

“A propósito, o pessoal da sede de investigação se reunirá na próxima semana. Kim Cheol Su, por que não vem também? Você também foi extremamente importante no caso. Além disso, seria muito divertido se participasse…”

Kang Suk deu uma chave de pescoço no sorridente Hyun Ho. Era um pouco exagerado convidar o Fantasma para participar de uma comemoração cheia de policiais tentando pegá-lo.

“Hrmm. Uma comemoração. Não seria ruim.”

“Não é? Até o Fantasma acha que é uma boa ideia.”

“Infelizmente, se eu comparecer, terei problemas. Acho que terei de recusar.”

“C-claro… Keok! S-Sunbae! Eu realmente vou morrer!”

“Haha! Cheol Su. Esqueça as palavras desse idiota.”

Infelizmente, Kang Suk e Hyun Ho não interpretaram direito as palavras do Fantasma.

Ele apenas disse o que disse por ser de menor, seria ilegal participar de uma festa com bebidas alcoólicas.

 

*   *   *

 

O tempo passou como o vento, já havia passado uma semana desde que Tae Hyuk saiu da Penitenciária Dragão Azure. Ele mentiu falando que esteve estudando no exterior por um mês, então não houve nenhum problema.

A Habilidade de Falsificação permitiria que conseguisse documentos para provar que esteve estudando. Ele se perguntava sobre o que tinha acontecido enquanto esteve fora, será que Kang Han Seong tinha feito as coisas? Ele fez melhor do que o esperado.

Mesmo com as Habilidades Criminais de Tae Hyuk, ele era apenas uma pessoa. Ele poderia cobrir essa desvantagem se tivesse o Bomber ao seu lado, mas não completamente.

‘Eu terei que usar isso frequentemente no futuro. Essas roupas estão boas?’

Tae Hyuk riu de sua aparência que estava sendo refletida em um espelho. Ele retornou a sua aparência original depois de ser Kim Cheol Su por um mês. No entanto, a roupa que estava usando era um pouco diferente. Ele estava vestindo um terno azul-escuro ao invés de seus jeans e sua jaqueta de couro de sempre. Todos os anos, na primavera, os três irmãos faziam uma coisa, e atualmente, ele estava se preparando para isso.

“Tae Hyuk! Você está pronto?”

A voz de Ha Ran soou do lado de fora de sua porta. Tae Hyuk sacudiu sua longa franja de cabelo e saiu do quarto.

Ha Ran e Tae Min, que estavam prontos para partir, estavam esperando em sua porta. Tae Min fez cara feia e disse:

“Que tipo de homem demora mais para se arrumar do que uma mulher? O Detetive Cho Kang Suk está esperando.”

Tae Hyuk riu da reação de seu irmão, a quem já não via há muito tempo. Tae Hyuk finalmente sentiu que estava novamente onde deveria estar.

“Tenho que agradecer Kang Suk por nos levar.”

“Hah! Ah é, você se lembrou de pegar chá de cevada para o Detetive-nim?”

Quando Tae Hyuk percebeu que Ha Ran e Tae Min estavam tratando Kang Suk como alguém da família, percebeu que muitas coisas acabaram mudando no último mês. Tae Hyuk pegou uma bolsa no chão e saiu.

Cho Kang Suk estava sentado no banco de motorista de um carro novo e brilhante. Os óculos de sol escuros e as luvas brancas faziam com que se parecesse com um chofer.

“Eh? Kang-Suk Hyung. Quando você comprou um carro?”

“Apenas recentemente. Estava dormindo no escritório todo dia, então sempre perdia o último trem. Pesei os prós e os contras e resolvi comprar.”

“Aye, tem certeza de que é por isso?”

“Sim!”

Tae Hyuk não fez mais perguntas, embora parecesse que Kang Suk tinha comprado o carro para se encontrar mais vezes com Ha Ran. Tae Hyuk colocou sua bolsa no porta-malas e sentou-se no banco traseiro. Ha Ran foi para o banco do passageiro.

“Kang Suk, obrigado por fazer este favor.”

Tae Min começou a questionar Kang Suk no mesmo instante.

“Detetive-nim! Você resolveu outro caso? Apareceu no noticiário. Você saiu muito bem na gravação!”

Kang Suk riu e ligou o carro.

“Haha. Não se esqueçam de colocar os cintos de segurança. Nós estamos partindo.”

 

*   *   *

 

Depois de uma hora, chegaram ao destino. Já que estavam em um lugar bem arborizado, o ar era diferente do restante da cidade.

Ha Ran falou com cautela enquanto estava no assento ao lado de Kang Suk.

“Você tem estado muito ocupado recentemente… obrigada por nos trazer tão longe durante sua folga.”

Kang Suk sorriu gentilmente e respondeu:

“Não é nada. Eu queria vir com você.”

Tae Hyuk pegou a bolsa do porta malas e foi para o lugar que sua família visitava todos os anos. Era uma cemitério onde eram mantidos restos mortais.

Tae Hyuk foi para o lugar onde os restos mortais de seus pais estavam. Não foi difícil encontrar o nome de sua família. Era uma boa localização, em um lugar não muito alto ou muito baixo.

 

『Tumba de Seo Dae Han e Nam Ji Soo

 

Tae Hyuk pegou uma foto e colocou diante das urnas de seus pais. As duas pessoas estavam voltando do trabalho quando se envolveram em um acidente. Ele se lembrava do rosto de Ha Ran na ocasião.

– Vocês vão ficar juntos pela eternidade… Depois de suas mortes, terei de encarar a realidade.

Lágrimas saíam dos olhos de Ha Ran quando ela disse aquilo.

Tae Hyuk murmurou bem baixinho:

“Não se preocupem. Vou proteger a Noona e Tae Min, não importa o que aconteça. E…”

“Ewh. Já preparei tudo.”

“Desculpe Tae Hyuk! A Noona cuidará do resto!”

O resto das pessoas que estava chegando um pouco depois começou a se aproximar. Eles colocaram uma esteira no chão e dispuseram comida sobre ela.

Todo ano, no mesmo dia. Era o dia de visitar seus finados pais. A família se reunia e se divertia compartilhando histórias.

“Kang Suk. Por favor, pegue algumas frutas.”

“Ah, me desculpe. Preciso fazer algo primeiro. Vou comer depois.”

“Huh?”

Kang Suk, que estava observando todos conversarem, se levantou de onde estava. Seu terno preto e óculos de sol lhe davam uma aparência assustadora. No entanto, ele tinha um olhar determinado. Kang Suk parou diante das urnas e abriu a boca:

“Mãe-nim, Pai-nim. Prazer em conhecê-los. Eu sou Cho Kang Suk e trabalho como detetive na Delegacia de Gang Dong. Embora não tenha nada de demais, estou seguro que poderei apoiar Seo Ha Ran.”

O rosto de Ha Ran ficou vermelho enquanto ela assistia a cena.

“Omo, Kang Suk é realmente…”

Kang Suk se curvou aos pais de Seo Ha Ran lentamente. Então, ele declarou com toda sua vontade:

“Eu certamente vou fazer Seo Ha Ran feliz. Pai-nim, Mãe-nim. Por favor, me deem sua filha!”

“…”

“D-Detetive-nim?”

“Whoa!”

A família mostrou várias reações diante das palavras de Kang Suk. Ele se levantou e pegou algo no bolso.

“Me desculpe Ha Ran. Isso devia ser feito em um lugar com uma atmosfera um pouco melhor. No entanto, eu queria cumprimentar seus pais.”

Kang Suk olhou para Ha Ran com olhos cheios de paixão. Então, se ajoelhou diante dela e perguntou, com a caixa de um anel em sua mão.

“Eu senti algo de especial desde quando te conheci. Você aceita se casar comigo?”

Ha Ran ficou de pé sem dizer nada, até que Tae Hyuk interrompeu tudo.

“Espera aí Kang Suk Hyung. Você não deveria fazer isso ainda. Eu queria que você me consultasse sobre algo tão importante. Como você pode simplesmente propor casamento? Deveria pelo menos alugar um lugar cinco estrelas e fazer um evento romântico… Ah! Eu não sei! Apague esse dia de sua memória. Vocês se encontrarão de novo semana que vem. Enquanto isso, vou…”

Ha Ran, que ficou em silêncio por algum tempo, de repente se jogou aos braços de Kang Suk.

“Sim! Eu quero!”

Na mente de Tae Hyuk, ele tinha a proposta perfeita para Cho Kang Suk fazer a Seo Ha Ran, mas tudo foi completamente destruído.

“Ugh… Se você aceitar… minha proposta… meu plano… Ah, ahhhhh!”

Tae Hyuk literalmente se jogou no chão e começou a gemer.

Kang Suk colocou o anel no dedo anelar esquerdo de Ha Ran. Assim, as duas pessoas prometeram se casar.

Kang Suk riu feliz da vida e disse:

“Agora, todos devem estar com fome. Vamos comer carne! Que tal carne? Carne!”

Tae Hyuk se levantou enquanto suspirava. A situação era boa para ambas as partes, então não havia nada que ele precisasse fazer.

Então, ele percebeu que seu plano foi um sucesso. Com isso, Kang Suk agora fazia parte de sua família. Ao contrário de sua vida anterior, cheia de desespero, ele havia mudado seu destino perfeitamente. Quando o peito de Tae Hyuk se aqueceu, a tela do Espelho de Revelação do Demônio apareceu diante dele.

 

 

‘O que? Pontos de Afinidade?’

Ele inesperadamente ganhou Pontos de Afinidade. Tae Hyuk engoliu em seco ao pensar nisso.

‘Não consigo isso apenas impedindo a morte das pessoas. Essa explicação não se aplica a esses últimos pontos que consegui. Isso significa…’

No final, ele finalmente viu qual era a verdadeira condição para obter Pontos de Afinidade.

‘Ao mudar o destino, as Habilidades Criminais se tornam mais fortes…’

O poder para mudar o destino. Essa era a identidade oculta dos Pontos de Afinidade.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame



Fontes
Cores