GoC – Capítulo 101 – Cúmplice (2)



Kang Suk relatou seu progresso ao chefe de polícia.

Originalmente, ele teria que entrar em contato com Kim Do Shik primeiro, mas o superintendente ordenou que qualquer coisa relacionada ao Fantasma fosse reportada diretamente a ele. Poderia ser devido à situação desagradável que aconteceu com o ex-comissário de polícia, no caso do Fantasma pegando o Bomber? O recém-nomeado comissário de polícia estava desesperado para pegar o Fantasma.

Kang Suk estava ciente disso, e disse da forma mais gentil possível:

“Antes de tudo, gostaria de negociar. Ele parece saber algo sobre o caso de Park Sung Yul.”

Então, ele ouviu uma voz irritada pelo telefone:

– Detetive Cho, o que isso significa? Hein? Desde quando a polícia trabalha com criminosos? E o caso Park Sung Yul? O que é isso?

Kang Suk ficou perplexo, mas terminou de falar da maneira mais calma possível:

“Eu enviei o relatório faz uma semana… também tenho novas informações que serão enviadas hoje.”

– Hrmm, mesmo? Você acha que eu sou uma pessoa desocupada, com tempo para se preocupar com essas coisas pequenas? No último fim de semana eu tive de ficar lidando com funcionários públicos e fiquei muito cansado. Eu te darei quantas tropas de apoio quiser. Vou me certificar de que os comandos do Detetive Cho sejam ouvidos. Eu também vou te levar para assistir a ópera este ano. Se você quiser algo mais, diga logo.¹

“Sim, entendido.”

A expressão de Kang Suk escureceu no mesmo instante. O superintendente queria dar prioridade à captura do Fantasma, ao invés de encontrar as vítimas de Park Sung Yul. Parecia que seus olhos ficaram vermelhos, pensando apenas na caça ao Fantasma.

No final, Kang Suk franziu a testa.

Hyun Ho, que esteve esperando pela conversa com o superintendente policial de Gang Dong, disse para Kang Suk:

“Suponho que as negociações não correram bem.”

“Sim. Para conseguir algumas tropas de apoio eu preciso capturar o Fantasma.”

“Whoa. Pegar esse monstro? Agora que ele tem armas…”

Joo Hyun Ho abriu uma planilha do Excel em seu laptop, que resumia o poder bélico atual do Fantasma. Ele ainda tinha duas bombas que poderiam levar edifícios abaixo, e isso não era tudo. Ele não obteve armas de fogo no caso do assassino da Tríade?

“Além disso, ele tem habilidades estranhas para se camuflar. Mesmo as forças especiais altamente treinadas não poderiam pegá-lo sem muito esforço.”

“Pode ser difícil, e provavelmente não vai acabar de forma simples. Você se lembra de como ele pegou o dinheiro no incidente do Bomber? É como se a polícia estivesse dançando na palma das mãos dele.”

Kang Suk suspirou.

“Ele parece ótimo quando você diz isso.”

“De qualquer forma, o que você fará?”

“O que? Seguirei os comandos do alto escalão.”

“Não fique muito deprimido. Se o Fantasma for preso, você pode tentar descobrir tudo o que ele sabe sobre Park Sung Yul durante um interrogatório.”

“Quem está deprimido?!”

Hyun Ho riu.

“Não é fácil acertar uma bola em um balde se você não souber como fazer isso. Primeiro, vamos nos concentrar na captura do Fantasma.”

“Isso parece ser o melhor…”

Seriam necessárias muitas preparações para as tropas se moverem, o oponente possuía armas e bombas. Muita preparação seria necessária para lidar com ele. Então Kang Suk falou, como se tivesse acabado de lembrar:

“Mas… realmente podemos pegar o Fantasma? Não sei se isso é possível.”

“…”

Mesmo o investigador genial não conseguia encontrar uma resposta.

 

*   *   *

 

Fantasma, o criminoso que a polícia estava procurando, estava em uma situação ligeiramente difícil no momento.

“Agora, tente.”

“…”

Tae Hyuk olhou para Eun Young, que estava tentando alimentá-lo com um sanduíche, com uma expressão confusa. Ele se recuperou o suficiente para lutar, mas era preciso manter isso em segredo dela.

‘Eu posso não ser capaz de voltar para a escola por um tempo, então precisarei da ajuda da presidente de classe. Vou fazer o que ela quiser.’

“Hum. Delicioso. É tudo caseiro?”

An Eun Young se animou ao ver que Tae Hyuk estava comendo o sanduíche.

“Sim!”

“Ah, por favor, passe isso para o professor-nim. É o meu diagnóstico.”

Tae Hyuk alcançou alguns documentos em uma gaveta, ele tinha preparado tudo com antecedência. Claro, era tudo falso. Não seria difícil conseguir isso. Depois de ver uma cópia original, ele só precisaria fazer alguns ajustes. Uma técnica que poderia forjar um atestado médico ou uma pintura…

Ele não pôde deixar de suspirar enquanto pensava sobre isso.

An Eun Young estreitou os olhos ao pegar o atestado médico e começou a examiná-lo cuidadosamente.

“Oito semanas?”

“Felizmente, o feriado de primavera está chegando. Acho que posso melhorar antes que voltem as aulas. Então estarei no terceiro ano…”

No final, An Eun Young explodiu. Ela agarrou o braço de Tae Hyuk e o apertou contra o peito.

“T-Tae Hyuk!”

“Eh? Eh?”

Tae Hyuk ficou confuso, então não pôde dizer nada por um momento. A distância entre os dois estava curta o suficiente para um abraço. Ele podia sentir a respiração dela, ele sequer poderia olhar para frente.

“Este quarto. É um quarto para uma pessoa. Ninguém poderá interferir.”

“O-oi?”

“Eu realmente estou aqui para fazer isso.”

“O que você quer dizer…?”

“Você vai ficar no hospital por um tempo, então tenho que fazer isso.”

“Espere um pouco, vamos com calma. Acho que você está um pouco excitada agora.”

“Oh, eu tenho pensado nisso por muito tempo.”

“O que você está fazendo?”

An Eun oung chegou mais perto de Tae Hyuk antes de pegar a bolsa que tinha jogado na cama e, então, ela voltou para onde estava.

“Eu peguei tudo o que é necessário… Não fique muito nervoso, preparei isso cuidadosamente, para todos os dias.”

“Ugh…”

Tae Hyuk gemeu.

A condição de An Eun Young era estranha. Então ele notou algo nas palavras dela.

“Todos os dias? N-não me diga…”

“Sim. Você precisa estudar.”²

“Ah…”³

An Eun Young começou a retirar livros e impressões de sua bolsa, com o rosto animado. Então, ela sorriu quando colocou tudo na cama.

“Você não acha que vai ficar para trás? Você precisa trabalhar duro para não ficar para trás, então poderá ir para a universidade. Temos que trabalhar duro para entrar na universidade.”

Tae Hyuk ficou sem palavras.

Ele havia prometido ir para a universidade com ela, mas parecia que ela tinha errado, ela pensava que iriam para a mesma universidade. No entanto, esta não era uma situação que ele poderia simplesmente corrigir.

Tae Hyuk engoliu em seco.

‘N-não me diga… Esses são sintomas de abstinência?’

An Eun Young era uma aluna modelo com uma Habilidade de Estudos. Ela estudava durante a maior parte do dia. Graças à sua habilidade, ela era muito boa em ensinar aos outros como estudar. No entanto, depois que foi aceita na universidade, ela não precisava mais estudar tanto quanto antes. Além disso, Tae Hyuk, com quem ela estudava diariamente, foi hospitalizado. Por isso, não parecia estar estudando como de costume.

Isso aconteceu tudo de uma só vez.

Tae Hyuk engoliu em seco. Ele não sabia se os sintomas de abstinência eram por causa da habilidade dela ou por causa de sua personalidade única. A única certeza era que ele teria de estudar com ela durante o dia todo. Era literalmente ‘só’ estudar.

“S-salve-me…”

 

*   *   *

 

Kang Suk terminou a conversa com o Fantasma e mostrou uma expressão determinada. Joo Hyun Ho, que estava acompanhando-o, ficou com uma expressão séria. Normalmente, ele não estaria assim, mas a situação era uma emergência.

Atrás de Joo Hyun Ho estava a unidade especial, esperando o superintendente da polícia.

Hyun Ho exclamou com uma voz baixa, que apenas Kang Suk podia ouvir:

“Ele é um cara incrível.”

Kang Suk ignorou a pessoa estranha usando um casaco e disse ao superintendente da polícia:

“Superintendente-nim, em meia hora. A reunião será no Prédio XX. Parece que ele aceitou negociar porque quer algo da polícia.”

O superintendente da polícia concordou com uma expressão satisfeita.

“Muito bem. Ele estará armado?”

“Provavelmente. Ele é muito cuidadoso e inteligente. Tenho certeza que pode fugir se houver o menor sinal de qualquer coisa acontecendo.”

“Sim. Em primeiro lugar, quero que você entre e fale com ele o máximo possível. Enquanto isso, as forças especiais entrarão para suprimi-lo.”

“Sim…”

A expressão de Kang Suk ficou feia. Mesmo se usasse um colete à prova de balas, o alvo era um terrorista em posse de armas e bombas. Ele estava sendo usado como isca para capturar essa pessoa.

Kang Suk não pôde recusar as ordens sem sentido.

Um superintendente da polícia que estava mais interessado em conquistas do que pegar criminosos. O comissário de polícia também pensava igual. Ele sentiu náuseas, mas não poderia fazer nada. Ele era o único que poderia agir como isca.

Kang Suk fechou a boca e balançou a cabeça. Ele decidiu sair da operação vivo, não importava o quê. E depois do incidente, Ha Ran…

“Então, Detetive Cho Kang Suk, por favor, vá para o local combinado. Todos estarão armados esperando pelo sinal.”

O superintendente possuía autoridade total, fornecida pelo comissário de polícia. Por isso, ele estava rígido.

O superintendente exclamou com uma voz indigna:

“É hora de tirar a máscara do Fantasma!”

O Prédio XX ficava a aproximadamente vinte minutos de carro. Kang Suk foi até o destino em uma van militar. O chefe em comando encarregado pelo veículo sorriu e disse:

“Detetive-nim, não se preocupe. Nossos membros foram treinados para competir com as forças antiterrorista dos Estados Unidos.”

Kang Suk torceu os lábios.

Ele iria enfrentar o Fantasma, que estava armado e com bombas, e iria sozinho. Se o adversário quisesse, poderia atirar na cabeça de Kang Suk.

Kang Suk resmungou sarcasticamente:

“Uma equipe bem treinada não conseguirá impedir que uma bomba exploda.”

“Huh? O que você disse?”

“Nada. Ah, esse parece ser o prédio.”

Era um prédio de três andares no centro da cidade. Ele era supostamente uma fábrica. As luzes estavam acesas, mesmo sendo tarde.

“Ele fez algum refém?”

Kang Suk se perguntou enquanto se aproximava do Prédio XX. Os soldados e a polícia ficaram esperando no meio da escuridão, para que o Fantasma não percebesse nada. Uma vez que o líder em comando enviasse um sinal, eles iriam entrar no prédio na velocidade de um raio.

Assim que a sombra de Kang Suk desapareceu, o líder em comando enviou uma ordem pelo rádio.

“Entrem em cinco minutos. Preparem-se.”

– Oi? Então o Detetive Cho…

“O que você disse? Eu te disse para ficar pronto em cinco minutos.”

O líder em comando sorriu.

Agora, pegar o Fantasma era mais importante que a vida de um detetive. Ele olhou para a escuridão, seus olhos cheios de ganância.

 

*   *   *

 

Kang Suk nunca sonhou que alguém com quem trabalhava o apunhalaria pelas costas.

Assim que chegou à entrada do Prédio XX, um guarda o deteve.

“Esta é uma propriedade privada. Você não pode entrar.”

Kang Suk mostrou o distintivo da polícia discretamente.

“É uma situação de emergência. Recebi um relatório dizendo que um criminoso está escondido aqui.”

O guarda gaguejou, em pânico com as palavras de Kang Suk:

“I-isso, para entrar, um mandado…”

Kang Suk pegou a arma que estava em sua cintura.

“Eu disse que é uma emergência.”

Um terrorista com armas e bombas estava escondido no local. Era uma das poucas situações em que um detetive coreano poderia disparar um tiro.

“G-gu…”

O guarda assustado recuou.

Kang Suk não hesitou em chutar a porta de ferro, quebrando a fechadura antes de entrar.

“O Fantasma estará no subterrâneo…”

Ele teria que se apressar ao máximo possível. Kang Suk correu como o vento em direção ao seu destino. Mulheres pálidas gritaram, confusas, mas não conseguiram parar Kang Suk. No final, ele chegou à porta do porão, onde o Fantasma estaria esperando.

“Em primeiro lugar, eu deveria esconder a arma.”

Ele guardou a arma e abriu a porta lentamente. Ele falou em voz baixa para quem estava esperando-o.

“Fantasma… como prometido, estou aqui.”

As tropas especiais chegariam alguns minutos depois. Eles atirariam todas suas balas contra o Fantasma, sem se preocupar com a vida de Kang Suk.

“Fantasma…?”

Kang Suk percebeu que não havia ninguém no local. Havia apenas uma pequena mesa. A máscara do fantasma estava em cima dela.

Quando ele olhou ao redor, um grito pôde ser escutado:

“Entrem, entrem!”

Dezenas de pessoas entraram na sala, com as armas apontadas para frente.

Kang Suk torceu os lábios.

“Vocês não deveriam esperar o sinal?”

O chefe em comando percebeu que Kang Suk estava sozinho.

“Onde está o Fantasma?”

Kang Suk apontou para a mesa discretamente.

“Ele não veio?”

“Talvez tenha descoberto a operação…”

O líder em comando jogou o rifle no chão e amaldiçoou:

“O que? Foi um truque? Nós caímos em uma armadilha? Caceeeeete!”

Kang Suk cuspiu um pouco de poeira. Se o Fantasma estivesse no local, então Kang Suk também teria morrido. Bastardos.

O líder em comando se aproximou da mesa e socou a máscara do fantasma.

“Kuak!”

Então ele gritou. Sangue começou a jorrar por toda parte.

“Pff… Idiota.”

Kang Suk só podia pensar isso. Ele sacudiu a cabeça e se aproximou do líder em comando, que estava segurando o punho.

Ele ainda estava amaldiçoando o Fantasma.

“Você está bem?”

“Eu pareço bem?”

“Talvez você devesse ligar para uma ambulância.”

“Ligue você.”

O líder em comando gritou com Kang Suk.

Kang Suk limpou os cacos da máscara. Havia um tablet com bordas pontiagudas junto. Era uma armadilha feita para ferir a mão de quem quer que tentasse destruir a máscara sem antes verificar o que estava por baixo dela.

“Se isso fosse uma bomba, todos nós estaríamos mortos.”

Kang Suk estalou a língua enquanto olhava para o tablet. Uma vez que a máscara desapareceu, o vídeo pré-gravado começou a ser reproduzido.

O rosto do Fantasma estava brilhando na tela.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Nota 2: Eu jurava que o Tae Hyuk ia descabelar o palhaço no hospital…

Nota 3: Ele ficou tão decepcionado quanto eu…



Fontes
Cores