GoC – Capítulo 100 – Cúmplice



“Sunbae, você pode me dar os recortes dos jornais?”

“Sim.”

Hyun Ho, que estava organizando os materiais na sede da investigação, chamou Kang Suk, que estava sentado por perto. Eles estavam investigando toda a trajetória de um homem. A carga de trabalho era muito maior do que o esperado. Ele não foi capaz de ir para casa durante alguns dias, desde que havia retornado da Penitenciária Dragão Azure.

O mesmo se passava com Kang Suk. Ele estava escrevendo um relatório que teria de ser entregue aos superiores em poucas horas.

“Aqui.”

Hyun Ho recebeu o relatório de Kang Suk e verificou tudo o que seria necessário antes de bocejar e se levantar.

“Isso nunca termina… Um investigador genial está lidando com a papelada. Eu deveria pedir mais gente para o chefe.”

“Isso seria bom. Vamos sair e tomar um pouco de café.”

“Sim.”

O rosto de Hyun Ho se iluminou com o pensamento de uma pausa. Kang Suk saiu da sede de investigação e foi até uma máquina de venda automática no corredor. Hyun Ho estava logo atrás dele. Por já ser tarde, não havia ninguém por perto.

Kang Suk tirou uma nota de mil won¹ do bolso e perguntou:

“Preto?”

“Hoje quero açúcar. Ele será necessário para eu continuar trabalhando.”

“É mesmo? Eu normalmente prefiro ir até cafeterias.”

Kang Suk compro um café com muito açúcar e creme. As duas pessoas conversaram enquanto tomavam o café, encostados na parede.

“Já não passou da hora de recebermos os resultados do exame de DNA?”

“Ele deve chegar esta noite ou amanhã. Se isso bater, então precisaremos de algum apoio.”

Hyun Ho estava esperando pela identidade do corpo encontrado há alguns dias. Era a única pista que tinham encontrado ao resolver o enigma de Park Sung Yul. Eles precisavam saber quem era, para que pudessem especificar Park Sung Yul como o culpado do caso.

Naquele momento, o telefone de Kang Suk começou a tocar.

“Os resultados estão prontos?”

“Sim. Há uma probabilidade de noventa e oito por cento de que o corpo seja de algum membro da família da dona da pensão.”

“Então agora podemos começar uma investigação completa…”

Ficou claro que Park Sung Yul estava envolvido em mais um assassinato.

Kang Suk engoliu o pouco de café que ainda estava em sua lata. Então, ele a apertou e jogou no lixo.

“Não temos que fazer algo antes?”

“Huh?”

Algo para fazer antes da investigação?

Hyun Ho olhou para Kang Suk, confuso.

 

*   *   *

 

“Sniff… J-Ji Young…”

A dona da pensão onde Park Sung Yul vivia, a mãe de Kim Ji Young, começou a chorar.

O Instituo Nacional de Investigações Científicas terminou as investigações a respeito do cadáver e o cremou. A dona da pensão desabou ao ver sua filha voltando para casa depois de quatro anos.

Hyun Ho disse para Kang Suk, que estava sentado ao lado dele, com uma voz baixa:

“Eu estava muito envolvido na investigação, esqueci qual era a coisa mais importante por um momento.”

Kang Suk colocou a mão na cabeça de Hyun Ho, sem dizer nada. Ele ficou surpreso e pulou para dois metros de distância de Kang Suk.

“Hyah! S-Sunbae! Você gosta de coisas assim?”

“O que você tá falando…? Quer que eu esmague sua cabeça?”

Hyun Ho balançou as mãos desesperadamente.

Kang Suk pegou um lenço e entregou à dona da pensão, falando:

“Sinto muito por fazer você esperar.”

Ela aceitou o lenço e falou enquanto enxugava as lágrimas:

“Não, detetive-nim. Estou muito grata por ter Ji Young em casa novamente.”

“…”

“Eu não sei por quanto tempo procurei. Viajei pelo país espalhando panfletos falando que ela estava desaparecida… Todo dia eu vou para algum lugar que ela gostava de ir… Se você não tivesse a encontrado…”

Os olhos de Kang Suk estavam vermelhos. Foi a primeira vez que ele sentiu dor no coração ao receber os agradecimentos de alguém.

“Agora que você a encontrou, eu posso fazer um funeral… posso me despedir de minha filha.”

Kang Suk abriu a boca e disse à dona da pensão:

“Obrigado por sua cooperação. Por favor, entre em contato comigo quando for acontecer o funeral.”

A dona da pensão se curvou antes de falar algo mais. Então, ela sussurrou enquanto abraçava a preciosa urna:

“Ji Young, a mamãe está aqui. Cozinhei suas costelas favoritas… você deve ter ficado com fome por um tempo, huh?”

Kang Suk e Hyun Ho olharam um para o outro e não disseram nada enquanto a dona da pensão partia.

“Huu…”

Kang Suk se encostou no sofá e suspirou. Ele colocou o braço na testa, como se estivesse cansado. Uma voz rouca saiu de sua boca:

“Aquela tia… Até o final, ela não disse nenhuma palavra de ressentimento a respeito de Park Sung Yul. Pelo contrário, talvez esteja com pena por ele ter se tornado um assassino. O que é aquele bastardo? Gente… droga…”

Hyun Ho olhou para Kang Suk e disse em voz baixa:

“Sunbae, a média de pessoas desaparecidas supera trezentas mil por ano. Nem todos são vítimas de crimes encobertos, mas…”

Kang Suk se levantou e gritou:

“Você está feliz por ter encontrado o corpo?”

“…”

“Sinto muito… Se está cansado, não quer passar em uma sauna? Eu pago.”

“Não, obrigado. De qualquer forma, você investigou o que pedi?”

Faziam dez dias desde que o corpo de Ji Young foi encontrado. Além disso, desde então, Park Sung Yul ficou em silêncio. Então, quanto tempo levaria para encontrar as outras doze pessoas que ele disse ter matado?

A melhor maneira para descobrir isso seria colocando um espião na Penitenciária Dragão Azure, onde Park Sung Yul estava sendo mantido. Ele tentou encontrar alguém usando todas as conexões que possuía, mas não conseguiu.

“Muitas coisas precisam ser feitas. Isso é muito para qualquer criminoso que eu conheça.”

No entanto, ele não conseguiu ouvir uma resposta positiva de Hyun Ho.

“Então, eu disse para você verificar com os outros detetives se eles teriam alguém em mente.”

Detetives que pegaram criminosos estavam bem conscientes da natureza deles. Então poderiam conhecer pessoas de dentro de algumas organizações criminosas.

“Eu sei. A maioria deles está ocupado com algum trabalho. Além disso, os criminosos que estão em liberdade ficaram receosos ao escutar sobre a Penitenciária Dragão Azure. Eles disseram que lá só existem monstros.”

“Huu…!”

Kang Suk suspirou. Ele faria isso sozinho se pudesse. No entanto, existiam dois criminosos na Dragão Azure que ele conhecia. Um era Park Sung Yul, o outro, era Yoo Cheol Ho.

“Eu não tenho nenhuma escolha…”

Joo Hyun Ho lembrou de como Kang Suk disse, há poucos dias, que apenas o Fantasma poderia fazer algo do tipo.

“Ainda assim, trabalhar com o Fantasma…”

“Ele é o melhor. Você não ouviu sobre o caso de terrorismo? O Fantasma pode usar o mesmo rosto que outras pessoas. Ele também sabe muito sobre os criminosos. Além disso, não se lembra do incidente com o Bomber? Ele entrou na mente do culpado. Se for o Fantasma, ele poderá conseguir extrair tudo de Park Sung Yul.”

Hyun Ho lutou com o Fantasma. Ele não queria reconhecê-lo, mas ele era assustadoramente habilidoso.

“Mas ele vai querer se tornar fonte de informação policial…?”

“Vou me ajoelhar e implorar caso ele entre em contato comigo. Ele não é um sociopata que não entende os sentimentos humanos. Se eu pedir…”

A fim de descobrir a verdade por trás dos assassinatos, um detetive estava disposto a se ajoelhar diante de um assassino.

“Sunbae…”

Mas Hyun Ho não queria ver isso. No final, ele disse algo, com uma expressão determinada.

“Que tal se pagarmos? Ele disse que iria capturar criminosos se fosse pago.”

“Bem, isso não é como no caso do Bomber. Eu não acho que teremos um orçamento de cem milhões de won² para o caso… Mas parece ser a melhor opção. Vou perguntar ao comissário.”

“Se você não tiver orçamento, posso ajudar. Eu irei cooperar o máximo possível com o Fantasma.”

Kang Suk balançou a cabeça em silêncio. Ele decidiu tentar tudo o que podia, ajoelhando-se como um último recurso.

“De qualquer forma, primeiro precisamos que o Fantasma entre em contato comigo…”

“Continue falando, ele pode ligar se os ouvidos dele começarem a coçar.”

“Aish, não acredito.”

Dururur~

De repente, Kang Suk recebeu uma ligação. Ele olhou para o telefone.

 

Chamando: Deus do Crime.

 

“Eh! Sunbae! O Fantasma realmente ligou? O ouvido dele coçou!”

“Shhhh, eu preciso ficar calmo para atender.”

Ele apertou o botão para atender e levou o telefone até o ouvido.

– Você tem passado bem, Detetive Cho Kang Suk?

Kang Suk engoliu em seco e abriu a boca calmamente.

 

*   *   *

 

Tae Hyuk estava conversando com An Eun Young enquanto estava deitado na cama.

“Eu tenho de ficar no hospital por umas duas ou três semanas. Por favor, diga ao Professor Jung Nam Ho.”

– S-sim! Mas se você estiver hospitalizado, venha para o nosso hospital… Não. Se você puder ser transferido, não poderia vir para o nosso hospital amanhã? Há um quarto particular vazio.

“Não. Eu tenho que ficar aqui.”

-E-então me passe o endereço! Vou fazer um almoço delicioso e levar para você!

Tae Hyuk engoliu em seco.

An Eun Young estava estranhamente ativa havia uma semana.

Tae Hyuk descobriu que a mãe dela tinha falecido antes de ela chegar ao hospital e, então, usou uma Habilidade Criminal para enganá-la. Ele atuou como a mãe dela, que estava feliz em ouvir sobre a admissão da filha na universidade.

Ele definitivamente fez isso para An Eun Young, mas ainda não podia deixar de pensar se tinha feito o correto³. A presidente de classe pensaria que isso era verdade pelo resto da vida. Talvez ele tenha cometido um crime irracional. Portanto, se sentia culpado sempre que escutava a voz dela.

“Eu acho que amanhã já estarei melhor… Você pode vir então?”

– Sim!

“Certo. O lugar…”

Tae Hyuk passou o endereço do hospital. Ele iria destruir o local em alguns dias, então não faria mal descansar um pouco.

– Então te vejo amanhã. Eu vou levar muitas coisas deliciosas!

Tae Hyuk terminou a conversa com An Eun Young e ligou para Kang Suk. Claro, ele usou o telefone do Fantasma.

 

 

Ele não sabia se era por causa de suas Habilidades Criminais ou de sua resistência ter superado os cinquenta pontos, Tae Hyuk estava se recuperando rapidamente. Ao olhar para sua aparência, seria impossível dizer que ele tomou um tiro na cabeça.

‘Então, é hora de me mover.’

Na verdade, ele queria ficar parado por mais uma semana, no mínimo. No entanto, havia algo que não poderia deixar de fazer.

‘O segundo enigma de Park Sung Yul não seria enviado três dias depois?’

Park Sung Yul, o serial killer que matou quatorze pessoas.

Ele disse que enviaria enigmas para a polícia. Tae Hyuk só tinha informações superficiais sobre o caso. Suas lembranças a respeito disso eram ligeiramente embaçadas. Ele já estava morto quando Tae Hyuk foi preso.

‘Ele se suicidou.’

Park Sung Yul havia revelado seus enigmas para a polícia. Ele sentiu uma grande alegria quando viu a polêmica que havia criado, a polícia era completamente incapaz de resolvê-lo. No entanto, havia um investigador genial na equipe responsável pelo caso. Apesar de ter demorado muito tempo, ele acabou resolvendo todos os enigmas.

Park Sung Yul seria encontrado morto em um banheiro.

Tae Hyuk sabia o final do caso. Infelizmente, poucos sabiam como foram os enigmas. Originalmente, ele teria ignorado o caso, já que todas as vítimas acabaram morrendo e tiveram os corpos escondidos em algum lugar. Ele não receberia nenhum Ponto de Afinidade e também não conseguiria nenhuma arma que poderia usar no futuro, como no caso do assassino da Tríade.

No entanto, Tae Hyuk agora tinha um motivo para capturar Park Sung Yul. Na Penitenciária Dragão Azure estavam as barras de ouro escondidas pelos japoneses. Seria difícil entrar lá, mesmo com as habilidades do Fantasma. Ele pretendia usar o pretexto de uma cooperação com a polícia para se infiltrar no local.

‘Espero que eu possa conseguir todo o ouro sozinho.’

De qualquer forma, isso resolveria o caso que faria a polícia parar por dois anos inteiros. Com certeza não seria ruim. Tae Hyuk abriu a boca depois de confirmar que Kang Suk havia atendido a ligação.

“Você tem passado bem, Detetive Cho Kang Suk?”

– F-Fantasma…!

“Você parece estar trabalhando com algum enigma difícil enquanto eu dei uma pausa no trabalho.”

– Como você sabia…?

“Esse é um segredo. Eu entrei em contato com você hoje porque quero dar um presente para a polícia.”

– E as armas e as bombas do assassino? Se você entregar, conversarei com o comissário para reduzir sua pena.

“Eu te dei uma oportunidade. A polícia me traiu. De qualquer forma, as bombas estão em um lugar seguro. Então, a única coisa que preciso é falar com você pessoalmente.”

– Você quer me ver?

“Sim. Daqui dois dias, de noite. Eu entrarei em contato com você para passar mais detalhes.

– Espere um pouco…!

Tae Hyuk ignorou os gritos de Kang Suk e desligou o telefone. Quando a notícia se espalhasse, todos ficariam em choque.

Ele fechou os olhos e pensou em como tirar o máximo de proveito possível disso.

Primeiro, ele precisaria de um tempo.


Se você gosta do nosso trabalho e quer nos ajudar,
não esqueça de nos Avaliar e dar seu Feedback,
isso é muito importante para todos nós.
🉐


Tradutor: Fefe  |  Revisor: Ryokusan000  | Editor: Blame


Nota 1: R$3,49 em 18/06/2018.

Nota 2: R$348.563,81 em 18/06/2018.

Nota 3: Foi uma das poucas vezes até agora que ele fez algo bom sem nenhum motivo e, ainda assim, se arrepende disso. Dá pra entender?



Fontes
Cores