DDf – Volume 3, Capítulo 3.8 – A cadeia de montanhas está queimando



O Guardião do Norte, Marquês de Rosenberg, Georg von Rosenberg

Calendário Imperial: 01/03/1506

Montanhas Negras, Desfiladeiro

 

“Ataquem! Não descansem, continuem atacando!”

Nossas fileiras de infantaria avançavam uma após a outra. Não havia tempo para descanso. Até que a noite acabasse, não haveriam pausas. Antes de termos destruído as cercas de madeiras, massacrado os soldados inimigos, e conquistado a vitória tomando a cabeça do Lorde Demônio, até lá não haverá pausa. Matem-os, cortem-os, deixem-os em pedaços… Comandos que não eram propriamente palavras, mas sim na verdade nada mais do que som explosivos, saiam livremente.

Uma flecha aleatória veio na minha direção e cortou meu ombro. O sangue escorreu e senti meu corpo esquentar. Os capitães não perceberam o meu ferimento. Bom. Era melhor assim. Era muito melhor que eles não soubessem do meu arranhão. As batalhas noturnas não eram assim mesmo? Eu gritei, expulsando a energia quente que estava fervendo dentro de mim.

“Esmaguem-os!”

As palavras desapareceriam no campo de batalha e apenas ruídos ecoavam. Lança! Lança…! Um cavaleiro que havia derrubado a sua arma no meio da investida começou a gritar por ela. Ele pegou uma lança, sem saber que havia entregado para ele, e voltou ao ataque. Eles estavam cobertos pela nuvem de neve produzida pelos cascos dos cavalos, então os soldados não estavam claramente visíveis. Mais uma vez, alguém gritou, ‘Lança…! Lança…!’ e foi consumido pela neve. Eu conseguia enxergar vividamente algo nas costas dos cavaleiros que estavam avançando e sendo engolidos pela nevasca. Apesar de não saber o que era, eu tinha certeza de que era algo que não podia ser descrito com palavras. Isto, talvez, era algo que ia além da vida e da morte. Algo que as superava.

Os capitães falaram.

“Há menos inimigos que o esperado, general.”

“E nós também não conseguimos ver a cavalaria inimiga.”

Eu balancei a cabeça concordando.

“Parece que há menos de três mil. O Lorde Demônio deve ter escapado antecipadamente com a sua Guarda Real. Estes homens estão resistindo para ganhar tempo de fuga para o Lorde Demônio.”

A minha previsão foi exata.

Dantalian reagiu rapidamente à notícia da derrota de Marbas. Enquanto mandava as bruxas para executar uma tática de distração, Dantalian recuou com a sua força principal. Se eu tivesse esperado até o amanhecer, então as forças principais do Lorde Demônio já teriam percorrido todo o caminho até a Fortaleza Negra sem receberem um arranhão.

Oh, mas que pena Dantalian.

A sua ansiedade condenou você. Na verdade, se não fosse você ter mandado as suas bruxas, então eu provavelmente teria esperado até o amanhecer. Isto quase com certeza definia o ditado ‘ o feitiço se voltou contra o feiticeiro’.

Mesmo que o Dantalian conseguisse escapar com seus guardas, estava tudo bem. Apesar de ser lamentável que não conseguiríamos cumprir nossa cota de Lordes Demônios mortos, aniquilar a sua força principal por si só já seria um grande feito.

Meu maior objetivo era impedir que a Princesa Imperial monopolizasse os louros da vitória. Isto já me deixaria satisfeito.

“Nós atravessamos as cercas de madeira!”

“General, nossa infantaria conseguiu passar!”

Os capitães se animaram.

Para começo de conversa, nossas forças superavam o inimigo em números. Assim como uma pessoa se agarraria a um tronco caso caísse em um rio, os soldados inimigos estavam confiando naquela cercazinha e aguentando.

Já que as tropas inimigas estavam no meio da retirada, eles não conseguiram montar as defesas apropriadamente, e agora, a quantidade que já era pequena de estacas defendendo-os já havia tombado. Com o que os inimigos poderiam se defender agora? Sejam arrastados pela correnteza do rio dos nossos soldados e se afoguem!

“General, por favor, nos dê a ordem para atacar com todas as forças!”

“Deixe-nos fazer parte da glória desta grande vitória!”

“Mm. Vão.”

Eu balancei minha cabeça aprovando.

Rugindo, os capitães balançaram suas bandeiras. Finalmente, nossas tropas reservas também avançaram para a linha de frente. O som das trombetas ressoou.

As trombetas de cada companhia de soldados tinha um tom diferente, mas o campo de batalha era caótico demais para conseguir distinguir os tons. Este caos terminará logo, assim que a batalha acabar.

 

—…

 

Em meio ao barulho, certo tom singular veio ao meu ouvido. De fato, era o som de trombetas.

No entanto, o som parecia estar mais longe e mais ao alto do que os outros.

 

— Buuu…

 

Ao menos eu tinha certeza de que esse som não estava vindo das nossas tropas. Então ele estava vindo dos demônios? Se fosse isto, então o som deveria estar vindo da frente, mas ainda assim, eu estava ouvindo ele a partir da floresta ao lado. Seguindo o som, eu olhei para a floresta de pinheiros.

 

— Buuuuu, buuu…

 

O som se aproximava. Estava se aproximando com uma velocidade mais rápida do que uma pessoa correndo. A trombeta não estava sendo soprada por soldados de infantaria, mas sim por de cavalaria. O luar atravessou pelos vãos entre as nuvens. Na floresta que estava sendo fracamente iluminada, os galhos dos pinheiros sacudiram. Os pinheiros tremeram e derrubaram a neve.

Recebendo a neve caída dos galhos, uma garota saiu de dentro do pinheiral.

A garota estava montada em um cavalo negro. Ela retirou com leveza a neve que havia caído na sua cabeça. Junto a este movimento da jovem, o cavalo negro bufou. Uma nevasca estava acontecendo, mas o vendaval estava evitando a jovem, fazendo com que fosse a única pessoa intacta no meio do vento agressivo do inverno.

 

“…”

Ela olhou para esta direção. Parecia que ela havia me olhado nos olhos, entretanto, eu não senti o seu olhar com os meus olhos, mas sim com todo meu corpo. Seus olhos eram indiferentes e sem emoções, assim como o inverno. Ela simplesmente estava lá, como o vento. A jovem abriu a sua boca.

As palavras que ela falou provavelmente foram essas:

 

— Massacrem-os.

 

E foi só isso.

No momento em que suas palavras encontraram o ar noturno.

O som das trombetas soou furiosamente.

 

— Buuuuuuuu.

 

Um número incontável de soldados de cavalaria dos demônios saíram de dentro do pinheiral. Centauros nascidos com o rosto de humanos e pernas de cavalos soltaram gritos de guerra. A cavalaria dos demônios saltaram sobre as nossas defesas traseiras, as cercas de madeiras, e avançaram ainda mais para atacar as costas das nossas tropas.

Como foram pegos por trás subitamente, nossos soldados acabaram caindo em confusão. Apesar de terem tentado organizar uma defesa, não havia espaço. As cercas de madeira estavam atrapalhando. Graças ao choque imenso, eu só pude assistir a cena dos meus soldados correndo de um lado para o outro em confusão, se afastando mais e mais.

Os capitães que eu podia comandar, e os capitães que escutariam às minhas ordens e as passariam adiante, não estavam ao meu lado. E acima de tudo, já era tarde demais. Mesmo que eu corresse no meio deste campo de batalha caótico, mesmo que eu colocasse minha vida em risco, eu jamais conseguiria mudar o destino desta batalha. A intuição que me acompanhou durante minha vida inteira declarou.

Que esta era a minha derrota.

Aah.

Aaah —.

Nossos soldados continuavam sendo encurralados. Tentando se esconder atrás das estacas de madeira, os soldados trombavam uns nos outros. As proteções de madeira não conseguiram aguentar os ataques e caíram. Os homens foram ao chão e ao cair na terra levantaram nuvens de neve. Os soldados se debateram em cima da neve.

A garota estava sobre o seu cavalo à beira da floresta, observando a batalha do alto. A respiração saindo dos lábios formava fumaça e subia. Ela não se movia. Parecia que o campo de batalha era completamente irrelevante para ela.

Oh, Deuses.

Como vocês puderam dar a um Diabo?

Como vocês puderam dar o triunfo a um Diabo?

Foi para cumprir tua justiça sobre a nossa terra? Esta derrota deste velho é justa perante a tua justiça? É parte de o teu grande plano permitir que um Lorde Demônio, que massacrou, queimou, e ridicularizou prisioneiros inocentes, conquiste a vitória?

“…”

Eu olhei fixamente para o céu.

As bruxas e os magos estavam lutando intensamente no céu noturno. No entanto, a intensidade que as bruxas haviam recebido anteriormente havia se invertido no decorrer do combate, e agora os magos estavam aguentando a ferocidade delas. As bruxas, cujos números antes estavam abaixo de vinte, agora pareciam ser mais de trinta. Nossos magos caíram. Eles caíram com suas cabeças arrancadas e seus braços cortados. Eles se tornaram flores vermelhas do inverno, e suas pétalas foram arrancadas uma a uma.

 

Então eu fui enganado.

Eu fui enganado e, portanto perdi.

E como eu perdi, eu deveria morrer.

 

“…”

Coloquei meu capacete.

Congelado pelo vento do inverno, o capacete estava frio. A sensação frígida do ferro entrou profundamente na minha cabeça e nos meus pensamentos. Enquanto esquecia-me dos Deuses e descartava a justiça da minha mente, eu simplesmente encarei o caminho para avançar à frente.

O jovem ajudante agarrou as rédeas do meu cavalo.

“Vossa Excelência, para onde você pretende ir…?”

“Eu temo a humilhação que receberei por retornar vivo. Você pode ir embora. Monte no meu cavalo reserva e vá para longe.”

O rapaz não foi embora. Ele montou no cavalo reserva e sacou uma espada. Eu não podia impedi-lo.

Depois de direcionarmos nossos cavalos e corrermos em direção as forças inimigas, o garoto foi o primeiro a cair ao ser atingido por flechas. Ele aguentou três flechadas. Logo após uma delas perfurar a sua garganta, o rapaz caiu de cima da sela. Eu ainda não havia caído, então continuei a investida.

E naquele momento, alguém gritou para mim.

“Olha só, se não é mesmo o Marquês!?”

“…!”

Meus olhos foram puxados para a direção daquela voz que eu não ousava pensar em esquecer.

Em cima de um monte de homens e cavalos, o Lorde Demônio estava montado sobre a sua montaria.

O Lorde Demônio deu um grande sorriso.

“Para onde você está indo com tanta pressa, Marquês!? Esta noite não está linda? A neve não está maravilhosa? O sangue dos soldados esparramado por todos os lados também não está esplêndido? Se você estiver com tanta pressa assim, então você vai acabar perdendo essas paisagens. Vá mais tranquilamente!”

“… Seu filho da puta”.

“Ah, o Marquês pode ser um pouco velho demais para aproveitar a paisagem. Com a sua idade você pode ter se mijado ou cagado por causa dos acontecimentos surpreendentes de hoje à noite. Mas não se preocupe. Afinal, eu sou educado com os idosos. Eu cuidarei de toda a sua urina e de suas fezes.”

Dantalian gargalhou com seu rosto voltado aos céus.

“Por favor, não recuse. Nós não temos uma relação especial, Marquês?”

“Seu desgraçado—!”

Eu avancei com meu cavalo em direção ao o local onde o Lorde Demônio estava.

Os centauros vieram rapidamente contra mim para protegê-lo.

Enquanto eu cortava e decapitava centauros desesperadamente, algo muito forte bateu contra a minha nuca. Minha cabeça tremeu e eu perdi o equilíbrio.

Meu rosto foi coberto pela neve fria. Enquanto sentia meu rosto esfriando e minha nuca esquentando, eu fechei meus olhos.

O som da risada sem emoções da Princesa Imperial soou no meu ouvido.

 

— Sir Rosenberg, Sir Rosenberg. Oh, Sir Rosenberg……

 

E então eu desmaiei.

 

 

 

 

 

O Guardião do Norte, Marquês de Rosenberg, Georg Von Rosenberg.

Calendário Imperial: 01/03/1506

Montanhas Negras, Desfiladeiro.

 

— No momento em que eu abri meus olhos, eu enxerguei um homem e garotas sentados no chão e encostados uns nos outros. O homem estava vestindo roupas negras. Ele estava afagando lentamente uma garota com cabelo louro platinado que estava usando seu colo como travesseiro.

Eu não tinha certeza do motivo para ela estar tão radiante, mas a jovem estava esfregando as bochechas contra o colo do homem. Havia uma bandagem enrolada na cabeça dela.

Do outro lado, havia uma outra garota sentada junto a ele. Era possível escutar o som de páginas sendo viradas.

Eu fechei meus olhos e os abri de novo. Isso era realidade? Ou isso era só fantasia? O mundo os cercando parecia ser puramente branco, totalmente coberto de neve. A luz do sol estava sendo refletida irregularmente, então as fronteiras entre a realidade e a alucinação estavam tênues.

 

— …?

—…

 

Eles sussurravam palavras que eu não conseguia entender. A garota de cabelo loiro platinado ficava rindo constantemente, o homem ria de vez em quando, e a garota loira não ria nunca. Naquele local, todos eles pareciam estar fundidos como um só ser.

Ao longe, uma garota de cabelo rosa se aproximou segurando uma bandeja. O homem e as garotas receberam pratos de comida da bandeja. E naquele momento, a de cabelo rosa apontou para a minha direção e falou algo. O homem olhou para mim.

Splash

Água morna encharcou minha cabeça. Eu tossi e levantei meu corpo. Havia sangue misturado à minha tosse.

Depois de cuspir um pouco de sangue, minha cabeça clareou e minha visão voltou ao normal. O homem e ela não estavam sentados em um círculo de luz. Havia um número incontável de corpos espalhados ao redor deles.

“Marquês, vejo que você está vivo.”

Falou ele.

“Considere uma sorte muito grande o seu destino te manter vivo. Se a Humbaba tivesse morrido, então eu também teria te matado.”

“…”

Eu cuspi o sangue que estava na minha boca e falei.

“Por que você me poupou?”

“Eu não te poupei. Você sobreviveu absolutamente por conta própria. Apesar de termos usado cordas para te prender quando você desmaiou, só fizemos isso. Nós não te tratamos ou cuidamos de você.”

‘Você sobreviveu por conta própria. ‘

Meu coração ficou entorpecido ao ouvir o que o Lorde Demônio disse. O que eu estava tentando ganhar sobrevivendo? Qual exatamente era a parte oculta da minha mente que estava se debatendo desesperadamente para que eu continuasse vivo?

“… O que você planeja fazer comigo?”

“Eu sou seu inimigo, e você também é meu inimigo. Como não há um relacionamento que seja mais próximo que o nosso, eu lhe darei minhas simpatias.”

O Lorde Demônio deu uma risadinha.

“Respeitar os mais velhos é uma etiqueta que transcende tanto raça quanto nacionalidade. Eu o libertarei.”

Meu corpo se enrijeceu.

As garotas ao lado do homem estavam olhando para a minha direção com os rostos estoicos.

Seus rostos inexpressivos pareciam ser o verdadeiro rosto da morte.

“… Me mate. Não me solte, me mate.”

“Pense direito, Marquês. Se você sobreviveu por conta própria, você também não deveria morrer por conta própria? Ah, seria inconveniente eu mesmo arrastar um velho pelo caminho. Eu designarei um dos seus cavalariços como seu servo. Não fique tão desapontado.”

“Os soldados… O que aconteceu com meus oficiais e com meus homens?”

“Todos eles morreram.”

“Ainda assim, não houve nenhum combatente que sobreviveu?”

Dantalian sorriu.

“Nós matamos todos eles.”

Aah.

Eu vomitei sangue. Meus órgãos internos se levantaram e retorceram. Depois de vomitar algo molhado e macio, eu desmaiei mais uma vez.

Oh Deuses.

Oh Deuses.

 

 

 

 

 

O Rei da Escória, 71º Rank, Dantalian.

Calendário Imperial: 01/03/1506

Montanhas Negras, Desfiladeiro.

 

Enquanto olhava o Marquês sendo levado em uma maca, Lapis falou.

“Vossa Alteza. Há alguma razão para você ter poupado à vida daquele homem? Os Rosenberg são uma família de grande prestígio entre os nobres, eles lutaram contra os exércitos dos Lordes Demônios por gerações. Se Vossa Alteza cortar o pescoço daquele homem, então a grandeza deste ato abalará o mundo inteiro.”

“É por isso que eu não posso cortar o pescoço dele.”

Eu afaguei suavemente o cabelo da Humbaba, que estava deitada no meu colo. Humbaba miou imitando o som de uma gata. Um batedor havia encontrado a Humbaba, que havia caído na neve próxima a Fortaleza Branca, e a trouxe de volta. Felizmente, os seus ferimentos não eram graves. Eu perguntei a ela o que ela queria. Ela respondeu imediatamente.

 

— Deitar no seu colo!

 

Eu fiquei mais do que feliz em aceitar este humilde pedido. Desta vez Lapis também não disse nada se opondo a isto. Todos nós reconhecemos as contribuições feitas pelas bruxas. Um dia eu consolarei as bruxas com uma verdadeira recompensa, não algo como um simples travesseiro de colo. Enquanto sorria, eu falei.

“Marbas foi derrotado e até mesmo a Barbatos foi encurralada. Como eu poderia triunfar tão grandiosamente com o progresso da guerra sendo tão trágico? Eu vou me destacar. As pessoas que se destacam são atacadas. Apesar de estarmos mandando o Rosenberg de volta vivo…”.

O Marquês será morto pela Princesa Imperial de um jeito ou de outro.

Eu engoli essas palavras. Isso era algo que eu não precisava me dar ao trabalho de falar. Eu disse algo menos suspeito.

“De qualquer forma, o território que os Rosenbergs governam logo serão ocupados por nós. Se nós tomarmos a vida do senhor respeitado por seus súditos, então nós estaremos apenas aumentando a raiva deles. Pelo futuro em que nós os governaremos, eu preciso ser tolerante.”

Eu me pergunto se ela aceitou essa resposta. Lapis não questionou mais. Eu falei.

“Informe a Barbatos da nossa vitória. Além disso, inclua uma provocação, dizendo para ela já ir preparando seus lábios, pois eu irei ao auxílio dela.”

“…”

Lapis semicerrou os olhos.

“Vossa Alteza, você sempre enfatiza que despreza as mulheres com peitos pequenos, mas na verdade, isso não é mentira? Parece que a Barbatos ocupa boa parte da sua mente. Esta serva está começando a ter dúvidas.”

Mas que impertinente.

Farnese se encostou-se a mim e leu seu livro silenciosamente, e Humbaba ronronou com sua cabeça no meu colo. Eu concluí que deveria me entregar aos caprichos dessas duas por hoje.

 

 

 

 

O Guardião do Norte, Marquês de Rosenberg, Georg Von Rosenberg.

Calendário Imperial: 01/03/1506

Proximidades das Montanhas Negras.

 

“…”

Assim que abri meus olhos novamente, me encontrei deitado em uma cama.

De acordo com o cavalariço, que havia me seguido como ajudante, as bruxas haviam nos pegado e nos levado voando até um vilarejo próximo. Este era o quarto do chefe do vilarejo, e depois de dormir por doze horas, eu consegui recobrar um pouco dos sentidos. Quando eu perguntei o que aconteceu com o resto dos meus homens, o soldado baixou a cabeça. Eu não consegui perguntar mais nada.

Ajudado por ele, eu deixei a casa do chefe do vilarejo.

O local ficava ao pé das montanhas. Estranhamente, a cidade estava tranquila. Ao amanhecer, devido o som de pólvora explodindo na Fortaleza Branca, as pessoas da vila haviam evacuado. Como o local de evacuação era desconfortável para o velho chefe de vilarejo, ele disse que escolheu ficar em casa. Parece que o chefe percebeu que eu era um nobre.

Assim que me aproximamos da entrada da vila, foi possível ver as Montanhas Negras claramente. A Fortaleza Negra estava envolta em um Inferno. As chamas da fortaleza estavam alcançando o pé da montanha, e do pé, parecia que um caminho de chamas havia se estendido até seu topo, fazendo parecer que as Montanhas Negras haviam sido enegrecidas pelo fogo.

Deixando o fogo para trás, um exército de milhares estava saindo, marchando para algum lugar. Eles realmente estavam indo embora. Apesar de eu não poder dizer para onde estavam se dirigindo, eu tinha certeza de que não era em direção ao território dos demônios, mas sim dos humanos.

Eu me afundei no chão coberto de neve e chorei por muito tempo. Meus joelhos tremeram e minhas cordas vocais se rasgaram.

 

… A vida é assim? Você está me dizendo que isto também faz parte da vida?

 

Eu sou um humano. Contudo, eu sou um traidor que fez os humanos caírem. Eu sou um traidor milhares de vezes mais hediondo do que um vira-casaca que vendeu seu próprio país. Agora esta terra será pisoteada por inimigos estrangeiros. Além disso, essa era uma terra em que um número incontável de humanos nasceriam e cresceriam. Graças a este velho, os jovens, que nasceriam e cresceriam a partir de agora, seriam esmagados antes mesmo que pudessem florescer. O que posso fazer sobre isso? O que posso fazer…?

Eu mal fui capaz de ficar em pé quando a noite chegou. Rasgando um pedaço das minhas roupas, eu usei aquele tecido rasgado como papel e peguei emprestado os utensílios de escrita do chefe do vilarejo. Eu entreguei o relatório para o soldado e o mandei a frente primeiro. Disse para ele ir primeiro e informar a Princesa Imperial da nossa derrota. As linhas que eu escrevi enquanto aguentava o tremor dos meus dedos foram essas.

 

— 3º mês, dia 1º. As forças inimigas capturaram a Fortaleza Branca. A força militar é de aproximadamente quatro mil homens. O comandante é o Lorde Demônio Dantalian. Nossas forças foram aniquiladas.

 

Quando eu escrevi a linha dizendo que nossas forças foram aniquiladas, meu corpo tremeu.

Eu amaldiçoei o meu destino por ter me permitido envelhecer até virar um idoso. Entretanto, por eu não ter dito às coisas que eu precisava dizer, eu fui tão encurralado, e já que escrever as coisas que eu preciso escrever era a última tarefa que me foi confiada, eu escrevi o restante.

 

— 3º mês, dia 1º. As forças inimigas capturaram a Fortaleza Branca. A força militar é de aproximadamente quatro mil homens. O comandante é o Lorde Demônio Dantalian. Nossas forças foram aniquiladas. A cadeia de montanhas está queimando.

 


Tradutor: Yuere   |   Revisor: Golias



Edit: Aqui uma imagem da Humbaba versão chibi (miniaturizada) : 


Fontes
Cores