DDf – Volume 2, Posfácio


Autor de Dungeon Defense, Humano, Yoo Heonhwa. Calendário Cristão 21/03/2016, Quarto em que o chão continua gelado.

 

Para um autor, o posfácio é como uma vida após a morte dos ateus.

Enquanto estão tranquilos fechando os olhos pensando que a vida finalmente acabou, subitamente, um anjo aparece do nada e tira sarro de você dizendo ‘não acabou ainda não seu moleque’. Então o ateu tenta desesperadamente resistir implorando: ‘mas a minha vida já está completa!’ Então nosso belo anjo sorri gentilmente e responde, ‘Isto é problema seu, sua criança♪’. Então o ateu não tem o que dizer. Por isto, o livro pode ter acabado, mas agora é hora do posfácio.

 

Começando pelo mais importante, um muitíssimo obrigado ao ilustrador de «Dungeon Defense», cocorip. Muito obrigado pela capa incrível e pelas ilustrações que você desenhou novamente. Sempre tem algo de admirável nas artes que o cocorip desenha. Como a ilustração fodástica do volume 2— Dantalian, Lapis e Laura sentados em cadeiras um ao lado do outro—, por exemplo. Nos meus planos iniciais da ilustração que eu elaborei, não havia imagem de fundo. E lá o cocorip desenhou uma ‘bandeira negra’. Apesar de que você vai conseguir entender se olhar para a ilustração você mesmo, mas a coisa que dá vida para a ilustração com um ‘Bam!’, é a bandeira no lado esquerdo que se estende para arte direita.

No filme «Amadeus», Salieri aponta para a partitura ainda não terminada e pergunta para Mozart, “é só isso?”. Neste momento, Mozart respondeu, “Não, a verdadeira chama ainda continua.” e acrescentou outra melodia. E então esta partitura acabou se tornando algo inapagável da história. Não importa que tipo de obra seja, é necessário um elemento que dá vida a ela, e sem ele você não consegue sentir qualquer vigor ou atmosfera na obra. Eu gostaria de agradecer mais uma vez ao cocorip, que sempre consegue encontrar ‘uma melodia’ através de um método lindo.

 

Eu gostaria de agradecer a pessoa que está sempre aguardando pacientemente o manuscrito deste autor, minha mãe… Mentira, não é ela, é o meu editor. O manuscrito estava especialmente atrasado. Quanto mais eu demoro, mais dificuldades o meu editor enfrenta, então eu só posso pedir desculpas. O próximo manuscrito… Para te dar o próximo manuscrito um pouquinho mais rápido… Eu darei o meu máximo…!

 

E a última pessoa que eu desejo dar meus agradecimentos, é aos meus leitores, é claro.

Apesar de ser um belo anjo que traz o veredicto sobre a vida, o veredicto do volume 2 de «Dungeon Defense» está completamente na mão de vocês leitores. Isto serve para estabelecer a metáfora de que vocês leitores são exatamente como anjos para mim. É isto mesmo. Na verdade, este posfácio, de seu início ao fim é completamente uma figura de linguagem. Não só o volume em si, mas o posfácio também é uma história dentro de outra também. Mas como isto é profundo! Mas como isto é barroco! Enquanto derramo lágrimas, eu posso apenas suplicar ao anjo que ele pelo menos me livre poupe de um inferno ardente…

Espero que todos tenham gostado do 2º volume.

 

 

 


Tradutor: Yuere   |   Editor: Golias



Notas: E aí está o autor considerado uma ‘divindade’ por algumas pessoas e.e…
A ilustração que ele falou pode ser vista na página seguinte ->, junto com todas as outras ilustrações do volume.
Vou viajar esse feriado, se não tiver capítulo semana que vem não se surpreendam.

Contribua com a Novel Mania!
Alterar fonte
Cores