DDf – Volume 1, Capítulo 5.5 – O circo mais extravagante


Ivar Lodbrok já não levantava sua cabeça há algum tempo. Paimon chamou seu nome várias vezes, mas ele permaneceu inerte. Devido ao silêncio inesperado pânico começou a transparecer na expressão facial de Paimon. Conforme o silêncio perdurava, o estado de perplexão dela começou a se espalhar lentamente para as pessoas próximas à Lorde, até que eventualmente, todo o salão estava encoberto por um silêncio peculiar.

Por fim, Ivar Lodbrok abriu sua boca.

“……A afirmação de Vossa Alteza Paimon, é uma mentira.”

Foi quieto.

Foi incrivelmente quieto.

O salão não estava calmo porque todos tinham entendido a frase de Ivar Lodbrok. Era o completo oposto. Ele estava calmo porque absolutamente ninguém havia entendido o que Ivar havia dito, então não houve resposta.

“O que você disse——”

Portanto, as primeiras palavras que vieram a seguir não foram de compreensão, mas sim um questionamento.

“Agora mesmo, o que foi que você disse?”

“Eu—. Eu disse que não posso entregar a evidência que Vossa Alteza Paimon requereu.”

“O que você está querendo dizer…… você ficou louco, Lodbrok!”

Paimon rugiu.

O silêncio que havia recaído sobre o salão rompeu-se rapidamente. Como uma maré alta subitamente tornando-se um tsunami sobre uma praia calma, a fúria sem fim de Paimon extravasou trovejante. O orgulho que ela tinha estampado em seu rosto havia sido arrancado por esta onda há muito tempo.

“Você disse a esta dama! Que Dantalian era o responsável por estimular a praga, e que foi a garota chamada Lapis Lazuli quem espalhou a Peste Negra! Estás tentando ridicularizar esta dama tua língua vulgar!?”

“……Perdoe-me. Sou incapaz de entender do que Vossa Alteza Paimon está falando. Já não faz 10 anos desde a última vez que nos encontramos pessoalmente desta forma?”

Mas que belo.

Com sorriso leve, eu assisti a discussão deles.

Havia algo em ver as pessoas jogando a responsabilidade e a culpa umas para as outras que me deixava profundamente comovido. Ah, eu realmente não deveria viver com outras pessoas. Ah, me trancar isolado do mundo e passar o resto dos meus dias em um canto do meu quarto realmente era o jeito certo de se viver. Isso me lembrava de importantes lições de vida como estas.

Você também está assistindo a isto, não é mesmo, Lapis Lazuli? Eu prometi que lhe mostraria o melhor espetáculo de circo do mundo. De um lado estava a grandiosa Lorde Demônio de 9º rank, do outro estava à pessoa mais rica do mundo dos demônios. E ainda assim, o ponto a que estes dois chegaram, era o de ficar jogando a culpa um para o outro como criancinhas.

Para você, que por ser uma pária viveu sua vida sendo tratada com injustiça, eu considerava que esta é a melhor apresentação sobre um palco possível, especialmente para você. Aproveite a seu bel prazer. Já que eu dirigi e administrei este espetáculo de graça. Apesar de como eu me parecia, se eu fosse gastar com meus subordinados, então eu era o tipo de chefe que o faria com extravagância. Tudo bem ficar comovida.

“Isso é óbvio, já que você entrou em contato comigo através de seu subordinado!”

“Sou incapaz de saber o que Torukel disse a Vossa Alteza Paimon. Contudo, há algo que eu realmente sei. Que no momento eu não possuo evidências que Sua Alteza Dantalian teve qualquer tipo de envolvimento pessoal com a disseminação da doença.”

“Esse, morcego covarde e torpe……!”

O belo rosto de Paimon havia se contorcido. Por mais que ela fosse uma beldade que mais parecia uma obra de arte, a sua aparência quando enfurecida era muito assustadora. A sua aparência quando em fúria era ainda mais assustadora do que a sua beleza que mais a fazia parecer uma obra de arte.

“Então que seja. Você retribuirá sangue com sangue! Esse é o lema de sua Firma Keuncuska, não é mesmo!? Esta dama fará questão de seguir esta promessa……!”

Uma aura sangrenta começou a vazar do corpo de Paimon.

A concentração de energia mágica era tão densa que era possível ver o formato e a cor de sua aura. A flutuação da energia fazia parecer que dúzias de línguas carmesins estavam balançando intensamente.

Paimon não era simplesmente uma Lorde Demônio, ela era alguém que também havia conquistado o título de arquimaga.

Dentre os Lordes Demônios este grupo composto por 71 pessoas, este era um feito que foi atingido por apenas quatro indivíduos e ela era parte destes quatro.

“Eu agirei para conseguir a minha vingança!”

Paimon declamou a sua máxima solene.

Uma máxima, neste mundo, era algo gravado na história em todas as áreas de influência e poder. Elas eram juramentos sagrados que afirmavam que o quem a declamou usaria todos os meios possíveis, até mesmo sua própria vida, para manter a promessa. Paimon pretendia seriamente matar Ivar Lodbrok.

Foi então que Marbas bateu seu pé direito contra o chão.

Thud

Todo o salão tremeu.

As pessoas se desequilibraram como se tivessem sofrido um pequeno terremoto.

Marbas, sendo circundado por um ar ameaçadoramente frio, encarou Paimon.

“——Pare suas ações ofensivas, imediatamente.”

O rosto de Paimon contorceu-se como se estivesse com dor.

“Mas, Marbas!”

“Eu disse para parar agora mesmo. Você deve ter cuidado para não me forçar a recitar a minha máxima solene também, Paimon. Foi você quem pediu por uma última chance. Deixe-me deixar claro, para mim, a última chance de alguém significa seu ultimato.”

“Euh……!”

Paimon cerrou os dentes com força.

A energia mágica não se extinguiu, mas sim começou a crescer ainda mais intensamente.

“Há pouco, o chefe-executivo da Firma Keuncuska ridicularizou esta dama! Mesmo ele tendo ordenado seu subordinado, Torukel, a mostrar evidências a esta dama, agora ele está tentando se revogar! Esta dama executará este traidor imediatamente!”

“Não importa quem seja!”

Marbas rugiu.

“Até mesmo se Baal viesse aqui, você não deve derramar sangue durante a Noite de Walpurgis! Você manterá neutralidade absoluta enquanto estiver aqui! A não ser que você queira tornar eu e todos os Lordes Demônios da facção neutra, incluindo 30.000 tropas de elite, seus inimigos, então vá em frente, prossiga e tente derramar sangue neste local, Paimon! Eu juro que no dia em que isto ocorrer, a facção das montanhas que você lidera será aniquilada, e as terras dos Lordes Demônios que fazem parte de tua facção serão amaldiçoadas por trezentos anos, impedindo que até mesmo uma mísera folha de grama brote!”

Uma voz carregada de fúria varreu o salão como uma tempestade de raios.

As velas que flutuavam no ar tremeram violentamente. Luz e escuridão recaíram sobre as pessoas, misturando-se caoticamente, os pilares do prédio soltaram pó conforme ele tremeu.

Os Lordes se encolheram. Eles estavam sendo sobrepujados pela força de Marbas.

Dentre os mais de 30 Lordes Demônios aqui presentes, a quantidade de pessoas que conseguiu manter suas colunas eretas foram poucas. O melhor dos casos, Barbatos, era a única bebericando o vinho despreocupadamente.

“Velhote—. Se necessário, nós a facção das planícies também iremos lhe prover assistência sempre que desejar. Honestamente, você não se sente um pouco apreensivo em ir à guerra com apenas a facção neutra a teu lado? Você e eu poderíamos formar uma bela aliança.”

“Cale a boca Barbatos. Eu não estou com humor para brincadeiras.”

“Eu só estava demonstrando a minha boa vontade.”

Barbatos riu baixinho.

Diferentemente da Monarca Imortal, a expressão de Paimon não poderia ser explicada por outra palavra se não horrenda. De seus lábios, baforadas quentes saiam como um coquetel de raiva e autocontrole.

“Torukel……!”

Paimon cerrou os dentes sobre suas próprias palavras.

“Ele é o mensageiro que repassou as ordens de Ivar Lodbrok! Ele está parado do lado de fora do saguão agora. Eu o chamarei agora mesmo e provarei que Ivar Lodbrok está ridicularizando esta dama!”

Um instante de silêncio congelante percorreu o salão.

Marbas retirou seu monóculo e encarou Paimon profundamente.

“Você está certa disto?”

“Esta dama está fazendo acusações apenas almejando a verdade.”

“……Você está usando a minha última esperança em ti.”

Marbas levantou o queixo.

“Tragam a testemunha chamada Torukel!”

As fadas, tendo recebido a ordem, apressadamente prosseguiram para fora do salão de baile.

Aah.

Eu estava me afogando em tristeza.

Pense com calma, Paimon. Quem quer que fosse este Torukel, ele ainda não passava de um mensageiro. Você não pode esperar conseguir um testemunho decente de alguém assim.

Eu entendo que você respeita todas as raças, incluindo os humanos. Para você, a Peste Negra seria o pesadelo dentre os pesadelos. Você provavelmente veio a esta conferência decidida a encontrar o culpado por ter causado tal tragédia. Mas a pessoa que você pensava ser o seu companheiro, Ivar Lodbrok, a traiu inesperadamente. Por isso era normal que você estivesse tão furiosa assim. Apesar disto tudo, você precisa continuar olhando em frente. A raiva sempre foi um atalho para a ruína.

Pouco tempo depois, um goblin idoso entrou no salão.

Paimon apontou para o goblin.

“Sim. Essa pessoa é o Torukel!”

Ela começou a questionar com a voz carregada de fúria.

“Torukel. Você será nossa testemunha. Você, sob as ordens de Ivar Lodbrok, agiu como um mensageiro. Correto?”

“…….”

Lentamente, Torukel olhou ao redor do local.

O goblin estava se mantendo de pé com a ajuda de uma bengala. Podiam até existir várias rugas em sua testa, mas em seus olhos resplandeciam a sua inteligência. Eu tive uma forte impressão de que não era velho, ele simplesmente havia vivido por muito tempo.

O goblin olhou para Ivar Lodbrok por um curto instante e assentiu balançando a cabeça. Nenhuma palavra foi trocada entre eles.

Torukel abriu seus lábios cuidadosamente.

“……É uma honra ter a permissão de estar sob a presença de todos estes Lordes Demônios. Keruk. Este goblin, sem sombra de dúvidas, é um executivo da Firma Keuncuska, e também muito próximo a Ivar Lodbrok.”

Assim que Torukel revelou sua identidade, a face de Paimon brilhou com deleite. Ela muito provavelmente pensou ter conquistado sua vitória. Como uma metralhadora, ela começou seus questionamentos rapidamente.

“Esta dama irá direto ao ponto, Torukel. Você me disse que Dantalian havia apoiado a disseminação da mazela e que fazendo uso de algum meio desconhecido, ele esteve envolvido com a criação da Peste Negra. Esta dama está correta?”

“Sim. É claro, Vossa Alteza.”

Mais uma vez, o público começou a se agitar.

Ivar Lodbrok fechou seus olhos com força como se estivesse aflito. Por outro lado, Paimon, com um ar triunfante, deu um largo sorriso. Era a imagem perfeita de alguém que havia superado as zombarias e com esforço e diligência havia feito justiça.

Entretanto.

“O que Vossa Alteza disse está correto. Eu com certeza afirmei que Dantalian era o criminoso responsável pela Peste Negra. Contudo, isso era uma grandiosa mentira. Era uma calúnia sem qualquer tipo de evidência.”

“O que……?”

Não demorou nem 10 segundos para que o choque paralisasse o sorriso no rosto de Paimon.

Torukel falou secamente.

“Este velho goblin desejava as ervas negras que estavam sob a posse de Sua Alteza Dantalian. É claro, seria impossível para mim, sozinho, tomar os bens de Sua Alteza Dantalian. Porém, eu possuía dois grandes aliados. Sua Alteza Paimon e o chefe-executivo, Ivar Lodbrok. Talvez se eu usasse os nomes destas duas figuras, então seria possível superar este impasse. Isto foi o que eu pensei.”

“Torukel…… o que, o que você está dizendo…….”

Paimon abriu a boca.

Era uma expressão de completa descrença.

Torukel, usando sua bengala para se apoiar, curvou-se profundamente.

“Perdoe-me. Este goblin conhecia muito bem a estima de Vossa Alteza para com todas as pessoas no continente. Este goblin usou o coração misericordioso de Vossa Alteza para incitar ódio contra Sua Alteza Dantalian. De qualquer jeito, Sua Alteza Dantalian era um mero Rank 71º. Este velho goblin pensou que assim que o julgamento começasse, ele logo acabaria na votação pela maioria.”

“…….”

“E como aconteceu de Sua Alteza Dantalian assassinar Sua Alteza Andromalius, este goblin pensou que era uma oportunidade de ouro. Ameaçar Sua Alteza Dantalian com o crime abominável de assassinar um Lorde Demônio. Usando essa chance, este goblin planejou roubar todas as ervas negras. Mas Sua Alteza Dantalian superou as expectativas deste mero goblin e conseguiu provar sua inocência. Mas que frustrante…….”

Torukel olhou para mim rapidamente.

Eu o encarei de volta com meu rosto absolutamente desprovido de emoções.

Sem querer, com um ‘tsk’, eu acabei estalando a língua. Eu conseguia entender basicamente o que esse velho mercador estava tentando fazer. Ele pretendia estragar esta grandiosa performance circense.

O juiz, Marbas, questionou Torukel rispidamente.

“Goblinzinho. Você admitiu por conta própria ter ridicularizado Paimon para realizar seus próprios desejos egoístas. Você compreende a gravidade de teus crimes?”

“Sim, Vossa Alteza. Este goblin sabe quando admitir que perdeu. Tentei obter grandes lucros usando Sua Alteza Paimon e o chefe-executivo da firma Keuncuska. E eu falhei. Isto é tudo.”

O goblin balançou a cabeça.

“Se houve algum erro nas ações e atitudes de Sua Alteza Paimon, então seria ela ter confiado neste goblin velho e perverso. Portanto, mesmo com origem humilde——já que toda a culpa pertence a este velho goblin.”

Rapidamente.

Antes que qualquer um pudesse fazer alguma coisa.

Torukel tirou uma pequena lâmina de suas vestes

“Este velho goblin irá desculpar-se por intermédio de sua vida insignificante.”

——e cortou sua própria garganta.

 

Executivo da Keuncuska, Goblin Avarento, Torukel, Calendário Imperial: 20/08/1505, Niflheim, Palácio do Governador

 

Nós falhamos.

Eu soube disto assim que entrei no salão.

Mesmo que eu não quisesse, quando Sua Alteza Paimon, que deveria expressar gentileza para comigo, estava me encarando com o rosto terrivelmente contorcido, eu não tive escolhas se não aceitar.

……Eu estava preparado.

Os mercadores devem sempre respeitar a lei da troca equivalente.

Mesmo que o Lorde Demônio Dantalian fosse um mero rank 71, mesmo que Lapis Lazuli fosse uma mera mestiça intocável, eles também eram pessoas que faziam tudo o que fosse preciso para continuar vivas.

Uma vida por uma vida.

Você precisa colocar a sua vida em jogo se você está indo à caça de outra.

Keruk.

Era uma equação simples.

……Eu sonhei com um mundo que não fosse controlado pela hierarquia.

Simplesmente por ter nascido como um Lorde Demônio você ficava no topo da pirâmide social. Por ter nascido entre uma demônia e um humano, você era tratado como lixo. Este era o estado do mundo dos demônios. Eu queria mudar isto…….

Mesmo que alguns pequenos detalhes fossem diferentes, Ivar Lodbrok carregava junto a si o mesmo desejo que eu. Neste mundo maltrapilho, Ivar e eu éramos unidos pela camaradagem.

Se alguém quisesse mudar o mundo, então ele precisaria de dinheiro. É por isso que nós fizemos a Firma Keuncuska crescer tanto. Nos últimos cem anos, nós superamos uma quantidade incontável de dificuldades e desafios, e mal conseguimos atingir a posição de maior firma no mundo dos demônios…….

Aaah.

Eu realmente queria ver isto.

Uma sociedade um pouco mais igualitária.

Eu simplesmente queria viver em um lugar com um pouco menos de preconceito.

……Eu queria ver um mundo mais belo.

“Kuruk!”

Eu pude sentir o metal frio penetrando minha garganta.

Como podia se esperar, eu podia sentir vividamente o sangue quente escorrendo pela lâmina.

Rapidamente a força abandonou meus joelhos. Meu corpo caiu devagar, e pouco a pouco eu me aproximei da morte. Eu pude sentir tudo isto claramente.

Ivar. Tome conta do resto.

Eu não consegui ver o mundo mudar, mas se for você, então você provavelmente conseguirá viver até o fim derradeiro. Afinal, você é assustadoramente inteligente e ardiloso.

Exceto que, eu me preocupo com o fato que talvez não haja alguém que possa entender a sua loucura. Não fique solitário. Algum dia, mais uma vez você encontrará alguém que ficará ao seu lado…….

E finalmente, eu virei meu olhar para Dantalian.

Não houve uma razão especial para isso. Minha linha de visão simplesmente se moveu para a direção de Dantalian por coincidência quando eu caí. Entretanto, depois de olhar para o rosto do Lorde Demônio de 71º rank, eu arregalei meus olhos.

“……!”

Ele estava inexpressivo.

Não havia limite para o quão inexpressivo ele estava.

Mesmo tendo conquistado uma vitória surpreendente nesta noite, não havia nenhum sinal de que Dantalian estava satisfeito ou exultante. Sequer parecia que ele estava surpreso com o meu suicídio. Era como se fosse óbvio——ele estava me encarando com olhos que pareciam entender completamente o porquê eu ter decidido me matar.

Era isso…… então era isso……!

Vendo aquela expressão, eu finalmente entendi. O Lorde Demônio Dantalian não era uma mera presa. Lapis Lazuli ter traído nossa firma e o assassinato de Andromalius, estes acontecimentos eram tramas orquestradas por este homem. Não era possível saber exatamente o que eram estes planos, mas esses olhos. Esses olhos de assassino, abandonando qualquer tipo de lógica, eles eram mais do que o suficiente para convencer. Dantalian era o maquinador que manipulava as marionetes deste circo!

Aah, Ivar Lodbrok.

Do início ao fim, nós estávamos completamente enganados.

Nós nos jogamos em uma partida de xadrez sem ter ideia de quem era o nosso oponente. Por causa disso, não é nada surpreendente nós termos perdido de um jeito tão horrível. Você percebeu Ivar? Você está ciente de que esse homem era a verdadeira ameaça…….

Eu queria abrir a minha boca e alertar Ivar. Para por favor, ter cuidado com Dantalian.

Mas para meu desalento, eu não tinha nem uma gota de energia sobrando para mover meus lábios. Rapidamente. A vida estava se esvaindo do meu corpo silenciosamente. Minha visão a frente descoloriu-se em preto.

Eu posso ter sonhado um belo sonho, mas eu não consegui viver uma vida bela. Eu cometi uma boa quantidade de feitos ruins. Não há dúvidas que os Deuses me jogarão no inferno…….

Ooh, misericordiosa Prosérpina.

Por favor, tenha piedade desta pobre alma.

E então, eu fui coberto pelo silêncio eterno…….


Tradutor: Yuere   |   Editor: BCZeulli



Notas: A parte extra sai hoje a noite, parabéns vocês superaram as minhas expectativas conseguindo completar aquele desafio em apenas 3 horas. ^^

Não se esqueçam de comentar.

Contribua com a Novel Mania!