ZTJ – Capítulo 24 – Trilhões de Estrelas, Apenas Uma Destinada




O céu estava cheio de estrelas que emitiam luz infinita e continham energia infinita. Elas também soltavam um infinito número de ondas finas e levemente discerníveis.

Era esse o tão chamado destino?

O sentido espiritual de Chen Changsheng voou ainda mais alto, passando rapidamente por inúmeras estrelas. Em comparação com o espaço vasto e vazio ao redor e a energia ilimitada contida nessas estrelas, seu sentido espiritual era apenas pequeno e insignificante, como uma pena em um furacão, uma gota de água à beira de secar no meio de um deserto. A qualquer momento, poderia ser despedaçado ou evaporar-se no nada, mas milagrosamente, nem as estrelas nem a energia ilimitada causaram algum dano ao seu sentido espiritual.

Na frente e à esquerda do seu sentido espiritual tinha uma estrela vermelha, sua superfície ardente e emitindo chamas aterrorizantes em todas as direções. Ele não sabia o quão longe estava essa estrela, mas, da forma quase congelada dessas chamas, ele podia concluir que estava extremamente longe. Mas esta estrela parecia tão próxima ao seu sentido espiritual, o que só poderia significar que a estrela era tão incomparavelmente maciça que quase preenchia a capacidade sensorial do seu sentido espiritual.

A estrela vermelha ardente lançou energia sem limites no vazio, provocando uma sensação muito aterrorizante. Parecia que, se alguém chegasse um pouco mais perto, esse alguém seria queimado na mais pura energia. No entanto, tinha um fascínio que fazia as pessoas quererem se derreter dentro dela.

Chen Changsheng sentiu-se um pouco desconfortável, mas não por medo. Ele tinha certeza de que nada neste mar de estrelas faria mal ao sentido espiritual dos humanos. O motivo do seu desconforto surgiu dos seus sentimentos sobre a forma desta estrela e o conflito de sua personalidade. Em outras palavras, ele não gostou da estrela.

Assim, seu sentido espiritual flutuou ainda mais alto. Depois de atravessar um grupo de substância vacilante que pareceu ser feita de pó estelar, o que refletia em seus olhos era uma estrela azul. Esta estrela era arrogante, particularmente fria, e sua superfície parecia estar coberta por uma fina camada de geada. Ela provocava uma sensação de intensidade, proibindo que alguém se aproximasse. Seu sentido espiritual flutuou lá por alguns momentos antes de continuar sua jornada.

Quando o sentido espiritual de um cultivador deixava seu corpo, havia naturalmente um limite de quanto ele poderia ir. À medida que o cultivo aumentava gradualmente, esse limite também aumentaria gradualmente. No entanto, apenas quando alguém acendia a Estrela Destinada, o sentido espiritual não se restringia de forma alguma ao viajar no espaço acima. Isso também era um mistério não resolvido.

O sentido espiritual de Chen Changsheng continuou a flutuar cada vez mais longe, vendo todo tipo de estrelas e vistas. Ele também passou por várias estrelas que eram particularmente silenciosas. Quando seu sentido espiritual tentou chegar perto, foi afastado por uma força invisível, fazendo-o perceber que essas estrelas eram as Estrelas Destinadas de outras pessoas.

Quanto mais profundamente ele viajou no céu estrelado, maior o número de estrelas. Gradualmente, também começaram a aparecer muitas estrelas estranhas ao contrário do que os humanos pensavam como estrelas. Silenciosamente suspensas no vazio, essas estrelas irradiavam um calor incansável. Algumas delas pareciam brotar inúmeros braços espirais, pareciam o brinquedo de uma criança. Algumas condensaram sua radiação estelar em um par de asas brilhantes, aparentemente como um pássaro místico. Havia também algumas estrelas que davam a majestosidade de uma besta feroz.

Durante uma noite inteira, seu sentido espiritual flutuou sobre o mar das estrelas, sentindo lentamente e sendo agitado por quase inúmeras emoções indescritíveis. Essas emoções estavam relacionadas às estrelas, mas essas emoções vinham mais da parte dele. Essa sensação de liberdade que veio do romper com os grilhões do corpo carnal sempre foi um dos principais motivos da cultivação.

O sentido espiritual de um cultivador que atravessava o céu noturno e que mergulhava nas profundezas do mar das estrelas era uma situação muito comum no mundo humano, especialmente na capital, que era cheia de tigres agachados e dragões escondidos. Todas as noites, muitas pessoas tentariam acender suas Estrelas Destinadas, então ninguém notou o sentido espiritual de Chen Changsheng.

De repente, seu sentido espiritual viu um raio de luz extremamente brilhante. Diferente dos raios de luz emitidos pelas estrelas, essa luz queimou mais ferozmente, era mais simples e honesta. Ele foi levado com o impulso de olhar mais de perto, mas ele também percebeu que era hora de retornar.

Ele abriu os olhos e acordou, percebendo que ele ainda estava sentado de pernas cruzadas na biblioteca da Academia Ortodoxa. Seu sentido espiritual tinha viajado muito antes de finalmente alcançar as profundezas do mar de estrelas, mas retornar exigiu apenas um instante. Ele deslocou o olhar e viu o céu fora da janela gradualmente iluminando-se. Descobriu que era o amanhecer.

……

……

Pela primeira vez em catorze anos, a rotina diária de Chen Changsheng foi interrompida. Ele dormiu durante o dia para compensá-lo, depois voltou à noite para a biblioteca para continuar sua andança sobre o mar de estrelas. Desta vez, ao enviar seu sentido espiritual de seu corpo, ele era mais experiente, mais familiarizado com aquele mar de estrelas no céu noturno. Ele não passou tempo algum observando cuidadosamente as vistas na primeira parte do mar de estrelas, em vez disso, flutuou diretamente em suas profundezas, querendo ver exatamente até onde ele poderia ir.

Quando o amanhecer estava prestes a quebrar, aquele raio de luz flamejante mais uma vez o despertou.

No terceiro dia, ele repetiu novamente esse procedimento, e no quarto e no quinto. Todos os dias, seu sentido espiritual viajaria um pouco mais e poderia ver mais estrelas, mas ainda não tinha intenções de parar.

A estrada para cultivar o Dao era longa e distante, e ele sempre sentia que era melhor se esforçar para ir tão longe quanto pudesse.

Na sexta noite, seu sentido espiritual chegou a um lugar que ele nunca tinha ido antes. Ele não sabia que o sentido espiritual de poucas pessoas poderia chegar a um lugar tão distante. Uma razão talvez estivesse relacionada com a força do sentido espiritual, mas a outra razão era que a seção anteriormente passada do mar de estrelas já era um atrativo grande para os cultivadores. Muito poucas pessoas poderiam suprimir seu desejo de acender sua Estrela Destinada e começar a Purificação. De uma certa perspectiva, sua capacidade de resistir à tentação era realmente bastante forte.

Isso era porque ele sabia mais do que qualquer outra pessoa o que era o verdadeiro fascínio de viver nesse mundo.

No entanto, ele confirmou muito rapidamente que este lugar raramente era visitado pelos sentidos espirituais, porque, embora o seu sentido espiritual tenha percorrido por muito tempo, não houve um encontro ocasional de uma estrela acendida pelo sentido espiritual de outra pessoa, como havia durante as últimas cinco noites.

Tudo ao seu redor era novo. O espaço era novo, e as estrelas também eram novas, todas esperando que ele escolhesse uma casualmente.

O sentido espiritual de Chen Changsheng ainda não parou porque ele sentiu que ele ainda poderia ir mais longe, ver mais.

Na sétima noite, seu sentido espiritual finalmente encontrou uma obstrução, ou seja, encontrou uma parede. Era uma parede invisível e transparente, uma parede que talvez nem exista. No entanto, ele sabia que esse muro estava aqui, e pela primeira vez ele hesitou.

O que estava do outro lado desse muro invisível?

Ele não sabia que essa parede invisível era a parede de cristal que dividia o espaço. Ele, naturalmente, também não sabia que apenas um ser supremamente poderoso como o Dragão Dourado poderia passar livremente por essa parede. No entanto, ele poderia adivinhar que essa parede invisível deveria ser muito difícil de passar.

Mas ele ainda queria tentar.

Se esta fosse a parede do sul[1], ele já teria chegado ao pé da parede. Ele pelo menos teria que levantar sua cabeça contra ela antes de renunciar a si mesmo.

Ele queria tentar, então, ele tentou. Ele não teve a menor esperança, e ainda assim… surpreendentemente, seu sentido espiritual passou sem qualquer dificuldade.

Então isso ainda era uma parte do mar de estrelas.

Mas, em comparação com as outras partes do mar de estrelas que ele tinha visto, seu sentido espiritual realmente achou o mar de estrelas desse lado ser mais familiar, como se ele tivesse retornado à sua cidade natal.

Seu sentido espiritual continuou a flutuar para cima, cada vez mais minúsculo e fraco, tanto que, mesmo em seu estado vagabundo e vago, ele podia sentir que a conexão entre seu corpo e seu sentido espiritual estava ficando mais fraca, possivelmente rompendo em um momento muito próximo.

Os raios de luz diminuíram gradualmente e o número de estrelas diminuiu gradualmente.

Chen Changsheng sentiu que este era o mais distante que ele poderia ir.

Ainda mais distante, ele conseguiu distender uma outra parte do mar de estrelas, como a quantidade incontável de luzes cintilantes de uma cidade.

Ele olhou para aquele lugar, sentindo-se bastante arrependido. No entanto, ele sabia que chegou o momento dele escolher.

Seu sentido espiritual procurou por toda parte, querendo encontrar a estrela que lhe pertencia.

Escolher uma Estrela Destinada era uma questão difícil para cada cultivador. Havia muitas opções para escolher e nenhuma regra definida. Alguém poderia escolher uma estrela por causa da estrela, e outro poderia fechar os olhos e escolher uma aleatoriamente.

Chen Changsheng não encontrou esse tipo de problema, porque exatamente quando ele queria escolher uma estrela, a estrela apareceu antes dele. Com um olhar, ele gostou desta estrela e, consequentemente, decidiu torná-la sua Estrela Destinada.

Esta era uma estrela pequena e vermelha. Comparado com a estrela que ele viu no início, era claramente muito menor. Nenhuma chama aterradora de brilho surgiu de sua superfície. Toda sua luz e energia pareciam ser restringidas em suas profundidades.

Esta estrela vermelha era muito redonda, sua superfície era extremamente suave. Era muito parecida como uma pequena maçã.

Era muito fofa, muito bonita, possuindo uma tendência para que as pessoas se aproximassem, para que as pessoas desejassem morde-lá.

Enquanto Chen Changsheng pensava nisso, seu sentido espiritual flutuou.

……

……

A brisa da noite gentilmente acariciava a biblioteca da Academia Ortodoxa. Os coaxar dos sapos do lado de fora da janela cessaram. Tudo estava quieto e silencioso.

Chen Changsheng sentou de pernas cruzadas no chão limpo, os olhos fechados e a expressão calma.

De repente, ele abriu a boca e depois fechou-a, como se estivesse mordendo alguma coisa.

O fraco movimento de sua garganta podia ser ouvido, como se ele estivesse engolindo algo.

De repente, o suor derramou-o como uma calda, molhando instantaneamente o chão debaixo dele.

No céu estrelado distante, uma estrela vermelha brilhava intensamente.

Ele abriu os olhos e olhou para as profundezas do céu estrelado.

Ele não podia ver aquela estrela, mas podia senti-la.

Porque essa era sua estrela.

……

……

Assim como o Grande Demônio Erudito Tungus havia dito, nenhuma pessoa podia ver essa linha.

Então, quando Chen Changsheng acendeu com sucesso sua Estrela Destinada, nenhum fenômeno ocorreu na Academia Ortodoxa, nenhum feixe de luz divina desceu para a capital do céu noturno. Esta parte do continente era, como sempre, calma e pacífica.

Além disso, essa estrela sua estava muito distante do chão. Embora tenha sido iluminada em um instante, ninguém podia vê-la. Sim, a estrela estava longe demais, e até mesmo os sacerdotes no observatório, bem nos subúrbios ocidentais da capital, não perceberam.

No final, entretanto, alguém viu.

Por acaso a Imperatriz Divina estava vislumbrando as estrelas esta noite.

Esta foi a coincidência.

Enquanto o clima fosse apropriado, a Imperatriz Divina subia a Plataforma de Orvalho todas as noites para ver as estrelas.

Houve uma pequena garoa hoje à noite, então ela saiu um pouco mais tarde.

Ela simplesmente viu que a estrela acendeu.

Mas mesmo ela não sabia quem era a pessoa que acendeu essa estrela.

Essa pessoa estava na capital, ou no sul?

Poderia estar na Cidade de Xuelao?

A Imperatriz Divina olhou para as profundezas do céu noturno, com as sobrancelhas negras enroladas levantando-se lentamente, a voz sem emoção.

“Bastante interessante.”


Tradutor: Vaan  |   Editor: Martins   |   QC: Enxarcado



1 – Na China antiga, o portão principal de um edifício se abriria para o sul e para evitar que as pessoas pudessem olhar diretamente, uma parede estava instalada em frente a esse portão, denominada “parede de tela”. Este muro significava que se alguém quisesse sair, eles teriam que caminhar para a direita ou para a esquerda quando chegassem a essa parede. Isso resultou na afirmação: “Não corra para o muro do sul, não olhe para trás”, geralmente se referindo a uma pessoa teimosa que não escuta as opiniões dos outros. Como resultado, eles podem acabar correndo para o sul da parede.


Fontes
Cores