ZTJ – Capítulo 22 – Simples Assim



Era necessário “ler uma centena de vezes, para compreender naturalmente o significado”, mas havia algumas pessoas que só precisavam de dez dias, enquanto outras precisavam de meio ano. Realmente não havia nada a dizer sobre esse tipo de comparação. Era exatamente como Tang Trigésimo Sexto havia dito, que aquela menina muitas vezes fazia os outros ficarem sem palavras, e Chen Changsheng, naturalmente, não tinha escolha melhor do que ficar em silêncio.

Mas por algum motivo inexplicável, quando Shuang’er viu a aparência silenciosa, quase aborrecida de Chen Changsheng, ela ficou descontente. Talvez ela tenha pensado que desde que Chen Changsheng tem um noivado com a jovem dama, então, mesmo que sua força seja muito inferior à dela, ele ainda deveria mostrar um pouco de vontade e ambição, não?

Além disso, em sua opinião, se não fosse pela carta da jovem senhorita do Templo do Rio Sul, Chen Changsheng, talvez, já estivesse morto. Como ele poderia ter tido essa chance de entrar na Academia Ortodoxa e sentar-se sobre estas tábuas limpas para ler e cultivar? Sua gratidão eterna não é necessária, mas você também não deve ficar tão quieto como se nada tivesse acontecido, certo?

Shuang’er olhou para ele e balançou a cabeça. Ela tirou um pequeno pedaço de uma carta de seu bolso e deu para ele.

“Uma vez que você obteve essa oportunidade de cultivar, você deve apreciá-la e começar a construir sua base, seus pés plantados em terreno sólido. Não pense em trapacear nem em qualquer outro tipo de práticas desonestas, e nem sempre confie suas esperanças aos outros, especialmente às mulheres.” Ela parecia pensar em outra coisa e acrescentou com severidade: “Cultivo não é tão simples. Mesmo se você não tiver esperança, não vá ao redor quebrando potes quebrados[1]. Você entende o que eu quero dizer?”

Chen Changsheng pegou o pedaço da carta um tanto perdido. Ele não entendeu o significado de suas palavras, pensando para si mesmo, escondi-me nessa academia que parece um cemitério para ler e cultivar silenciosamente, mas poderia ser que a propriedade do General Divino e a Jovem Senhorita Xu ainda achem que sou um obstáculo?

O sol fora da biblioteca estava alto no céu. As árvores estavam balançando para frente e para trás enquanto dispersavam os raios solares. Felizmente, ainda era início da primavera e o clima não estava muito quente. Este papel trazia o cheiro de uma mulher, porém, não havia suor.

Chen Changsheng contemplou essas cinco palavras em silêncio por muito tempo.

”Dê o melhor de si.”

As palavras escritas no papel eram bastante delicadas e lindas, mas não podiam ser descritas como surpreendentes. Além disso, os traços eram muito retos, fazendo com que parecessem ingênuos, infantis e fofos. Ele achou que essas cinco palavras foram escritas para ele pela jovem senhorita da família Xu diretamente do longe no sul. No entanto, não importaria o que ele fizesse, ele não poderia associar a jovem com uma escrita tão ingênua e desajeitada com aquela garota dos rumores que era cheia de talento.

Ele entendeu o significado dessas palavras, e até conseguia imaginar a expressão da jovem senhorita Xu enquanto ela escrevia. Seus olhos certamente eram indiferentes, suas sobrancelhas enrugadas. Ela tinha sido um pouco impaciente, um tanto desagradada, mas também sentindo que isso realmente não importava.

Das cinco palavras que escreveu, a mais crucial foi verdadeiramente o “si”.

“si” significava “si mesmo”.

Viva por si mesmo.

Leia por si mesmo.

Cultive por si mesmo.

Beba bem e coma bem por si mesmo.

Ele calmamente pensou nisso por um tempo, então parou de pensar. Ele colocou a carta em sua manga, levantou-se, caminhou até as estantes e começou a procurar aqueles quarenta e nove livros listados na capa traseira de ”Na Purificação”. Quando ele procurou, ele pensou nas palavras que a empregada Shuang’er lhe havia dito. Ele não podia deixar de enrugar a testa, e a velocidade com que seu dedo percorria os livros diminuiu. Era realmente possível ler todos esses livros cem vezes em dez dias? Mas como eles deveriam ser lidos?

”Na Purificação” era apenas um resumo geral do cultivo – os quarenta e nove livros na capa traseira eram o verdadeiro objeto de estudo. Os alunos precisavam usar o conhecimento e a sabedoria contidos nesses livros para abrir suas mentes, solidificar sua compreensão do mundo e assim fortalecer suas almas.

Este era um lado de cultivo puramente espiritual. Desde que os Tomos Celestiais caíram na Terra e os humanos começaram a cultivar, esse passo inicial de condensação do sentido espiritual sempre usou esse método. Talvez fosse porque inúmeros predecessores dignos tinham concluído que esse método era o mais eficaz e teve a maior chance de sucesso. Também pode ser porque as palavras eram o único veículo para os pensamentos de alguém, então, para que alguém use os pensamentos de seus antepassados ​​para ajudar a converter os seus próprios pensamentos em força, seria natural que tivesse de usar palavras para preencher essa conexão.

Uma vez que este tipo de método estava sendo usado, os quarenta e nove livros listados em ”Na Purificação” foram naturalmente reconhecidos pela sociedade humana como os quarenta e nove livros mais capazes de ajudar alguém a condensar o sentido espiritual. Desde que a Ortodoxia havia finalizado esta lista no ano de mil quinhentos e oitenta e dois, nunca mais mudou.

Chen Changsheng caminhou pelas estantes de livros enquanto procurava por eles. Embora ele estivesse anormalmente familiarizado com a ordem de livros nesta biblioteca, ele ainda precisou de uma hora inteira para encontrar todos os quarenta e nove livros. Ele então os trouxe para a janela e os alinhou de acordo com a ordem pedida na lista.

Ele não começou imediatamente a ler, em vez disso, foi até a Rua das Cem Flores e tomou alguma sopa de vegetais e comeu mingau de arroz. Depois disso, ele sentou-se na grama perto do lago, sombreado pela floresta grossa e descansou por uma hora. Só depois que sua mente estava totalmente satisfeita, ele voltou para a biblioteca e encarou o primeiro livro.

Anteriormente, enquanto ele estava procurando por esses livros, ele já havia confirmado através dos nomes dos mesmos que ele nunca tinha os visto antes. Embora ele estivesse um tanto arrependido com esse fato, ele também estava muito curioso. Apenas o que estava escrito nesses livros que poderia realmente ajudar os humanos a condensar o sentido espiritual?

Ele levantou o primeiro livro, chamado ”Um Simples Caminho para Soluções Básicas.” Ele confirmou que ele nunca havia lido este livro antes, então, quando ele abriu o livro e viu aquelas palavras bastante familiares, ele questionou se ele estava vendo coisas, como quando viu o exame para a Academia do Caminho Celestial.

Este livro era muito fino, mas dava a impressão de ser bastante pesado. Ele olhou para o conteúdo do livro, realizando que, para sua decepção, ele já havia lido isso quando ele tinha quatro anos. Para ser mais preciso, ele poderia recordar o conteúdo deste livro de trás para frente.

Era exatamente esse livro no antigo templo da Vila Xining, este livro era chamado de “Clássico da Abrangência da Simplicidade”.

Ele ficou um pouco surpreso porque sentiu que ele havia retornado a aquela sala de testes na Academia do Caminho Celestial. Ele sentiu originalmente que uma coisa tão boa não poderia continuar acontecendo, e agora ele ficou surpreso ao vê-la aparecer mais uma vez. Isso fez com que ele se sentisse um pouco distraído, um atordoamento que demorou bastante para passar.

Depois de despertar de seu estupor, ele abriu rapidamente o segundo livro.

Este livro era chamado de “Uma Antologia de Poemas em Louvor do Mausoléu de Livros”.

Como uma brisa fresca, ele rapidamente o abriu e rapidamente confirmou que ele também havia lido este livro. Essas poesias de elogios escritas pelos dignos predecessores depois de verem o Mausoléu de Livros já estavam em sua mente. Foi apenas que de volta ao antigo templo da Vila Xining, quando ele leu esses poemas aos cinco anos de idade, esta antologia foi chamada “Um Esplêndido Registro de Poesia”.

Ele ficou em silêncio por alguns instantes, depois abriu o terceiro livro.

Era o mesmo caso.

Ele já havia visto esse livro antes, mas seu nome era diferente quando ele o leu quando criança.

O quarto livro, o quinto livro…ele rapidamente passou levemente por todos os quarenta e nove livros e verificou que ele havia lido todos eles antes.

A mesma coisa de novo?

Isso ainda era uma surpresa agradável? Ele pegou ”Na Purificação” mais uma vez. Ele ficou quieto por um longo tempo, pensando em silêncio consigo mesmo. Em algum momento, os cantos de seus lábios haviam se animado e seus olhos se estreitaram até parecerem o rio que fluía das estrelas, repleto de sorrisos.

Ele pensou nas palavras de Shuang’er.

“Cultivação não é tão simples.”

Ele ergueu a cabeça, mas tudo o que o encontrou era uma mancha de luz e sombra na porta da biblioteca e a gentil carícia da brisa fresca – ninguém estava parado lá. Ele não podia deixar de sentir-se decepcionado e frustrado, como se tivesse perdido alguma coisa. Se aquela pequena senhorita ainda estivesse lá, ele diria a ela que ele realmente poderia condensar seu sentido espiritual mais rápido do que a Xu Yourong.

Mas ele imediatamente lembrou que Xu Yourong havia lido os quarenta e nove livros cem vezes e condensado seu sentido espiritual quando tinha apenas quatro anos. O recém-nascido ponto de orgulho em sua mente instantaneamente se dispersou quando ele riu de si mesmo, pensando que isso realmente não tinha sentido.

Seu próximo curso de ação deve ser usar o método descrito em ”Na Purificação” para levar as palavras e as informações nas palavras dos quarenta e nove livros e gravá-los em sua mente, convertendo-os completamente em nutrientes para fortalecer sua alma e, em seguida, condensar seu sentido espiritual em uma só vez.

Se fosse uma outra pessoa, neste momento crítico, ela provavelmente teria continuado para o próximo estágio. Mas Chen Changsheng olhou para a cor do céu e percebeu que o sol já estava afundando-se no oeste, o crepúsculo se aprofundando gradualmente. Ele deixou ”Na Purificação” de lado, guardou os livros do chão e saiu da biblioteca.

Era hora de jantar.[2]

……

……

Por conta dele precisar jantar, ele podia desconsiderar essa chance de mudar seu destino que estava ao alcance do seu braço. Se isso fosse autodisciplina, então essa era uma autodisciplina que era excessivamente dura e cruel, mais parecida com uma autotirania. No entanto, também poderia ser descrito como uma espécie de autoconfiança, porque ele acreditava que essa chance não escaparia dos seus dedos.

Do exame de admissão da Academia do Caminho Celestial aos quarenta e nove livros que mais uma vez descobriu em sua mente, Chen Changsheng conseguiu confirmar algumas coisas: seu mestre há muito preparou para ele a base para cultivar, e seu mestre não era realmente um cultivador normal.

A estrada do cultivo do Dao era infinitamente longo, e ele e o Sênior Yu Ren estudaram amargamente as escrituras do caminho desde que eram crianças. A quantidade inumerável de livros que estavam gravados em seus corações, o que significava que ele partiu nessa jornada muito mais cedo do que outros. Ele já havia caminhado por um caminho de dez mil li, então era certo que ele chegou à outra margem antes dos outros.

Chen Changsheng sempre tinha tido muita confiança. Agora que ele havia confirmado essas coisas, ele ficou ainda mais confiante. Naquele momento, o crepúsculo estava se aprofundando e os restos do sol estavam desaparecendo gradualmente, mas, em sua mente ainda mais aberta, um sol vermelho estava subindo lentamente. Como ele poderia estar preocupado que seu caminho em frente seria escuro?

Depois de comer o jantar, ele voltou para a biblioteca, aqueceu uma panela de água e preparou uma xícara de chá com algumas folhas de chá perfumadas que comprou na Rua das Cem Flores. Ele cruzou as pernas e sentou-se. Seu olhar lentamente varreu a fileira limpa de quarenta e nove livros, em último pousando em ”Na Purificação”.

As palavras desses livros flutuavam lentamente das profundezas da mente, retornando de suas memórias de infância, anormalmente vívidas. Então, essas memórias gradualmente começaram a liberar algum tipo de Qi que, de acordo com o método descrito no primeiro capítulo de ”Na Purificação”, começaram a se misturar incessantemente em seu mundo mental.

Há muitos anos, no antigo templo, ele havia completado a abertura de sua mente. Agora, o que ele precisava fazer era solidificar seu conhecimento.

Ele fechou os olhos e começou a pensar calmamente, e depois ele gradualmente esqueceu de pensar.

Na verdade, o chamado “entender a mente para conhecer o caráter de alguém” não era tão complexo.

Era apenas fundir e os ligar como um.

O tempo passou gradualmente, e do chão úmido fora da biblioteca veio o chilrear dos insetos.

Claramente, ainda era início da primavera.

A escuridão se instalou gradualmente, as muitas estrelas gradualmente se iluminaram, e a capital agitou-se com o barulho das pessoas.

A Academia Ortodoxa, com seu único ocupante, ainda estava quieta como sempre.

A lâmpada de óleo na biblioteca era muito fraca, mas parecia que nunca iria extinguir-se.

De repente, um leve zumbido ressoou através da biblioteca.

Esse som veio entre os céus e a terra.

Um vento soprou através e ao redor do prédio.

Chen Changsheng abriu os olhos, seus olhos um pouco desapontados, e então calma, e finalmente cheios de alegria.

Em um dia e uma noite, ele conseguiu condensar seu sentido espiritual.

Cultivar acabou por ser simples assim.[3]


Tradutor: Vaan  |   Editor: Martins   |   QC: Enxarcado



1. “Não vá quebrar potes quebrados” é um ditado que significa que, mesmo que um pote já esteja danificado, você não deve quebrá-lo novamente e destruí-lo completamente. Uma analogia semelhante seria tirar um 6 em uma prova e então desistir de estudar e na outra prova tirar 0.

2. (Enxarcado: Um momento sagrado, sem sombra de dúvidas kkk.)

3. (Enxarcado: Agora que a brincadeira irá começar hehe.)

Contribua com a Novel Mania!