ZTJ – Capítulo 186 – Aquele que Abriu o Jardim



CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                   PRÓXIMO CAPÍTULO


Qiushan Jun não participou do Grande Exame deste ano não por causa do contrato de casamento que Chen Changsheng havia colocado na mesa, nem por causa da carta que Xu Yourong enviou durante o Festival das Heras, nem por causa das rotineiras conversas das pessoas da população comum. Não havia sentimentos infantis por trás de sua razão. Ele tinha acabado de ser requisitado para realizar uma grande tarefa.

Fazia vários meses desde que Qiushan Jun havia aparecido em público, e nem mesmo Gou Hanshi ou os outros discípulos da Seita da Espada do Monte Li sabiam onde estava seu irmão mais velho. Isso porque o grande assunto exigia absoluto sigilo. Os comuns não sabiam onde ele estava, e ele, igualmente, estava inconsciente do que estava acontecendo no mundo. A aliança matrimonial entre o norte e o sul e o fato do  clã Qiushan e a Seita da Espada do Monte Li terem vindo, juntamente com a missão diplomática do sul à capital para entregar uma proposta de casamento à propriedade do General Divino do Leste havia sido ocultada, intencionalmente ou não de Xu Yourong, do Monte das Virgens Santas, mas Qiushan Jun realmente não sabia.

Enquanto lia o pergaminho, Chen Changsheng ficou ainda mais quieto.

Qiushan Jun foi para um lugar chamado Jardim de Zhou.

Chen Changsheng não sabia que tipo de lugar era o Jardim de Zhou, porém, poderia especular, a partir do relato no pergaminho, que o Jardim de Zhou era, provavelmente, um mundo em miniatura e também uma terra abandonada. Assim como aquele palácio dentro do Mundo da Folha Verde do Papa, o Jardim de Zhou tinha limites estritos sobre quem poderia entrar: para entrar, era preciso estar abaixo do Reino da Condensação Estelar.

Por certas razões, o Jardim de Zhou era extremamente importante, um objetivo estratégico que o mundo humano precisava para competir com a acirrada corrida dos demônios. No entanto, além de seu antigo dono, o Jardim de Zhou nunca esteve sob o verdadeiro controle de uma segunda pessoa.

Felizmente, embora o último dono do Jardim de Zhou não tivesse aparecido por muitos anos, o Jardim de Zhou não havia sido fechado. Em vez disso, seguiu-se em uma cadência definida, abrindo a cada dez anos.

Antes que o Jardim de Zhou se abrisse formalmente, fenômenos emergiriam no mundo e sua parede mais externa viria a existir. Nesse período de tempo, enquanto alguém, humano ou demônio, pudesse encontrar o portão principal deixado pelo antigo dono e conseguisse trazer a chave para o portão principal, o mesmo teria controle sobre o Jardim de Zhou por dez anos.

É claro que, se nem um humano ou demônio conseguisse fazer isso, o Jardim de Zhou se fecharia novamente, desaparecendo no eterno caos espacial para aguardar silenciosamente o fim dos próximos dez anos.

Fazia muitos anos desde que o Jardim de Zhou caíra sob o controle de um humano ou demônio.

Fazia várias décadas desde que o Jardim de Zhou fora, pela última vez, aberto.

Este ano foi o ano em que o Jardim de Zhou foi aberto. Os Cinco Santos prestaram atenção a esse tema por todo o tempo. No momento em que eles e aqueles aterrorizantes príncipes-demônio na cidade de Xuelao sentissem tais fenômenos no mundo, imediatamente enviaram pessoas para abrir o jardim.

Nos últimos séculos, as aberturas fixas do Jardim de Zhou não haviam influenciado a estrutura do mundo, mas aquelas poderosas figuras que realmente conheciam o Jardim de Zhou e os itens dentro dele, nunca se atreveram a encará-lo levianamente. Nenhum deles poderia garantir o que aconteceria se alguém realmente encontrasse esses objetos no Jardim de Zhou.

Por estas razões, a abertura do Jardim de Zhou e sua localização aproximada eram segredos absolutos. Além dos Cinco Santos e figuras no nível do Mestre da Seita da Longevidade, somente os participantes saberiam desses segredos.

Aquelas milhões de pessoas que viviam no continente simplesmente desconheciam esse assunto. Na época, a capital ainda estava esperando pelo começo do Festival das Heras e Chen Changsheng ainda estava sendo irritado pelo súbito aparecimento de uma nova porta na parede da academia.

Como o Jardim de Zhou era tão importante, os dois lados opostos do continente naturalmente enviariam indivíduos extraordinários para abrir o jardim. Os demônios haviam enviado muitos jovens especialistas, enquanto os Cinco Santos, depois de uma discussão, haviam enviado apenas uma pessoa.

Esta pessoa foi aclamada como o número um abaixo do Reino da Condensação Estelar, tanto no mundo humano como na terra dos demi-humanos — Qiushan Jun.

Os Cinco Santos levaram em consideração todas as possibilidades, e Qiushan Jun realmente não os decepcionou. Ele encontrou com sucesso o portão principal do Jardim de Zhou antes dos demônios e tirou a chave, assegurando que o Jardim de Zhou pertencesse aos humanos pelos próximos dez anos.

Esta foi a razão pela qual Qiushan Jun não pôde participar do Grande Exame.

……

……

O pergaminho que Xu Shiji deu a Chen Changsheng para ler, naturalmente, não descreveu o Jardim de Zhou em muitos detalhes, mas Chen Changsheng ainda era capaz de reconhecer claramente a importância do Jardim de Zhou. No entanto, o que ele não sabia era que havia outra razão importante para o mundo humano ter sido capaz de encontrar e apreender a chave do Jardim de Zhou diante dos demônios, além da notável excelência de Qiushan Jun, e esse motivo estava ligado a ele.

Alguns meses atrás, um especialista demônio tentou assassinar Luoluo na Academia Ortodoxa, mas foi impedido por Chen Changsheng. O demônio foi capturado vivo por Xue Xingchuan e foi incapaz de suportar as torturas do Lorde Zhou Tong. As informações que ele divulgou permitiram que o Grande Zhou descobrisse uma organização de espionagem comandada pelo Manto Preto, e ao mesmo tempo levando-os a descobrir uma pista para o Jardim de Zhou. Qiushan Jun seguiu esta pista e foi capaz de alcançar o objetivo antes das pessoas da cidade de Xuelao.

Chen Changsheng não sabia disso, ou de quanto Qiushan Jun havia sido testado e desafiado. Ele só podia pegar a informação simples escrita no pergaminho para imaginar cegamente o que Qiushan Jun havia feito. Quanto mais pensava, mais quieto se tornava, e sua admiração se aprofundava por aquele sujeito que nunca conhecera, mas que ele sempre estivera observando à distância.

“Ele desistiu do Grande Exame por causa de todo o bem-estar da humanidade. Quando esta notícia estiver espalhada pelo continente amanhã, quanto brilho você acha que seu primeiro lugar da primeira bandeira ainda terá?”

A gélida voz de Xu Shiji quebrou o silêncio.

Chen Changsheng colocou o pergaminho de volta na mesa e pensou em silêncio: como é esse o caso, o por que deste jantar em família?

“Nunca acreditei que eu era mais notável que Qiushan Jun, e se eu era ou não, eu nunca viria terminar o noivado só porque achava que eu era mais notável que ele.”

Ele olhou para Xu Shiji e a Madame Xu, e disse: “Estou terminando o noivado porque quero, apenas e simplesmente, terminar com o noivado. A questão é que ninguém acreditou em mim no começo, e ainda ninguém acredita em mim neste exato momento.”

Independentemente de saber se alguém acreditava, essa tarefa ainda tinha que ser realizada.

Chen Changsheng fez uma reverência para Xu Shiji e sua esposa, depois se virou e saiu.

O antigo contrato de casamento mantido em seu novo envelope silenciosamente amparava-se na mesa.

Ao lado do portão de pedra do jardim da frente, Shuang’er estava de pé sob o bambu e observou-o sair. Ela estendeu a mão como se pretendesse chamá-lo e perguntar-lhe algo, porém, no final, preferiu não dizer nada, e sua mão lentamente desceu, voltando a sua posição original.

……

……

Para consternação de Chen Changsheng, quando retornou à Academia Ortodoxa, ele percebeu, para seu espanto, que o contrato de casamento estava sobre a mesa na biblioteca, tendo retornado ainda mais rápido do que ele.

“O que está acontecendo aqui?” Ele aceitou o contrato de casamento oferecido por Tang Trigésimo Sexto, com grande tristeza.

Tang Trigésimo Sexto respondeu: “Você não deveria estar agora me explicando o que está acontecendo? Por que a propriedade do General Divino do Leste devolveu o contrato de casamento? Você está realmente pretendendo terminar o noivado?”

Depois de uma pausa, Chen Changsheng respondeu: “Eu fui esta noite precisamente para terminar o noivado.”

Tang Trigésimo Sexto perguntou surpreso: “Por que você quer acabar com o noivado? Você não acha Xu Yourong um bom partido para você?

Chen Changsheng não respondeu a esta pergunta. Tomando o contrato de casamento, ele deixou a biblioteca.

Ele pretendia ir ao Palácio Li.

Como a propriedade do General Divino do Leste não estava disposta a terminar o noivado, apenas lhe restava incomodar o Papa.

Para encerrar um noivado, deveria-se exigir a pessoa que fez o noivado.


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!
dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC:Asura


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                   PRÓXIMO CAPÍTULO



Fontes
Cores