ZTJ – Capítulo 184 – Assuntos do Passado



CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                  PRÓXIMO CAPÍTULO


Inúmeras flores caíam do céu e pousavam na carruagem. Chen Changsheng afastou seu olhar, tirou as pétalas de suas roupas e depois assentiu para a multidão ao redor, agradecendo-lhes por sua generosidade e entusiasmo.

Nas profundezas do Palácio Imperial havia um jardim abandonado onde as flores também caiam. As resistentes ameixas ao frio eram sopradas pelo vento, enviando minúsculas flores cor-de-rosa em cascata até o chão, formando uma camada rasa à beira do lago e assim produzindo uma cena sobremaneira bela.

O Papa e a Imperatriz Divina estavam entre as flores de ameixa, olhando para a Lagoa do Dragão Negro diante deles.

“Anteontem, quando ele estava no Palácio da Educação participando do Grande Exame, acho que havia entrado no top dezesseis? Na época, eu havia dito que ele iria só até aí… mas eu não esperava que essa criança realmente não parasse quando chegasse lá.”

A Imperatriz Divina olhou para as floridas árvores que cresciam ao longo da borda da lagoa, calmamente sentindo o cheiro de história vindo do Palácio Tong enquanto falava lentamente. Se não quisesse que Chen Changsheng ficasse em primeiro lugar da primeira bandeira do Grande Exame, ela possuía inúmeros métodos para impedi-lo. Por exemplo, logicamente falando, Mo Yu, que estava presente no campo das partidas, poderia ter feito alguma coisa, mas ela nada fez.

Ela arqueou as sobrancelhas para o Papa e disse: “Agora que penso nisso, na noite do Festival das Heras, quando Mo Yu trouxe a criança para cá e tentou usar o Palácio Tong para prendê-lo, isso também foi feitio seu, não?”

O Papa vagarosamente respondeu: “Aos olhos daquela criança, Mo Yu, eu e você, Imperatriz, somos todos farinha do mesmo saco. Ela me respeita do mesmo modo que respeita a Imperatriz. Mesmo que perceba mais tarde que isso era um tanto inapropriado, não poderia falar sobre isso, de qualquer forma.”

“Mei Lisha ficou em silêncio por mais de duzentos anos, mas quando Chen Changsheng entrou na capital no ano passado, ele, de repente, voltou à vida. Na época, senti que algo não estava certo.”

A Imperatriz segurou suas mãos e caminhou até a beira do lago, e contemplou o teto do palácio, o céu azul e as nuvens que à deriva estavam, e que eram refletidas por sobre as águas do lago. Ela indiferentemente disse: “Eu naturalmente sabia que Chen Changsheng e a Academia Ortodoxa eram a manifestação da teimosia de diversos outros anciãos, e eu, de antemão, já havia feito minhas preparações, mas não havia dado tanta atenção ao que poderia acontecer. Como em uma noite havia dito a Mo Yu, meu coração pode aguentar todo este mundo, então, como não o pode com uma insignificante Academia Ortodoxa e um jovem?”

Ao dizer isso, ela se virou e calmamente olhou nos olhos do Papa. “Entretanto, de repente, você revelou a sua postura, e ainda o fez duas vezes seguidas. Isso me obrigou a ficar vigilante.”

O Papa nada disse.

A paz e o poder que a Grande Zhou, certamente, que o mundo inteiro experimentara por mais de dois séculos baseavam-se principalmente na confiança e amizade entre os Cinco Santos. A mais crucial dessas relações era, naturalmente, a entre a Imperatriz Divina e o Papa. Muitos anos atrás, quando o Imperador Xian começou a ignorar as questões de governo e a Imperatriz Divina começou a ler memoriais em seu lugar, agindo como sua substituta em questões de estado até que finalmente viesse à governar por detrás das cortinas, ela havia produzido incontáveis ​​furiosos protestos e ataques. A razão pela qual aqueles que se opunham à Imperatriz Divina nunca tinham sido capazes de obter sucesso repousava principalmente no fato de que sempre que o conflito se intensificava, o Papa viria com sua Ortodoxia e permaneceria firmemente do lado da Imperatriz Divina.

Dez anos atrás, a doença do Imperador Xian piorou. A fim de evitar que a Grande Zhou realmente fosse governado por uma mulher, muitas figuras importantes na Ortodoxia e no clã Imperial Chen decidiram começar apressadamente uma rebelião. Nesse dia a Academia Ortodoxa foi banhada em sangue, tendo seu Diretor morto pelas mãos do Papa.

Todos acreditavam que a destruição da Academia Ortodoxa era a prova da amizade entre o Papa e a Imperatriz Divina e uma demonstração de seu poder. Aquelas pessoas na Ortodoxia que ousaram se opor ao Papa e aqueles membros do antigo clã Imperial que ousaram se rebelar, foram todos massacrados por um homem dentro da Academia Ortodoxa.

Então, por que o Papa mudou seu posicionamento?

“Chen Changsheng… é meu sobrinho-aprendiz”, disse calmamente o Papa à Imperatriz.

O jardim abandonado ficou ainda mais quieto. O frio da Lagoa do Dragão Negro os atacou, e as flores de ameixa rosa naquele momento assemelhavam-se a pedaços de neve.

Depois de um longo silêncio, a Imperatriz Divina perguntou: “Daoísta Ji?”

O papa respondeu: “Desde que ele seja o Daoísta Ji, então, naturalmente, ele não morreu naquela noite.”

“Então esse foi o caso, realmente foi assim… mas, e daí? Pode você ainda estar vendo seu irmão mais velho com o afeto de discípulos companheiros? Não esqueça a razão pela qual decidimos matá-lo naquela época.”

A Imperatriz Divina apontou para uma árvore na margem do lago, onde um corvo negro estava empoleirado em um galho.

“Nesses mais ou menos dez anos, os sinais da atividade do Manto Preto sempre estiveram presentes ao redor da cidade de Xuelao, não da Vila Ximing. O que aquele filho do clã Qiushan fez há alguns dias já provou isso.”

O Papa suspirou: “Talvez nós realmente tenhamos matado o errado naquele ano.”

A Imperatriz Divina adquiriu inexpressividade em seu cenho. “Mesmo se o seu irmão mais velho não fosse o Manto Preto, isso significa que ele não deveria morrer?”

O Papa não respondeu a essa pergunta, dizendo: “Independentemente disso, os assuntos da última geração não devem afetar a próxima. Chen Changsheng ainda é meu sobrinho-aprendiz, e essa criança não tem conhecimento desses assuntos do passado. Além disso, atualmente, não há ninguém que se atreva a ofendê-lo, então por que você ainda precisa se lembrar daqueles assuntos do passado?”

Depois de ouvir isso, a Imperatriz Divina ficou em silêncio por um tempo. De repente, soltou uma vívida risada e disse: “Esse caminho também é viável”.

O Papa não mudou nem um pouco com a risada dela, e seus verdadeiros sentimentos não puderam ser vislumbrados em seu rosto. Ele perguntou: “Qual é a sua opinião sobre o Jardim de Zhou?”

A Imperatriz Divina caminhou ao longo da beira da Lagoa do Dragão Negro até a margem oposta, assim dizendo: “O Reino da Condensação Estelar como o limite superior, e o Reino da Abertura Etérea como o limite inferior, ambos se fazendo presente no meio do verão, a cada dez anos — nada mudou.”

O Papa a seguiu, dizendo: “Ainda temos que ver os resultados compreendendo o Mausoléu dos Livros. Hoje é um ótimo ano; quem sabe quantos examinados serão capazes de adentrar ao Reino da Abertura Etérea?”

A Imperatriz Divina parou e disse: “Terei que incomodar Vossa Santidade com este assunto.”

……

……

Na mesma noite, o eunuco chefe já idoso no Palácio Imperial começou a investigar um caso antigo por conta de ordem secreta da Imperatriz Divina, assim começando a silenciosa e furtivamente transferir arquivos antigos. A Imperatriz Divina não havia designado esse assunto a Mo Yu. Não tinha nada a ver com confiança, mas era principalmente porque este assunto era muito antigo e Mo Yu era jovem demais na época. Além disso, tal assunto era demasiado trágico e, como Mo Yu não sabia, ficaria tudo bem se ela nunca soubesse.

Este antigo caso foi a razão do banho de sangue na Academia Ortodoxa dez anos atrás.

O Imperador Xian estava deitado em seu leito de enfermo, fazendo a Imperatriz Divina arder em ansiedade. Ela também estava ocupada com assuntos governamentais, e assim, num momento em que estava fisica e mentalmente exausta, abatida ao extremo, o velho clã imperial tentou sequestrar seu único príncipe.

Este era um assunto incrivelmente aterrorizante, e o que era ainda mais aterrorizante era que aqueles membros do antigo clã Imperial haviam conseguido. O príncipe desapareceu, depois ninguém sabia se estava vivo ou morto.

Tal situação fez com que a Imperatriz Divina perdesse o controle de si mesma. Em sua fúria, ela matou todos os envolvidos no incidente, até mesmo executando dois príncipes de condados, enquanto a Academia Ortodoxa estava cheia de corpos de decapitados. Agora, o Papa havia confirmado que o diretor da Academia Ortodoxa ainda estava vivo, que ele era Daoísta Ji. Então poderia aquele príncipe também estar vivo?

Se não fosse pelo fato de a idade de Chen Changsheng não estar certa, a Imperatriz Divina poderia ter imaginado ainda mais.

……

……

Ao entardecer, Chen Changsheng terminou todas as atividades relacionadas ao anúncio de rankings do Grande Exame. Ele retornou à Academia Ortodoxa, vestiu roupas limpas e saiu da Rua das Cem Flores. Atravessando as várias pontes escondidas nas vielas da capital, cruzando o rio Luo três vezes e percorrendo por  ainda mais canais sem nome, ele alcançou a propriedade do General Divino do Leste.

Na primavera do ano passado, ele, uma vez, igualmente visitara a propriedade do General Divino do Leste, e essa foi a única vez que a visitou. Quase um ano havia se passado desde aquela época, e muitas coisas já haviam mudado, porém, também havia muitas coisas que não haviam mudado. Por exemplo, a propriedade do General Divino ainda era sombria e silenciosa, e o rio ainda gorgolejava sob a ponte de pedra.

Desviando o olhar do fim do canal, Chen Changsheng desceu a ponte de pedra e chegou ao portão da propriedade do General Divino do Leste. Ao declarar sua identidade aos guardas do lado de fora da propriedade, ele foi rapidamente levado para dentro.


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!
dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC:Asura


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                  PRÓXIMO CAPÍTULO


 


Fontes
Cores