ZTJ – Capítulo 174 – Vendo um Lago e Uma Montanha ao Fechar os Olhos



CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                         PRÓXIMO CAPÍTULO


A planície nevada era muito espessa, desconhecia-se quanto a sua profundidade. Cada floco de neve, ou talvez fragmento de neve, era um pedaço de radiação estelar, contendo uma abundância de energia em seu interior. Um único fragmento da planície nevada, com uma circunferência que se aproximava de um quilômetro, continha dezenas de milhares de fragmentos de neve e abrigava uma quantidade incalculável de energia. Ao serem acesos pelo seu sentido espiritual, eles instantaneamente liberaram quantidades imensuráveis ​​de luz e calor.

Anteriormente, na frente do Dragão Negro, Chen Changsheng havia pulado a Purificação e praticado diretamente a Meditação Introspectiva, como resultado, se não fosse pelo sangue do Dragão Negro ele teria morrido pela luz e o calor a ele sendo exposto.

Mais cedo, na luta contra Zhuang Huanyu, ele havia acendido um fragmento da planície nevada. Pois, embora seu corpo fosse muito mais forte do que era antes de se banhar no sangue do dragão, a luz e o calor ainda eram difíceis de resistir. Se não fosse por aquela repentina chuva de outono — ele provavelmente teria morrido.

A luz e o calor emitidos por apenas um único fragmento da planície nevada já era demasiadamente horrível e difícil de suportar, sem falar o acender de dez fragmentos ao mesmo tempo. Ele não tinha como resistir, e era um método que arriscava sua vida.

Ele certamente tinha que derrotar Gou Hanshi e obter o primeiro lugar na primeira bandeira, pois apenas desse modo que ele poderia entrar no Pavilhão Lingyan e descobrir o segredo para desafiar os céus e mudar seu destino. Assim como havia dito anteriormente, ele tinha que arriscar sua vida para salvar sua vida.

Em um instante, seu corpo ficou incrivelmente quente, sua temperatura atingiu alturas inimagináveis. A chuva que caía sobre ele rapidamente se evaporava — essa chuva nem minimamente conseguiu realmente fazer seu corpo ficar encharcado; em contraste, ele começou a fortemente suar. O suor saia espessamente de seu corpo, evaporando no momento em que entrava em contato com a superfície de seu corpo.

Todo o seu corpo estava coberto pelo vapor branco com ambos chuva e suor misturados, e o cheiro que estava sendo produzido era bastante estranho. Ao mesmo tempo, através do vapor, notava-se que seu rosto estava ligeiramente distorcido, sendo assim, algo extremamente peculiar.

Com apenas alguns segundos, suas roupas já haviam sido molhadas e logo em seguida secas dez vezes. Por mais robusto que fosse o material da sua roupa, ela não podia tolerar tal ciclo contínuo.

Quando a chuva que caia de cima do salão, de repente, tornou-se mais severa, sua roupa imediatamente explodiu, transformando-se em múltiplas tiras de tecido que estavam penduradas em seu torso nu, algo realmente cômico; porém, para aqueles no segundo andar, tal cena era extremamente chocante.

De fato, a chuva que caia de cima do salão de repente tornou-se extremamente densa, como se soubesse que ele estava atualmente à beira da morte. A chuva esforçava-se para cair e o som de sua descida podia ser claramente ouvido — tal assemelhava-se a alguém que tivera cavado um buraco no fundo do lago celestial.

A água da chuva também estava extremamente fria, tal a um último aviso do outono antes que o inverno se fizesse presente.

Mesmo assim, a chuva fria e violenta que pousou em seu corpo não conseguiu impedir que sua temperatura subisse. Em meio aos feixes de vapor, seus olhos revelavam uma expressão cheia de dor.

O som das cigarras aumentou fora do salão, cada vez mais ressonante e estridente.

Dentro e fora do salão dois mundos diferentes existiam, duas diferentes estações.

A carne de Chen Changsheng doía imensamente, como se estivesse rasgando. Sua pele ficou extremamente sensível, fazendo cada gota de chuva causar dor tal como estivesse sendo esfolado[1].

Todo o seu corpo ficou como se realmente estivesse queimando; embora as chamas não pudessem ser vistas, o ar ao redor de seu corpo já havia começado a distorcer, criando uma cena bizarra.

A queima de uma quantidade tão temível de radiação estelar ao lado de uma dor tão difícil de suportar ainda não podia forçá-lo a fechar os olhos — ele olhou para os olhos de Gou Hanshi; a mão que estava segurando a adaga empalideceu-se.

Ele começou a se mover, devagar, mas firmemente, tentando continuar buscando a chance de vitória.

Ele não sabia quando desmaiaria por conta da dor, ou em que hora poderia ser queimado até virar cinzas, mas tinha que suportar a dor e aproveitar a oportunidade de sua lídima essência ser muito mais forte do que jamais fora e vencer o oponente.

Gou Hanshi olhou Chen Changsheng lentamente se aproximando junto com o vapor branco. Ele estava com uma expressão incrivelmente severa em sua fronte.

Ele sacudiu levemente o braço direito e sua espada atravessou o ar, flexivelmente, porém, de forma incrivelmente estável, atingindo Chen Changsheng.

Dentro da tempestade, a figura de Chen Changsheng, de repente, se apressou. Então usou de uma velocidade temível e do Movimento Yeshi para evitar essa intenção de espada gentil, porém, poderosa. A adaga dentro de sua mão emprestou-se do ímpeto da chuva para atacar Gou Hanshi.

Dentro de um tempo extremamente curto, os dois trocaram dezesseis movimentos.

As Técnicas de Espada do Monte Li de Gou Hanshi eram naturalmente transcendentes e poderosos, enquanto os contra-ataques de Chen Changsheng eram incrivelmente espetaculares.

Ocasionalmente, transformava o Cajado Tombador de Montanhas em uma técnica de espadas, juntamente com inúmeras técnicas de espadas de várias seitas e academias que eram por ele casualmente utilizadas.

Combinado com sua já profunda familiarização com as Técnicas de Espada do Monte Li, ele dificilmente conseguiu bloquear os ataques de Gou Hanshi.

A situação tornou-se tensa; Os observadores do segundo andar permaneceram em silêncio, mas, internamente, já estavam cativados pela luta. Eles elogiavam especialmente Chen Changsheng, pois, tendo visto esse embate entre espadas, todos viram que a derrota de Zhuang Huanyu para ele, definitivamente, não fora um erro.

Nesta batalha, Chen Changsheng exibiu o que só poderia ser chamado de uma força de vontade temível e uma habilidade de aprendizagem incrível. Era preciso saber que, desde o início, quando enfrentou Zhuang Huanyu, ele não tinha confiança no caminho da espada.

Atualmente, lutando contra Gou Hanshi, que era amplamente aceito como sendo extremamente forte em técnicas da espada, sua técnica estava, realmente, ficando cada vez mais afiada, assim verdadeiramente transformando o conhecimento que aprendera dos livros de cultivo em uma verdadeira aptidão para a batalha.

Era uma pena que a Academia Ortodoxa tinha um limite. O Palácio Li também tinha e o próprio Salão da Limpeza de Poeira também tinha limites — até mesmo o mundo era preenchido com esses limites que impediam os seres humanos de agirem.

Na frente de Gou Hanshi igualmente havia um limite. Não importava o quão talentoso Chen Changsheng pudesse ser, ou quão forte sua força de vontade fosse, ainda era algo que não podia ser simplesmente ignorado. Afinal, começou a cultivar por apenas menos de um ano, e se contássemos do momento em que completou com sucesso a Purificação, fora apenas à alguns meses.

Com um som agudo, a tempestade dentro do salão parou.

A razão pela qual a chuva parou fora foi porque a temperatura de Chen Chang Sheng havia voltado ao normal.

O fortuito do caso foi que ele não morreu, mas o que provocou essa fortuna fora algo infeliz — a lídima essência dentro de seu corpo já estava exausta nesta batalha.

Silêncio completava o salão.

Gou Hanshi estava em sua posição original, sua manga direita estava ligeiramente caída e sua pele um tanto pálida.

Chen Changsheng estava do outro lado, sua roupa esfarrapada não era nada além do que tiras de pano e seu corpo nu sangrava continuamente.

Esta batalha finalmente chegou ao fim, ele perdeu completamente a chance de vencer, no entanto, longe das expectativas de todos, e talvez até dele mesmo, não se sentiu tão triste, nem teve pensamentos negativos, raiva ou amargura; ele sentiu-se muito calmo.

Porque ele, de antemão, tentara seu melhor.

Pois pela premissa de viver, ele havia apostado sua vida.

Se mesmo isso não bastasse para ter sucesso, então só poderia ser dito que tal fora o plano do Dao Celestial, do destino.

Ele não o aceitou e o tentou desafiar, porém, falhou; Nada além.

Depois dos dez fragmentos de planície nevada, ele continuou a acender suas planícies duas vezes mais. Em sua última tentativa já havia queimado completamente todas as planícies de neve. Ele realmente se esforçou, mas falhou.

Ele tinha o direito de ficar calmo, talvez até o direito de se orgulhar.

Ele baixou o olhar para olhar a mão direita, a adaga estava amarrada a ele com a roupa.

Do início ao fim desta batalha, a espada dele e a de Gou Hanshi não entraram em contato, porque Gou Hanshi sentiu um pouco de medo, o que também deixou claro que sua habilidade ainda era muito baixa.

Ele deveria ter o direito de ficar calmo, mas por que sentiu uma ligeira incapacidade de render-se?

Chen Changsheng olhou a adaga em mão e a silenciosamente contemplou.

Ele ergueu sua cabeça e a espada, investindo-se em direção a Gou Hanshi.

Ele sabia que esta seria a última vez que ergueria sua adaga.

E realmente o foi.

Gou Hanshi ergueu o braço e Chen Changsheng foi enviado voando para trás em direção à parede.

Ao viajar pelo ar, sentiu-se um tanto exausto, um tanto feliz; isso porque finalmente poderia parar de pensar, finalmente parar de se arrepender; ele percebeu que o profundo céu azul acima estava um tanto penetrante para os olhos que para ele vislubravam.

Ele fechou os olhos.

Mas os céus não escureceram.

Ele viu a terra queimada e vazia, aparentemente queimada das planícies de neve.

Ele viu os restos de água gotejante nas planícies selvagens.

Ele viu algo ainda mais longe.

Nesse local, suspenso no céu, havia um lago.

Apenas hoje viu claramente que, dentro do lago, na verdade, havia uma montanha.


¹-O termo correto para “esfolado” aqui é ‘剥皮揎草’, que significa: descascar pele e estofar com grama’. Refere-se a uma particularidade cruel dos punimentos capitais na Dinastia Ming em que as vitimas eram completamente esfoladas, a pele usada para fazer uma bolsa, enchia a bolsa com grama e então a pendurava como um aviso para a população.


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!
dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC:Asura


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                         PRÓXIMO CAPÍTULO


 


Fontes
Cores