ZTJ – Capítulo 172 – As Planícies Nevadas Queimam Uma Vez Mais



CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                          PRÓXIMO CAPÍTULO


As Três Canções do Pescador não possuíam um quarto movimento.

Mo Yu ficou junto à janela, silenciosamente. Muitos sacerdotes do Palácio Li só viram a elegância e o poder dos três golpes de Gou Hanshi, mas não puderam ver o que faziam; foi precisamente devido à sua partida anterior contra Zhexiu que esgotou demais sua lídima essência, o que o levou a usar seus três movimentos mais fortes no momento em que a partida começou — o que buscava era uma rápida vitória.

Claro, embora os três golpes de Gou Hanshi tenham sido evitados por Chen Changsheng, ainda não acreditava que o jovem tivesse alguma chance de ganhar, porque a diferença no nível de cultivo não era algo que poderia ser superado apenas com ferramentas, nem estava relacionado a algo tão simples quanto coragem; como esse obstáculo existia, não podia ser superado.

Esse obstáculo era chamado de Abertura Etérea.

Gou Hanshi já havia alcançado o Reino da Abertura Etérea, enquanto Chen Changsheng ainda estava impossivelmente distante do mesmo, portanto, o resultado dessa partida já fora predeterminado, assim não importando o quanto Gou Hanshi pudesse ficar fraco ou machucado.

Ora, o que era a Abertura Etérea? Tal significava abrir o céu e a terra através do Palácio Etéreo; somente ao cultivar a este nível, os canais meridianos do corpo estariam completamente conectados fazendo, assim, a lídima essência fluir sem nenhum encalço; igualmente, neste estágio, o céu e a terra eram semelhantes ao cultivador, pois apenas com o levantar da mão ou do pé, ele automaticamente daria origem a uma resposta. A lídima essência igualmente ficaria mais pura e forte. Ora, se a lídima essência de um cultivador no Reino da Meditação era equiparada a uma pedra, então um cultivador no Reino da Abertura Etérea teria uma lídima essência semelhante a uma broca de metal, assim sendo demasiadamente mais forte.

Quanto mais se avançava no cultivo, mais árduo tornava-se e mais perigoso seria. O ponto final entre os dois reinos na Abertura Etérea era ainda mais incomum, pois a taxa de mortalidade era extremamente alta, portanto, esse obstáculo seria muitas vezes referido como a passagem da vida ou morte por jovens cultivadores com sentimentos de trepidação e anseio.

A razão pela qual a taxa de mortalidade era tão alta quando se tentava passar através do Reino da Abertura Etérea é porque o Palácio Etéreo… é o coração.

O coração é demasiado frágil, pois uma vez que sofre alguma lesão é muito difícil reverter o estrago, e é por isso que o Reino da Abertura Etérea precisa ser cuidadosamente percorrido.

A questão é esperar chegar ao estágio superior do Reino da Meditação e utilizar métodos extremamente cautelosos de auto-observação para controlar o sentido espiritual, guiando a luz estelar em direção a porta do Palácio Etéreo e, finalmente, ao coração.

Para que tal sucedesse, a vontade do cultivador teria que ser a mesma do céu e da terra, e só então, a porta do Palácio Etéreo lentamente abriria-se. Assim, havia um ditado de que a Abertura Etérea é uma espécie de cultivo que trabalha a vontade do coração, algo extremamente difícil.

Tal evento necessitava de, pelo menos, cem noites à mercê da radiação estelar batendo naquela porta. E, se qualquer tipo de complicação surgisse, o Palácio Etéreo do cultivador seria danificado. Na melhor das hipóteses provocaria sérias feridas e paralisias, entretanto, normalmente tal fato ocasionaria a própria morte.

Desde que os Tomos Celestiais caíram por sobre a terra e a humanidade começou a cultivar, inúmeros jovens cultivadores incorreram perante desse obstáculo.

Desconhece-se quantos jovens gênios, talentosos e inteligentes morreram tragicamente assim. Portanto, o continente sempre cultivou um ditado: “Somente os gênios que alcançaram a Abertura Etérea são verdadeiros gênios”.

Gou Hanshi completou o Reino da Abertura Etérea antes da idade de vinte anos; ele era naturalmente um gênio, e ainda por cima, um prodígio.

Como poderia, possivelmente, Chen Changsheng ser páreo para ele?

……

……

As Três Canções do Pescador aparentava estar em uma pequena movimentação, porém, na realidade, tal técnica utilizava-se de uma grande quantidade de lídima essência. Mesmo com a habilidade de Gou Hanshi, ao gastar três movimentos, ele precisava de um tempo para descansar, e, além disso, também estava em dúvida sobre algo.

Chen Changsheng usou o Chicote da Chuva Caente e a Espada de Wenshui para receber as duas primeiras investidas, dependendo principalmente do poder inerente das armas. Todavia, no momento do contato, Gou Hanshi podia sentir claramente que a lídima essência de Chen Changsheng era ligeiramente anormal; não parecia ser, ou mais especificamente, não deveria ser tão forte quanto o que mostrava, mas deveria estar em um nível mediano de poder.

“Seus meridianos…” ele olhou a Chen Changsheng com as sobrancelhas levemente levantadas, porém, no final, nada disse.

Chen Changsheng aproximou-se da parede, segurando sua adaga, olhando-o cautelosamente, com uma expressão especialmente severa e concentrada. Não contra-atacou até ter certeza de que não haveria um quarto movimento, assim ligeiramente relaxando. Logo em seguida, alcançou a velocidade mais rápida possível para virar sua mão e estalar seus dedos.

Ele ligeiramente estalou o dedo anelar da mão esquerda. Aquele fio de ouro que estava enrolado na ponta de seu dedo endireitou-se com um som agudo, tomando a forma de uma agulha de ouro — sua ponta era extremamente afiada, pois brilhava com uma tonalidade gélida.

Ele enfiou a agulha no pescoço com um movimento rápido, extremamente profundo, apenas deixando à mostra uma parte da agulha.

Seguindo esse movimento, a agulha começou a estremecer continuamente, ajudando-o a estabilizar rapidamente seu sentido espiritual mais uma vez, estimulando as três linhas meridianas quebradas na parte superior do seu corpo, fazendo com que se fechassem. Embora o friccionar invisível que ocorrera entre os três meridianos, naturalmente, não permitisse que seus canais meridionais se ligassem, deu ao fluxo de lídima essência um canal mais amplo.

Os corpos de Luoluo e Xuanyuan Po não eram os mesmos, mas, através de sua orientação e tratamento, a compreensão de Chen Changsheng dos canais de meridianos tornou-se ainda mais profunda; embora não pudesse tratar sua própria doença, poderia, pelo menos, alcançar tal alívio.

Gou Hanshi não sabia o que ele estava fazendo atualmente e, em vez disso, pensou que era um método para forçar seu potencial. Para uma escola canônica, como a Seita da Espada do Monte Li, esse tipo de método seria definitivamente considerado uma arte da disciplina corrupta. Ele não conseguiu impedir o franzir de seu cenho ao saber de tal questão.

Chen Changsheng não sabia o que estava passando pela cabeça de Gou Hanshi, tampouco poderia se preocupar com o que Gou Hanshi poderia estar pensando. Usando sua adaga para cortar um pedaço de pano da parte de cima de sua roupa, ele amarrou firmemente a mão direita ao punho da adaga, amarrando-a com seus dentes.

As sobrancelhas de Gou Hanshi ligeiramente fraziram e o aperto na espada endureceu-se consideravelmente, porque agora podia ver que algo estava diferente.

À medida que o aperto de Gou Hanshi endureu-se, Chen Changsheng agiu; moveu-se assim da Constelação Jian à Constelação Niu, movendo-se de leste a nordeste simultâneamente. Assim, como que de súbito, sua figura desapareceu e, ao reaparecer, já havia chegado perante Gou Hanshi.

A adaga atravessou o ar e desceu, porém, encontrou a espada de Gou Hanshi.

Gou Hanshi não conhecia todas as posições complicadas e inexplicáveis ​​do Movimento Yeshi, mas conhecia o próprio Movimento Yeshi, caso contrário, ele não teria podido expor a habilidade de Luoluo no Festival das Heras, nem teria sido capaz de prever o movimento de seu oponente e preparar-se o suficiente para enfrentar o golpe exato da adaga na mão de Chen Changsheng.

De todos os ângulos que cercavam seu corpo, não havia um único ponto cego.

Dois tilintares ocorreram, mas ainda não houve um choque total, pois ainda havia uma pequena distância entre eles. Quando a lídima essência imbuída sobre as lâminas encontraram-se, o ar retorceu-se e revirou-se, depois se dissipou, assim sendo forçado a se separar.

Um som metálico ressoou e Chen Changsheng voou para trás.

Ele queria usar o método que lhe permitiu obter vitória sobre Zhuang Huanyu, o mesmo método que Gou Hanshi havia recomendado a Liangban Hu para usar para derrotar Tang Trigésimo Sexto.

Trocando espada por espada e ferida por ferida, confiou em seu corpo incrivelmente duro para buscar a vitória. Porém, quem poderia ter imaginado, pois sem sequer as duas lâminas terem se chocado, Gou Hanshi facilmente usou de um simples movimento para jogá-lo para trás.

O mais assustador foi que, mesmo que as espadas já tivessem se separado, Chen Changsheng ainda podia sentir claramente um fio de lídima essência que seguia pelo comprimento da lâmina e percorria seus canais internos para atacar diretamente seu Palácio Etéreo.

Com um maçante baque, a mente interior de Chen Changsheng fora ferida pela manifestação da espada; sangue saiu do canto de sua boca e seus passos que tocavam o chão já eram incapazes de mantê-lo estável. Ele recuou uma e outra vez até chegar a parede, antes de finalmente reajustar-se.

A borda de uma lâmina cortou o ar, e ele ergueu sua adaga horizontalmente para manter uma postura defensiva. Seu rosto estava pálido e sangue escorria de seus lábios, fazendo seu estado aparente de extrema miserabilidade. Todavia, o que estava ainda mais miserável era seu estado atual de espírito.

Gou Hanshi era realmente muito forte, muito mais forte que Zhuang Huan Yu. Assim, não podia simplesmente batalhar no mesmo nível, mesmo se quisesse.

Um som estridente e desesperador, mais uma vez, ressoou de dentro do salão. Desta vez, o movimento usado foi as Treze Espadas de Uma Estrela Cadente. A espada assemelhava-se como uma estrela, aparentemente constante, entretanto, difícil de ser acompanhada.

Papapapapa!

Dezenas de sons agudos ressoavam.

Chen Changsheng já não conseguia proteger a área debaixo de seus pés e foi forçado a girar em direção à sua esquerda, assim continuamente recuando a passos caóticos, atravessando a areia úmida enquanto recuava a uma distância de mais de dez zhang.

Quando finalmente ficou firme, ele não conseguiu mais suprimir o sentimento maléfico dentro de seu peito e um som escapou de sua boca, ao lado de um bocado de sangue.

Gou Hanshi segurou sua espada, aparentando estar calmo em pé dentro da arena. O olhar que dirigiu a Chen Changsheng não continha qualquer tipo de zombaria, desprezo ou provocação, mas sim uma leve admiração e respeito.

De Três Canções do Pescador a Treze Espadas de uma Estrela Cadente, ele usou os movimentos mais poderosos e familiares que conhecia. Através de mais de dez anos de treinamento amargo, essas técnicas de espadas ‘eram intermináveis ​​e tão rápidas quanto relâmpagos. Cada movimento foi seguido do próximo.

Não importava o adversário que ele enfrentasse, sob esse impulso de encadeamento, sem dúvida, ficariam muito nervosos, assim fazendo suas derrotas aproximarem mais rápido.

Chen Changsheng não conseguiu bloquear tais movimentos, recuando repetidamente de uma forma bastante patética; e como de antemão sua lídima essência havia sido chacoalhada, isso o fez continuamente tossir muito sangue, mas seus passos ainda eram sólidos e sua mente permaneceu calma.

Isso porque Chen Changsheng sabia o que tinha que fazer para subjugar esses golpes.

Devido às limitações do tempo, o cultivo de Chen Changsheng no Dao da Espada não conseguiu alcançar seu pináculo. Ele conhecia o Dao, mas era incapaz de realizá-lo. Ainda assim, seu conhecimento no Dao da Espada era extremamente profundo e amplo, sendo especialmente familiar com as artes de espadas da Seita da Espada do Monte Li.

Onde outros nem sabiam como subjugar os movimentos de Gou Hanshi, ele poderia encontrar o movimento mais apropriado para subjugar. Se não fosse pela diferença considerável entre os níveis de ambos, talvez ainda pudesse receber o dano daquelas técnicas mais levemente.

Porém, infelizmente, a diferença entre os estágios de cultivo era algo que ainda estava em jogo.

Chen Changsheng olhou para Gou Hanshi em silêncio, e sua mão que segurava a adaga levemente tremia.

Tendo experimentado verdadeiramente o poder do Reino da Abertura Etérea e sentido aquele fio de lídima essência que ainda o estava atacando continuamente dentro de seus canais internos, ele estava certo de que se não tivesse usado um pano para amarrar sua mão a adaga, a adaga provavelmente já o teria deixado a tempo.

A diferença mais evidente entre os estágios era a pureza, ou talvez a força da lídima essência. Ele compreendia claramente que essa diferença não era algo que pudesse ser encurtado em tão pouco tempo, portanto, ele só podia pensar em um método diferente; tentar fechar essa diferença através de quantidade.

O que tenho é prata, o que você tem é ouro. A prata é inferior, enquanto o ouro é precioso. Sendo essa a situação, se eu quiser superar você em termos de fortuna, preciso apenas ter uma quantidade de prata maior que a sua de ouro. exato, é simples assim.

Com sua mentalidade, Chen Changsheng sem hesitação começou a Meditação Introspectiva. Seu sentido espiritual se projetou de fora para dentro, atravessando dezenas de milhares de quilômetros, em instantes chegando àquela planície de neve branca e pura. Seu sentido espiritual, semelhante a uma rajada de vento, desceu sobre a planície de neve no sudeste.

Naquele instante, parecia que podia ouvir algum tipo de som — esse som era semelhante a folhas secas que haviam se acumulado por vários anos mas que, agora, estavam queimando.

Como se alguém tivesse adicionado combustível a uma pira ardente.

Semelhante a reunião do licor mais forte com a mais bela mulher.

Um ‘whoosh’

Logo em seguida um ‘crack’

Um amontoado de sons começou a ser produzido.

O vento descendia semelhante a uma faísca. O fragmento da planície de neve do sudeste foi imediatamente incendiado. A radiação estelar que permaneceu sem perturbação durante muitos meses transformou-se em um incêndio violento, iluminando tudo ao redor.

O corpo de Chen Changsheng imediatamente ficou incrivelmente quente e o próprio ar que o rodeava aqueceu-se.

Um calor horrível tomou conta de seu corpo e mente. Toda a água de seu corpo transformou-se em suor e rapidamente se dissipou. Por conta disto, ele pareceu estar desidratado, aparentando estar quase se despedaçando.

A maior fonte de dor era um sentimento; ele subconscientemente esticou a língua para umedecer os lábios, lutando contra o sentimento de sede irresistível do qual provinha daquele lugar.

Ele estava com muita sede, assim querendo beber um pouco de água — igualmente tinha o desejo de banhar- se numa chuva bem fria.

As pessoas que observavam a partida permaneceram caladas. Isso foi até quando viram Chen Changsheng segurar sua espada horizontalmente na frente dele e a atmosfera dentro da torre de repente se tornar anormalmente quente. Com isso, finalmente perceberam que algo estava acontecendo.

“Ele está fazendo a Meditação Introspectiva novamente?”

“Como isto é possível?”

“Quanto esse rapaz tem de radiação estelar em seu corpo?”

“Onde está armazenada toda essa radiação estelar?”

No segundo andar, muitos sons de choque, exclamando perguntas, podiam ser ouvidos.


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!
dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC:Asura


CAPÍTULO ANTERIOR                                                                                                          PRÓXIMO CAPÍTULO



Fontes
Cores