ZTJ – Capítulo 14 – Xu Yourong




No mundo atual, a Ortodoxia confirmava o brilho dos Tomos Celestiais, unificando tudo sob suas crenças. Como o Mausoléu de Livros estava localizado na capital, seu púlpito também estava, naturalmente, construído na capital. Antes da Grande Zhou, os Papas tinham sido pessoas de Shang[1]. Depois que Shang caiu e Zhou foi estabelecida, cada Papa, depois disso, se tornaram cidadãos de Zhou. Esta dinastia das Planícies Centrais que foi fundada na capital, tinha se tornado por sua própria conta, muito poderosa, e com a proteção adicional da ortodoxia, tornou-se naturalmente o centro do mundo humano.

Ao comparar a Grande Shang do passado com a Grande Zhou que a substituiu, percebeu-se que havia muito mais poderes na parte sul do continente durante a Grande Zhou. As várias seitas e reinos governaram suas próprias regiões e embora fossem bastante consolidadas, o número de especialistas que possuíam não era pequeno. Até mesmo superou o número de especialistas que a Grande Zhou possuía. Entre esses poderes, o Templo do Rio Sul do Monte das Virgens Santas, a Seita da Longevidade e o clã Qiushan eram os mais poderosos.

Depois que a amarga guerra entre os humanos e demônios concluiu-se, os poderes do sul que de forma semelhante fizeram muitos sacrifícios, naturalmente, desejaram obter status que eles deveriam e almejavam ter. Eles acreditaram que o Mausoléu de Livros deveria ser um objeto sagrado comumente conhecido por todo o mundo humano, não sob o domínio exclusivo da Grande Zhou. Da mesma forma, a autoridade para interpretar os Tomos Celestiais não deveria ser unicamente do Papa, que representava a Ortodoxia.

Por esta razão, os poderes do sul se envolveram em uma luta incessante com os três imperadores da Grande Zhou durante o processo, e até mesmo o nome do Grande Exame foi envolvido. Mesmo a ortodoxia originou uma facção do sul — embora a facção do sul ainda estivesse sob o domínio da ortodoxia, ela reverenciava apenas o papa como líder espiritual, enquanto os assuntos do dia-a-dia eram tratados pela Virgem Santa.

As Virgens Santas da facção do sul eram, naturalmente, todas especialistas supremas de cultivo superior. No entanto, as que vieram depois tiveram que equilibrar os inúmeros poderes do sul e não possuíam um poderoso exército que as pudesse apoiar, seu poder e status eram, na realidade, inferiores aos do Papa no norte. Mas as Virgens Santas ainda eram as mais respeitadas das grandes figuras do sul. Espiritualmente, elas eram iguais ao Papa e poderiam tratar-se informalmente.

Por causa do status especial possuído pela Virgem Santa das facções do sul, as sucessivas Virgens Santas sempre eram mulheres que nasciam no sul, uma tradição ininterrupta por vários milhares de anos. Isso durou todo um caminho até o presente, quando finalmente, uma possível exceção apareceu.

As Virgens Santas do sul se originaram do Templo do Rio Sul, e também foi por isso que a montanha em que este templo havia residido por inúmeros anos era chamado de Monte das Virgens Santas. No momento, o Templo do Rio Sul tinha apenas uma sucessora.

Aquela garota se chamava Xu Yourong, a verdadeira reencarnação da Fênix Celestial. Seu talento em cultivar o Dao era sem par, e ela estava bem versada dos verdadeiros significados das Escrituras Daoístas. Quando tinha doze anos, ela foi ao Monte das Virgens Santas e conseguiu compreender as impressões genuínas dos Tomos Celestiais. Todos as anciãs do Monte das Virgens Santas ficaram chocadas e a consideraram como um ser divino. Em última análise, desconsiderando o fato de que ela era uma pessoa de Zhou, eles anunciaram ao mundo que iriam considerá-la como a única discípula feminina da seita interna do Templo do Rio Sul. Isso significava que, se não houvesse nada de errado, essa garota chamada Xu Yourong se tornaria a próxima Virgem Santa do sul, a líder religiosa que poderia estar a par com o Papa no norte!

……

……

A noite era profunda, com inúmeras estrelas enchendo o céu. Parecia que nunca se moviam, e ao mesmo tempo, como se estivessem se movendo em cada e todo momento, tão solenes e serenas que enfeitiçariam facilmente o coração de alguém, em tal noite agradável e assustadora. A neblina fraca vagava sobre o pico escuro em silêncio quando, de repente, um grito de uma garça branca e brilhante soou pelas nuvens. Depois de um momento, uma Garça Branca atravessou o céu noturno e desceu.

Na escuridão, a Garça Branca era quase irreal pela iluminação das estrelas, quase como se fosse feita de papel, livre da menor imundície. O bramir da garça foi transmitido pelos extensos e serenos penhascos, atravessando voando nas nuvens. Talvez por esta razão ou talvez simplesmente pelo tempo ter chego, a noite gradualmente começou a diminuir e uma pitada de branco apareceu no horizonte oriental. Assim, a luz do amanhecer apareceu abruptamente no mundo.

A jovem sentada em cima do penhasco, desatou o saco de seda do corpo da Garça Branca, tirou a carta dentro, abriu-a casualmente e começou a ler calmamente. Ao ler a carta, suas sobrancelhas pálidas e delgadas ocasionalmente acenderam-se, todavia, na maior parte do tempo, seu estado era de muita calmaria. Seus olhos brilhantes que refletiam a quente luz do amanhecer eram como lagos. Uma pitada de infantilismo ainda pendia sobre sua aparência, mas sem ingenuidade.

A luz do amanhecer gradualmente floresceu. O sul estava muito úmido, então, o nevoeiro diminuiu mais um vez. Quando os raios de luz dispersos pela umidade caíram em seu rosto, eles fizeram o rosto dela parecer ainda mais gentil. Assim, embora por seus traços não ficaram ainda mais distintos, tornaram-se mais bonitos, tão bonitos que pareceu que ela estava possuída por uma tênue divindade.

……

……

“Esse cara é muito estranho. Ele continua dizendo repetidamente que queria acabar com o noivado, mas, por algum motivo inexplicável, ele decidiu não fazê-lo. Eu realmente não sei o que ele está tramando. Originalmente, pensei que era por ele ter sentido vergonha, então ele falou deliberadamente isso, mas depois senti que algo estava errado, porque quando ele falou essas palavras pareceu muito calmo e sem a menor sugestão de raiva.

“A Babá o observou por vários dias. Ouvi dizer que este rapaz vai acordar prontamente antes do amanhecer às cinco horas da manhã. Ele faz tudo de acordo com as regras, tipo um desmedido. Além disso, ele é obcecado por limpeza e quando eu ouço sobre isso, sempre lembro daquele pervertido sinistro que você me contou uma vez, Jovem Senhorita, que faz com que as pessoas tremam de medo. Bem, Jovem Senhorita, devo admitir que esse cara, na verdade, não é feio. Quando eu estava falando com ele, achei ele bastante amável. Ela faz com que outros desejem conhecê-lo. Mas isso é ainda mais assustador. Afinal, foi na primeira vez que o conheci, não acha?

“Esse cara provavelmente não contou a ninguém mais sobre o noivado. Eu não sei se é porque ele é inteligente ou estúpido. Mas, de qualquer forma, a família está constantemente enviando pessoas para vigiá-lo. Jovem Senhorita, eu sempre senti que esse cara era uma farsa, com seus esquemas secretos e suas várias conspirações. Dada a situação atual, se ele continuar a incomodar-nos dessa maneira, o mestre e a madame estão preparados para fazer algo a respeito.

“Jovem Senhorita, eu não acredito que os crimes desse homem sejam merecidos de morte, mas quando penso nesse sujeito segurando o contrato de casamento e olhando a propriedade com aqueles olhos frios e com uma aparência mostrando autoconfiança, aí realmente fico furiosa. E também… ouvi dizer que o clã Qiushan planeja chegar à capital no próximo ano para propor um casamento. Então, o que tem se esse patife quiser causar problemas?”

 

……

……

A menina sentou-se em cima do penhasco, lendo calmamente a carta. A roupa que cobria seus ombros flutuava ao vento enquanto seus cabelos negros vagavam como fios de seda. À medida que passavam por seu rosto, uma severidade era adicionada à sua beleza agradável e jovem.

Depois de ler a carta, ela ficou em silêncio por um tempo, então murmurou para si mesma: “Ele realmente foi para a capital?”

Lendo a carta, a Garça Branca esperava silenciosamente ao seu lado. Mesmo quando agachada, ainda era metade do auge da altura de um ser humano. Ao vê-la fechar a carta, a Garça Branca virou-se e pegou de algum lugar um pincel. A ponta do pincel tinha sido mergulhada em tinta, estava cheia, mas não transbordava. Onde essa tinta tinha sido produzida, era uma informação desconhecida, mas trazia uma fragrância delicada.

A menina sorriu e acariciou o pescoço suave e delgado da Garça Branca. Ela pegou o pincel e pretendeu escrever uma resposta, mas ela estava momentaneamente perdida quanto ao que escrever.

Ela tinha estado muito perto de seu avô quando criança. Se o seu avô não tivesse morrido, talvez ela nem teria deixado a capital quando tinha doze anos e ido ao Templo do Rio Sul para buscar o Dao. Mesmo a Garça Branca ao seu lado lhe fora deixada por seu avô. Se esta fosse qualquer outra tarefa deixada por seu avô, ela definitivamente teria cumprido, mas… um casamento estava absolutamente fora de questão.

Ela lembrou que o jovem garoto daoísta da vila Xining tinha o sobrenome de Chen, certo?

Ela ligeiramente franziu o cenho. Quando ela lembrou das coisas que ouviu quando era mais jovem, ela percebeu que realmente não tinha nenhuma ideia de como esse jovem garoto daoísta era.

Ela lembrou que seu avô havia solicitado especialmente ao atual Papa, para abençoar este contrato de casamento com sua assinatura. Somente o lado masculino do contrato pode acabar com o casamento. Recordando as palavras na carta de Shuang’er, suas sobrancelhas esbeltas elevaram-se um pouco. Pensou silenciosamente, era aquele jovem garoto daoísta um hipócrita e patife? Ela lembrou que, quando era pequena, não achava que ele fosse esse tipo de pessoa. Ela sabia que muitas pessoas na capital, incluindo seu pai, desejavam ardentemente que ela representasse a Grande Zhou em um casamento de unificação com o sul, e definitivamente não permitiria que esse jovem daoísta de sobrenome Chen arruinasse tudo. Havia mesmo uma grande chance deles matarem ele. Enquanto seus pensamentos descansavam sobre esse ponto, ela percebeu que esse jovem daoísta era realmente muito tolo e estúpido. Ele realmente pensou que poderia confiar em seus pequenos truques e sua pequena astúcia para obter maiores benefícios?

Ao pensar nisso, ela ficou bastante descontente. Esta era uma emoção bastante rara para ela, mas não sabia se era porquê esse jovem daoísta não compreendia o conceito de auto-preservação ou era porquê… esse jovem fazia com que os outros ficassem irritados — bem, não importava no que esse daoísta se tornou, esse casamento definitivamente deve ser encerrado.

Mas… não o machuque.

……

……

Com um claro clamor, a Garça Branca atravessou as nuvens, com as duas cartas da garota amarradas. Despachado pelo vento da manhã e com a luz do alvorecer como seu companheiro, a garça voou para a distante capital.

Ela colocou o pincel em uma pote de água suja para mergulhar, levantou-se e começou a abrir caminho no penhasco, com uma camisa de algodão sobre seus ombros e suas mãos atrás das costas.

Sua aparência ainda era pura e infantil, mas seu porte não era comum. Isso não é dizer que ela era como Chen Changsheng, ele possuindo uma maturidade e compostura que superou sua idade. Em vez disso, ela poderia ser descrita como possuidora de uma maneira, um tanto, impositora. Ela era uma jovem com um corpo pequeno, mas quando ela pois-se de pé no penhasco e foi acariciada pelo vento da manhã, dela se mostrou a profundidade insondável do mar ou o monte elevado que emergiu ao céu.

Abismos sem fim e montanhas colossais eram normalmente termos usados para descrever grandes mestres que haviam vivido várias centenas de anos.

Ela tinha apenas catorze anos este ano, mas ela poderia ser descrita dessa forma.

O vento da manhã continuou a acariciá-la, arruinando o cabelo preto e seu roupão sobre o ombro. Seu cabelo percorreu suas bochechas jovens e lindas, levando a sugestão de um sorriso com ele.

Ela só precisou do tempo de cinco respirações para se esquecer completamente dessa carta, esquecer de todas as coisas externas. Somente a tranquilidade permaneceu, assim como seu sorriso.

Com seu único sorriso na primavera, floresceram todas as flores nas montanhas.

Inúmeros pássaros de todos os tipos voaram, seus claros cantos soavam sem fim. Havia até três Luans Azuis[2] entre eles.

Todos os pássaros vieram homenageá-la.[3]

Ela era a única Fênix do mundo humano.

Ela era a próxima Virgem Santa do Sul.

Ela foi classificada como primeira na Proclamação do Firmamento Azul.

Ela era Xu Yourong.

Ela ainda era inocente, mas não uma espécie de inocência maliciosa, mas sim, virtuosa.

Seu sorriso era radiante, porém, não era uma espécie de comoção, mas sim, o esplendor da primavera.

Ela não queria se preocupar com as pessoas e assuntos mundanos. Os boatos em que as pessoas acreditavam estar relacionados com ela, na verdade, não tinham nenhuma relação com ela, como o casamento que ela estava à beira do esquecimento, ou mesmo Qiushan Jun.

Ela admitiria que o irmão sênior Qiushan Jun era realmente muito perfeito, o companheiro ideal aos olhos de todos, mas o que isso tinha a ver com ela?

Tudo isso era muito bom, muito bom, mas ela não queria nada disso.

Claro, esse jovem daoísta nem precisava ser considerado.

O que ela queria fazer era examinar esse penhasco, apreciar a neve, escutar a chuva, pegar ervas e ler, ler e ler.

Os livros continham o Grande Dao, e um livro era suficiente para ganhar contra o amor inúmeras vezes.

Ela tinha oferecido seu coração e alma ao Dao; quem poderia influenciar sua mente?

……

……

Chen Changsheng partiu da pousada, dirigindo-se para a escola que estava como segunda opção na lista que seu mestre lhe forneceu.

Ele muitíssimo queria saber, exatamente, o tipo de métodos que a Jovem Senhorita Xu usaria para fazê-lo falhar desta vez.

Claro, mesmo que ele falhasse mais uma vez, ele ainda não seria influenciado.

O que ele fazia desde que era criança era observar o templo, varrer a neve, abrigar-se da chuva, tomar remédios e ler, ler e ler repetidas vezes.

Livros continham o Grande Dao, e um livro era suficiente para vencer contra mil montanhas e dez mil rios.

Ele dedicou-se de coração e alma para buscar o Dao; quem poderia segurá-lo?


Tradutor: Enxarcado   |   Revisor: Martins   |   QC: Enxarcado



1 – Aqui está se referindo a Dinastia Shang, igualmente como a Dinastia Zhou.

2 – O Luan Azul é um pássaro místico relacionado à Fênix.

3 – A Fênix é conhecida como o rei dos pássaros na mitologia chinesa.


Alterar fonte
Cores