ZTJ – Capítulo 110 – Ensinamentos




Após um longo período de tempo, Chen Changsheng finalmente finalizou a leitura sobre o conteúdo do artigo. Luoluo ofereceu rapidamente com suas duas mãos uma xícara de chá já fria.

Ele tomou a xícara de chá inteira, e disse: “Sua situação é diferente de Tang Trigésimo Sexto. Um cultivador demi-humano usando técnicas humanas tentando romper o limiar dos reinos é uma ocorrência muito rara, então você tem que ser especialmente cautelosa. No entanto, se você puder fazer o seu dantian imitar o ambiente do Palácio Etéreo, não será uma impossibilidade total.”

Luoluo assentiu, dizendo: “Professor, por favor, relaxe. Só depois de todos os preparativos estarem concluídos e eu obtiver aprovação do Professor, tentarei romper.”

Chen Changsheng olhou para ela e disse seriamente: “Na verdade, eu tenho pensado nisso esse tempo todo e cheguei na conclusão que simplesmente não há necessidade de você correr esse risco.”

Como a única princesa dos demi-humanos, ela tinha muitas posses, e aqueles que atendiam a ela eram todas as lendas como Jin Yulu. Realmente não havia necessidade de Luoluo ser tão diligente no caminho do cultivo, e muito menos cultivar técnicas humanas, mas ela insistiu em assumir essa conjuntura crítica de vida e morte.

“As técnicas do clã do Imperador Branco só são adequadas para os homens. É simplesmente impossível que as fêmeas as cultivem até o pico, mas meu pai e mãe da corte tiveram apenas uma filha…” A voz de Luoluo ficava mais e mais suave, com a sua cabeça pequena inclinando mais para baixo. Parecia bastante abatida, então, de repente, ergueu a cabeça e declarou com firmeza: “Então eu devo encontrar outra maneira.”

Chen Changsheng ficou em silêncio, cessando suas tentativas de persuadi-la. Ele pegou uma receita de seu peito e passou à ela.

Ao ver a expressão cautelosa em seu rosto, Luoluo sabia que essas prescrições eram incomuns. Depois de olhar cautelosamente para se certificar de que nenhuma criada tinha ousado se aproximar, ela voltou para pegar a receita. Inesperadamente, ela viu que a mesa tinha sido empilhada com ervas, frutas, tubérculos e outras coisas assim.

As ervas medicinais já haviam sido organizadas em tipos, com seus nomes escritos em seus invólucros. Aqueles tubérculos ainda carregavam terra fresca, e ainda havia orvalho na fruta. Luoluo ficou bastante chocado, mistificada quanto a como Chen Changsheng conseguiu colocar essas coisas dentro e onde as mantivera.

Chen Changsheng não explicou. Ele contou-lhe os nomes dessas ervas, frutas e tubérculos, e também lhe deu explicações muito simples sobre seus usos. Ele então apontou para as prescrições que ele havia dado a ela e disse: “O Palácio Li deve ter mestres de refinação de remédios. Se há alguém em quem você confia, peça que faça isso. Controle de calor e tudo já foi escrito.”

Luoluo perguntou: “Para que todos esses medicamentos refinados serão usados?”

“É principalmente para fortalecer seu corpo e essência. Estes também são os medicamentos utilizados para treinar o corpo de Tang Trigésimo Sexto. No entanto, não é conveniente vir ao palácio Li todos os dias, e os medicamentos refinados devem ter um efeito maior, então eu encontrei esse método. Espero que, quando você acabar, será de alguma ajuda para você, ou pelo menos diminuirá o perigo por um pouco.”

Chen Changsheng fez com que ela colocasse as prescrições de lado e depois disse: “Depois de hoje, tenho que colocar todo meu foco em me preparar para o Grande Exame, então não poderei visitá-la com frequência. Cuide-se bem.”

Luoluo não entendeu por que ele colocou tal importância no Grande Exame, mas em seus poucos meses vivendo na Academia Ortodoxa, ela tinha entendido claramente que era assim. Quando ela pensou em como seu professor não havia esquecido dela e a ter cuidado em tal período, ela ficou profundamente emocionada.

Então ela lembrou o que Jin Yulu havia dito anteriormente sobre Chen Changsheng sendo ridicularizado e humilhado na Avenida Divina, e as suas sobrancelhas esbeltas se levantaram. Anteriormente, ela se sentiu profundamente emocionada, e agora ficou extremamente furiosa, dizendo com dureza: “Aqueles pessoas ousaram desrespeitar o Professor! isso é muito imprudente!”

Quando ela falou, aparentou ser um tigre pequeno, fofo e extremamente ameaçador.

Chen Changsheng esfregou a sua cabeça e sorriu. “Está é a filha do Imperador Branco.”

Luoluo estendeu a língua, fazendo instantaneamente sua ameaça desaparecer.

Depois de terminar sua tarefa urgente, Chen Changsheng finalmente teve a atenção para se preocupar com seu ambiente. “Está tudo bem aqui?”

Com essa pergunta, Luoluo começou a balbuciar enquanto resmungava: “É tão chato. Penso no Jardim das Cem Ervas, na Academia Ortodoxa e no Professor.”

Chen Changsheng agora sabia que este espaço chamado de Mundo da Folha Verde era formalmente chamado de Palácio Menor de Li e estava conectado com o sentido divino do Papa. Mesmo que Luoluo tivesse pensamentos de fuga, seria impossível. Embora o Palácio Menor de Li fosse vasto, não estava conectado ao mundo exterior. Era difícil não sentir um pouco sufocado depois de viver nele por um longo tempo.

“Eu vou pensar em algo.”

Chen Changsheng disse muito naturalmente estas palavras, mas com seu status e força atuais, era simplesmente impossível para ele fazer algo a respeito. No entanto, ele tinha feito o hábito de tratar os problemas de Luoluo como seus, sem saber o quão arrogante e sem consciência parecia.

Felizmente, só ele e Luoluo estavam na sala, e ela certamente não pensaria assim dele. Ela disse: “O Grande Exame está próximo. Professor, você deve ser um bom aluno, descansando e se preparando. Você absolutamente não deve se distrair comigo. Afinal, o professor tem que obter o primeiro lugar da primeira insígnia.”

A confiança que ela e Tang Trigésimo Sexto tinham em Chen Changsheng estava quase se aproximando de uma confiança cega e superou a confiança que ele tinha em si mesmo. Para isso, Chen Changsheng ficou profundamente emocionado e grato. Toda vez que ele estava prestes a perder a autoconfiança, ela e Tang Trigésimo Sexto sempre usariam suas palavras ou atitudes para ajudá-lo a recuperá-la.

“Mais cedo, vi que você estava mordendo seu pincel de novo, é verdade?” Chen Changsheng lembrou desse assunto e olhou para ela.

Luoluo estava um tanto ansiosa. Na Academia Ortodoxa, Chen Changsheng a repreendeu várias vezes que os pincéis não eram limpos e que era fácil ficar doente se ela mordesse eles. Não tinha sido fácil para ela finalmente mudar esse mau hábito, mas depois que ela chegou ao Palácio Menor de Li, ninguém estava lá para assistir, então ela caiu mais uma vez no hábito de morder seu pincel.

“Isso… isso…”

Ela explicou com nervosidade: “Professor, cresceu recentemente em mim novos dentes e realmente coça, então há momentos em que não posso aguentar.”

Até agora, Chen Changsheng ainda acreditava que ela tinha onze ou doze anos de idade. Logicamente falando, naquela idade, os dentes permanentes de uma pessoa deveriam ter crescido. Ele não pôde deixar de ficar nervoso com a explicação dela. Depois de limpar as mãos com água limpa e pó de ervas, ele fez com que Luoluo abrisse sua pequena boca instruindo-a: “’Ah’…”

Luoluo obedientemente articulou com um ‘Aaaaaah’, abrindo a boca.

Chen Changsheng colocou o dedo na sua boca, examinando cuidadosamente os seus dentes. Ele percebeu que realmente estava crescendo novos dentes, embora não parecesse haver nenhum problema.

“Professor, tem que continuar a crescer novos dentes até eu completar dezesseis anos. É tão incômodo!”

Como a boca estava aberta, as palavras de Luoluo estavam confusas. A palavra “Professor”[1] soava como “shengsheng”, como se ela estivesse chamando Chen Changsheng por um apelido.

Chen Changsheng de repente lembrou que Luoluo era uma princesa demi-humana, e havia muitos aspectos em que ela era diferente de um humano.

Ele lavou as mãos novamente e depois escreveu outra receita. Esta não era uma receita médica para a doença, mas métodos para aumentar o apetite e também sobre como ela poderia fazer um bastão de mordida.[2]

“Somente o ramo da árvore de ferro bastará.”

Luoluo pegou seu pincel. O final do pincel estava coberto com muitas marcas de dentes. “Este pincel foi feito com madeira da árvore de ferro, ou então eu teria feito isso em pedaços.”

Chen Changsheng então lembrou que ela tinha o sangue do Imperador Branco. Obter os materiais para fazer uma bastão de mordida que poderia durar era realmente bastante incômodo. Olhando para as plantas em vasos dispostas do lado de fora da porta, ele perguntou: “São essas as mudas da árvore de ferro? Elas parecem um pouco diferentes das imagens em livros.”

Luoluo explicou: “Essas são mudas da árvore banyan. Não sei se elas poderão crescer.”

Havia um lago na Academia Ortodoxa, e próximo ao lago tinha uma grande árvore banyan. Ela e Chen Changsheng muitas vezes ficavam na banyan, observando o pôr-do-sol.

Chen Changsheng riu e disse: “Elas definitivamente crescerão.”

……

……

A luz do sol do outono atravessou pelos vários beirais e janelas finalmente chegando às verdadeiras profundezas do Palácio Li, tornando-o mais puro e delicado. Somente quando a luz foi refletida pelo trono de cristal no ponto mais alto do palácio, ele tornou-se deslumbrante uma vez mais. O claro e puro cristal fora esculpido em uma flor de lótus, e sobre a flor de lótus havia uma coroa. A coroa era colorida em preto e branco, mas não havia um limite claro entre as duas cores. Todavia,, elas também não se misturavam em cinza, mas, em vez disso, através de algum método místico e incompreensível, fusionavam-se em um todo perfeito que exalava um Qi divino.

Ao lado desse trono de flor de lótus havia uma cadeira completamente esculpida em madeira preta. Na cadeira sentava-se um velho com uma túnica de cânhamo frouxo. Seu cabelo grisalho derramava-se sobre seus ombros como uma cachoeira no inverno que estava no meio do frio.

Este velho estava atualmente lendo.

Em frente a este velho homem, havia outro velho.

O arcebispo do Departamento de Educação Eclesiástica, Mei Lisha, como uma das poucas pessoas da mesma geração que o Papa, era, naturalmente, extremamente antigo. Sempre que os sacerdotes do Palácio de Li e do Departamento de Educação Eclesiástica viam as manchas hepáticas em seu rosto, eram superados com uma preocupação ilimitada, sempre preocupados com o dia em que o ancião retornaria ao céu estrelado.

O próprio Mei Lisha não conseguia ver as rugas ou manchas hepáticas em seu rosto, porque desde então, há duzentos anos, quando seu primeiro cabelo começou a ficar branco, ele se recusou a olhar para si mesmo no espelho. Se era em um luxuoso espelho de bronze no próprio quarto ou um espelho de água formado usando lídima essência, observar-se envelhecer era uma provação sobremaneira angustiante. Este era especialmente o caso de pessoas como ele, para quem envelhecer era um processo extremamente longo que poderia durar várias centenas de anos, até mesmo mil, tornando-se ainda mais angustiante.

Não ver-se não significava que alguém não soubesse, e cegar-se não significava que o céu estrelado deixaria de existir. Mei Lisha estava bem ciente de que ele era velho, porque ele estava ficando cada vez mais sonolento. Diferente daqueles homens velhos normais que acordavam às três da manhã, ele se sentia cada vez mais atraído pelo sono. Ele sempre teve essa sensação de que seu próprio corpo estava gradualmente se acostumando a um longo sono.

Atualmente, ele tinha a maior antiguidade na Ortodoxia, e por causa da questão da Academia Ortodoxa, ele era considerado por muitas pessoas como o líder da facção conservadora, ou pelo menos seu símbolo. Acreditava-se que agora, ele estava usando muitos assuntos para se opor ao Papa. Ele morou no Departamento de Educação Eclesiástica durante todo o ano e não deu nem um passo no Palácio Li por muito tempo. Ele nem compareceu às Congregações da Luz da Ortodoxia regularmente programadas. Este fato aparentava provar de que esses rumores eram verdadeiros. Quem poderia ter esperado que ele aparecesse no Palácio Li hoje, e que ele ainda conseguia dormir lá?

‘Plock!’

Porque este salão era muito calmo e sereno, esse suave som era escutado alto e claro.

Mei Lisha abriu os olhos, e levou algum tempo para que seu olhar turvo gradualmente voltasse ao normal. Ele olhou para o outro lado do velho homem vestido de cânhamo que lia, aleijado nos pés, e olhou com um corpo ligeiramente curvado para aquela planta no vaso do lado do velho.

O pote era cinza claro, muito comum. Provavelmente, poderia-se ir às ruas da capital e comprar três desses por cem moedas. A planta dentro do pote era muito estranha. Tinha várias hastes, mas tinha apenas uma folha. Esta folha era extremamente verde, seus feixes vasculares eram bem expostos.

O audível ‘plock’ veio da folha verde. A parte frontal do feixe parecia um tanto agitado. Não era a folha que tremia, mas o feixe. Esse tremor era tão fraco que em todo o Li Palace, só ele e este ancião com túnica de cânhamo podiam vê-lo.

“Essa pequena princesa já está com muita raiva, e seu eu estimado ainda tem a coragem de ler um livro?”

Mei Lisha virou-se para o ancião com a túnica de cânhamo respeitosamente, mas ainda parecia muito próximo.

O ancião fechou o livro e ergueu a cabeça para contemplar a planta no vaso. Ele tinha uma aparência muito comum, exceto por suas olheiras extremamente profundas. De lado, elas pareciam as aterradoras entradas de um abismo profundo, mas de frente, podia-se ver seus plácidos olhos tão azuis quanto o oceano.


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!

dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC: Liberty



1 – 先生 (Xiansheng).

2 – Um aparelho odontológico que ajuda no fortalecimento dos dentes! Imagem.


Fontes
Cores