ZTJ – Capítulo 101 – Relembrando o Passado no Jardim das Cem Ervas




Chen Changsheng caminhou até a mulher de meia-idade, juntou suas mãos e curvou-se.

Depois de ver que não era Luoluo, ele não se virou e partiu imediatamente, porque reconheceu quem era essa mulher de meia-idade.

Na noite do Festival das Heras, ele foi preso por Mo Yu e acabou no fundo da Lagoa do Dragão Negro. Por fim, depois de experimentar grandes dificuldades e perigos, ele conseguiu escapar, e onde ele apareceu, já na superfície, havia uma piscina. Esta mulher estava no limite da piscina, talvez preparando-se para lavar as mãos ou algumas roupas e quase foi ferida por algum esquilo malicioso.

Ele claramente entendeu que não havia muita chance de que a luz vinda do Jardim das Cem Ervas fosse o retorno de Luoluo, mas depois de ver que realmente não era ela, não pôde deixar de sentir-se um tanto desapontado.

Quando olhou em volta para a floresta negra, pensou um pouco distraído, uma vez que esta mulher de meia idade é do Palácio Imperial, como ela acabou por estar no Jardim das Cem Ervas? Dada sua idade, essa mulher provavelmente era uma funcionária do palácio imperial. Se ela fosse uma concubina do Imperador Xian, então esse assunto ficaria um tanto mais problemático.

Com um pouco de cuidado, ele se aproximou da mulher e fez algumas perguntas. Por preocupação de que ele pudesse assustá-la, manteve sua expressão o mais calma possível. Os gestos que ele fez para se expressar em linguagem de sinais também foram feitos com suavidade, de modo a evitar a irritá-la.

Ele perguntou sobre como pôde sair do Palácio Imperial.

A mulher de meia-idade olhou calmamente para ele, sem responder.

Chen Changsheng olhou para ela sem emoção, depois gesticulou novamente, com velocidade muito mais lenta desta vez. Ele acreditava que seu significado era suficientemente claro: Como vossa senhoria veio do Palácio Imperial até aqui?

A mulher sorriu e ergueu a mão direita. Entre os dedos dela estava uma chave.

A visão de Chen Changsheng era decente. Mesmo na luz um tanto fraca do Jardim das Cem Ervas ele conseguiu ver a ferrugem na chave, bem como os dois novos arranhões sobre ela, talvez feitos há alguns minutos atrás. Parecia que, antes desta noite, essa velha chave não tinha sido usada há muito tempo.

Naquele dia, quando Mo Yu deixou a Academia Ortodoxa, ele viu uma porta antiga nas paredes do palácio. Essa chave poderia ser para essa porta? Essa mulher também teria o poder de entrar e sair do palácio quando quisesse? Sendo assim, seu status no Palácio Imperial não era baixo.

A mulher apontou para a mesa de pedra, indicando que ele deveria se sentar.

Chen Changsheng pensou por alguns instantes, depois se sentou.

A mulher virou-se para olhar uma cabana de madeira no fundo do Jardim das Cem Ervas. Depois de um longo período de silêncio, sua mão esquerda, de repente, caiu sobre a mesa, batendo levemente duas vezes sobre.

Havia um bule de chá na mesa, e atrás da lâmpada de óleo havia duas xícaras de chá.

Chen Changsheng entendeu o significado dela. Pegando o bule de chá, ele encheu uma das xícaras de chá e colocou-a respeitosamente na frente dela.

O chá dentro do pote não era perfumado, mas demasiado abundante. Provavelmente, era um chá escuro envelhecido.

Sentados um à frente do outro na mesa, eles conseguiram se ver mais claramente. Com a aparência da mulher, provavelmente não era uma concubina do imperador Xian. Talvez fosse uma das oficiais femininas da Imperatriz Divina empregada no palácio, talvez até a chefe das oficiais do sexo feminino. No entanto, o respeito que Chen Changsheng mostrou em relação a ela não teve nada a ver com seu provável status. Era apenas porque ela era claramente muito mais velha do que ele.

Ele acreditava que o comprimento da vida era extremamente importante, e era exatamente como o chá escuro na xícara de chá. Quanto mais velho fosse, mais doce, mais precioso, mais alguém poderia sentir desse chá. Ele lamentou que fosse muito difícil para ele experimentar tantos anos, então ele era, particularmente, respeitoso para com seus anciões, enfatizando a ética da senioridade.

A mulher levantou a xícara de chá e levou-a aos lábios, tomando um gole.

Chen Changsheng notou que em comparação com uma mulher normal, seus lábios eram muito mais espessos e pareciam muito mais fortes.

Para encarar os lábios de uma mulher, mesmo os de uma mulher muito mais velha com aparência comum, ainda era um ato muito grosseiro. Ele voltou aos seus sentidos e rapidamente desviou o olhar. Então ele viu o copo de chá restante na mesa de pedra.

A noite estava tardia, as pessoas dormiam, o jardim estava desprovido de habitantes, então por que havia duas xícaras de chá?

Ele se virou para a mulher de meia-idade e gesticulou para perguntar se ele poderia beber um pouco de chá. Mais cedo, quando ele estava tratando Xuanyuan Po, ele suava muito e estava realmente bastante sedento.

Sem olhar para ele, a mulher de meia idade deu um ligeiro aceno. Ela provavelmente concordou.

Chen Changsheng tomou um gole da xícara de chá e percebeu que o chá era forte e umedeceu seu coração e baço. Este realmente era um chá excelente do qual era difícil de encontrar. Mesmo aqueles chás famosos que Luoluo deu a ele não podiam comparar-se com este chá escuro aparentemente não sofisticado no pote.

A qualidade do sabor do chá baseava-se na qualidade das folhas de chá, entretanto, mais importante ainda, dependia de quem fazia o chá.

Uma pessoa que conseguia preparar um pote de chá escuro como esse era naturalmente incomum.

O olhar Chen Changsheng voltado para a mulher de meia-idade tornou-se ainda mais respeitoso e cauteloso.

Ele colocou a xícara de chá e esperou que ela fizesse uma pergunta.

E, no entanto, mesmo quando a luz das estrelas desceu ao fundo do copo, a mulher de meia idade ainda não tinha feito nada.

Ela sentou-se calmamente à mesa, observando as árvores e as flores do Jardim das Cem Ervas. Não havia emoção em seus olhos, todavia, ao mesmo tempo, havia todos os tipos de emoções.

Mas ele não estava nos olhos dela.

Chen Changsheng sentiu-se um pouco estranho e nervoso. Ele não estava muito acostumado a sentar-se em frente de alguém em silêncio.

Com o passar do tempo, ele gradualmente se acostumou com o humor prevalecente. Ele já não pensava. Ele serviu chá para ele e para a mulher de meia-idade e depois o bebeu. Nenhuma palavra passou entre eles, e ele silenciosamente ouviu o chilrear final dos insetos no jardim de outono. Sua mente gradualmente tornou-se serena, até começou a cair em êxtase.

Foi só neste momento que ele lembrou que ele sempre amava o silêncio, estava acostumado com a calma.

Ele não gostava de falar, o que foi o caso desde que ele era pequeno.

No entanto, depois de chegar à capital, fosse a propriedade do General Divino do Leste ou o jardim abandonado no Palácio Imperial, não importando se falava com a Madame Xu, Shuang’er ou Dama Mo Yu, por várias razões, ele falou excessivamente. E depois que Tang Trigésimo Sexto chegou à Academia Ortodoxa, não era mais como quando se conheceram pela primeira vez onde valorizava palavras como ouro. Sua natureza em um bate-papo havia sido exposta, e Chen Changsheng não teve escolha senão acompanhá-lo na conversa.

Tudo isso tinha sido muito doloroso para ele.

Ninguém tinha estabelecido uma lei, mas quando duas pessoas se sentavam uma em frente da outra, elas falavam.

Mas sentar-se calmamente assim também era bom.

Se eles sentiam a necessidade ocasional de se comunicar, eles não precisavam falar, apenas faziam alguns gestos. Isso também era bom.

Era como se ele tivesse voltado para a Vila Xining, ter sentado junto ao córrego atrás do antigo templo. Ele e o Sênior Yu Ren liam quietamente as escrituras daoístas e, quando viam uma parte que não entendiam, ele e seu irmão mais velho gesticulariam entre si suas observações, e então continuariam a ler.

O lado do fluxo daquele tempo era exatamente como o Jardim das Cem Ervas agora: muito calmo e confortável.

A Vila Xining era incrivelmente remota, e quando a noite pendia, tornava-se preta. A luz estelar, no entanto, era extremamente brilhante, que caia no chão como a neve. Depois de chegar à capital, o que ele estava menos acostumado, além das pessoas complicadas que viviam aqui, era que as luzes da noite pareciam muito sujas e escureciam a luz estelar.

Vários períodos de chuva de outono lavaram o céu acima da capital. Juntamente com o fato de que a única luz presente no Jardim das Cem Ervas era o fraco brilho da lâmpada de óleo na mesa de pedra, as luzes nas Torre de Arqueiros do Palácio Imperial nas proximidades sendo bloqueado pela densa folhagem, a luz estelar parecia estar muito mais brilhante.

A luz estelar penetrava pelos ramos das árvores e caía sobre seu rosto.

Ele ergueu a cabeça para as inúmeras estrelas no céu, desejando o antigo templo da Vila Xining e seu irmão mais velho, mas o brilho deslumbrante da luz estelar o fez fechar os olhos.

Sob o brilho de prata da luz estelar, seu rosto parecia muito limpo.

No momento em que ele franziu os olhos, o ar infantil que ele costumava manter escondido revelou-se.

Ele ainda era tão amável como de costume, mas também era um pouco mais bonito.

Aconteceu que foi nesse momento que a mulher de meia-idade escolheu retirar seu olhar do Jardim das Cem Ervas e olhar para ele.

Ela olhou quietamente para ele.

Ele cerrou os olhos, completamente inconsciente, ansioso, relembrando.

Ela olhou para ele em transe.

Seu anseio e relembrança acabaram por se concluir, e acabava de ansiar e relembrar.

Ela ergueu a mão direita e colocou-a suavemente no seu rosto, acariciando-o lentamente.

Assustado, Chen Changsheng abriu os olhos e olhou para a mulher de meia-idade.

Ele estava profundamente desacostumado com uma proximidade tão íntima. Ele nunca experimentou isso quando era criança, e isso não considerava o fato de ele nem sequer conhecer essa mulher de meia-idade, tendo apenas conhecido ela duas vezes.

Ele inconscientemente queria se afastar, mas viu os olhos da mulher de meia idade.

Aqueles olhos como dois lagos de estrelas continham emoções incomparavelmente complexas que se transformavam gradualmente em tristeza e luto.

Quando ele pensou em como essa mulher de meia-idade não podia falar e vivia no interior do palácio há muitos anos, provavelmente tendo experimentando muitos eventos sinistros e dolorosos, ele se viu incapaz de sair. Ele achou melhor deixar ela mover a sua mão levemente sobre o rosto dele, mas esse sentimento era realmente muito estranho.

A palma quente e larga da mulher acariciou lentamente o seu rosto, e seu corpo tornou-se extremamente rígido. Só depois de um longo tempo que ele gradualmente começou a relaxar.

De repente, a mulher de meia idade beliscou sua bochecha, assim como um idoso brincando com uma criança.

Chen Changsheng achou impossível continuar sentando-se pacificamente. Ele rapidamente levantou-se e recuou dois passos, então se curvou. “Eu devo voltar.”

Quando ele falou isso, percebeu que a mulher era surda e gesticulou rapidamente.

A mulher de meia-idade, vendo a intensidade de sua resposta, riu de coração.

Sua risada naturalmente fez nenhum barulho, mas da forma ousada em que ela moveu sua cabeça para cima e para baixo, qualquer um que visse isso poderia dizer que ela estava rindo de seu coração.

Sem esperar que Chen Changsheng partisse, a mulher de meia-idade levantou-se e dirigiu-se mais adentro do Jardim das Cem Ervas.

Chen Changsheng pensou por um momento, depois a seguiu.

Na suave brisa noturna, as folhas caídas flutuavam na mesa de pedra, cercando o bule e as duas xícaras de chá, girando suavemente sobre elas.

Depois de esperar vinte anos, o bule de chá, as xícaras de chá e a caldeira da mesa acolheram novamente seu dono. Ninguém sabia quantos anos mais teriam que esperar.

……

……

O que surpreendeu bastante Chen Changsheng foi que a mulher de meia idade não foi à Academia Ortodoxa. Em vez disso, ela entrou mais fundo no Jardim das Cem Ervas, até chegar no muro antiquado e manchado do palácio. Ao ver a porta velha, percebeu que a porta que ela usara era diferente de Mo Yu.

A mulher de meia-idade o ignorou, sem se preocupar com o fato de ele a seguir. Ela tirou a chave e a colocou na fechadura. Com dois ‘clacks’, a fechadura se abriu. Um rangido cortou a noite quando a velha porta de madeira foi aberta e ela entrou.

Somente agora Chen Changsheng confirmou que não havia nada acontecendo. Ele relaxou e afrouxou seu aperto no punho de sua adaga. Olhando as costas da mulher de meia idade, ele ligeiramente gritou, querendo dizer algo, mas inesperadamente, a porta rapidamente se fechou diante de seus olhos.

Saindo assim? Ele ficou bastante confuso, mas então percebeu que ela não podia ouvir, o que o colocava um pouco à vontade.

A porta de madeira fechada parecia ser uma com a parede do palácio.

Ele olhou para a porta, um tanto confuso.

Os eventos desta noite foram realmente reais?

Por que eles foram tão parecidos com aquelas histórias de fantasmas e imortais descritos nas Escrituras Daoístas?

Mas o sabor ligeiramente azedo e perfumado do chá ainda permanecia em sua língua.

O calor de seu toque ainda estava em seu rosto.

Balançando a cabeça, ele se virou e saiu.

……

……

Do lado da porta não visto por Chen Changsheng, estava uma passagem longa e silenciosa.

Ao redor da passagem havia musgo e videiras. Sob as vinhas, pelo menos seis mecanismos ou armadilhas capazes de matar um especialista do estágio superior do Reino da Condensação Estelar foram escondidos.

O chão desta passagem era formado a partir de tijolos secos de pedra.

À medida que a mulher de meia idade avançava lentamente ao longo dos tijolos de pedra, sua expressão gradualmente começou a mudar.

Com apenas dez passos, uma majestade indescritível uma vez mais voltou ao seu corpo.

Seu rosto comum tornou-se em uma beleza incomparável.

Não em uma beleza delicada, mas uma beleza deslumbrante.

Quando ela saiu da passagem, a cena em torno dela também mudou.

O Palácio Imperial na escuridão, imponente e magnífico.

……

……


Se você gosta do nosso trabalho, da novel e quer nos ajudar,
Não esqueça de Avaliar Ze Tian Ji na Central Novel e deixar seus comentários.
Isso é de extrema importância para nós. Muito obrigado!

dragão


Tradutor: Vaan   |   Revisor: Enxarcado   |   QC: Liberty




Fontes
Cores