TMW – Capítulo 317 – Jun Yue



— Sênior Yi, você acabou de usar a Técnica Sagrada Tai Ah, não é?

Quando Yi Yun desceu do palco, os membros de seu time perguntavam à medida em que o cercavam.

Por ser a maior técnica de cultivo do Reino Divino Tai Ah, sua fama era conhecida por todos.

Muitos novatos ouviram seu nome há muito, mas nunca a viram antes.

— Claro, ainda precisa perguntar!? — Outro júnior disse. — A Técnica Sagrada Tai Ah é tão poderosa.  Todo aquele veneno foi queimado em questão de segundos.

Estes juniores ouviram rumores de que a Técnica Sagrada Tai Ah era extremamente difícil de cultivar. Muitos gênios tentaram, mas acabaram falhando.

Os líderes proeminentes entre os novatos, como Wen Yu, consideravam o domínio sobre a Técnica Sagrada Tai Ah como um objetivo. Mas o mesmo estava extremamente distante.

Agora, Yi Yun conseguia usá-la de uma maneira bem versada. Poderia usá-la até mesmo com o tijolo metálico. Yi Yun não era muito mais velho que eles, porém, já havia conseguido chegar em um nível incrível com a Técnica Sagrada Tai Ah, fazendo com que o admirassem e o invejassem.

— Hehe, este garoto foi bem! — Não muito longe, Cang Yan esfregava o queixo com um olhar satisfeito.

Ao seu lado estava Jian Ge, que viu toda a disputa. Ele disse: — A Técnica Sagrada Tai Ah dele melhorou muito desde quando ficou fora por quase um ano.

O Yi Yun de agora não teve uma simples transformação em seu nível de cultivo, ele passou por uma melhora qualitativa em todos os aspectos.

— Claro, quem você acha que o ensinou!? — Cang Yan estava muito satisfeito.

Jian Ge ficou sem palavras ao ouvir isso. Este velho realmente gostava de se vangloriar sem sentir vergonha disso.

Velho Cang havia de fato o ajudado muito, porém, quanto a ensinar-lhe, obviamente, nunca fez nada.

No entanto, Jiang Ge não discutiu sobre isso. Sabia que foi mesmo Cang Yan que o descobriu primeiro. No começo, também foi quem levou Yi Yun para a tumba do sabre.

— Ele já ganhou dois assentos.  O grupo de Yi Yun é o mais forte que a nossa Cidade Divina Tai Ah vira nos últimos anos. Até mesmo excede o de Qin Haotian. É uma pena ainda não estarem crescidos. Se avançassem para o Reino da Fundação Yuan, seria ainda melhor.

As regras da competição estabeleceram uma delimitação de quinze anos. Esta era uma grande desvantagem para Yi Yun, Qiuniu e Chu Xiaoran.

Neste torneio, os cultivadores do terceiro ano eram mais importantes. Infelizmente, entre eles, apenas Li Hong era digno.

E ficava claro que ainda não poderia aguentar muito.

A primeira disputa havia terminado, por causa disso, Yi Yun não tinha muito o que fazer. Ainda sobrava um pouco de tempo para as disputas restantes.

Ele sentou-se nos bancos dos participantes e começou a meditar.

Tentava entender as verdades da espada vindas da tumba

Ao verem que estava meditando, alguns dos juniores trocaram olhares. Ainda havia disputas que não lutara.

Naquele momento, devia estar tentando saber mais sobre a situação de batalha dos outros times e entender seus competidores, porém, estava apenas sentado, meditando.

Se fosse quinze minutos atrás, Wen Yu teria o desprezado em seu coração por suas ações. Mas agora, depois de ter facilmente derrotado o Víbora, preferiu permanecer em silêncio.

Pessoas diferentes que faziam a mesma coisa teriam resultados bem diferentes. Fracos que fizessem isso seriam retardados, mas quando os fortes faziam, tinham o comportamento de especialistas.

— Está viajando aí?  Vamos reunir algumas informações! — Wen Yu bateu na cabeça de um júnior. Como não tinham um papel muito significante, precisavam fazer alguma coisa.

O torneio de aliança das quatro facções começou com batalhas de pequenos grupos ocorrendo de forma simultânea.

Mais tarde, na disputa, os grupos subquinze competiriam antes dos mais velhos.

Eles se espalharam para assistir à situação das batalhas dos vários times.

Yi Yun, que estava meditando, ignorou a saída de Wen Yu e o resto. Sentia que havia alguns olhares voltados para ele. Todos vinham tanto com hostilidade quanto com medo.

Não havia necessidade de ver a quem pertenciam.

— Este garoto derrotou o Víbora, mesmo estando em um nível mais baixo….

Não muito longe, Yang Haoran estava cerrando os punhos com tanta força que sua mão tremia.

O resultado da batalha foi inesperado para ele. Havia escolhido a dedo o cruel e poderoso Víbora para se livrar dele.

Até que ponto… ia a força de Yi Yun?

De repente, percebeu uma possibilidade que o fez entrar em desespero. Mesmo agora, com Yi Yun ainda jovem, e ele tendo um braço amputado, poderia não ser seu adversário!

Este fez com que sentisse um grande revés.

— Haoran…. é melhor não… provocá-lo mais….

Ao seu lado, Li Hong estava começando a perder a confiança.

Ele era uma pessoa muito vingativa. Sempre pensava em formas de retaliação dez vezes piores contra alguém que o provocasse.

No entanto, isso dependia de quem era esse alguém. Se soubesse que era muito melhor que ele, seria estupidez provocá-lo.

Li Hong foi contra Yi Yun no começo porque imaginou que era uma presa fácil.

Mas agora, sua força e talento eram inferiores. Yi Yun já havia o superado em muitos aspectos. A única vantagem que tinha era seu clã familiar o apoiando. Porém, comparado a grande consideração dada a Yi Yun pelos Anciões da Cidade Divina Tai Ah, não era nada.

E, depois de não ser capaz de lidar com ele, simplesmente acabaria com um destino trágico quando Yi Yun se tornasse uma figura poderosa no Reino Divino Tai Ah.

Li Hong começou a ter planos de recuar.

— Está com medo? — Yang Haoran olhou com raiva para Li Hong.

Li Hong balançou a cabeça. Estava com medo, mas não queria ofender Yang Haoran. — Só senti que poderíamos não ser adversários para ele…

— Não somos adversários para ele…. — Yang Haoran cerrou os dentes. Precisava admitir que ouvira uma verdade.

Yi Yun era uma pessoa que mostrara resultados brilhantes no torneio da aliança e estava sendo altamente apreciado pelos Anciões da Cidade Divina, também foi aceito como discípulo pela Grande Mestre Yuehua. O clã não poderia ofender alguém como ele por sua causa.

E o pior de tudo é que um clã familiar pondera sobre os pós e contras. Poderiam acabar desistindo dele, afinal, perdeu um braço.

Esta era a crueldade e a realidade de grandes clãs.

Ao pensar nisso, Yang Haoran sentiu uma tristeza imensa.

— Yi Yun quebrou meu braço, destruindo minha carreira nas artes marciais. Porém, eu, Yang Haoran, preciso aguentar isso… quando passei por tamanha humilhação…?

O mundo dos guerreiros respeitava aqueles que eram fortes. Quando Yi Yun provou sua força, ele precisou se curvar, mesmo sendo o filho de um proeminente clã familiar.

Enquanto Li Hong conversava com Yang Haoran através de transmissões de voz, um grito alto foi ouvido vindo do palco atrás dele.

Virou-se e viu que um dos membros de seu time tinha seu braço quebrado e foi jogado para fora do palco.

Aquele membro também era um novato. Seu rosto estava pálido e ele se contorcia no chão. O resultado ficou óbvio.

Os grupos que progrediram mais rápido foram o time de Li Hong e de Yi Yun.

Isso porque o time de Li Hong também estava cheio de tropas incapazes. Era quase a mesma coisa que o de Yi Yun.

No entanto, mesmo com um grupo incapaz, Yi Yun brilhou. Conseguiu ganhar dois assentos em menos de quinze minutos depois do começo da competição. Quanto ao lado de Li Hong, foram totalmente eliminados.

Ao ver os “arautos” que deveriam protegê-lo das derrotas, Li Hong não conseguiu mais ficar sentado de maneira calma.

Esta diferença era muito grande!

— Muito fracos!

No palco estava um jovem robusto, rindo: — Vocês já estão desistindo, não é? É realmente uma humilhação ser o líder deste grupo.

As palavras do jovem tocaram na ferida de Li Hong. Sua expressão tornava-se fria à medida que carregava seu bastão até o palco. Não havia mais ninguém de seu time, exceto ele, por isso precisava subir lá de qualquer forma.

Manejou o bastão e apontou para o jovem: — Chega de bobagens. Mostre-me o que te dá o direito de ser tão arrogante.

Li Hong era, afinal de contas, o melhor cultivador do terceiro ano da Cidade Divina Tai Ah. Como poderia não ficar bravo após ser provocado por um proclamador.

— Ah Jun, desça. Deixe eu dar um jeito nele.

Naquele momento, uma voz indiferente veio de fora do palco. Um homem alto e magro apareceu.

Ele não se parecia nem um pouco com um jovem. Parecia culto e seus olhos eram esbeltos, mas havia espírito neles. Um tipo de aura diferente emanava dele

Ao ver este homem, o jovem arrogante mostrou muito mais respeito de imediato.

— Sênior Jun Yue, você é o líder. Por que haveria necessidade de lidar com alguém como ele?

Embora o jovem tenha dito tais palavras, Jun Yue não se importou e riu: — Achei mesmo que não precisaria fazer alguma coisa, porém, vi o Víbora ser derrotado no oitavo palco. A pessoa que o derrotou é muito interessante. Por causa disso, minha mão está coçando. Eu devia estar batalhando contra ele, então este será meu aquecimento.

Sua voz soou muito casual. Enquanto falava, manteve um olhar em Yi Yun, que ainda mantinha seus olhos fechados. Um sorriso formou-se em seus lábios.

E, naquele momento, no palco, o rosto de Li Hong já tinha ficado verde.

Jun Yue estava o provocando ao extremo!

Só considerava Yi Yun como seu oponente. Estava realmente tratando esta batalha como um “aquecimento”?

Cortejando a morte!

Li Hong cerrou os punhos. As veias neles começaram a se contorcerem como minhocas. Precisava lutar bem para reganhar sua dignidade nesta disputa!

Ele também era um filho orgulhoso dos Céus. Ao ser desrespeitado de tal maneira, quis arrancar um pedaço da carne de seu oponente com os dentes, mesmo que fosse derrotado.

Como era outra batalha entre líderes, um executor da lei da Cidade Divina Tai Ah escolheu ser o árbitro. Depois de perguntar a ambos os lados se estavam prontos, as mãos de Jun Yue permaneceram vazias. Ele não havia pegado sua arma.

— Vai lutar desarmado? — A expressão de Li Hong tornou-se carrancuda. Mas não pediu para que o mesmo usasse uma.

Sabia que seu oponente era muito forte. Mesmo que não tivesse uma arma, precisaria usar tudo o que tinha. A única forma de obter a vitória era tomar vantagem da subestimação dele.

— Comecem!

Com o anúncio do executor da lei, Li Hong atacou com seu bastão em mãos.

No mesmo instante, um Totem de Aspecto na forma de um urso cinza apareceu atrás ele!

No último ano, obteve seu Totem de Aspecto. Contra Jun Yue, que era insondável, precisava ir com tudo desde o começo.

No entanto, Jun Yue permaneceu parado no palco como uma espada, mesmo com Li Hong o atacando.

No momento em que Li Hong ficou a 30 pés dele[Mais ou menos 9 metros], as pupilas de Jun Yue contraíram, emitindo um brilho frio e chamativo.

Cha! Cha! Cha!

Abaixo de Li Hong, os azulejos de metal passaram por uma mudança inacreditável. Flechas metálicas, da grossura de um dedão, começaram a aparecer no chão, disparando em sua direção!

O quê?

A expressão de Li Hong mudou.

Que tipo de ataque era este!?


Tradutor: Apollo  |  Revisor: Bravo



Fontes
Cores