TMW – Capítulo 301 – Palácio da Espada de Yang Puro



Yi Yun pegou um conjunto de roupas do seu anel interespacial, depois de vesti-las, moveu-se rapidamente em direção ao palácio.

A montanha em formato de espada não parecia alta, porém, quando tentou escalá-la, pôde sentir que parecia possuir um tipo de poder mágico. A altura parecia ter aumentado. Escalou-a por duas horas, antes de finalmente chegar ao pico.

Lá, os ventos uivavam. Olhou para o terreno abaixo, mas parecia que tudo estava cercado por uma névoa obscura, fazendo com que tudo parecesse sem vida.

Na entrada do palácio, a grande porta de bronze estava selada. Este mundo estava selado uma vez.

Este fragmento de mundo desconhecido continha poderes muito além dos do Reino Divino Tai Ah, mas a única coisa ainda intacta era o palácio. Todo o resto se foi com o tempo.

Yi Yun virou-se e encarou o palácio.

A forma dele era a de uma espada divina fincada no céu.

Ao redor, havia quatro colunas grossas com gravuras nelas.

Silenciosamente caminhou até elas e observou as gravuras.

Todas eram conectadas, formando apenas uma. Algumas das cenas nas gravuras o surpreenderam.

Viu um dragão divino, preso por correntes, todos os Grandes Imperadores humanos sendo suprimidos e um especialista inigualável desintegrando um mundo.

No meio disso tudo, havia uma grande cena de guerra, onde dois lados batalhavam. Eram de raças diferentes. Um lado montava bestas desoladas primordiais, enquanto o outro montava em poderosas armas mágicas.

— Será que a queda deste fragmento do mundo tem a ver com a grande guerra registrada nestas gravuras…?

Yi Yun observou cada cena com cuidado, maravilhado com elas. Era difícil imaginar o quão grande era este mundo.

Sentia que aquilo que vira era apenas uma gota em um oceano.

E quanto aos Sábios do Reino Divino Tai Ah, quanto será que já exploraram?

Depois de passar pelos enormes pilares, chegou diante do palácio. Levantou a cabeça e observou-o, no topo, havia uma placa dourada. Nela, havia palavras que pareciam ter sido apagadas. Apenas algumas frases permaneceram, emitindo uma aura agressiva.

À medida que se aproximava do palácio, começava a sentir uma opressão indescritível. A pressão tomava conta não só de sua carne, como também de sua mente.

Parecia uma força invisível suprimindo sua circulação de energia e todas as suas atividades vitais.

Seu coração, respiração, fluxo de sangue e até mesmo pensamentos pareciam ter desacelerado.

Uma estátua preta e de pedra erguia-se a mil pés diante da entrada. Tinha cerca de cem pés de altura e tinha a aparência de um homem de meia-idade. Seu rosto estava coberto por um capacete preto-avermelhado e seus olhos eram tão profundos quanto o universo estrelado. Uma espada pendia em suas costas.

Mesmo havendo apenas uma estátua, uma aura antiga e selvagem era emitida dela, uma que pertencia a um grande especialista. Ela tomava conta de todo o local, subindo até os céus. Por alguma razão, deixou Yi Yun abalado.

Atrás da estátua, havia um pilar rachado de pedras pretas. As palavras nele pareciam ter sido gravadas com uma espada. Estavam escritas de uma maneira nítida e poderosa, como se energia pudesse sair do pilar.

Enquanto lia-as, uma imagem de uma pessoa refinada, segurando uma espada, parecia ter aparecia diante dele.

Será que foram escritas pelo homem que serviu de modelo para a estátua?

Yi Yun encarou-as. A forma com que foram escritas era diferente da forma com que eram hoje, mas, por ter lido a Técnica Sagrada Tai Ah e o Totem da Miríade de Bestas, foi capaz de entendê-las.

No pilar de pedra, estava escrito: “Elaboração do Pilar de Pedra das Sete Mortes, anunciando minha vontade! Esperando pelo futuro, quando os céus colapsarem, a inexistência do universo, eu sendo o mundo, controle sobre a vida e a morte, destruindo o ciclo de reencarnação, obtendo as almas de tudo, forjando minha espada, derramando meu sangue imortal, para massacrar todos os demônios malignos! Morte! Morte! Morte! Morte! Morte! Morte! Morte!

Havia sete palavras “morte”, cada uma mais chocante que a outra!

Pilar de Pedras das Sete Mortes!

Yi Yun respirou fundo. Apenas ler isso já fez com que provasse da intenção assassina monstruosa. Parecia que essa pessoa possuía quantidades infinitas de ódio, forçando-o a destruir toda a existência.

— Quem é ele? E pensar que escreveu no pilar de pedra que estava esperando pelo dia em que os céus colapsassem, levando o universo ao fim e, então, tornando-se o próprio mundo, controlando a vida e a morte… essa vontade formidável…

Ficou secretamente aterrorizado. A pessoa que fez este pilar era incrível.

Yi Yun olhou para o topo. Tinha cerca de nove metros de espessura e seu topo foi raspado por uma espada, deixando uma superfície extremamente lisa e suave.

Quando conferiu a parte de trás, ficou ainda mais surpreendido. O ataque que o raspou continuava ali. Havia uma marca longa e preta, a qual ficava mais larga e profunda.

Enquanto olhava para esta fenda, seu choque só aumentou.

Este ataque se estendia da parte de trás da montanha em forma de espada até sua base. Ela foi completamente cortada.

Uma fenda foi aberta na montanha, a qual tinha milhares de metros de altura, cobrindo grande parte da terra. Um cânion foi aberto no terreno sem vida pelo golpe de espada. Era imensurável, chegando aos limites da visão. No meio do caminho, também havia um rio que foi cortado ao meio e um caminho pela floresta que foi aberto.

Yi Yun ficou em silêncio por bastante tempo após ver aquilo, era como se este mundo tivesse sido partido em dois por este ataque. Que tipo de poder poderia fazer isso!?

Será que, depois que aquela pessoa gravou aquelas palavras no pilar de pedra, atacou devido ao seu ódio e repúdio? Resultando em uma marca de espada tão chocante?

Esperando por mim como o próprio mundo, para massacrar todos os demônios malignos…

Quem eram os demônios malignos? A pessoa que deixou essa marca foi derrotada na grande guerra?

Pôde sentir sutilmente isso ao olhar para o imenso corte, além de conter uma aterrorizadora intenção assassina em sua essência, também havia um ar de tranquilidade.

Yi Yun sentiu dor nos olhos depois de ficar tanto tempo observando. Até sua pele parecia doer. Seus músculos se contraíram.

Quanto mais olhava, mais a Intenção da Espada dentro daquele corte se tornava óbvio. Isso fez com que não se atrevesse a se mover. Sua respiração tornou-se mais pesada, como se observasse um inimigo enorme. Esse ataque de espada parecia estar prestes a atravessar o tempo e espaço para cortá-lo.

Era inacreditável pensar que uma Intenção da Espada ainda existia dentro daquela marca, mesmo após dezenas de milhões de anos!

Yi Yun conjurou seu Qi Yuan para apagar esse sentimento.

— Quanto poder, mesmo depois de tanto tempo. Naquela época, o poder deste ataque poderia ter dividido toda a Região Selvagem Divina… — suspirou.

Se fosse a dezenas de milhões de anos atrás, apenas a energia da espada remanescente seria o suficiente para matá-lo, considerando quanta força estava fazendo para aguentar a intenção deixada.

Respirou fundo. Uma existência neste nível estava muito além de sua compreensão.

Virou-se e deixou a marca para trás, dirigindo-se até a entrada do palácio.

A antiga e grande porta não possuía ornamentos. Quando se aproximou, conseguiu sentir a energia de espada indo em sua direção, como se estivesse prestes a cortar seu corpo.

Ele segurou a respiração e caminhou até ela com demasiada dificuldade.

Antes que pudesse esticar a mão para empurrá-la, um flash brilhante o sugou. Com isso, já estava dentro do palácio.

O hall estava vagamente iluminado, e o piso coberto por pedras desconhecidas. A primeira coisa que entrou em seus olhos foi uma espada cravada no chão!

Era extremamente velha. Seu gume estava coberto por ferrugem e havia rachaduras na lâmina.

— Está quebrada?

Yi Yun suspirou. Com certeza era uma espada inigualável, porém, infelizmente… sua lâmina possuía rachaduras, fazendo com que perdesse grande parte de sua espiritualidade. Depois de tanto tempo, era provável que já estivesse frágil!

Ele se aproximou em silêncio e agarrou seu cabo.

Naquele momento, viu uma sombra negra ereta não muito longe dele. Com surpresa, saltou para trás e desembainhou o Sabre de Mil Exércitos!

Focando seus olhos, a sombra negra permaneceu imóvel. Não possuía um corpo físico, mas parecia uma chama escaldante.

Estava envolta por um manto preto, apenas dois olhos vermelhos brilhavam sob o capuz. Eram como joias à noite.

— Você…

Yi Yun pensou que fosse uma forma de vida desconhecida, como os demônios malignos mencionados no Pilar de Pedra das Sete Mortes.

No entanto, logo percebeu a sombra negra não tinha intenção de matá-lo.

Se tivesse, qualquer existência que pudesse ficar neste palácio facilmente o aniquilaria com um pensamento.

— Quanto tempo já faz… alguém finalmente veio…

Suas palavras desoladoras pareciam conter uma solidão indescritível.

— Sênior, você é o guardião deste palácio? — Yi Yun expressou sua suposição.

Ele disse:  — Sou um espírito de espada… acompanhei meu mestre por incontáveis batalhas por um tempo incalculável. Agora, meu corpo foi destruído, deixando apenas um resíduo de minha alma. Estive adormecido no Palácio da Espada de Yang Puro desde então. Por causa disso, diminui a velocidade do tempo necessária para ser completamente dissipado. Agora, com sua entrada, despertei. Entretanto, tanto tempo adormecido fez com que chegasse ao fim de minha vida…

Sua voz era fraca. Yi Yun cogitou algo ao ouvir isso. — Sênior, você esteve aqui por dezenas de milhões de anos?

— Não me recordo… estive vagando pelo espaço por muito tempo antes de cair neste mundo. Imaginei que ninguém jamais passaria por aquela porta. Porém, vejo que você teve tal oportunidade…

Vagando no espaço?

Sim, esse foi o tempo desde que este mundo colidiu com a Região Selvagem Divina. Antes disso, este fragmento de mundo esteve vagando por um período de tempo ainda mais longo.

Yi Yun tinha muitas dúvidas em sua mente. A sombra negra podia ler seus pensamentos e disse: — Não precisa perguntar mais coisas sobre o passado. Considerando este mundo, você não é ruim. Possui um corpo de Yang puro de nível baixo. Se tornar um dos melhores sozinho não é algo fácil, mas só isso não basta. As coisas que quer perguntar não terão sentido. Você não seria capaz de entrar nos níveis profundos deste palácio, a menos que ganhe insights sobre a Intenção da Espada deixada pelo meu mestre. Quando isso acontecer, pode ser capaz de refinar o palácio da espada e obter os itens deixados por ele. Entretanto, conseguir isso será muito, muito difícil…

Yi Yun permaneceu em silêncio. Sabia que, aos olhos da sombra negra, era apenas um jovem sortudo neste mundo selvagem. Suas qualificações eram mínimas.

Apenas ele, sozinho, poderia ganhar insights sobre a Intenção da Espada no palácio?

O espírito não tinha esperança alguma.

Para uma pessoa que queria aprender o caminho da espada, talento extremamente alto era necessário. No entanto, ele não tinha. Além disso, sua arma era um sabre.

Ao entrar em tal mundo, o espírito da espada provavelmente acreditava que a herança de seu mestre jamais seria herdada.


Tradutor: Apollo   |   Revisor: Bravo



Fontes
Cores