TMW – Capítulo 189 – Dia Lunar Yin



Com os raios brancos da formação de teletransporte o conduzindo, Yi Yun passou pela formação.

Esta montanha de ervas, rotulada com o número #60, era a montanha de ervas que Yi Yun foi mandado pela formação. Nos últimos trinta dias, ele esteve colhendo ervas na montanha #60. Ela era considerada a montanha de ervas designada a Yi Yun no passado e para os meses seguintes.

Os cultivadores que escolhiam colher ervas eram mandados aleatoriamente para uma montanha de ervas e eles não trocavam de local por muitos meses. O benefício seria que eles poderiam se lembrar dos lugares que já haviam procurado, removendo a necessidade de procurar novamente na próxima vez.

Se todos os cultivadores ganhassem uma nova montanha todo dia, essa seria a possibilidade de que um local já tivesse sido colhido há alguns dias por outra pessoa.

Yi Yun, com seu Traje de Mercúrio Fluido, havia passado um pente fino em uma grande região da montanha 60#. Como tal, ele estava especialmente familiar com a região de cinquenta quilômetros de raio ao redor do Ginseng Celestial do Yang Roxo.

No momento em que ele foi enviado pela formação de teletransporte, Yi Yun viajou pela montanha através e caminhos conhecidos, lentamente se aproximando do penhasco onde a Flor do Yang de Sangue estava.

Naquele momento, Yi Yun estava a cerca de alguns quilômetros do penhasco.

Ele não estava com pressa para subi-lo e apenas continuou procurando normalmente por ervas próximas.

Ele não estava praticando suas habilidades de movimento e havia tirado seu Traje de Mercúrio Fluido. Depois de usar duzentos caldeirões por um extenso período de tempo, Yi Yun se sentia leve com o peso removido. Ele sentia-se leve como um pombo e era como se ele pudesse pular até as nuvens!

Esse era o melhor estado de Yi Yun. Com uma grande batalha se aproximando, Yi Yun não queria nada que pudesse afetar adversamente sua velocidade.

“Outra, uma erva nível amarelo de grau alto, Raiz da Morte. É uma erva venenosa que pode ser transformada em veneno.”

Yi Yun murmurou para si mesmo enquanto pegava a Raiz da Morte. Os alquimistas na Cidade Divina Tai Ah não só podiam criar elixires com efeitos benéficos, como também podiam criar drogas com efeitos adversos, por exemplo, venenos, alucinógenos ou drogas com efeitos de paralisia. Havia todos os tipos de possibilidade.

Depois da Raiz da Morte, ele encontrou um Fungo Preto, Raiz Enrolada de Sangue, erva Coração Roxo…

Yi Yun pegou erva após erva normalmente, como se tivesse esquecido do Ginseng Celestial do Yang Roxo.

Depois de colher ervas por um dia inteiro, a noite se aproximava. Inconscientemente, Yi Yun já havia se aproximado do penhasco onde estava a Flor do Yang de Sangue.

Yi Yun sabia que o Ginseng Celestial do Yang Roxo havia descoberto há muito tempo sua presença, já que as ervas primordiais eram muito alertas. Com os métodos de Yi Yun, tentar aproximar-se secretamente da erva primordial seria simplesmente uma ilusão.

Faltavam cerca de duas horas antes da meia-noite.

Yi Yun olhou para o céu. Não havia lua e o céu noturno estava escuro como carvão!

Yi Yun havia vindo para a montanha #60 de manhã cedo, mas ele, por vontade própria, matou um tempo antes de chegar ao penhasco. A razão disso era para esperar por essa oportunidade.

Era o primeiro dia lunar do mês, o dia da lua nova. Sem a lua presente, era o dia lunar Yin.

Do dia lunar Yin era o dia com o Qi Yin mais intenso. Três quartos de uma hora depois da meia-noite era a hora com o Qi Yin era mais denso.

Por isso, Yi Yun havia cronometrado o momento para quando o Qi Yin estivesse mais denso no mês!

O Ginseng Celestial do Yang Roxo gostava de Qi Yang e ele consumia ervas que eram Yang puro por natureza.

O dia lunar Yin à meia-noite e quarenta e cinco minutos era o momento em que ele estava mais fraco.

Por isso, Yi Yun escolheu esse momento para atacar!

Mesmo assim, Yi Yun ainda tinha pouca confiança se acertaria o Ginseng com o Arco Tai Cang.

A velocidade do ginseng era aterrorizante e sua velocidade de reação era extremamente rápida!

Nos últimos dias, Yi Yun usou muito esforço para buscar por informações sobre o Ginseng Celestial do Yang Roxo. Além da ‘Antologia da Região Selvagem Divina’, ele havia lido todas as informações sobre ele.

Ele ficou comparando constantemente suas habilidades com arco e flecha com as habilidades do Ginseng Celestial do Yang Roxo. Sua conclusão final foi, dentro de cem pés, mesmo se sua flecha ultrapassasse a velocidade do som, havia uma grande possiblidade de que o ginseng ainda pudesse fugir!

E no momento em que ele falhasse em sua tentativa, ele não teria a mínima chance de capturar o Ginseng Celestial do Yang Roxo no futuro.

Por isso, Yi Yun tinha que levar tudo cuidadosamente em consideração e precisava fazer todos os cálculos.

“Vamos lá! Vamos ver se suas habilidades de cavar túneis são mais fortes que minha flecha!”

Yi Yun disse a si mesmo e saltou!

Cha!

Com passos imperceptíveis, Yi Yun pisou nas pedras do penhasco com sua cesta de ervas nas costas.

Ele estava cem vezes mais ágil do que um macaco e facilmente escalou o penhasco como se estivesse em terreno plano.

À noite, havia uma brisa fria da montanha que entrou em seus ossos.

No topo plano do penhasco, o esqueleto intemperizado estava jogado e ficava ali através das sucessivas rajadas de vento.

O Qi Yin era extremamente denso no topo do penhasco!

Nesta terra, havia alguns espíritos que gostariam de aparecer naquele momento.

Yi Yun ficou no penhasco por um tempo e fechou os olhos para se concentrar. Com sua energia espiritual ligada ao Cristal Roxo, ele podia sentir algo olhando para ele.

Era o Ginseng Celestial do Yang Roxo!

Com o Cristal Roxo, Yi Yun ficou extremamente sensível à energia ao redor. Mesmo assim, na visão do Cristal Roxo, Yi Yun não conseguia marcar exatamente a localização do Ginseng.

Mas no denso Qi Yin, havia uma vertente clara de Qi Yang. Ela pertencia ao Ginseng.

O Ginseng Celestial do Yang Roxo não estava ciente da observação de Yi Yun. Para ele, Yi Yun era como um coelho selvagem que tinha entrado em seu território e não tinha significância alguma.

A erva primordial existira por centenas de anos, ela tinha visto um número incontável de cultivadores. Aqueles idiotas nunca a encontraram.

Alguns dos especialistas humanos tentaram pegá-la, mas eles não foram uma ameaça. Às vezes, Sábios humanos da Cidade Divina Tai Ah vinham para a montanha #60. Só então a erva primordial ficava em alerta e se escondia. Assim, ela ficava segura.

Com a força atual de Yi Yun, a erva primordial não se sentia nem um pouco ameaçada.

Na escuridão, Yi Yun ficou em silêncio. Ele estava contando secretamente o tempo, e ainda havia mais duas horas antes da hora marcada.

Yi Yun parecia tirar aleatoriamente o seu Sabre de Mil Exércitos. Embora ele não pudesse identificar o Ginseng Celestial do Yang Roxo usando sua visão de Cristal Roxo, ele já havia identificado a localização da Flor do Yang de Sangue.

A Flor do Yang de Sangue estava a uns trezentos pés à esquerda e estava enterrada no subsolo!

Yi Yun caminhou até o local onde ele a encontrou.

Ainda havia o buraco que ele escavara.

Yi Yun fez uma careta de curiosidade e murmurou:

“Não é aqui que eu encontrei a Flor do Yang de Sangue na última vez…? Eu não sei por que, mas muitos cadáveres de repente saíram das sepulturas quando eu estava prestes a colher ela. Eu matei muitos, não sei o que aconteceu, mas depois de algum tempo. Quando acordei, estava cheio de ferimentos e todos os cadáveres e a flor tinham desaparecido. Era como um sonho…”

Yi Yun estava murmurando para si mesmo. Não muito longe, o Ginseng observava em silêncio o humano interessante.

Ele tinha uma certa quantidade de inteligência e conseguia entender as palavras de Yi Yun.

Humanos eram realmente espécies estúpidas. Eles poderiam ser atingidos por mágica sem saber e acabariam pensando que era um sonho.

Essa espécie burra até tentou pegar a Flor do Yang de Sangue. Que tipo de pensamento positivo.

Depois que Yi Yun pareceu confuso por um longo tempo, ele balançou seu Sabre de Mil Exércitos e rapidamente cortou.

Peng!

Com um esguicho de terra e pedras, uma rachadura profunda e escura apareceu no chão.

Yi Yun hesitou e cuidadosamente se agachou. Na escuridão, ele tocou o chão, mas é claro, ele não encontrou nada.

Ele murmurou para si mesmo:

“Ela não estava aqui na última vez? Ela… fugiu?”

Ao ver Yi Yun ser tão burro, se o Ginseng Celestial do Yang Roxo pudesse fazer uma expressão, seria uma onde lágrimas escorressem de tanto rir.

Todos os humanos são tão burros? Eles nem perceberam que foram atingidos por magia, mas eram tão ingênuos ao pensar que ainda podem encontrar a Flor do Yang de Sangue no mesmo local.

Quanta burrice!

Naquele momento, Yi Yun mudou de lugar e começou a cavar.

Claro, foi outro fracasso.

Yi Yun não desanimou e arregaçou as mangas. Nesse penhasco, ele começou a cavar ao redor, cada buraco com cerca de um metro de profundidade.

Para a erva primordial, o comportamento de Yi Yun era engraçado.

Mas lentamente, ela ficou preocupada. Ela percebeu que a escavação sem propósito de Yi Yun estava lentamente se aproximando da localização da Flor do Yang de Sangue.

Isso… era uma coincidência?

Yi Yun estava quase chegando nela!

Ao ver a escavação de Yi Yun se tornar mais meticulosa e profunda, a erva primordial pensou que ele realmente poderia encontrar a flor se continuasse assim.

Era uma sorte de idiota?

Naturalmente, o Ginseng Celestial do Yang Roxo não queria que Yi Yun roubasse a Flor do Yang de Sangue.

De repente, o Ginseng sentiu que a lição dada antes a esse humano idiota não foi severa o bastante. Desta vez, ele precisava dar uma lição muito mais severa, com sorte, poderia acabar com ele, resolvendo o problema de uma vez por todas.


Tradutor: Apollo | Revisor: BravoEd



Fontes
Cores