TMW – Capítulo 131 – Isso é Felicidade



“Você… você…”

Ao ouvir as palavras arrogantes de Yi Yun, o garoto disse furiosamente:

“Está é a comida dada pela Guarda do Dragão Reluzente, como você pode… como você pode…”

Antes que o garoto pudesse terminar, Yi Yun começou a rir.

O acompanhando estava Sun Jingrui.

Incluindo muitos guerreiros da Guarda do Dragão Reluzente, todos eles estavam rindo. Foi uma zombaria impiedosa.

“A idiotice desse garoto é a melhor.”

Sun Jingrui disse com um sorriso.

O garoto ficou confuso; ele finalmente percebeu que o que ele disse era ridículo.

Yi Yun segurou sua risada e disse friamente:

“Você quer comida, certo. Pegue o esterco de vaca jogado na casa de minha irmã e coma, então te darei um pouco.”

As crianças que acompanharam o garoto ao jogar esterco de vaca tiveram uma mudança na expressão:

“Sua casa já foi queimada. O esterco de vaca… o esterco já foi queimado!”

Uma criança disse.

Yi Yun olhou impacientemente para a criança:

“Há muita merda na aldeia, você consegue encontrá-las facilmente.”

“Você… você…”

O garoto cerrou os dentes. Ele percebeu que Yi Yun não iria tornar sua vida fácil hoje!

Ele nunca planejou dar comida para ele e tinha até o ridicularizado em público!

Ele estava cheio de ressentimento e seus olhos, em direção a Yi Yun, estavam cheios de amargura.

Ele sabia que não era oponente para Yi Yun. Ele xingou Yi Yun e sua família.

Yi Yun franziu a testa e permaneceu em silêncio, mas Liu Tie saltou para frente.

“Filho da puta do caralho, o que você está olhando? Vou arrancar seus olhos.”

Liu Tie socou o rosto do garoto até ficar inchado. Então, Liu Tie agarrou seu cabelo e deu-lhe outro soco, fazendo seu nariz sangrar.

Liu Tie era cruel. Esse garoto era apenas um pouco mais velho que Yi Yun, mas Liu Tie não foi misericordioso. Aldeões se casavam cedo, então um garoto de quinze anos como ele se casaria em um ou dois anos.

Liu Tie atacou implacavelmente o garoto, fazendo-o gritar em agonia, lamentando por seus pais! O avô do menino, um ancião tribal, observava com uma expressão lívida, mas não se atreveu a parar Liu Tie.

Aqueles que queriam se envolver em vadiagem acabariam por ser espancados. Naquela época, o garoto era um valentão. Ele liderou um monte de lacaios e estava cheio de triunfo. Aqueles que resistiram a ele foram cercados e depois espancados. Eles se aproveitaram de muitas garotas, mesmo em até certo ponto, mas essas meninas não tinham como procurar refúgio.

Yi Yun ignorou tudo isso. Naquele momento, ele percebeu que ter alguns capangas não era tão ruim.

Vendo a maioria dos assuntos serem resolvidos, Yi Yun saltou para as costas da besta chifruda. Ele disse a Liu Tie:

“Cuide da comida, estarei de volta em outra hora para distribui-la!”

Ao ouvir isso, Liu Tie ficou emocionado. Esse foi o primeiro comando que Yi Yun deu a ele!

Às vezes, as pessoas eram simples. Elas lutavam para se tornar um escravo e Liu Tie era esse tipo de pessoa. Ele imediatamente bateu no peito como uma garantia de que ele completaria sua tarefa.

Yi Yun despediu-se de Sun Jingrui e se afastou na besta chifruda.

Seu destino era montanha de trás. Ele ia encontrar Jiang Xiaorou!

Por algum motivo desconhecido, Yi Yun sentiu-se desconfortável enquanto ele estava se dirigindo para a montanha de trás. Essa sensação de mal-estar fez Yi Yun franzir a testa…

Ele segurou as rédeas e aumentou sua velocidade!

A besta chifruda levantou uma tempestade de poeira e galopou para a montanha de trás do clã tribal Lian!

Vendo Yi Yun partir, as pessoas ficaram cheias de emoções. Aqueles que tinham ridicularizado Yi Yun e aqueles que intimidaram Jiang Xiaorou estavam extremamente preocupados, e isso estava evidente no rosto deles.

Eles esperavam que Yi Yun não se lembrasse daquelas coisas, mas era óbvio que Yi Yun se lembrava de cada acontecimento!

O carregamento de comida trazido pela Guarda do Dragão Reluzente não foi apenas para salvar o clã tribal Lian, mas também para ser usado por Yi Yun para acertar as coisas de gratidão e vingança.

No clã tribal Lian, montanha de trás

O clima na montanha estava mais frio do que na vila. Estava no meio do inverno, de modo que, além do Rio do Leste que fluía rapidamente, todas as nascentes de montanhas do clã tribal Lian haviam congelado.

Mesmo entre todas as folhas caídas, ainda havia árvores altas e exuberantes que cobriam o céu azul.

Em uma exuberante árvore escondida, havia uma pequena e modesta casa na árvore. Embora houvessem ventos frios soprando no lado de fora, era extremamente quente dentro da casa. Isso porque o osso desolado do Chi Li estava constantemente exalando uma energia elementar de fogo aconchegante.

Dentro da casa na árvore, havia uma garota de quinze anos de pés descalços, sentando ao lado da janela. Suas duas mãos pequenas estavam sem seu queixo fino, enquanto ela olhava para fora…

Era o décimo sexto dia….

Já fazia dezesseis dias desde que Yi Yun partiu. Jiang Xiaorou contou cada dia. Ela não sabia o que Yi Yun estava fazendo.

Nesses dias, Jiang Xiaorou não tinha nada para fazer. Yi Yun pediu para que ela não saísse, então esteve na casa na árvore na maior parte do tempo.

Afinal de contas, fossem bestas de qualquer tipo ou membros do campo de preparação de guerreiros do clã tribal Lian, Jiang Xiaorou estaria em perigo se encontrasse eles.

Portanto, tudo o que Jiang Xiaorou fez nesses dias foi esperar.

Dentro da casa na árvore, ela olhou para o pequeno pedaço de céu pela janela. Ela olhou para as antigas árvores de cem anos e observou pedregulhos que nunca mudavam.

Dia após dia, Jiang Xiaorou observava uma camada de gelo crescer em uma grande pedra pela manhã, à tarde, aquele gelo se transformava em vapor, e à noite, o luar se espalhava sobre a pedra…

Jiang Xiaorou só podia esperar, e foi isso que ela fez.

Ela sentava-se sozinha todo dia, esperando ansiosamente. Às vezes, Jiang Xiaorou tinha um pesadelo, fazendo com que ela acordasse de medo.

Era tarde…

Um raro sol quente de inverno brilhou no rosto de Jiang Xiaorou através dos espaços entre as árvores.

Sob os raios de sol, o cabelo sedoso de Jiang Xiaorou brilhou com uma fraca luz dourada.

De repente, um som suave ressoou. Um esquilo veio até a casa na árvore e parou ao lado da janela.

Vendo o esquilo peludo, Jiang Xiaorou mostrou um sorriso raro.

Esse era um pequeno parceiro que ela encontrou por acaso. Devido à caça excessiva, havia poucos animais na montanha do clã tribal Lian.

Jiang Xiaorou foi capaz de superar sua solidão ao ter um pequeno companheiro. Ela alimentou o pequenino com alguns grãos e milho. Por causa disso, ele sempre vinha pela comida.

Jiang Xiaorou debulhou um pouco de milho e abraçou suas pernas esbeltas com seus dois braços de lótus, enquanto assistia o pequenino comer.

Ele comeu realmente muito rápido. Suas bochechas ficaram cheias rapidamente, mas ele estava muito alerta. Ele levantava sua cabeça e olhava os arredores de vez em quando.

Vendo o camarada fofo, Jiang Xiaorou sentiu-se tranquila.

“A seleção de Yun’er deve ter terminado.”

Jiang Xiaorou suspirou enquanto olhava pela janela:

“Me perguntou quais foram seus resultados… Yun’er pode ter aumentando muito sua força antes, mas há muitos especialistas na seleção do reino. Apenas em torno do clã tribal Tao, existem algumas dúzias de clãs tribais. Ninguém deles são mais pequenos que o clã tribal Lian… há também o clã tribal Tao, que é gigante…”

Jiang Xiaorou estava preocupada com Yi Yun. Ela não estava considerando que Yi Yun passasse na seleção e ela ficasse rica como resultado.

Mas ela sabia que Lian Chengyu tinha cerca de oitenta a noventa por cento de se tornar um membro da Guarda do Dragão Reluzente. Se Yi Yun não se tornasse um Guarda do Dragão Reluzente, ele perderia a proteção da Guarda do Dragão Reluzente e Liang Chengyu poderia armar contra ele!

Quando isso acontecesse, Yi Yun estaria em perigo.

Toda vez que ela pensava nisso, Jiang Xiaorou ficava demasiadamente preocupada.

Embora Jiang Xiaorou tenha crescido na vasta região selvagem, ela não acreditava em deus. Mas nos últimos dez ou mais dias, mesmo uma atéia como ela esteve rezando por Yi Yun, rezando por um milagre, rezando que Yi Yun passasse na seleção.

Esses dias foram difíceis de aguentar.

Assim que ela estava começando a se perder em pensamentos, o pequenino que estava mastigando um pedaço de milho abriu suas garras e soltou sua comida favorita. Ele ficou de pé e, alertamente, olhou para os seus arredores. Ele parou de mastigar, mas suas bochechas ainda estavam cheias. No entanto, seus pequenos olhos negros estavam cheios de alerta.

Jiang Xiaorou se perguntou de repente. ‘O que aconteceu?’

Ela ouviu cuidadosamente em conseguiu sentir um som “rumbling” ao fundo, como se uma besta gigante estivesse correndo pelas montanhas.

O esquilo ficou assustado e com um ‘ping’, ele se escondeu atrás das costas de Jiang Xiaorou. Nesses poucos dias, o esquilo começou a confiar em Jiang Xiaorou.

Jiang Xiaorou levantou-se. O som estava ficando cada vez mais alto, como se o colosso estivesse próximo.

“Poderia ser…”

Jiang Xiaorou correu até a janela e olhou para fora. Ela conseguiu ver muitas árvores na floresta balançando violentamente. Ficou claro que uma grande besta estava se aproximando.

Jiang Xiaorou segurou a respiração.

Cerca de dez segundos depois, ela finalmente viu um colosso de dois andares de altura passando pelas camadas de floresta e aparecendo diante dela.

Ela conseguiu ver um jovem brilhante sentado nos ombros largos do colosso. Na floresta exuberante, o jovem era como uma estrela e extremamente arrojado! Suas características faciais puras e extraordinárias deram a Jiang Xiaorou uma sensação familiar.

“Yun.. Yun’er?”

Jiang Xiaorou não conseguia acreditar que o jovem em sua frente era Yi Yun!

“Mana Xiaorou!”

Depois de estar fora por tantos dias, Yi Yun ficou repleto de emoções ao ver Jiang Xiaorou novamente. Yi Yun ficou muito feliz quando a viu sã e salva. Ele estava realmente com medo de que Jiang Xiaorou pudesse ter sofrido um acidente.

A maior dor do mundo é quando você conquista sua maior realização, mas a pessoa com a qual você queira compartilha isso já não estar mais por perto.

Essa era uma solidão extrema.

Neste mundo, Jiang Xiaorou era a única parente de Yi Yun. Apenas Jiang Xiaorou poderia participar do sucesso e da alegria de Yi Yun.

Yi Yun desejou que Jiang Xiaorou pudesse vê-lo tornar-se um alto nobre ou mesmo um santo depois de vê-lo tornar-se um Cavaleiro do Reino!

Por uma razão desconhecida, Yi Yun sentiu um sentimento desagradável quando estava vindo no colosso através da montanha. Ele estava preocupado que Jiang Xiaorou estivesse em apuros. Apenas quando ele a viu, ele se aliviou dessa pressão.

Mas, Yi Yun ainda se sentia incerto.

Ele pulou facilmente até a casa na árvore, fazendo com que a casa na árvore ficasse de um lado para outro. Sem dizer nada, ele abraçou firmemente Jiang Xiaorou.

Era como se o momento em que ele a soltasse, Jiang Xiaorou desapareceria.

“Mana Xiaorou, estou de volta!”

Yi Yun abafou, ele não sabia por que teve aquela sensação antes.

Não importava de onde vinha essa sensação, Yi Yun jurou que protegeria Jiang Xiaorou pelo resto de sua vida.

Sob o abraço de Yi Yun, Jiang Xiaorou já estava chorando:

“Yun’er, é bom que você esteja de volta. É bom que você esteja de volta…”

Abraçando Yi Yun, o coração de Jiang Xiaorou ficou repleto de satisfação.


Tradutor: Apollo | Revisor: BravoEd



Fontes
Cores