TI – Volume 9, A Múmia 6



“Há. Você não faz ideia de quantas vezes a palavra ‘ouro’ é mencionada nas ruínas Maias. Com certeza mais do que nós vimos em Hamunaptra. Eu juro que deve haver uma montanha de ouro escondida nessas ruínas. Vamos Zheng. Use o seu método de sempre de contratar alguns milhares de pessoas para escavá-las.” Ele disse para todos com o símbolo de dinheiro nos olhos.

“Oh, por favor. A maioria era uma referência à ‘máscara dourada’. Não omita a segunda parte.” O’Connell deu um tapa na cabeça de Jonathan, então se sentou no sofá.

Zheng e Lan examinaram todo o centro de exibições depois da explosão e, coincidentemente, viram os personagens do filme descendo de um carro. Eles estavam parados não muito longe do lugar com Imhotep e Anck-Su-Namun.

Zheng se reuniu com o time e foi encontrar com os personagens do filme. Evelyn chorou assim que viu seu filho. Ela o segurou no colo e O’Connell teve que ir confortá-la. Depois, todos seguiram de volta para o hotel.

Eles ajudaram Evelyn a confirmar que o menino estava bem, então ela o alimentou com leite antes de eles se sentarem para conversar.

“Por causa do aumento da tensão na Inglaterra, nós nos mudamos para os Estados Unidos. Originalmente nós planejávamos comprar uma mansão na costa oeste já que ainda tínhamos algumas economias, mas quando a Evelyn entrou em contato com seu professor da universidade e descobriu que ele estava na costa oeste com uma equipe de arqueólogos, nós colocamos o plano da mansão de lado e pegamos um trem para as ruínas.” O’Connell narrou o que havia acontecido. Apesar de o que os outros realmente queriam saber era o motivo de Jonathan estar com eles.

Zheng perguntou: “Jonathan, você não planejava ir para a China? Por que você estava com o O’Connell nas ruínas maias?”

Jonathan tomou um gole do seu café e riu alto: “Como você acha que um irmão tão responsável quanto eu poderia deixar a minha querida irmã e meu cunhado viajarem sozinhos? Eles não conseguem fazer nada sem mim. Eu não tinha escolha a não ser assumir a responsabilidade de protegê-los.”

O’Connell expôs a mentira dele no mesmo instante: “Você tem certeza de que não foi porque você ouviu falar de uma mina de ouro descoberta em São Francisco? Então você ouviu que o maias tinham o costume de enterrar a realeza com ouro?”

Jonathan riu de novo. “É claro que não. Você acha que esse cavalheiro iria escavar o túmulo de alguém só por causa de um pouco de ouro?”

“Eu acho que ele iria.” Zheng disse em voz baixa.

“Eu não acho. Eu tenho certeza.” O’Connell falou.

A chegada dos personagens do filme fez Zheng se sentir melhor. Quando descobriu que o menino era o filho de O’Connell e Evelyn, ele estava preparado para o pior: que eles haviam sido mortos.

Zheng disse: “Vamos voltar para o monstro. Como ele foi criado? Como vocês encontraram aquela máscara.”

O’Connell concordou com a cabeça. “Quando nós chegamos às ruínas maias, os arqueólogos estavam tentando abrir um portão. A Evelyn e seu professor só conseguiam identificar uma parte dos caracteres gravados no portão. Havia dois significados possíveis, o primeiro era ‘a esperança da humanidade repousa atrás desse portão’. O segundo era ‘o demônio que aniquilará esse mundo se esconde trás desse portão’. É claro que isso não foi o suficiente para parar os arqueólogos. Eles abriram o portão e entraram na pirâmide.”

“Para ser honesto, aquele lugar não parecia nada com uma tumba, era mais como uma fábrica com várias ferramentas de bronze, cujos cabos de madeira já haviam apodrecido há muito tempo. Além das ferramentas, havia um buraco enorme no chão, repleto de ossos humanos. Os arqueólogos disseram que aquele era um lugar para sacrifícios humanos.”

Evelyn saiu do quarto e continuou a narração: “Mas aqueles ossos estavam todos deformados. Uma parte deles nem parecia ser de humanos. Como aqueles retardados puderam sequer imaginar que eles pertenciam a sacrifícios humanos. Eu nunca vi uma civilização que sacrificasse monstros.”

“Nós continuamos adentrando a pirâmide, até chegarmos ao centro dela. Lá nós encontramos uma máscara dourada embutida em uma parede cercada de palavras e desenhos. Entretanto, os arqueólogos ficaram impacientes e simplesmente pegaram a máscara e saíram. Nós descobrimos mais coisas naqueles murais.”

Evelyn se sentou ao lado de O’Connell e murmurou: “Os murais retratavam a era de evolução dos macacos para humanos. Quando os humanos ainda eram macacos, o mundo era habitado por vários monstros. Muitos dos quais tinham força e habilidades que ultrapassavam muito as dos humanos. Então um grupo de ‘santos’ surgiu entre os macacos. Eles os lideraram para a vitória contra os monstros. Assim os macacos sobreviveram e, no fim, evoluíram para humanos.”

“Entretanto, os santos começaram a morrer de idade avançada. Já que os monstros haviam sido quase aniquilados na guerra, nenhum outro humano tinha como se tornar um santo. Aqueles que ainda estavam vivos começaram a pensar em algumas soluções. Alguns queriam criar santos construindo uma dimensão onde eles pudessem jogar humanos e monstros para lutarem uns contra os outros.”

“Mas os outros acharam que isso era cruel demais. Então eles começaram a desenvolver itens que pudessem transformar humanos em santos. Um grupo que usava mantos e chapéus desenvolveu uma pílula dourada que podia transformar humanos em seres parecidos com santos. Eles moravam nas montanhas. Outro grupo que usavam capas fizeram cirurgias nos humanos para dar a eles asas como as de pássaros e de morcegos. Aqueles que foram transformados seguiram seus santos e desapareceram. O último grupo usava máscaras. Foram eles que criaram essa máscara dourada. Assim que um humano colocá-la, ele se transformará em um ser muito próximo de um santo.”

“Porém, os murais diziam que tudo o que os santos fizeram foi inútil. Aqueles que ingeriram as pílulas douradas se tornaram cruéis e atacaram os santos que usavam mantos. Então eles se dividiram em duas facções e começaram uma guerra entre eles. Todos morreram no fim. Os humanos com asas perderam sua habilidade de reprodução. Então os com asas de pássaro começara a lutar contra os com asas de morcego e todos morreram também. Os humanos que usavam a máscara dourada se transformaram em monstros no fim e começaram a caçar outros humanos como alimento. Eles também temiam a luz do sol, que os transformava em ossos.”

“Quando o ultimo santo morreu, tudo o que restou foi aquela dimensão.”

Zheng e seu time ficaram chocados com os olhos arregalados. Isso era quase inimaginável. Os murais retratavam a origem da Dimensão de Deus e tudo o que aconteceu antes disso.

Xuan ajustou os óculos. “Então isso significa que aquele monstro era uma pessoa normal antes que usou a máscara. As ruínas foram preservadas?”

Evelyn assentiu. “As ruínas ainda estão lá, mas os arqueólogos foram transformados em vampiros. Aquele monstro originalmente era um homem velho normal. Mas ele ainda não se transformou em um monstro completo. Ele ainda é um produto defeituoso. “

O time ficou chocado. Xuan franziu as sobrancelhas e mordeu o dedo. “Por que você diz isso? Aquele monstro já é bem poderoso, igual ao que você descreveu. Se ele ainda é considerado incompleto, então seu poder total deve ultrapassar o que nós podemos imaginar e isso valeria muito mais do que as nossas recompensas atuais.”

Evelyn perguntou: “Que recompensas? Os murais diziam que o projeto da máscara dourada tinha falhas: ela não é capaz de fazer seu usuário evoluir até o estágio pretendido. Em primeiro lugar, os seres perdem o controle sobre suas emoções, agindo de acordo com seus desejos presentes. Em segundo lugar, eles precisam absorver sangue humano para manter sua força vital. A última falha é fatal: eles não têm resistência à luz do sol. Um minuto de exposição à luz do sol vai matá-los.”

Zheng de repente tirou o fragmento dourado do anel. “Não deve ser por causa desse fragmento, certo? Como é que vocês conseguiram arrancar esse pedaço em primeiro lugar?”

O’Connell pegou ele e deu um sorriso amargo. “Enquanto o monstro estava nos perseguindo, o Jonathan entrou escondido na cidade para roubar a máscara. Entretanto, o monstro parece ter algum tipo de conexão invisível com ela, ele voltou imediatamente para atacar o Jonathan. Eu não tenho certeza do que aconteceu. O prédio pegou fogo e o Jonathan voltou com esse fragmento.”

Zheng sorriu. “Eu acho que entendi. Dá para ver o quão poderoso é esse monstro se o Jonathan só conseguiu roubar um pedaço dela. Eu acho que preciso manter as minhas coisas na minha mão se não quiser que ele as roube.”

Jonathan deu um sorriso modesto.

Então Zheng perguntou: “Ele será capaz de superar essas falhas com esse fragmento?”

Evelyn balançou a cabeça. “Não, esse é só o primeiro passo. Os murais indicavam que ele também precisava de um diamante enorme para reunir a luz do sol e disparar um feixe na testa da máscara. Assim ele seria capaz de evoluir de novo, alcançando o nível dos santos. Só existe um diamante desse tipo no mundo.”

Zheng disse: “Esse não seria o diamante que o Jonathan pegou na pirâmide, certo? Como é que ele descobriu que vocês possuíam o ele?”

O’Connell assentiu. “Correto, é esse mesmo. O Jonathan ficou se gabando dele num jogo de pôquer enquanto estávamos com os arqueólogos.”

Zheng esfregou as sobrancelhas e então se virou para Lan. “Ainda não teve nenhum resultado com a sonda?”

Lan balançou a cabeça. “Não. Os vampiros se espalharam pela cidade. Não há um único traço daquele monstro. Eu tive que colocar o hotel sob vigilância no caso de ele tentar nos atacar.”

Zheng assentiu, então olhou para Xuan. “Alguma descoberta sobre as células dele?”

Quando Zheng recuperou a Lança de Osíris depois da explosão, havia um pedaço da carne do monstro presa nela. O pedaço não parava de se contorcer, como se quisesse se libertar da lança.

Xuan assentiu, tirando uma garrafa de vidro de uma enorme bolsa de couro. “Eu pedi para os guardas do hotel me trazerem alguns equipamentos de laboratório. As ferramentas são meio simples, mas alguns dados são fáceis de obter. Para começar, esse pedaço de carne já é um organismo completo sozinho.”

Um pedaço de carne rosado estava se movendo dentro da garrafa. Havia vários olhos pequenininhos e tentáculos crescendo da carne. Ela até já estava maior do que quando eles a obtiveram.

Xuan continuou. “Inicialmente, ela era bem pequena. Então eu cortei um terço fora para fazer alguns experimentos. Porém, assim que eu coloquei um pouco de sangue de vaca sobre a carne, ela o absorveu e começou a crescer. Vários órgãos também começaram a se formar, como os de visão e olfato. Nesse ponto, ela já pode ser considerada um organismo completo.”

Então ele pegou várias outras garrafas. Havia um pedaço de carne flutuando no líquido que preenchia cada uma delas. “Eu mergulhei a carne em vários líquidos diferentes. No ácido sulfúrico concentrado, ela se dissolveu rapidamente. Entretanto, olhe só o que aconteceu nessa garrafa com ácido sulfúrico diluído.”

Eles seguiram o dedo de Xuan. Dentro da garrafa, havia uma pequena bola cheia de buracos. Os buracos borbulhavam lentamente. “A carne desenvolveu resistência à corrosão do ácido em pouco tempo, transformando sua camada exterior em uma forma de isolamento. As células da camada exterior estão mortas, mas dentro, elas estão vivas. Soluções alcalinas tiveram resultados similares, mas ocorreu algo diferente na solução salina. Olhem para essa garrafa.”

Xuan apontou para outra garrafa onde uma fatia fina de carne flutuava em cima de uma solução salina, respirando. Ela parecia com um ser marinho.

Depois de mostrar todas as garrafas, Xuan disse num tom calmo: “Entenderam? Essa carne é diferente da nossa no nível mais básico possível. Nós podemos especular que os criadores dessa máscara dourada pretendiam dar aos usuários o controle sobre seus genes. Entretanto, o experimento falhou e os genes ganharam o controle sobre seus hospedeiros. Cada célula se tornou um organismo individual e a agregação dessas células se tornou um monstro. Ele já não é mais capaz de controlar sua evolução. Essas células evoluem sozinhas quanto sentem o perigo. Contanto que uma célula sobreviva, o monstro continua vivo.”

“Essa é uma missão de dificuldade B? Um erro e nós nem mesmo seremos capazes de terminá-la. Por sorte não há limite de tempo, nem penalidades por não completá-la. Caso contrário, nós poderíamos ser aniquilados aqui.”

Todos ficaram em silêncio. Os personagens do filme basicamente não entenderam muito do que havia sido dito, apesar de eles entenderem que seria difícil matar aquele monstro. Se a sorte não estivesse do lado deles, vários monstros poderiam ter nascido desse pedaço de carne.

Zheng ponderou por um momento. “Com certeza vai ser difícil lidar com isso, mas eu acho que nós podemos ter uma chance. Por que as células não se separam do corpo do monstro? Por que elas não atacam e devoram umas as outras? Você ainda se lembra da luta? Os pedaços de carne voltaram para o corpo depois de eu esmagá-lo. O que significa que esse pedaço pode nos levar até ele.”

Xuan lhe deu um olhar de aprovação. “Correto. Há uma grande chance de esse pedaço de carne nos guiar até o monstro. Entretanto, eu quero fazer mais alguns experimentos antes. Imhotep, você pode desidratá-lo? Eu estou curioso para saber se as células irão evoluir para uma forma de vida que não precisa de água.”


Tradutora: Brinn | Revisor: FelipeVR



Fontes
Cores