TI – Volume 8, Capítulo 1



Zheng matou dois membros que liberaram as travas genéticas do time Infernal. Ele obteve 14.000 pontos e duas recompensas de rank B. Entretanto, o time China havia acabado com 4 pontos negativos e isso tirava 8.000 pontos dele. Somando com o que ele tinha restando de antes, mais os pontos por matar os zumbis e tirando o custo da cura, ele tinha cerca de 8.500 pontos no fim e duas recompensas de rank B.

Zheng fez Deus manter a cicatriz em sua face durante a cura. Ela não parecia tão óbvia quanto à de seu clone, era apenas uma linha vermelha. Ele fez isso para se lembrar de tudo, de reviver seus companheiros, de se vingar e de jamais experienciar a mesma coisa de novo. Essa cicatriz não desapareceria até ele derrotar o time Infernal!

“Ressurreição requer o Livro de Amun-Ra. Entretanto, ele ficou no fundo da tumba, em Hamunaptra. Se eu tiver que voltar para pegá-lo, então precisarei contratar um grande número de nativos para escavar o locar. A mesma coisa acontece em ‘O Retorno da Múmia’, mas precisou de muito tempo.”

“Para voltar ao filme anterior, eu só preciso de 10 pontos por dia, mas voltar para qualquer lugar antes disso custa 50 pontos por dia mais uma recompensa de rank D para liberar o filme. Eu não tenho que me preocupar com as recompensas, mas eu não tenho pontos suficientes.”

Zheng suspirou. Ele calculou o tempo necessário. Levaria dois ou três meses para escavar a tumba desmoronada. O que significava que ele precisava de 5.000 pontos para recuperar o Livro de Amun-Ra, mais os pontos necessários para reviver seu time.

A dimensão estava estranhamente quieta nesse momento. A cena usual de pessoas comendo e conversando na plataforma não podia ser vista. Entretanto, aquelas cenas ainda pareciam tremular diante dele. Ele sentiu seu coração se partir cada vez que ele imaginava as faces deles.

Zheng contou à Lori os eventos do filme pela primeira vez. Ela era a única com quem ele podia conversar agora. Ele também fez isso para acalmá-la. Ela havia experienciado um medo inimaginável ao ver as meninas que Hong Lu e Cheng Xiao criaram repentinamente desapareceram. Então Zheng teve que contar a ela o que aconteceu no último filme. Embora ele não tivesse dito o que aconteceu com seu clone. Esse era um segredo entre eles.

Para sua surpresa, Lori analisou isso para ele calmamente: “Você disse que há uma forma menos cara de ressuscitar? Como?”

Zheng sorriu: “Você viu ‘A Múmia’, certo? No filme, eles podem reviver uma pessoa com um feitiço do Livro dos Mortos, o corpo e os órgãos de uma pessoa e um sacrifício humano. Mas nós tentamos e não havia um feitiço como esse no Livro dos Mortos. Então, esse livro é apenas uma arma para nós. O Livro de Amun-Ra provavelmente é a chave para ressureição. Reviver no altar só requer o corpo, os órgãos, 7.000 pontos e uma recompensa de rank B. Então, se nós quisermos reviver o Heng, nós podemos criar seu corpo sem uma mente, o que custa 500 pontos e então levá-lo até o altar e revivê-lo usando o Livro de Amun-Ra. Esse é o único método no qual consigo pensar. Todos têm uma chance de serem ressuscitados”.

Lori disse: “Você tem as recompensas, mas não pontos suficientes. Custa uns quatro ou cinco mil pontos para desenterrar o Livro de Amun-Ra. Além disso, você precisa se preparar para o próximo filme. Você realmente precisa entrar em ‘A Múmia’ agora?”

Zheng assentiu com determinação, “sim, eu preciso ir. Também há uma coisa que eu quero verificar. Se meu clone ficou tão forte depois de apenas dois filmes, então o que eu estou pensando pode ser verdade”.

Lori andou até Zheng e o encarou: “Você pode me levar com você para ‘A Múmia’? Se você for fazer algo arriscado, eu ficarei num lugar seguro e esperarei por você. Certo? Eu estou com medo de ficar nesta dimensão sozinha. As outras meninas estavam comigo antes, então…”

Zheng suspirou. Ele encarou essa bela jovem face, a face que ele mais amava. Contanto que ela estivesse ao seu lado, seu coração jamais perderia para a escuridão. Ele podia imaginar a razão pela qual seu clone ficou daquele jeito, porque a luz que o mantinha de pé havia desaparecido.

“Vamos. Nós entraremos em ‘A Múmia’ amanhã!”

***

Esse era o segundo dia após ele voltar de ‘Resident Evil’. Ele gastou um dia inteiro pesquisando o sistema de trocas e organizando que armas ele poderia obter. Devido à falta de pontos, ele escolheu armas que requeriam recompensas mais altas e menos pontos.

Ele não dormiu com Lori naquela noite. Ele ficou sentado na plataforma planejando algumas coisas até ela sair do quarto. Ele deu um sorriso apologético para ela.

“Você tem que trabalhar tanto? Eu nunca te vi desse jeito.” Lori se sentou ao lado dele enquanto abraçava um travesseiro. Parecia que ela também não conseguia dormir.

Zheng assentiu, “sim, eu tenho. Eu percebi o quanto nos faltava depois da batalha contra o time Infernal. Para ser específico, nos faltava o conhecimento sistemático do Xuan. Embora o Hong Lu fosse inteligente, ele não era especializado em estratégias de batalha e sobrevivência. Um filme de terror requer muito conhecimento, um aspecto importante é transporte”.

“Os filmes podem ser separados em duas categorias, os que ocorrem em espaços confinados e os que ocorrem em grandes espaços abertos. Você precisa de ferramentas de transporte para filmes em espaços abertos. Eu chequei a Prancha Voadora no sistema de trocas. Ela custa 4.500 pontos e uma recompensa de rank B. É capaz de carregar até uma tonelada, tem doze mísseis, cinco mil rodadas de munição de metralhadora, um lança-chamas e a capacidade de um raio. É uma ferramenta boa em todos os aspectos e que pode alcançar até mil quilômetros por hora.”

Ele então pegou a prancha que conseguiu do time Infernal, “esta é pior em contraste. Ela só tem oito mísseis, nenhuma metralhadora, nem lança-chamas e só alcança a velocidade de até setecentos quilômetros por hora. Provavelmente é um aparelho feito pelo clone de Xuan. Após reviver todo mundo, nós precisamos equipar cada um com uma. O time Infernal na verdade se preparou muito melhor do que nós para o ‘Resident Evil’. Se nós tivéssemos algo como isso, nós poderíamos ter…” Zheng suspirou.

Lori segurou a mão dele, então Zheng riu: “Eu aprendi muito sobre este mundo do time Infernal. A primeira coisa foi a ressureição. A segunda é o que eu preciso confirmar no filme ‘A Múmia’ desta vez e a terceira foi completar as missões nos filmes proativamente e não apenas as missões principais forçadas por Deus. Graças ao meu clone, eu darei o meu melhor para fazer isso no próximo filme”.

Lori sorriu, “você mudou muito. Você não seria capaz de pensar nessas coisas antes. E você também parece mais bonito”.

Zheng sorriu amargamente, “isso não aconteceu por que eu mudei. Eu entrei no terceiro estágio para simular o Xuan enquanto analisava e organizava as informações. Ele será o primeiro que precisarei reviver. Eu preciso do suporte do conhecimento dele e das armas e ferramentas que ele pode fazer para completar as missões opcionais”.

Então ele olhou para seu laptop, “além das ferramentas de transporte, nós nunca pensamos sobre armas de fogo pesadas. Nós deveríamos pelo menos ter algum tipo disso”.

Vendo que Lori não entendeu, ele explicou: “Pela minha análise, aprimoramentos são extremamente poderosos nos estágios mais tardios. Entretanto, armas científicas são mais fortes no início e mesmo durante o estágio intermediário. O que significa que antes de você alcançar o nível A em um aprimoramento, não há maneiras efetivas de se defender de armas de fogo poderosas. Então elas são úteis em batalhas de times. Colocando isso de lado, eu acho que nosso time precisa de uma ou duas dessas armas. Minha escolha é um mini lançador de granadas nucleares. Ela é de uso único, tem o mesmo tamanho de um lançador de granadas regular, um alcance de dez quilômetros, um raio de explosão de cinco quilômetros e custa 3.000 pontos e uma recompensa de rank C. É um item consumível pelo seu preço, então ele será nossa arma secreta”.

“Eu também quero uma arma de munição ilimitada. Eu não conseguia entender a existência delas antes, já que não são usadas muitas balas numa missão e elas são relativamente baratas. Entretanto, se formos completar as missões bônus, serão necessárias grandes quantidades de munição. Há um limite para o quanto nós podemos carregar, especialmente se também for preciso levar outros itens de suporte. Por último, há a arma de escolha de cada um. Em conclusão, nós temos que admitir que nós somos mais fracos que o time Infernal desta vez. É por isso que eu tenho que verificar minha hipótese em ‘A Múmia’. Além disso, nós também temos que fazer o nosso melhor para encontrar as missões bônus nos próximos filmes. Eu não quero ver meus companheiros morrendo diante de mim de novo! Eu tenho que me tornar mais forte!”

Lori viu Zheng virado para o laptop e perguntou: “O que você vai tentar fazer em ‘A Múmia’? Você fica repetindo isso, mas nunca diz o que é. Pare de brincar comigo!”

Zheng riu. Ele beijou Lori por causa daquela expressão fofa, “é claro que é para procurar o tesouro do Escorpião Rei! Você se lembra do enredo de ‘O Retorno da Múmia’? Aquele que derrotar o Escorpião Rei obterá seu exército. Meu clone disse que encontrar o tesouro em ‘A Múmia’ dá 15.000 pontos e uma recompensa de rank A. Eu quero ver o que acontece se nós voltarmos para o filme depois. Já que é o mesmo mundo, o Escorpião Rei também deve existir. Eu ainda conseguirei as recompensas se obter o tesouro sem estar em uma missão?”

Mesmo se ele não pudesse obter as recompensas, ele ainda teria três meses para gastar de qualquer jeito. Era mais eficiente usar esse tempo para procurar pelo tesouro do que desperdiçá-lo.

Zheng ia continuar, mas quando ele se virou, Lori já havia caído no sono ao seu lado. Sua face parecia tão inocente e pura. Ele precisava se tornar mais forte para proteger essa pureza.

Noventa dias em “A Múmia” custavam 4.500 pontos e uma recompensa de rank D. Ele também trocou dois amuletos de jade protetores por duas recompensas de rank D e 1.000 pontos, que eram mais eficazes do que escudos científicos. Itens mágicos tendiam a ser mais caros em recompensas do que em pontos.

Então ele pegou uma bolsa dimensional que custava uma recompensa de rank C e nenhum ponto. A bolsa podia armazenar até trinta metros cúbicos de itens sem vida.

Ele gastou uma quantidade considerável de tempo pensando em como gastar os 3.000 pontos restantes. No fim, ele escolheu um mini canhão rotatório com munição ilimitada. Ele tinha um alcance de três quilômetros, dava três mil e quinhentos tiros por minuto e usava munição de vinte e cinco milímetros. Embora fosse um mini canhão, ele ainda era projetado para ser usado em aviões. O canhão tinha metade do tamanho de seu corpo quando ele o pegou. Não era algo que uma pessoa normal poderia usar, para não falar nada de aguentar o coice.

Zheng recarregou a energia da prancha com 100 pontos. Ele estava carregando o machado que ele pegou de Cheng Xiao, a metralhadora, o canhão de ar, o Livro dos Mortos, várias granadas e dez metros cúbicos de ouro. No fim, ele tinha menos de 100 pontos restando.

“Eu obterei o Livro de Amun-Ra a qualquer custo!”

Zheng não acordou Lori no dia seguinte. Ele foi até Deus silenciosamente e pagou o preço. No instante seguinte, ele entrou naquele estado semiacordado.

Ele não estava sendo cruel com ela, nem sentia que ela poderia ser um fardo. Após o último filme, ele não aguentaria perder outra pessoa importante para ele. Se não fosse pelo consolo de Lori, ele poderia ter caído num abismo após esse filme e ter se tornado alguém como seu clone.

Portanto, ele não queria e não podia deixar Lori correr qualquer risco. Além disso, não importava quanto tempo ele passasse no filme, já que só seria um instante para qualquer um na dimensão de Deus. Então ela não se sentiria solitária. Um homem precisava resolver algumas coisas sozinho, como o destino e as dificuldades.

***

Zheng estava na frente de uma estalagem quando seus sentidos voltaram, uma bem familiar. Era a estalagem a qual O’Connell os levou da última vez quando eles estiveram em “A Múmia”. Infelizmente, ele era o único aqui dessa vez.

Zheng balançou sua cabeça para afastar esses pensamentos. Então ele andou na direção do museu do Cairo.

Cairo parecia que havia sido reconstruída. O impacto que Imhotep causou havia desaparecido. Os pedestres pareciam normais. Talvez fosse por causa da morte de Imhotep que eles haviam voltado ao normal.

Ele entrou no mundo com seus próprios pontos então não havia perigo dessa vez. Nenhuma mudança do enredo feita por Deus, nem a perseguição de outros times. Entretanto, ele sentiu que não conseguia se encaixar no meio das pessoas ao seu redor. Não era por causa da sua raça ou das suas roupas e sim por causa da mentalidade. Ele estava tão acostumado com batalhas e mortes que, assim que ele chegou num ambiente pacífico como esse, especialmente por estar sozinho, ele não sabia como reagir.

A importância dos companheiros não estava apenas em suas habilidades de combate. A confiança que eles tinham uns nos outros, assim como o suporte que eles davam também eram coisas importante. Ele só conseguia se manter calmo quando seus companheiros estavam ao seu lado.

Não demorou para Zheng chegar no museu. Ele conhecia muito bem a cidade. Ele havia estudado o terreno vigorosamente quando estava lutando contra o time Índia no modo de liberação genética, especialmente quando eles tiveram que fugir. É claro que, agora, ninguém o estava perseguindo. Ele também não temeria mais nada, exceto um exército. Quando ele chegou no museu pela rua principal, o curador estava conversando com vários comerciantes.

Os comerciantes tinham alguns fragmentos de relíquias e o curador se abaixou para estudá-las. Então ele pegou algumas em melhores condições e tirou algumas libras esterlinas de seu bolso. Os comerciantes alegremente empacotaram o que restou no chão de volta e foram embora.

O curador ergueu sua cabeça e viu Zheng olhando para ele com um sorriso. Ele ficou chocado e animadamente correu até Zheng, agarrando a mão dele: “Zheng! Você está com o Livro dos Mortos e o Livro de Amun-Ra, certo? Haha. Eu finalmente te encontrei. Rápido, deixe-me ver os livros. Eles são tesouros raríssimos!”

Zheng pensou que o curador estava feliz por vê-lo de novo e abriu seus braços para um abraço. Quem poderia imaginar que ele estava atrás de um débito. Zheng riu amargamente. O curador também riu alto e o arrastou para dentro do museu, “as pessoas do Faraó agradecem a você e seus companheiros. Eh? Onde eles estão?”

A expressão de Zheng mudou. Ele disse num tom sério: “Ajude-me. Eu quero voltar para Hamunaptra e desenterrar o Livro de Amun-Ra. Eu quero obter o tesouro do Escorpião Rei!”


Tradutora: Brinn   |   Revisor: Myko



Fontes
Cores