TI – Volume 7, Capítulo 12



Yinkong foi coroada como um gênio do Clã dela desde o dia em que nasceu. Não apenas por causa de seu status como filha do líder do Clã, mas também pelo talento que ela tinha para ser assassina.

Assassinos pertencem a uma tradição ancestral que tem suas próprias regras. Apesar dessas regras parecerem sombrias e cruéis para pessoas normais, eram necessárias para que a tradição se passasse adiante. Uma dessas regras era a sobrevivência do mais forte dentre suas crianças. Não necessariamente matando para conseguir isso, mas pelo menos derrotar seu oponente. Obviamente, a morte de alguém não era algo tão problemático assim, afinal, apenas uma vida foi perdida.

As crianças do clã seriam mandadas para treinar numa terra desconhecida quando tivessem cinco anos de idade. O ambiente de treinamento que lhes eram submetidas só ficava mais rigoroso com o passar dos anos. Um exemplo disso era suprimentos. Cada criança começava com apenas uma porção e com o passar do tempo isso diminuia para meia porção e então a um décimo de porção. Quando elas ficavam com fome, sede e com frio, teriam que resistir contra isso ou roubar dos outros.

Yinkong, entretanto, vivia uma vida confortável mesmo quando criança. Ninguém era seu rival, ninguém podia derrotá-la. Mas ela tinha uma fraqueza crítica. Ela era devota às pessoas que aceitava como companheiras. Entretanto, assassinos não precisavam disso, eles apenas necessitavam ter um coração frio e determinação para concluir suas missões.

Yinkong conheceu muitas pessoas durante o treinamento: pessoas que ela matou, pessoas que ela atacou e algumas chegaram a se tornar suas amigas ou talvez até família. Uma dessas pessoas era Zhui Kong.

Ele também era um gênio, mas não em técnicas de assassinato. Ele era um gênio em influenciar as mentes das pessoas. Ele conseguia manter a calma sob qualquer situação e perturbar a mente do inimigo para criar uma abertura para atacar.

O grupo que eles formaram vivia luxuosamente. A capacidade de batalha deles os permitia roubar suprimentos de outras pessoas e encontrarem comida nesse ambiente cruel. Além disso, não havia qualquer interferência do clã para as ações deles, então, esse lugar para eles era o céu.

Quando atingiram a idade de treze anos, o clã os trouxeram de volta e começou a delegar a eles missões. A feliz infância tinha acabado há muito tempo e eles enterraram suas infantilidades para sempre. Daquele ponto em diante eles eram assassinos.

Uma missão importante foi outorgada por um judeu para matar as forças remanescentes dos nazistas que estavam se escondendo numa base militar na África. Dez assassinos foram mandados nessa missão, três adolescentes e sete adultos. E apenas um adulto voltou com vida dela, reportando que Zhui Kong os traiu e matou as outras nove pessoasl

“Por que você os matou?!” Os olhos de Yinkong estavam vermelhos de tão raivosa que ela estava.

O jovem à sua frente desviou de seu ataque com um sorriso. Ele não tinha nenhuma arma em mãos, apenas aquele sorriso. Ele balançou a cabeça e falou: “Não quero matar você, querida prima. Você é ainda muito fraca. Não apenas em técnicas de assassinato, mas também em aprimoramentos deste mundo. Eu não sei se você notou isso, mas quanto mais poderoso é o aprimoramento, mais alto será o requerimento do estágio liberação de trava genética para usá-lo. Você parece estar apenas no primeiro estágio. Você foi a primeira dentre todos nós a liberar a sua trava, mas você ainda estava dependendo dessa conquista antiga”. Ele virou-se e caminhou para dentro de uma fumaça negra.

Yinkong forçou a si mesma para se acalmar e começou a recordar das séries de ataques que ela fez e definitivamente sentia a existência dele um pouco antes de atacar. A pressão e intenção assassina dele ainda existia. Entretanto, quando seus ataques estavam prestes a atingir, a pressão e intenção assassina desaparecia duma vez.

“Prima, quer saber aonde eu fui depois de matá-los? Haha, eu fui para os Estados Unidos. Lá não tinha clãs de assassinos como a Europa e Ásia. Lá havia a liberdade, um futuro novo e possibilidades ilimitadas sem restrições de tradições. A vida era boa lá até mesmo estando no primeiro estágio de liberação genética. Eu tinha a confiança que podia matar qualquer um. Talvez foi Deus que estava enganado e eu não sentia nenhum desapontamento com aquele mundo. Foi só porque abri um e-mail de uma missão que fui mandado para cá.”

Ele caminhou em frente de Yinkong com o que parecia ser um passo despreocupado, mas a velocidade desse passo manteve a distância entre eles constantemente cinquenta metros. Yinkong não podia reduzir essa distância não importava o quanto ela acelerasse.

“Este mundo é incrível. Tantos aprimoramentos e habilidades de assassinatos e uma quantidade ilimitada de mundo de filmes e missões. Este mundo é como se tivesse sido feito para nós, assassinos. Eu gosto muito daqui.”

Um Licker subitamente pulou na direção dele vindo de cima. Ele gesticulou bem levemente seu braço e o Licker foi derrubado no chão em pedacinhos.

Yinkong respirou profundamente e segurou sua adaga com força. Quando ela estava prestes a se movimentar, Zhui Kong virou na direção dela e sorriu: “Você esta se preparando para atacar com toda a sua força? Essa expressão no seu rosto é tão linda. Você sempre foi tão perfeita. Em cada movimento, cada emboscada. Não perderia nem quando era mais fraca que seu oponente. Entretanto, uma perfeição extrema tende a levar uma vida de miséria. Me responda então, você irá me atacar ou não com tudo que tem agora?”

“Irei, morra!”

Uma luz lampejou de seus olhos enquanto seu corpo imediatamente entrou num estado fosco e no momento seguinte ela já estava bem próximo de Zhui Kong, este demonstrou uma expressão de surpresa, enquanto a adaga atingia seu coração. Entretanto, a adaga atingiu o vazio. Ele era como uma ilusão. Então Yinkong subitamente atacou um espaço vazio logo ao lado e atingiu seu alvo. Mesmo que não tivesse causado muito dano, o sangue na adaga significava que ela tinha atingido Zhui Kong.

Ao mesmo tempo, outro igual a ele apareceu ao lado. Eles pareciam exatamente o mesmo, até tinham os mesmos ferimentos no braço. Contudo, ele não parecia surpreso, pelo contrário continuava sorrindo. Ele recuou para trás para desviar de mais um ataque da adaga de Yinkong enquanto criava outro clone. Alguns segundos depois, havia muitos iguais a ele cercando Yinkong.

“Imagem. Esta é o que acredito ser a melhor habilidade para assassinatos. Priminha, sua velocidade é incrível. Por acaso é o aprimoramento Lampejo? Você está tentando atacar com uma velocidade sobre-humana? Mas você não sabe que uma velocidade extrema irá levá-la próximo do abismo da morte? Haha.”

Zhui Kong gesticulou seus dedos na direção de Yinkong. Ela sentiu o perigo disso e imediatamente se rolou pelo chão para o lado. A parede que estava atrás dela tinha muitas linhas pequeninas passando por ela e então a mesma se dividiu em várias partes. Os cortes feitos foram precisos e refinados.

Ela já tinha visto esse tipo de cortes antes. Eram os mesmos feitos quando usados pelo seu fio-memória. Ela então retirou imediatamente seu próprio fio. Mas antes que ela pudesse atacar, Zhuikong se virou para trás e começou a recuar se distanciando.

Com o estado de Lampejo ainda ativo, como ela poderia deixá-lo fugir assim? Ela investiu contra ele em alta velocidade e estava prestes a alcançá-lo quando subitamente sentiu que foi mandada lançada para trás por alguma coisa.

“Você é um gênio. Posso sentir a origem da sua intenção assassina, ao qual não posso me comparar a isso. Portanto é quase impossível matar você. Assim que você falhasse um ataque, você só tinha que fugir e não a alcançaria. No entanto, Yinkong, sua fúria e ódio ofuscou seus sentidos. Eles a fizeram esquecer sobre os ensinamentos sobre assassinato. E neles não há perseguição e ataques diretos e sim se esconder nas sombras para matar. Mas que idiota. Por acaso já foi usado o Livro de Amun-Ra em você? Se não foi ainda, eu espero lutar com você de novo.”

Seu dedo puxou o fio de metal para si e este estava encharcado de sangue. O fio tinha penetrado de uma parede a outra.


Tradutor: Devlin   |   Revisor: Myko


 


Fontes
Cores