TI – Volume 7, Capítulo 10



Zheng colocou o rifle aos seus pés junto de algumas dezenas de balas. Essa era a arma que ele usaria na batalha e também sua única forma de suprimir o time Infernal a longa distância.

O talento de um atirador era difícil de encontrar. Embora isso soasse fácil, apenas mirar e puxar o gatilho, na realidade, um milímetro de deslocamento significava errar em vários metros quando a bala alcançasse a distância do alvo.

O poder de ataque de Zero ultrapassava o de todo mundo quando em distância suficiente na época em que ele estava no time. Ele não liberou suas travas, mas foi devido à sua força durante a batalha contra o time Índia que eles foram capazes de superar e aniquilá-los.

A eficácia de um atirador em combate ultrapassava muito à de qualquer outro membro do time. Similarmente, eles eram fracos em curta distância. Tanto Zheng quanto Yinkong só precisavam de um ataque para matar um atirador assim que eles se aproximassem.

Em contraste, a força de Zheng estava no combate a curta distância e sua habilidade de atirador vinha do terceiro estágio do seu modo de liberação genética. Além disso, ele não durava muito tempo.

‘Heng, consegue ver minha posição?’ Zheng disse mentalmente.

‘Sem problemas. Eu consigo ver sua área, mas parece que você está deitado, então eu não consigo te ver’.

Zheng perguntou: ‘Heng, quantas flechas você tem sobrando? Eu falo das flechas encantadas’.

Heng as contou, ‘trinta e sete. É suficiente mesmo se eu só usar tiros explosivos. Não há apenas dez inimigos? Essas flechas são o suficiente. E quanto a você?’

‘Eu vou começar o ataque com o rifle. Eu vou tentar te dar suporte se houver oportunidade. O que me preocupa não são suas habilidades, mas sim se você será capaz de usá-las normalmente. Sua personalidade me preocupa’.

Heng riu, ‘fique tranquilo. A habilidade Focada funciona bem. Eu consigo sentir que fico mais forte cada vez que eu a uso. Mesmo que a minha personalidade não tenha mudado muito, eu não terei mais medo assim que a habilidade for ativada’.

Zheng suspirou, ‘eu espero que sim. Apenas tenha cuidado. Você é a nossa pessoa mais forte a longa distância. Eu não serei capaz de segurá-los sozinho se você morrer’.

Heng assentiu, então Zheng perguntou à Yinkong: “E quanto a você? Você consegue me ver de onde você está?’

‘Eu não consigo ver vocês dois, mas eu consigo ver as ‘pessoas’ no chão’.

Zheng riu, ‘então eu deixarei o chão com você. Lembre-se, nossa missão não é lutar até a morte, mas ganhar tempo para os outros. Assim que eles alcançarem o ponto de verificação, nós podemos fugir. Protejam-se e ataquem após garantirem sua segurança’.

Os três olharam na direção do céu. O radar psíquico mostrou dez pessoas voando até eles numa velocidade incrível. Embora ainda houvesse alguma distância entre eles, não demoraria muito com essa velocidade. Por outro lado, o grupo maior do time China estava se movendo lentamente e ainda estava a dez quilômetros do ponto de verificação. Essas dez pessoas poderiam alcançá-los em apenas vinte minutos.

Zheng entrou em pânico e imediatamente disse: ‘Lan! Exponha-nos, pare de disfarçar nossa localização! Se apresse e deixe-os vir nos atacar!’

Lan parou por um instante e então respondeu: ‘Eu não posso. Vocês precisam surpreendê-los para a emboscada funcionar. Vocês ficarão bem na mira deles se forem expostos. Eles gastaram muita energia forçando os helicópteros a pousar, então eles não conseguem ver através do disfarce agora. Não mencione isso de novo’.

Zheng estava ficando cada vez mais ansioso, ele gritou: ‘Porra! Apenas faça o que eu te disse! Se eu deixá-los irem diretamente até vocês, então qual será o motivo de nós termos vindo pará-los? Se apresse e nos exponha para que eles venham nos atacar!’

Lan ficou em silêncio por um tempo, ‘se eles estão planejando nos aniquilar, nós não conseguiremos pará-los mesmo se sua localização for exposta. É melhor você se esconder e surpreendê-los’.

Talvez matar alguns membros do time Infernal na emboscada permitiria que Zheng vivesse mesmo se o grupo maior fosse morto. Entretanto, Lan não disse esse pensamento em voz alta.

Ela não respondia Zheng não importava o quanto ele gritasse. Vários minutos se passaram desse jeito. Aquelas dez pessoas estavam a apenas dez quilômetros de Zheng. O radar repentinamente perdeu sua eficácia neles. Zheng, Heng e Yinkong só poderiam usar seus olhos a partir desse ponto.

Zheng parou de falar e se acalmou. Ele não queria pensar em outras coisas além do rifle em sua mão. Embora ele ainda estivesse um pouco ansioso, à medida que o tempo lentamente passou, sua mente se tornou calma como um lago.

Vários minutos de espera silenciosa. As pranchas voaram sobre as ruas a vinte metros do chão. Ao mesmo tempo, os olhos de Zheng perderam o foco.

‘Heng, vê as pranchas? Eu vou atirar na primeira, você fica com a segunda. Atire na cabeça. Não se mova ainda. Espere eles entrarem no centro desta rua. Espere’.

‘Ataque!’ Zheng gritou em sua mente. Seus movimentos se tornaram extremamente precisos e miraram no homem caucasiano na frente.

“Bang!” O homem caiu e a prancha colidiu com a parede. Uma mulher loira também caiu no chão enquanto gritava.

Ao mesmo tempo, o tiro explosivo de Heng alcançou o homem atrás do caucasiano. Entretanto, esse tiro não teve o efeito desejado. Aquele homem moveu suas mãos e bloqueou a flecha com uma espada larga envolta em chamas negras. A força do tiro o jogou no chão, mas ele lentamente voou de volta após um par de asas se esticarem de suas costas.

Os olhos de Zheng tremeram. Ele conseguia ver a face do homem com clareza pela mira da arma. Aquela face era uma cópia exata da sua com uma cicatriz a mais.

O clone de Zheng zombou deles. Ele balançou a espada e então perguntou para o homem branco no chão: “Francis, como você está? Aquele tiro não deve ter te machucado”.

O homem branco balançou um pouco sua cabeça, então se levantou e olhou para o item em sua mão, “merda, um rifle. Perdi oitenta por cento de energia com um tiro. Não vai dar para bloquear o próximo ataque”.

O clone de Zheng riu friamente, “não importa. A batalha começou. Xuan, leve-os para ir atrás do resto do time China. Há três pessoas aqui. Siga nosso plano. Zhui Kong, cuide de sua irmã. Yanwei, vá matar o arqueiro. Techoi, Francis e eu nos prepararemos para uma luta a curta distância. Richard, nos dê suporte com seu fuzil de precisão Gauss”.

O clone de Zheng tirou um livro negro de seu bolso e começou a recitar egípcio antigo enquanto voava no ar usando suas asas.

Zheng não se conteve diante de seu clone e disse para Heng: ‘Atire à vontade! Não se preocupe com nada. Use seu tiro carregado!’ Então ele mirou no seu clone e “bang!”

O clone se transformou em inúmeros morcegos que se espalharam. Quando ele voltou à sua forma de novo, ele já havia terminado de recitar o encantamento.

“Gaiola da Escuridão!”

O clone de Zheng rosnou. Fumaça escura emergiu de suas palmas. Ao mesmo tempo, Heng entrou no modo de liberação genética. Ele puxou a corda do arco formando uma lua crescente com ele e emitiu uma pressão inigualável. O clone de Zheng não se moveu nem um centímetro sob essa pressão embora eles estivessem tão longe um do outro. A fumaça estava gradualmente se dissipando de suas palmas.

Esse ataque de Heng tinha uma presença tão grande que até o clone de Zheng não foi capaz de ignorá-lo. Todos ao seu redor também ficaram parados onde estavam. Seus itens de defesa não conseguiriam bloquear esse tiro.

Nesse momento, uma menina pulou da prancha. Surpreendentemente, ela não caiu no chão. Um par de asas formadas pela luz bateu atrás dela como se ela fosse uma elfa e ela lentamente voou na direção de Heng.

O tiro de Heng estava pronto. Ele ainda estava esperando que qualquer um deles se movesse para soltar a flecha. Entretanto, alguém se atreveu a se aproximar dele nessa situação. Seu coração repentinamente ficou perturbado quando ele deu uma segunda olhada. Ele vomitou sangue e a flecha foi disparada contra o chão. Com um flash de luz, ela explodiu e formou um buraco de um metro de profundidade.

O clone de Zheng aproveitou essa oportunidade e jogou a fumaça no ar. Ela se expandiu e se espalhou. Logo, várias centenas de metros ao redor dela se tornaram escuros como a noite. Essa escuridão ainda se espalhou durante mais um minuto até cobrir milhares de metros.

O clone de Zheng soltou um suspiro de alívio e disse: “Merda, jamais sejam negligentes. Outros times podem nem sempre estar cheios de fracotes. Xuan, vá. Capture os novatos. Se eles forem muito fortes, então apenas mate-os. Se não, capture-os para que nós possamos distribuir os pontos e as recompensas. Nossa batalha começa agora!”

Zheng soube que as coisas não estavam indo bem quando viu aquela fumaça, porque ele não tinha como atirar nessa situação. Se ele só pudesse lutar a curta distância, então ele não conseguiria segurá-los. O outro time poderia perfeitamente ignorá-lo e voar para longe.

Ele reconheceu o Livro da Morte assim que seu clone o pegou. Isso significava que o clone também passou pelo filme “A Múmia”. Quando ele ouviu o encantamento e viu a fumaça, ele se lembrou da magia que Tengyi lhe contou uma vez.

Essa era uma habilidade que não fazia distinção entre inimigos e aliados. Sua característica era que ela bloqueava a visão. Então era uma magia de suporte para fugir. Ele jamais esperou que seu clone fosse usar essa magia.

Zheng se levantou e colocou o fuzil de precisão de volta no anel. Repentinamente, duas pranchas estavam voando na sua direção. Na frente delas havia uma série de lâminas. Quando ele percebeu isso, eles já estavam a cem metros de distância e ainda estavam se aproximando. As pranchas eram muito mais rápidas do que ele em velocidade pura.

Zheng cerrou seus dentes. Ele ativou seu Qi e pulou. Seu nível atual da técnica de movimento lhe permitia pular até quatro metros de altura com facilidade. Antes que as lâminas o alcançassem, ele chutou o peito de um homem. A reação do homem não foi ruim. Ele bloqueou o chute com suas mãos, mas a força ainda o jogou para fora da prancha.

O outro homem sobre a prancha era o caucasiano em que Zheng havia atirado. Ele pulou da prancha e a deixou continuar voando. A prancha que pertencia ao homem que foi chutado colidiu contra o chão de concreto do telhado desse prédio.

O caucasiano riu e apontou para Zheng: “Líder, este cara parece exatamente com você, ele é o seu original? Eu me pergunto o quão forte ele é”.

O clone de Zheng estava parado no ar batendo suas asas. Ele encarou Zheng friamente e disse: “Eu vou deixá-lo com você. Eu vou te fornecer algumas habilidades de suporte. Não seja imprudente. A força dele é apenas mais ou menos, mas nós somos a mesma pessoa afinal. Avise-me se você sentir que sua vida está em perigo. Eu vou terminar esta batalha”.

O homem que foi chutado para fora da prancha também se levantou. Ele tinha mais de um metro e oitenta centímetros de altura, seu cabelo era marrom escuro, sua pele era amarela escura e seus músculos pareciam com ferro. Suas feições pareciam ser do sudeste da Ásia. O homem olhou para Zheng e disse: “Eu não preciso do líder. Eu posso derrotá-lo sozinho. Francis, você está planejando lutar contra mim por ele?”

Francis riu alto, “é claro, ele é uma pessoa que liberou as travas genéticas e parece bem habilidoso em combate a curta distância. Ele é um raro material de treinamento. Techoi, o que mais você acha que eu poderia fazer?”

Techoi bufou e pegou um pedaço de pano, então começou a enfaixar seus punhos.

Zheng manteve seus olhos neles e no clone em cima.

O clone de Zheng riu: “Outro eu, quer que eu te diga as habilidades e aprimoramentos deles? Haha. Techoi é um tailandês habilidoso em todos os tipos de Muay Thai. Seu aprimoramento é duas cabeças e quatro braços. Ele já liberou até o segundo estágio. Ele é assustadoramente forte em combate a curta distância, então eu não me aproximaria dele se fosse você”.

“Francis é um europeu que tem a habilidade de se comunicar com animais desde que nasceu. Ele obteve o aprimoramento de mudança de forma dos Druidas. Embora ele esteja apenas no primeiro estágio, seu status e suas habilidades lhe permitem rivalizar o Techoi em combate a curta distância. Você realmente quer lutar contra eles?”

Zheng não respondeu. Ele pegou a faca e silenciosamente entrou no segundo estágio. Ao mesmo tempo, Techoi rapidamente se aproximou dele e pulou com um joelho direcionado a sua face.

***

Enquanto a luta de Zheng começava, a situação de Heng era surpreendente. Ele encarou a menina voando na sua direção como se tivesse perdido a cabeça. A menina que ele uma vez achou que havia perdido para sempre devido à sua covardia. No fim, ela havia desistido da vida e entrado nesse mundo, então ela foi morta no filme “O Grito”. Embora Heng não soubesse dessa última parte.

Interromper o tiro carregado fez sua força agir contra ele e feri-lo criticamente. Por sorte, Heng soltou a flecha no chão ou o resto da força o teria incapacitado. Seu corpo estava sofrendo com uma dor excruciante nesse ponto, como se houvesse inúmeros ferimentos por todo o seu corpo o rasgando.

Yanwei segurava um curto arco prateado. Ele tinha a forma de um coração como o arco do Cupido. Em contraste, o arco de Heng parecia muito mais perigoso e forte do que esse arco curto.

Heng abriu sua boca, mas de repente não sabia o que dizer, especialmente quando ele viu as lágrimas nos olhos dela. Ele queria se desculpar, mas não tinha a coragem de sequer olhá-la nos olhos de novo. Ele encarou a mão dela, então lentamente abaixou sua cabeça.

“Heng, você ainda se lembra de que eu te contei que tenho um forte sexto sentido do que vai acontecer, especialmente do que as pessoas vão fazer a seguir? Mas eu nunca senti que você fugiria sozinho. Essa foi a primeira vez que eu me enganei.”

Uma luz prateada passou rapidamente. Uma flecha prateada que parecia de brinquedo perfurou o braço direito de Heng, diretamente atingindo o relógio atrás dele.

Heng sentiu seu braço direito arder, coçar e doer um pouco. Esse desconforto o fez querer rir e chorar ao mesmo tempo. Por um momento ele desejou cortar seu braço fora.

Yanwei sorriu com lágrimas em seus olhos, “esta é uma arma mágica de rank B, o arco do Cúpido. Ele faz qualquer um que for atingido sentir o sentimento do amor. Você sente a amargura? Quer rir e chorar? Esse é o gosto do amor, mas não é o único efeito do arco. Eu não acho que você gostaria de testar os outros efeitos. Heng, você pensou em mim nesses dias?”

Ela disparou outra flecha próximo de onde a anterior havia atingido. Outra flecha perfurou o braço de Heng.

Heng gritou de dor. Ele arranhou a ferida violentamente. A dor o fez se sentir muito melhor em contraste. Ele mordeu sua língua e disse: “Wei, me desculpe. Eu voltei, mas…”

Os olhos dela repentinamente ficaram cheios de intenção assassina. Ela puxou a corda e disparou outra flecha, dessa vez no sino atrás de Heng. Uma parte do sino foi liquefeita pela chama prateada. Entretanto esse tiro não havia sido mirado em Heng.

“Você voltou? Para quê? Para me ver sendo violada por vários homens? E então amarrada como um cachorro e então me viu…”

Yanwei começou a chorar, mas suas mãos não pararam. Uma flecha após a outra perfurou todo o corpo de Heng. Ele gritou a cada tiro. Seu corpo ficou encharcado de suor em menos de um minuto.

Heng murmurou: “Wei, por que você está no time Infernal? Então você saiu do país? Para qual país você foi? Eu realmente queria muito ir encontrá-la, mas eu apenas não conseguia juntar a coragem para isso. Então eu só pude matar todas aquelas pessoas. Mas eu não sabia que você já havia vindo para este mundo”.

Yanwei riu friamente: “Minha original estava no time China. Eu só tenho memória até o momento em que apareci no time. Eu não sei nem mesmo qual filme era aquele. Julgando por isso, minha original provavelmente morreu. Como eu poderia saber se eu não morri após você fugir de novo?”

A face de Heng estava pálida. Seus lábios tremeram, mas ele não conseguiu dizer nada. Tudo que restou em seu coração foi dor. Dor não por si mesmo, mas por essa familiar e ao mesmo tempo estranha menina. Houve uma época em que ela ria como uma criança. Eles conversariam sobre para onde eles viajariam no futuro, sobre o que fariam no tempo livre, imaginando sua futura família e pensando em seus sonhos. Mas todos esses sonhos foram despedaçados por suas próprias mãos. Tudo por causa de sua ação covarde e horrível.

Inúmeros pensamentos passaram pela mente de Heng. Ele cerrou seus dentes com força e disse: “Wei, eu vou te compensar! Mas há uma coisa que eu preciso fazer primeiro. Se eu não terminar isso, então eu serei um covarde que fugiu de novo. Eu não quero mais ser um covarde! Por favor, me perdoe”. Ele mirou o arco nela para sua surpresa e disparou um tiro explosivo. A flecha encantada passou pelo lado de sua face. Quando ela voltou a si, Heng já havia desaparecido.

***

Yinkong estava correndo dentro de uma viela silenciosamente. Ela havia contatado Zheng após a fumaça se espalhar. Agora ela estava seguindo na direção do prédio em que Zheng estava. Essa fumaça era o ambiente ideal para um assassino.

“Hoho. Você ainda é tão habilidosa, igual à um gatinho, minha fofa prima com cara de bebê.”

Uma voz e uma força repentinamente a atacaram de frente. Ela imediatamente pulou para trás e olhou ao redor como um gato assustado. Ela reconheceu essa voz e imediatamente puxou sua adaga. Embora sua expressão não tivesse mudado, era possível sentir a raiva vinda dela.

Um belo homem andou para fora da escuridão. Ele tinha cabelo da altura do ombro, cerca de um metro e oitenta centímetro de altura, um corpo de modelo e um sorriso gentil.

“Zhao! Zhui! Kong!”

Yinkong gritou essas palavras uma por uma com raiva enquanto avançava sobre o homem. A adaga estava mirada no coração dele. Zheng e os outros jamais a haviam visto assim. Essa raiva parecia que iria consumi-la.

Zhui Kong deu de ombros e ficou no lugar. A adaga entrou em seu coração, mas Yinkong não sentiu nada físico. Ela passou direto por seu corpo. Era como se ele fosse uma ilusão. Zhui Kong se virou.

“Seus ataques ainda são tão impressionantes. Simples e diretos. Você é quase uma assassina perfeita. Se você conseguir manter a calma, eu acho que me dará muito trabalho te derrotar. Você está irritada? Irritada comigo?” Zhui Kong sorriu gentilmente.

Sem se virar, Yinkong correu até uma parede e a usou para pular de volta sobre Zhui Kong. Entretanto, ela passou por seu corpo novamente. Ela finalmente disse friamente: “Por quê?! Por que você fez aquilo?!”

Ele coçou sua cabeça e disse: “Eu fiz tantas coisas. Eu não sei do que você está falando. Pode me relembrar?” Seu sorriso parecia frio e não tinha nenhum calor.

Yinkong respirou fundo, “por que você matou o irmão Yu Kong?! Vocês eram as pessoas que eu mais respeitava, por que você o matou? E a irmã Min Kong, e a irmã mais nova Ni Kong, por que você as matou?!”

“Aiya, como eu deveria responder essa pergunta? Hoho, eu pensei que você ia me perguntar o motivo de eu ter deixado o clã de assassinos. Eu não esperava uma pergunta tão entediante. A resposta é simples.”

“Eu queria me testar. Se eu não conseguisse nem mesmo matá-los, então não haveria sentido em eu deixar o clã. Haha.”

Yinkong respirou fundo de novo. Ela conseguiu sentir o sangue correndo de seu peito. Então o sangue jorrou por sua boca. Ela segurou a adaga e pulou sobre Zhui Kong.

***

Há vários quilômetros de distância do campo de batalha, uma enorme figura caiu de um helicóptero militar. Ela tinha mais de três metros de altura e músculos que pareciam de ferro. Havia um olho enorme em seu peito. Esse olho parecia com o olho aumentado de um gato.

O helicóptero estava a mais de vinte metros do chão. Essa altura era o suficiente para matar qualquer organismo normal, mas ele parecia ileso. Ele se levantou do chão, que tinha duas rachaduras começando a se formar onde ele estava.

Ele moveu seus braços e pernas, então de repente jogou um carro a dez metros de distância com um soco e atingiu um zumbi com tentáculos. Esse soco parecia fácil para ele. Então ele uivou e o olho em seu peito piscou.

Uma enorme caixa metálica caiu do helicóptero. Ele arrebentou as correntes ao redor da caixa. Dentro havia uma metralhadora projetada para helicópteros e uma bazuca. Ele pegou as duas armas e andou na direção da fumaça.


Tradutor: Devlin   |   Revisor: Myko



Fontes
Cores