TI – Volume 6, Capítulo 5


Zheng já estava enfurecido desde que entrara nesse filme. Sua fúria persistia controlada até esse momento em que os Aliens tentavam corroer o teto, até que finalmente explodira de vez. Ele pulou pelo buraco no teto sem pensar duas vezes.

Os Aliens foram surpreendidos quando ele apareceu diante deles. Ele jogou um deles longe com um soco e ao mesmo tempo investia contra os outros três, ele já tinha ativado o segundo estágio de liberação genética. Seus músculos dobraram de tamanho com isso e ele podia ver um Alien preparando seu ataque de língua.

O Alien que foi arremessado para longe moveu sua cabeça apontando sua boca na direção da cabeça de Zheng. Nesse momento parecia que o mundo tinha ficado em câmera lenta, o Alien abriu sua boca e sua língua saiu como se fosse um tiro.

Zheng já tinha entrado em frenesi. Esse estado já foi visto uma vez quando ele estava lutando contra o líder do time India. O ódio gerado pela morte dos seus companheiros e por ter visto as torturas que foram feitas aos novatos no filme anterior o levaram a entrar nesse estado. E agora com a tentativa dos Aliens de entrarem na sala de operação, que consequentemente ameaçavam a vida de Lori, o levou aquele mesmo nível de insanidade!

Zheng deu um soco à frente em direção da boca aberta do Alien, ativando a chama vermelha antes que o Alien mordesse seu braço. A chama instantaneamente incendiou por dentro da cabeça do Alien. Zheng então arrancou a língua queimada para fora e a transformou em cinzas.

Aliens tinham um alto nível de inteligência e nenhum senso de medo. A inteligência deles era focada em matar. Quando os outros três viram Zheng matando um deles, eles pularam em sua direção. O primeiro mandou sua língua na direção da cabeça de Zheng enquanto o segundo girou atacando com sua cauda na direção dele, e o terceiro por ainda estar distante se aproximou.

O segundo estágio de liberação de trava genética não aumentava apenas a força de Zheng, mas também sua velocidade de reação e de corrida e também a precisão em seus golpes. Portanto ele viu precisamente o caminho traçado pelos ataques dos Aliens. Ele recuou para trás com um salto curto de meio metro utilizando sua técnica de movimentação, fazendo ambos os ataques dos Aliens errarem, então utilizou-se da parede atrás dele como apoio para ganhar impulsão para investir rapidamente no Alien mais perto dele. Zheng segurou a língua do mesmo enquanto a retraia de volta com a mão direita e canalizando seu Qi em sua mão esquerda ele socou a cabeça do Alien arrancando a língua para fora enquanto se movia adiante para o golpe. A propriedade corrosiva do Qi dele permitia que esse soco atravessasse a cabeça do Alien.

Ao mesmo tempo, o segundo Alien se aproximou e lançou a língua dele. Era tarde demais para Zheng se esquivar desse ataque. Ele teve que bloquear a língua com seu braço esquerdo, perfurando-o. Felizmente, Zheng recuou meio passo para trás e a língua não podia mais alcançá-lo. Se não fosse por isso, seu braço seria dividido pela metade.

No entanto, o ferimento ainda era profundo o suficiente para expor o osso. Entretanto, ele tinha já desligado a sensação de dor com seu modo de liberação genética. Ele rapidamente sacou sua faca militar e cortou a língua do Alien que o atingiu para fora. Todavia, antes que ele pudesse continuar atacando, ele e os dois Aliens que restaram desabaram do teto até o chão. A corrosão tinha chegado a um ponto em que o teto não podia mais aguentar o peso deles.

Zheng e os Aliens eram extremamente rápidos, mas Zheng estava a um passo à frente quando estava no segundo estágio de liberação genética. Ele ativou sua técnica de movimentação e deu um chute em um Alien enquanto ainda estava caindo. A força dada o impulsionou para o chão primeiro. Ele levantou a faca em um golpe cortando o outro Alien pela metade antes do mesmo sequer chegar ao solo. O sangue ácido começou a corroer o chão.

O Alien que sobrou não investiu contra Zheng. Ele tinha visto o cientista fazendo a cirurgia e que a Rainha estava gritando com isso, portanto ele uivou e investiu contra o cientista. No entanto, o corpo dele parou depois dar alguns passos. Zheng tinha agarrado a cauda dele, o erguido do chão e o arremessado até o canto da sala, e em seguida pulou na direção do Alien com sua faca cortando-o insanamente todo o corpo dele. Inicialmente, o Alien lutou contra isso, mas depois de alguns golpes foi cortado em pedacinhos. O canto da sala foi completamente corroído pelo sangue derramado e as roupas e sapatos de Zheng também desapareceram com isso.

Quando Zheng voltou ao seu estado de normalidade, ele tinha matado todos os quatro Aliens sozinho. Ainda que isso fora devido a ter entrado no segundo estágio do modo de liberação genética, isso ainda o chocara imensamente. As intuições que tinha enquanto atacava eram inimagináveis enquanto estava naquele estado de insanidade. As duas lutas que tivera nesse estado, a contra o líder do India e contra esses Aliens, o fizeram perceber o quão poderoso ele tinha ficado até então. Ele ainda não sabia como ele tinha chegado até esse nível. Já que o primeiro filme de Alien que eles estiveram parecia ter sido como se fosse ontem.

 “Lan, você ainda lembra de quando fomos no primeiro filme de Alien? Como as coisas seriam diferentes se eu tivesse esse poder antes. Lan?” Ele falou sem olhar para trás, mas não ouviu nenhuma resposta. Quando se virou para vê-la, havia apenas o cientista com Lori ali e Lan não estava mais ali. Ela tinha subitamente desaparecido. Zheng sentiu uma dor em seu coração, como se tivesse perdido alguma coisa preciosa. Ele imediatamente correu até a porta.

Então ele subitamente parou na entrada da mesma. Notando que o cientista atrás dele não tinha qualquer habilidade para se proteger contra um Alien e ao mesmo tempo, ele estava fazendo a cirurgia em Lori. Se Zheng saísse daquela sala agora então qualquer Alien podia matar o cientista e Lori. Isso era algo inaceitável para Zheng.

“Está perto do fim. Apenas mais um ou dois minutos. Lan, não morra!” Zheng permanecia onde estava com uma expressão de conflito no rosto. Depois de um período de hesitação, ele voltou até onde estava o cientista. O Rompe-peitos estava prestes a ser retirado.

***

Lan manteve o escaneamento psíquico ativo enquanto Zheng estava lutando no teto. Antes da luta ter terminado, ela tinha escaneado e visto duas criaturas humanóides grandes. Elas tinham cinco metros de altura e pareciam ser uma fusão entre Aliens e humanos, pois tinham algumas das feições humanas com a cabeça de um Alien. Se alguém que assistiu ao filme a visse, saberia que esses eram Híbridos.

Quando Ellen Ripley foi clonada, os cientistas militares também clonaram o Alien que estava dentro dela e criaram assim Aliens que tinham DNA humano. E como Alien eram espécies que evoluíam constantemente, quando a Rainha criou Aliens normais o suficiente para sua defesa, também criou essa forma de Alien evoluído que tem ambos DNAs de Alien e humano. E matar esse Alien valeria 5000 pontos e uma recompensa de Rank B, um valor muito maior que matando uma Rainha.

Lan não sabia o que fazer. Esses dois híbridos estavam vindo até eles a uma alta velocidade. Iriam demorar no máximo vinte segundos para alcançá-los e Zheng ainda estava lutando com os quatro Aliens. Se esses dois se juntassem a luta, eles só tinham que escolher a própria morte para livrar-se de serem comidos vivos.

“Não, eu não posso deixar Lori morrer. Os dois devem ficar juntos. Isso mesmo, eu tenho que deixá-los ficarem juntos. Se ele tivesse que escolher alguém que ele abandonaria, esse alguém seria eu. Né, Zheng?” Lan sentia-se com uma dor no peito. Ela queria chorar, mas a situação atual lhe tirara esse privilégio. Então ela silenciosamente abriu a porta e caminhou para o lado de fora.

Lan estava segurando três pedaços de placas de metal que eram usadas para aumentar sua força psíquica. Essas placas eram um ponto chave para o uso de controle mental, no entanto eram descartáveis e não iriam garantir cem por cento de sucesso, mas não era tempo para ela pensar sobre isso. Ela caminhou na direção dos Híbridos com determinação.

Sua cabeça estava um caos. Lan queria voltar para a sala, mas toda vez que o rosto de Zheng aparecia em sua mente, isso apenas reforçava a decisão que tinha feito. Até que ela se lembrou do beijo que recebera no último filme quando Zheng tentou salvá-la e com isso começou a chorar. Ela segurou as placas apertadamente e seus olhas saíram de foco. Os dois Híbridos estavam vindo na direção dela a uma velocidade extrema.

Lan cerrou os dentes e sua força psíquica entrou na placa vinda do seu braço. Ela podia sentir um aumento significativo de imediato. Ela podia sentir as chamas da força psíquica dos Aliens e ordenou que sua própria força psíquica cercasse essas chamas para enfraquecê-las. Isso a deu uma sensação esquisita, como se tivesse dois corpos. Essa contradição era difícil de ser descrita em palavras, e em seguida a essa sensação, ela ganhou controle total sobre o outro corpo.

O primeiro dos dois Híbridos viu Lan e ficou agitado, imediatamente aumentando a sua velocidade, mas assim que se aproximou o Híbrido atrás dele o golpeou nas costas o arremessando pela lateral. Esse golpe foi tão poderoso que o outro ficou incorporado na parede de aço. Lan ficou chocada com essa força. Como um humano podia suportar ser acertado dessa forma? O que era ainda mais assustador foi que o Híbrido saiu da parede sem ferimento algum. Ele investiu contra o outro Híbrido que era controlado por Lan e o arremessou contra a outra parede alargando a parede de aço em um buraco de dezenas metros.

Igual o fantasma do filme “O Grito”, quando Deus alterava o enredo de um filme, ele aumentava o poder das criaturas a um nível muito acima das criaturas do filme original. Mesmo que os Híbridos não tivessem os ataques de cauda e língua dos outros Aliens, a força deles era mais que o suficiente para compensar isso. Lan sequer cogitou que até Zheng, ou cinco dele, iriam ser aniquilados em apenas um ataque.

Será que isso foi coincidência? Pois apesar da enorme força física dos Híbridos, a força psíquica deles era bastante fraca. Lan sentiu o chão tremer enquanto os dois híbridos lutavam entre si. No entanto, nenhum deles conseguia ferir o outro. Os corpos deles eram invencíveis da mesma maneira que suas forças. Ainda que fossem atingidos com uma força o suficiente para quebrar uma parede de aço, eles rapidamente se recuperariam e continuaria lutando. E a placa que ela segurava foi estilhaçada depois de um curto período de tempo. Um dos Híbridos parou de atacar e olhou para Lan e uivou.

‘Dessa maneira não irá funcionar. Eu não posso matá-los controlando apenas um deles.’

Lan cerrou seus dentes e ativou as duas placas que restavam. Ela quase desmaiou no momento que ela ganhou o controle do corpo dos dois Híbridos. Eles provavelmente iriam se livrar se ela não estivesse persistindo com toda a sua vontade.

Sangue começou a escorrer de sua boca por estar mordendo-a muito forte. Lan comandou para cada Alien arrebentar um pedaço de aço e fazer com que as criaturas usassem as pontas afiadas desse aço serem enfiadas pelas suas próprias forças em suas cabeças. No entanto, essas duas criaturas começaram a resistir a isso violentamente. Humanos não eram as únicas espécies que temiam a morte. Esses Híbridos com DNA humano também demonstraram ter medo enquanto eles uivavam. Eles resistiam como podiam ao controle de Lan até que no mesmo instante que as duas placas se estilhaçaram, os pedaços de ferro penetraram na cabeça deles. Ambos caíram no chão criando um alto barulho. O corredor inteiro estava em ruínas por conta dessa luta. Uma grande quantidade de aço estava arrebentada.

Lan sentiu sua visão ficar turva. Sentia-se ter exaurido toda a sua força psíquica, era como se ele estivesse flutuando no vazio e estava prestes a descansar pacificamente.

***

 “Feito.” O cientista finalmente dissera a palavra que Zheng estava esperando. Lori ainda dormia pacificamente quando o cientista a carregou para fora da sala. Aquele rosto inocente dela era como se não soubesse de nada que acontecia do lado de fora. Zheng não pôde resistir e a beijou. Então voltou a atenção para o cientista.

“Muito obrigado. Eu te devo uma. Meus parceiros irão com certeza proteger sua mulher até a nave de fuga!” Zheng falou antes do cientista o interromper.

“Isso foi uma troca justa. Um por um. Agora me dê uma arma com uma bala. Já chegou a hora de vocês saírem daqui. A espaçonave irá explodir em vinte minutos. Irá começar a avisar da explosão quando atingir a marca dos dez minutos. Rápido saiam daqui!”

Zheng retirou bastante ataduras do seu anel. E prendeu Lori com elas a seu corpo e depois de terminado, ele retirou uma metralhadora e uma munição para a mesma a colocando silenciosamente na mesa e então correu para fora.

Assim que Zheng saiu da sala, ele ouviu um barulho de tiro lá de dentro. Ele sentiu-se um pouco triste com isso, mas parou de pensar sobre e correu com tudo adiante. Ele parou adiante a algumas centenas de metros olhando para a cena a sua frente em choque. Haviam ali dois grandes monstros humanóides no centro disso e Lan estava deitada ao chão em uma das pontas.

Zheng a segurou a levantando, mas sentiu o corpo dela frio e a respiração e o batimento cardíaco dela estavam tão fracos que quase não podiam ser notados. Ela estava à beira da morte. No entanto, Zheng não conseguia achar nenhum ferimento no corpo dela.

“Lan, você não vai morrer. Nenhum de nós irá. Vamos sobreviver a isso!”

Zheng conseguiu deduzir o que tinha acontecido pela poeira metálica na mão dela e pela posição dos dois monstros que ela provavelmente os dominou mentalmente e os forçou a matar um ao outro. No entanto, controlar dois monstros ao mesmo tempo a fizera sobrecarregar sua capacidade mental e com isso poderia morrer!

Os olhos de Zheng ficaram molhados. Ele sabia que o motivo de Lan ter saído da sala era para dar-lhe tempo para a cirurgia. Esses dois monstros eram provavelmente os Híbridos do filme, e julgando a cena de destruição na frente deles, ele não seria capaz de sobreviver uma luta contra eles. No entanto, Lan conseguiu matar a ambos.

Mas sem muito tempo para se pensar nisso, Zheng usou outra atadura para carregar Lan junto as suas costas. Igual como ele prometera carregá-la em suas costas e voltar à Dimensão de Deus juntos!

“Vamos! Iremos juntos sair daqui e sobreviver a isso!

Zheng ativou sua técnica de movimentação e correu igual um louco. Sua velocidade era bastante rápida, mas havia um problema. Ele não sabia o caminho. Lan estava inconsciente e Zheng só podia seguir em frente. Ele subia todas as escadas que encontrou no caminho e entrou em todos os elevadores. Depois de subir dessa forma por um tempo, ele viu um grupo de duas mulheres e três homens. Ele conhecia todos eles, eles não eram seus parceiros, mas os personagens desse filme! E um deles era a protagonista que tinha sangue de Alien.

O grupo olhou para ele num misto de confusão e surpresa. Um homem pelado carregando duas mulheres inconscientes, uma nas costas e outras ao seu peito. Então eles apontaram as suas armas nele todos ao mesmo tempo. A protagonista até mesmo foi na direção dele com uma barra de ferro na mão.

Entretanto Zheng deu um suspiro de alívio e falou, não se importando: “Não me digam que vocês não sabem que essa espaçonave irá explodir? Não se preocupem, eu perdi minhas roupas por outras razões. Essas duas garotas também têm uma relação bem próxima comigo. Vamos sair dessa espaçonave e ir para a nave de fuga”.

A protagonista do filme não estava prestando atenção nele, e sim no ferimento cirúrgico feito em Lori. Ela respondeu friamente ao ver isso: “Acabou com uma Rainha? Essa então será a quarta Rainha”.


Tradutor: Devlin   |   Editor: Myko


 

Contribua com a Novel Mania!