TI – Volume 4, Capítulo 13


Zheng estava grato por ter adquirido o anel. Ele não apenas era uma arma poderosa contra seres espirituais, como também poderia armazenar um monte de coisas dentro dele, como… balas mágicas!

Balas mágicas normais não eram caras. O único problema era a dificuldade de carregar grandes quantidades, mas o anel Na eliminava essa inconveniência. Ele facilmente tirou uma grande pilha de balas mágicas e não apenas reabasteceu a munição para o Jie, para a Lan e para os outros do grupo, mas também trocou as balas de O’Connell e dos outros personagens por balas mágicas. Embora suas armas não fossem poderosas, qualquer pouco ajudava nessa circunstância. Ele não economizaria apenas algumas balas.

Enquanto desciam as escadas da torre do relógio, eles ficavam cada vez mais ansiosos quanto mais próximos eles estavam do chão. Isso não estava limitado às pessoas normais, tais como os personagens ou os novatos, Zheng e os veteranos também ficaram nervosos.

Uma grossa porta de madeira bloqueava o caminho para o andar térreo. Lan imediatamente lançou os Buffs de aceleração e estamina em todos. Zheng pegou os fragmentos de múmia, as areias e o Livro dos Mortos, então entoou o feitiço para criar quatro guardas múmias.

Os novatos observaram isso em choque, então Zheng chutou a porta, acordando-os com um alto som. Ele avançou e atirou com sua arma, derrubando pelo menos dez zumbis perto dele no chão. As balas mágicas eram de fato efetivas. Esses corpos pegaram fogo e vários segundos depois se tornaram pilhas de cinzas.

“O’Connell! Tome a dianteira!” Zheng se virou e disse com pressa.

O’Connell assentiu. Ele olhou para Evelyn e, sem dizer uma palavra, puxou suas duas armas e andou na frente do grupo.

Todos seguiram atrás dele sem falar, mas não havia nem um único zumbi no caminho deles para sua surpresa. Não foi até eles passarem por uma viela que eles viram um muro de pessoas bloqueando o caminho. Era uma rua larga, cerca de milhares de zumbis tumultuavam a área inteira e dez guardas múmias estavam parados nas paredes ao lado.

“Peguem suas armas! Se vocês não querem morrer, deem tudo de si!” Zheng segurou a arma em sua mão esquerda e a faca na direita. Ele gritou e ao mesmo tempo atirou nas múmias.

Todos seguiram seu exemplo e abriram fogo contra os zumbis e múmias. Ainda assim, esses zumbis pareciam muito com humanos normais. Havia até algumas crianças de onze ou doze anos. O’Connell e alguns deles hesitaram, mas Jie gritou para eles saírem do caminho enquanto ele pegava uma metralhadora pesada, a mesma que ele usou no filme anterior. Assim que os outros se moveram para o lado, ele abriu fogo.

O som da metralhadora parecia muito mais poderoso do que a arma de Zheng e, é claro, do que seu poder também. Os corpos estavam caindo como moscas, as múmias não conseguiam se aproximar deles também. Jie dava a sensação de estar em chamas. Ele segurou a metralhadora com um braço e as balas com o outro. Ele continuou gritando enquanto corria adiante.

“Ele está se sentindo triste… A pessoa que carregou as balas para ele da última vez morreu.” Zheng suspirou e então olhou para o homem de preto que estava carregando o corpo de Tengyi. Todos sabiam que a coisa racional a se fazer era deixar o corpo dele na torre do relógio, mas eles não tinham coragem de simplesmente deixá-lo ali. Então todos decidiram encontrar um lugar para enterrá-lo. De acordo com o homem de preto, também era assim que um guerreiro poderia obter a paz.

Felizmente parecia que a maldição de Imhotep não tinha efeito neles. O corpo de Tengyi permaneceu no sono eterno… Ainda assim, Zheng não conseguia se esquecer da cena de sua morte e daquelas últimas palavras dele…

Não demorou muito para a metralhadora consumir todas as suas balas, mas isso não foi o suficiente para matar todas as múmias. Apenas cerca de mil corpos ainda estavam andando na direção deles. Todos atiraram com suas armas sem se segurar. Por um tempo, o som de tiros preencheu o ar. Eles abriram um caminho entre os zumbis e se moveram pela rua até a garagem.

Jonathan começou a correr para os carros esportivos assim que eles entraram na garagem, mas Zheng e O’Connell esticaram seus braços simultaneamente e o carregaram para um mini ônibus. Ele gritou com resistência: “Ei, carros esportivos! Carros esportivos podem correm mais rápido e também são mais caros!”

Zheng respondeu: “Eu vou te dar cinco barras de ouro após nos sobrevivermos. É o suficiente para você comprar um!”

Jonathan parou por um momento e então disse imediatamente: “Cinco… Seis, seis é um número de sorte.”

Zheng e O’Connell olharam um para o outro e jogaram Jonathan para dentro do ônibus. O’Connell começou a procurar pela chave após todos entrarem, mas Zheng deu um soco no buraco da chave e, em seguida, puxou os cabos e os enrolou juntos, imediatamente dando a partida no ônibus.

O’Connell riu e disse: “Você é muito violento.”

Zheng deu de ombros e replicou: “Você vai ser mais violento quando dirigir… Vamos, nossos camaradas estão aqui.”

A entrada da garagem estava cheia de zumbis assim como ele disse. Além disso, várias dezenas de guardas múmias estavam indo direto para eles a partir das paredes atrás deles. O’Connell dirigiu o ônibus na direção dos cadáveres, espalhando carne e sangue por todo o lugar…

O’Connell gritou: “Merda, tão violento… O que é isso!? Não foi tão sangrento assim nem quando eu estive em Verdun… Evelyn! Fique no meio de todo mundo, não olhe para fora da janela!”

Evelyn balançou a sua mão em protesto, mas ainda permaneceu no meio deles. O ônibus desacelerou à medida que avançava cada vez mais em meio aos zumbis. Esses zumbis não eram retardados como os de Resident Evil. Eles continuavam tentando pular sobre o carro e alguns deles estavam pendurados na janela.

“Zero, Jie, nós vamos atacar as múmias! Todos os outros ataquem os zumbis ao nosso redor! Rápido!” Zheng gritou e, em seguida, abriu fogo contra as múmias se aproximando.

A metralhadora não era muito eficaz. Ela precisava de mais de dez tiros para destruir uma múmia. Pouco tempo depois, as múmias já estavam a dez metros deles. Felizmente o poder de fogo adicional vindo do Zero e do Jie, especialmente com a precisão de Zero, os ajudou a destruir todas as múmias antes delas alcançarem o ônibus.

Os três soltaram suspiros de alívio. Eles se viraram para ver Lan liderando o resto do grupo atirando contra os zumbis.

“Se segurem!” O’Connell gritou quando ele viu que os números ao redor do ônibus diminuíram. Ele empurrou o pedal do acelerador com tudo. O ônibus finalmente saiu da multidão para uma rua aberta.

Jonathan e os americanos celebraram por apenas um momento antes do ônibus virar uma esquina e um mar infindável de zumbis ficar diante deles, pelo menos dez mil zumbis. Ainda pior, o número de múmias paradas nas paredes e telhados chegava a centenas.

“Ai meu deus!” O’Connell ficou chocado e subconscientemente soltou o pedal do acelerador. Ninguém conseguia encontrar a coragem para continuar dirigindo no meio deles desta forma.

Zheng cerrou os dentes e disse a O’Connell, “Confie em mim! Passe por cima deles! F*d-se, vai a toda velocidade.” Ele retirou o Livro dos mortos de seu anel e começou a entoar as palavras do mesmo.

O’Connell também cerrara os dentes enquanto pisava fundo no acelerador. O ônibus seguia passando por esse o oceano de zumbis sem hesitação. Quando as múmias se aproximaram do ônibus, um redemoinho as jogou longe pelo ar. Esse vento crescia a cada segundo até se transformar em um tornado. E o ônibus seguia em disparada pelo centro desse tornado.

Os zumbis e as múmias foram sugados pelo tornado. Seus pesos eram insignificantes para esse poder, em contraste o peso do ônibus os ajudou a se manter no chão. Zheng apenas criou um tornado pequeno, se não o ônibus e todos dentro dele também teriam se tornado vítimas.

O’Connell gritou em frenesi enquanto ele dirigia à frente, esmagando inúmeros zumbis. Com a adição de Zero e Jie atirando, não havia tantos zumbis restando na frente deles quando eles dirigiram para fora do tornado.

Zheng soltou um suspiro de alívio e então se sentiu exausto, como se o Livro dos Mortos tivesse drenado tanto sua energia sanguínea quanto a sua estamina. Essa pequena versão de tornado ainda drenou toda sua energia sanguínea. Isso era um desastre natural afinal.

“Vamos! Para o porto!”

Do outro lado do Cairo, numa pousada, Shainaia de repente disse: “Líder, encontrei eles… Eles roubaram um micro-ônibus e estão agora se dirigindo para o porto. Os americanos e os personagens principais também estão no ônibus.”

Shiva (monge) estava sentado no centro do time com suas pernas cruzadas e com um Dharmachakra (símbolo budista) dourado em sua mão. “Como você de repente conseguiu encontrá-los? Você não estava incapaz de fazer isso? Isso pode ser uma armadilha? Ou alguém invadiu a sua rede mental mais uma vez e está criando uma ilusão para você?”

Shainaia corou e, em seguida, ponderou por um momento e disse: “Líder, eu não acho que é uma ilusão dessa vez. Imhotep também apareceu… Nós deveríamos entrar em contato com ele?”

“Não agora. Nós devemos encontrá-lo pessoalmente como sinal de respeito… Mas eu ainda estou preocupado com o usuário de força psíquica no time deles. Se ele pode modificar a sua detecção, então ele deve ter uma capacidade mental maior do que a sua, mas por que ele não usou isso para nos atacar? E seu disfarce psíquico (na localização deles) apenas desapareceu subitamente… Ele não estaria…”

Shiva exibiu um sinal de surpresa. “Isso não deve ser possível. Ele não poderia ser o Guia deles? Como alguém pode chegar no segundo estágio do estado de liberação genética sozinho? Como aquele homem, Zheng Zha, se estabeleceu como o líder? Apenas com a aceitação dos seus colegas de time? Não brinque comigo… O usuário de força psíquica é o Guia? Como é possível que alguém alcançou o segundo estágio e o Guia não desapareceu? Isso não é possível…”

Shainaia perguntou: “Líder, o que nós deveríamos fazer agora?”

Shiva pausou por um momento e disse: “É claro que nós temos que seguir eles. Arot, como está a sua condição?”

Num canto escuro do quarto, Arot disse calmamente: “Não muito boa. As pessoas ao redor se tornaram zumbis antes que eu tivesse a chance de caçá-las. A recuperação dos meus pulmões está em 70%. Seu eu tiver que me transformar, eu só conseguirei reter 70% do meu poder normal, mas isso deve ser o suficiente para um combate a curta distância.”

“Então… Vamos segui-los. Eles não estão esperando chegar ao porto? Vamos fazer esse caminho se tornar o caminho para o Mundo Inferior.”

O grupo de Zheng não estava se sentindo muito bem. Embora os zumbis se tornassem cinzas após serem atingidos por balas mágicas, eles ainda eram corpos normais diante deles. O chão ficou manchado de sangue e carne moída quando o ônibus os esmagou. Na verdade, a carne esmagada grudou por toda a parte de baixo do ônibus. O cheiro pútrido e de sangue fez Evelyn, Zhuiyu e Liang vomitarem várias vezes.

Zhang havia recuperado um pouco de estamina e disse para O’Connell: “Rápido, dirija mais rápido. Quanto falta para nós chegarmos ao porto?”

O’Connell estava muito estressado e gritou com ele irritado: “Merda. Pare de me incomodar! Mais três ou cinco minutos seguindo essa rua… Eu acredito que nós chegaríamos ainda mais rápido se não houvesse mais zumbis!”

Zheng sorriu amargamente. Ele armazenou muitas balas mágicas no anel, mas o anel tinha apenas um metro cúbico e meio afinal. Os canos das suas armas estavam queimando por causa de todos aqueles tiros. Você poderia dizer quantas balas eles haviam consumido. Havia menos da metade das balas restando e era por causa disso que ele queria saber quanto mais de tempo eles precisavam.

Quando ele estava planejando recarregar sua arma, ele sentiu algo e olhou na direção de um prédio alto. Ao mesmo tempo, Yinkong e Zero também olharam para lá. Uma múmia meio corroída e careca apareceu no topo do prédio, Imhotep.

“O’Connell! Não deixe o ônibus virar!”

Zheng apenas teve tempo para gritar isso antes de Imhotep se transformar numa tempestade de areia. Todos atiraram nele sem pensar, mas até as balas mágicas pareciam ineficazes contra essa tempestade de areia. As balas passaram direto por ela, mas a tempestade de areia já havia cercado o ônibus.

O’Connell começou a gritar e segurou no volante com força. Ele encarou direto a estrada diante dele com toda sua atenção. Ainda assim, a sua visão estava limitada dentro da tempestade de areia. Ele deixou sua segurança para todos os outros. Entretanto, os gritos de Evelyn fizeram seus ombros tremerem.

A tempestade de areia veio e se foi rapidamente. Ela logo se juntou e formou Imhotep, mas dessa vez com uma pessoa em sua mão. Ele estava segurando um dos americanos. O americano estava chocado e começou a gritar. Todos os outros não podiam fazer nada, a não ser olhar enquanto Imhotep abria aquela boca podre e sugava seu corpo. Vários segundos depois, o americano havia se tornado um corpo seco. Ao mesmo tempo, Imhotep recuperou mais de sua carne e gradualmente se tornou mais parecido com um humano.

“O gato! Lan, pegue o gato!”

Zheng gritou enquanto ele puxava o outro americano para as suas costas. Ele atirou em Imhotep, mas as balas mágicas ainda eram ineficazes. Elas passavam direto através de seu corpo como balas normais. Imhotep olhou para os buracos de bala que se recuperavam instantaneamente, então se transformou numa tempestade de areia de novo, varrendo sobre eles… e sobre aquele último americano atrás de Zheng.

“Yinkong, sua adaga!”

Vendo que Lan foi muito lenta em pegar o gato a tempo, Zheng jogou sua arma para longe, então sinalizou para Yinkong enquanto ele pulava na tempestade de areia. Ele canalizou seu Qi no anel Na formando um campo de força translúcido ao redor de seu punho e então golpeou a tempestade de areia com sua mão esquerda.

Com uma explosão, a tempestade de areia foi repelida como se tivesse atingido uma parede. Zheng também foi jogado para trás e colidiu com Jie e Zero. A tempestade de areia voltou para sua forma humana atrás do ônibus. Imhotep ajoelhou-se sobre uma perna. Seu ombro estava sendo queimado e corroído. O anel Na era de fato muito eficaz contra seres espirituais, sendo capaz de ferir Imhotep quando as balas mágicas não conseguiam.

Yinkong tirou a sua adaga de uma vez só, uma adaga envolta em chamas. As múmias invocadas por Zheng imediatamente recuaram como se estivessem com medo da adaga. Até Imhotep franziu o cenho quando ele a viu.

“Segurem-se!” O’Connell gritou enquanto pisava com tudo no acelerador. O ônibus correu à frente com velocidade total, atropelando um monte de barris e alguns zumbis e deixou Imhotep para trás à medida que ele lentamente recuperava seu corpo.

Imhotep gritou, então abriu sua boca. Um infindável fluxo de moscas saiu de sua boca e, em seguida, formou o que parecia ser uma nuvem negra e voou na direção do ônibus. Evelyn e Zhuiyu gritaram de medo imediatamente. Lan não gritou, mas sua face ainda ficou pálida. Yinkong foi a única menina que permaneceu indiferente.

À medida que as moscas se aproximavam deles, Heng tirou sua camisa e a chicoteou na direção das moscas. Zheng e os outros rapidamente seguiram seu exemplo, até o homem de preto também tirou sua túnica para ajudar.

Embora essas moscas não pudessem causar muito dano, elas pareciam muito repugnantes e bloqueavam a visão. O’Connell teve que desacelerar o ônibus e, ainda assim, ele estava atingindo os postes de luz na rua.

De repente eles ouviram um canto em Egípcio antigo e Evelyn disse imediatamente: “Ele está invocando múmias, o Egípcio significa…” Antes dela poder terminar, uma múmia caiu na frente do ônibus com um estrondo e golpeou com sua espada na direção de O’Connell.

O’Connell rapidamente virou o volante com força e fez a múmia voar para fora. Todos dentro do ônibus perderam sua estabilidade ao mesmo tempo. Porém, as moscas ainda estavam grudando no ônibus.

Jie levantou-se do chão e amaldiçoou: “Merda, se eu conseguir sobreviver, eu vou começar a estocar inseticidas e incensos repelentes de insetos.”

“Inseticidas… Incensos repelentes? Isso, incensos repelentes!” Lan gritou animada enquanto ela tirava duas granadas de fumaça de sua bolsa. Ela puxou os anéis sem hesitação. Uma densa fumaça saiu das granadas, mas como o ônibus ainda estava avançando, a fumaça flutuou para trás. As moscas estavam caindo aos montes e logo O’Connell recuperou um pouco da sua visão.

Eles não tiveram a chance de celebrar. Eles podiam ver o porto, mas o caminho estava cheio de incontáveis zumbis e múmias nas paredes e telhados, havia pelo menos mais de mil múmias. Talvez isso fosse devido a Imhotep ter recuperado mais de seu poder, ou talvez ele tenha juntado todas as múmias no Cairo. De qualquer forma, as múmias diante deles podiam formar um pequeno exército.

Todos olharam para Zheng, mas ele pôde apenas forçar um sorriso. “Eu não consigo invocar mais nenhum tornado. Eu só recuperei um quarto da minha energia sanguínea. Mesmo que eu o invoque, ele teria um poder limitado, pelo menos não o suficiente para fazer tantas múmias voarem…”

“Então o que nós deveríamos fazer?” Todos disseram. Então eles perceberam que eles haviam feito de Zheng o seu núcleo.

Zheng respirou fundo e tirou as balas mágicas restantes de seu anel. “O’Connell, vá! Não se preocupe com nada. Nós morreremos se permanecermos aqui de qualquer forma, então apenas vá e nós apostaremos nossas vidas nisso… Merda, vá para o porto, essa é a nossa única esperança!”

O’Connell também respirou fundo e, em seguida, teimosamente chutou o acelerador e dirigiu direto para o mar de zumbis.

Todos caíram em silêncio à medida que eles chegavam cada vez mais perto dos zumbis. Zheng pegou sua arma e atirou em direção à rua, então todos os outros também abriram fogo.

As múmias também começaram a pular sobre o ônibus. Apesar do poder de fogo de Zheng, Jie e Zero, havia muitas múmias. Quando a primeira subiu no topo do ônibus, várias outras a seguiram. Então uma espada atravessou o teto do ônibus.

Zheng cerrou seus dentes. Ele segurou a arma com a sua boca, abriu a janela e, em seguida, pulou para cima do ônibus. Seus olhos perderam o foco, sinalizando que ele entrou no estado de liberação genética.

Mais de uma dezena de múmias estava em cima do ônibus. Foi como se a aparição de Zheng os surpreendesse por um momento antes das duas múmias mais próximas a ele atacarem. Contudo, a sua velocidade de reação era incrível. Ele pegou a arma de sua boca e atirou enquanto ele ainda estava no ar e esmagou aquelas duas múmias e várias outras perto delas.

O poder de Zheng aumentava várias vezes mesmo com apenas o primeiro estágio do estado de liberação genética. Desde que ele chegou ao segundo estágio, era mais fácil para ele entrar no primeiro estágio. Ele apenas precisava acreditar que estava em perigo. Além disso, os efeitos colaterais haviam diminuído muito. Em outras palavras, ele podia entrar no primeiro estágio sem nenhuma preocupação agora.

Zheng facilmente eliminou as múmias em cima do ônibus, mas muitas mais estavam pulando na direção do ônibus a cada minuto. Ele só podia focar toda a sua atenção nessas múmias. Tatata. Cápsulas de balas estavam caindo de sua metralhadora em cima do ônibus como chuva. Antes de um minuto ter passado, ele já havia esvaziado o cartucho. Então ele começou a atacar com sua mão esquerda e com o anel Na.

“O’Connell! Rápido! Nossa esperança está logo ali!”

Zheng gritou enquanto se movia em meio as múmias. Cada golpe iria atingir uma ou duas múmias. Um golpe completo podia matar uma múmia e cada arranhão podia feri-las graças ao efeito do anel Na. Porém, ele também consumia seu Qi muito rápido nesse estado. Mesmo que um golpe gastasse apenas um pouco de Qi, seu Qi já estava quase esgotado após matar mais de cem múmias.

A tempestade de areia estava chegando novamente por trás do ônibus, dessa vez parecendo mais poderosa do que antes. Eles conseguiam identificar um rosto no centro dela. O grande rosto abriu sua boca tentando engolir o ônibus, mas com um fraco miado, o rosto fugiu para o topo de um prédio ao lado como se tivesse visto algo horroroso e, em seguida, se transformou de volta na forma humana de Imhotep.

Zheng soltou um suspiro de alívio. Uma múmia cortou seu ombro com uma espada curvada usando do momento em que ele abaixou a sua guarda. Ele se esquivou assim que sentiu a dor, de forma que a espada apenas cortou uma parte de sua carne e não chegou nos ossos. Zheng não podia mais se atrever a pensar sobre outras coisas. Ele esmagou aquela múmia e então focou a sua atenção de volta na luta em curso.

O ônibus estava chegando cada vez mais perto do porto. Apenas mais uma esquina e ele poderia dirigir direto para o porte.

“Nós chegamos no momento certo.”

O Time Índia subiu no topo de um prédio e olhou para o ônibus abaixo. Shiva então olhou para Imhotep que havia parado de avançar. Ele riu friamente e disse: “Um gato? Lamu, mate o gato! Shainaia, se conecte com a mente do Lamu e mostre a ele a localização do gato!”

Shainaia assentiu. O jovem homem também fechou seus olhos e uma agulha flutuou sobre sua palma. Então a agulha desapareceu e, quando reapareceu vários segundos depois, ela estava manchada de sangue.

Shainaia franziu o cenho e disse: “O disfarce psíquico apareceu de novo assim que o gato morreu. Eu não consigo mais sentir as mentes das pessoas dentro do carro.”

Shiva olhou enquanto Imhotep se transformava numa tempestade de areia de novo e sorriu. “Isso não importa. Se o Lamu tivesse exibido qualquer intenção de matar os membros, o disfarce psíquico teria aparecido instantaneamente. Foi melhor apenas matar o gato… E deixar Imhotep matar o Time China para nós.”

De repente eles ouviram um uivo vindo do lado. Arot que esteve silenciosamente parado ali durante o tempo todo começou a uivar. Seu cabelo e corpo começaram a crescer. Shiva imediatamente disse. “Shainaia! Controle a mente dele. Se nós entrarmos na batalha agora, Imhotep pode acabar nos vendo como inimigos. Com tantas múmias aqui… Nós entraremos numa batalha difícil.”

Shainaia franziu o cenho e sua face ficou pálida. Ela cuspiu sangue quando Arot se tornou um lobisomem completo e correu para longe. “Líder, eu não consigo. A mente dele caiu na loucura… Eu não consigo controlá-lo.”

Shiva suspirou. As múmias estavam vindo até eles de todos os lados, assim como ele havia esperado. Já era tarde demais agora.

Zheng tinha sua atenção nas múmias quando de repente sentiu uma intenção assassina vindo até ele. Uma grande figura pulou sobre ele antes de ele ter tempo para se virar completamente. A figura o jogou para fora do ônibus e para dentro do mar de zumbis. Quando os dois pararam de rolar, eles já estavam a dez metros de distância do ônibus.

Foi só nesse momento que Zheng reconheceu a figura como o doutor loiro Arot, ou melhor, o lobisomem Arot. Ele estava uivando e fatiando todos os zumbis próximos dele com seus bisturis. Seus dedos e mãos estavam se movendo com uma velocidade quase invisível ao olho humano. Os zumbis estavam sendo cortados em pedaços de apenas alguns centímetros de tamanho.

Então o lobisomem pulou na direção de Zheng e golpeou usando os bisturis com extrema velocidade.

A premonição de perigo de Zheng imediatamente chegou ao limite. A intenção assassina se parecia com lâminas. Ele não tinha dúvidas de que se transformaria em pedaços de carne no segundo seguinte assim como os zumbis. Zheng entrou no segundo estágio antes dos bisturis o alcançarem. Ele ergueu a sua mão esquerda para bloquear os pulsos do lobisomem enquanto socava o estômago dele com sua mão direita. Seus músculos se expandiram repentinamente quando ele atacou.

Boom.

Foi como se ele tivesse atingido um pneu. Sua mão direita ficou dormente após bloqueá-lo, como se ela tivesse sido atingida por metal.

Após errar o ataque, o lobisomem pulou para cima e tentou alcançar a cabeça de Zheng com suas pernas. Zheng pegou sua faca e cortou na direção da cabeça do lobisomem. Nenhum dos dois recuou.

Os dois lados estavam no estado de liberação genética e tinham colocado suas vidas em risco. Eles não podiam prestar atenção em mais nada a não ser em matar um ao outro.

Imhotep entrou no ônibus e levou o último americano para fora. Ao mesmo tempo Yinkong também o seguiu para fora enquanto ela entrava no estado de liberação genética.

Ela chutou a janela do ônibus e usou a força para pular em Imhotep. Então ela estocou com sua adaga o coração de Imhotep antes que ele pudesse drenar o americano. Uma chama se acendeu a partir do peito dele. Imhotep derrubou o americano enquanto gritava. Yinkong imediatamente chutou o americano de volta para dentro do ônibus e então correu na direção de Zheng e do Lobisomem.

Os bisturis do lobisomem haviam atingido algumas partes do peito e estômago de Zheng. Sangue estava escorrendo dele como água. O braço do lobisomem também havia sido cortado fora.

Yinkong apareceu muito de repente. O lobisomem estava tão focado em Zheng que quando ele finalmente sentiu o ataque vindo por trás, a adaga de Yinkong já havia esfaqueado seu peito. Então ele a socou para longe e correu antes que Zheng pudesse atacar de novo. Zheng não tinha escolha a não ser ir atrás de Yinkong e salvá-la do mar de zumbis.

Zheng carregou Yinkong enquanto cortava as múmias com sua faca. O ônibus estava ficando cada vez mais longe deles. Zheng correu atrás do ônibus o mais rápido que conseguia. Ao mesmo tempo o ônibus havia dobrado a última esquina. Havia apenas uma última estrada reta para chegarem ao porto.

Foi uma montanha russa de sentimentos para eles durante todo o percurso. Como agora, que não havia nenhum barco no porto. Vários barcos estavam a mais de cem metros de profundidade dentro do rio. Até o barco mais próximo ainda estava a dez metros de distância do porto. Zheng ficou ali parado em choque. Um sentimento de desespero tomou conta dele e de todos no ônibus à medida que o mar de zumbis e centenas de múmias se aproximavam por trás. Eles não tinham para onde ir.

“O’Connell! Acredite em mim, vá! Não pense em mais nada e apenas pise com tudo no acelerador!”

Zheng cerrou seus dentes e então gritou. Ele correu com velocidade total na direção do ônibus.

No assento do motorista, O’Connell começou a gritar, empurrou o acelerador para baixo e dirigiu o ônibus loucamente na direção do rio. Todos se sentiram perdidos enquanto olhavam para o barco que estava navegando para longe.

Zheng pegou o Livro dos Mortos enquanto corria. Ele invocou um feitiço que Tengyi o ensinou, um feitiço que podia controlar as pedras e o solo. Ele podia ser usado para enterrar corpos ou — mudar o terreno!

A estrada na frente do ônibus gradualmente se elevou. Todos perceberam a anomalia, mas ninguém disse nada. Todos eles encararam aquele barco no rio. A voz de O’Connell ficou rouca de tanto gritar. Ele manteve seu pé firme no acelerador e suas mãos no volante. Então o ônibus seguiu em frente sobre a estrada elevada.

O Livro dos Mortos drenou a estamina de Zheng com o feitiço. Ele tropeçou e estava prestes a cair quando Yinkong saltou dele e o carregou no ombro dela. A pequena menina empregou sua incrível força nesse momento. Ela carregou Zheng com um braço e tirou uma corda com um gancho com sua outra mão e a jogou no ônibus. O gancho se prendeu à janela e puxou os dois para fora do chão enquanto o ônibus voava na direção do barco no rio… na direção da esperança.


Tradução: Brinn

Revisão: Barafael


Contribua com a Novel Mania!