TI: Volume 4 Capítulo 9

Volume 4: Capítulo 9

A distância da torre do relógio até o museu não era muito grande. Mas só para terem certeza, cada um pegou um dispositivo de comunicação e foram para o museu.

Ao mesmo tempo, o grupo de O’Connell tinha acabado de sair da pousada. Mesmo que eles tenham feito um acordo com Zheng para roubar as múmias, eles voltaram para a pousada para guardar suas bagagens e comerem algo antes de irem para o museu.

“Você acredita nisso? Esse vinho tem gosto de sangue. Não, ele virou sangue… Eu nunca tinha tomado um líquido vermelho antes…” – O’Connell reclamou.

Evelyn disse: “Todos os rios do Egito se tornaram vermelhos e toda a água se transformou em sangue. Isso é uma das maldições da ressurreição da múmia. Vocês viram os meteoros? Ela veio para Cairo!”

O’Connell disse: “Eu não me importo com mais nada. Uma vez que roubarmos as múmias, vamos achar um navio e sair do Egito. Eu não quero ter mais nada haver com essas múmias… Deixem os monstros com os profissionais. O grupo do Zheng é bem melhor do que nós.”

Evelyn entrou na frente de O’Connell e gritou: “Você está dizendo que devemos abandonar nossas responsabilidades? Que nós devemos fugir? Fomos nós quem libertamos aquele monstro! Mesmo que o grupo de Zheng esteja ajudando, nós não podemos fugir sozinhos!”

“Espere, espere!” – O’Connell olhou para ela e gritou em seguida: “Foi você que liberou o monstro! Não ‘nós’! Não nos inclua nisso! Nós não temos nenhuma obrigação de salvar o mundo! Além disso, o monstro é impossível de ser morto. Você quer que a gente lute contra aqueles ossos imortais com nossos corpos mortais?”

Evelyn respondeu: “É por isso que precisamos de uma arma especial. Se minha memória está certa, o outro livro, o Livro de Amun-Ra é a arma para matar a múmia… Eles já não tem o Livro dos Mortos? Então deixem eles atrasarem o monstro com o poder que eles tem e nós iremos achar o Livro de Amun-Ra. Nós definitivamente conseguiremos matar ele.”

O’Connell coçou sua cabeça como se estivesse com dor de cabeça: “Espere, o que isso tem haver comigo? Por que eu deveria fazer isso? Eu agradeço a você por ter me salvado na cadeia, é por isso que eu fui para a cidade dos mortos com você e a trouxe viva de volta! Isso foi o que eu prometi e que eu cumpri. Por que eu ainda tenho que ajudar você com sua responsabilidade? Quem foi que leu aquelas palavras no Livro dos Mortos?”

Evelyn estava chocada e murmurou: “Foi… Foi eu… Mas eu só sou uma promessa para você?”

O’Connell empurrou ela para fora do caminho de leve e andou em direção ao museu: “Você também, escolha entre ficar aqui e salvar o mundo ou ir comigo para longe desse lugar. É sua escolha.”

Evelyn seguiu ele. Ela ficou tensa e disse: “Eu escolho ficar!”

O’Connell olhou para ela surpreso, então falou: “Tudo bem. Faça o que quiser!”

“Claro que é o que eu quero! Eu não preciso dos seus cuidados!”

“Tanto faz…”

Jonathan balançou sua cabeça. Eles pareciam como duas crianças na sua frente. Mesmo que eles se importassem um com o outro, mas eles ainda estavam agindo dessa forma.

Não demorou muito para eles chegarem no museu. Para a surpresa deles, eles viram os dois americanos andando em direção à eles com seus rostos pálidos. Eles disseram assustados: “Meu Deus, nós vimos ele, aquele monstro. Você não vai acreditar, ele achou os corpos do deserto e sugou eles inteiros. Aqueles corpos secos ainda estão na pousada. Felizmente um gato entrou pela janela e o assustou. Se não acho que todos nós teríamos nos tornados múmias também…”

Os outros só conseguiram entender isso depois que os americanos se acalmaram e repetiram o que disseram.

Depois dos americanos receberem suas barras de ouro, eles voltaram para Cairo e acharam um barco. Mesmo que eles estivessem dispostos a pagar uma quantia generosa, mas o barco só iria sair no próximo dia. Então eles voltaram para a pousada, uma vez que entraram em seu quarto, eles viram uma múmia com uma metade humana carregando dois corpos desidratados. A mente dos americanos ficou em branco e eles atiraram contra a múmia. Mas as balas normais eram inefetivas contra ela. Enquanto a múmia começou a se aproximar deles, um gato apareceu e assustou ela, salvando suas vidas.

“Sim!” – Evelyn disse animada: “Na mitologia Egípcia, os gatos são guardiões do inferno. Múmias também pertencem aos mortos então os gatos são seus nêmesis. Você se lembra que Zheng carregava um gato durante todo tempo? Então era por causa disso. Ele sabia que nós iríamos encontrar múmias. Nós não podemos carregar um gato com a gente?”

“Certo, gatos são guardiões do inferno. Antes que ele possa voltar a vida de verdade, gatos podem segurar ele. Mas isso só vai acontecer até que ele ressuscite completamente. Uma vez que isso ocorra… Nós não seremos capazes de fazer nada!”

Os cinco deles entraram no museu pela entrada principal. Enquanto eles conversavam, uma voz fria os interrompeu. Eles levantaram suas cabeças e viram que o curador estava em pé do lado de um homem de preto… Esse era o homem que tinha atacado eles vários vezes!

Evelyn imediatamente se escondeu atrás de O’Connell. Jonathan também queria se esconder, mas O’Connell segurou ele. Ele e os americanos puxaram suas armas e apontaram para o homem de preto.

O velho curador deu de ombros: “Você quer atirar em mim ou saber o porquê de eu estar aqui?”

Eles se olharam e abaixaram suas armas. Humanos iriam morrer se levassem tiros, diferente das múmias. Então eles prefeririam se sentar e conversar a fazer a mesma coisa com a múmia.

“… Essa é a situação. Nós pertencemos a uma organização secreta que protege a cidade dos mortos. Tem sido assim a mais de 3000 anos. Nós matamos qualquer um ou qualquer organização que tentaram entrar na cidade dos mortos. Nós juramos proteger tudo usando todos os meios necessários. Nós queríamos prevenir que Imhotep ressurgisse ao mundo humano de qualquer forma!” – O curador disse alto.

[PE: O curador, só pra lembrar, seria o empregador de Evelyn.]

O homem de preto ficou irritado: “Mas nós falhamos em nossa missão por causa de vocês!”

O’Connell e os outros dois ficaram embaraçados. Evelyn disse séria: “Então vocês mataram pessoas inocentes com essa desculpa?”

“Para a organização e aquele monstro? Deixe-me pensar…” – O curador olhou para o homem e disseram ao mesmo tempo: “Sim!”

O grupo de O’Connell não sabia o que falar. Depois de um tempo, O’Connell murmurou: “Mas por que ele está seguindo a gente? Só porque nós entramos na pirâmide? Ele não traiu o faraó? Por que ele ainda está protegendo a tumba?”

O homem disse: “Ele não traiu o faraó. Ele traiu sua responsabilidade como Alto Sacerdote… Depois de ressuscitar como um monstro, ele não mata as pessoas que entraram na tumba, mas sim aquelas pessoas que abriram seu sarcófago. Ele irá ganhar uma parte dos seus poderes para cada pessoa que ele matar. Além disso, ele precisa recuperar os jarros de cinzas para ressuscitar Anck-Su-Namun. Essa é a razão por ele estar perseguindo vocês… Claro que o Livro dos Mortos também é algo que ele precisa.”

Os americanos ficaram pálidos. O’Connell disse: “O Livro dos Mortos? Zheng levou ele embora. Além disso… Zheng conseguiu criar uma tempestade de areia usando o livro. Você não sabia sobre seu poder depois de proteger a tumba por tanto tempo?”

O curador e o homem gritaram: “Impossível!” – Então eles se olharam surpresos, porque O’Connell não parecia estar mentindo e o livro não estava com eles.

O curador se levantou e disse animado: “Se isso é verdade, talvez nós podemos matar aquele monstro… Alguém capaz de usar o Livro dos Mortos. Vários altos sacerdotes conseguiam usar o poder do livro em recordações históricas. Depois que eles usaram o livro, um símbolo de Osíris iria aparecer em suas mãos. Ninguém mais poderia usar o livro até que eles morressem, mesmo a encantação que pode reviver os mortos sem usar nenhum poder. Enquanto esse Zheng não morra, Imhotep nunca será capaz de conseguir o livro!”

O homem de preto também estava animado: “Não só isso, eles serão capazes de usar o poder do livro para lutar contra o monstro e nos conseguir tempo o suficiente para achar uma forma de matar ele!”

O’Connell perguntou: “Vocês tem alguma forma para matar ele?”

“Matar? Claro que não.”

O’Connell coçou sua cabeça. O ambiente ficou estranho até que Evelyn perguntou: “Não tem dois livros? O Livro dos Mortos e o Livro de Amun-Ra. Se o Livro dos Mortos pode ressuscitar esse monstro, então o Livro de Amun-Ra não deveria ser capaz de matá-lo?”

“Mesmo que nós sejamos os guardas da tumba, nós não temos acesso à esses livros. De fato, nós não somos permitidos à entrar na tumba. Como descendentes direto dos protetores do faraó, a cidade dos mortos é solo sagrado, um lugar onde os mortos podem descansar em paz. Nós não devemos perturbá-los.”

Evelyn disse: “Eu sei, eu sei. Mas nós não estamos protegendo o mundo agora? Ninguém quer que esse monstro ressuscite completamente. Isso também não é a responsabilidade de vocês… Obter o Livro de Amun-Ra e matar ele?”

Evelyn de repente se lembrou de algo: “Ah! É mesmo, você acabou de mencionar Anck-Su-Namun? O monstro me chamou por esse nome na tumba.”

O homem e o curador estavam surpresos: “De acordo com os documentos históricos, essa mulher foi o motivo que fez com que Imhotep sofresse o Hom-Dai… Ele provavelmente pensou que você era ela. Se ele ainda vai tentar ressuscitar ela, ele vai precisar do Livro dos Mortos e um sacrifício humano. Esse sacrifício…”

“Eu?” – Evelyn subiu as escadas para o segundo andar enquanto respondia. Ela ficou em pé perto de uma pedra com vários hieróglifos.

“De acordo com as pesquisas arqueológicas, o Livro dos Mortos estava escondido dentro da estátua de Osíris. Mas nós achamos o Livro dos Mortos lá, então os arqueólogos estavam errados. Eles misturaram a localização dos dois livros… Se eu não estiver errada, o Livro de Amun-Ra deverá estar… dentro da estátua de Rá!”

“Sim! O Livro de Amun-Ra está dentro da estátua de Rá, mas… você não será capaz de ver esse livro!”

Uma voz veio debaixo deles. Todos se viraram e viram um homem preto e magro segurando uma espada curvada parado em uma janela aberta no segundo andar. Ele pulou enquanto ria como louco e mirava sua espada em direção a cabeça de Evelyn.

*Páh!Páh!*

O homem magro foi acertado por vários tiros no meio do ar, fazendo-o voar quase dez metros de distância em cima de vários livros. Ao mesmo tempo, Zheng e seu grupo entrou por outra janela.

“O que vocês estão esperando!? Vão logo e corram!” – Zheng correu em direção à eles e gritou. Ao mesmo tempo, uma parede do segundo andar tremeu e rachou. Evelyn gritou quando olhava para ela. Felizmente, ela foi esperta o suficiente para correr para baixo.

O’Connell e os outros personagens puxaram suas armas, mas antes que pudessem fazer algo, a parede explodiu. Um homem gigante com cerca de três metros de altura entrou pelo buraco. Ele viu Zheng e gritou: “Você! Seu fracote que só sabe correr! Venha e lute comigo de novo!” – Ele pulou antes que terminasse de falar.

Zheng estava um pouco surpreso quando ele viu o homem musculoso. Seu braço estava totalmente curado. Além da cor que parecia estar mais branca, ele parecia ser o mesmo de antes. O homem pulou no meio de Evelyn e os outros. Seus pés criaram dois buracos no chão de concreto no formato deles. Você podia perceber o quão forte ele era só por isso.

O homem musculoso nem olhou para Evelyn, ele segurou uma estante de livros e jogou na direção de Zheng. Mesmo que sua força fosse impressionante, sua mira era inversamente proporcional. A estante passou por cima de todos e bateu na parede do outro lado.

O curador gemeu e estava prestes a gritar, quando O’Connell, os dois americanos e o homem de preto começaram a atirar no homem musculoso. Mas suas balas não podiam nem penetrar a pele do oponente.

“Merda! Zheng! De onde você trouxe esse monstro!? Ele é alguém criado pela múmia!?” – O’Connell gritou enquanto continuava a atirar.

Zheng gritou para responder: “Você pode considerar isso! De qualquer forma, vocês se apressem e corram. Essa não é uma batalha que vocês podem se meter. Tengyi! Leve eles para fora do museu!”

Evelyn gritou: “O’Connell! Se você ousar me deixar para trás, eu não vou perdoar você mesmo que eu me torne uma múmia!”

O’Connell deu de ombros e sorriu. Ele puxou outra arma e gritou: “Merda! Por que eu fui conhecer uma mulher como você!? Se apresse e corra!”

Zheng percebeu que o homem musculoso tinha se virado para Evelyn. Ele não teve escolha a não ser tirar sua faca e pular em cima do homem. Ele cortou uma das pernas dele antes que Evelyn fosse atacada.

O homem musculoso imediatamente pulou em resposta. Ele já estava vários metros de distância do chão quando a faca chegou onde ele estava. Ao mesmo tempo, ele golpeou para baixo. A pressão imensa forçou Zheng a ficar parado e com um som tremendo, o chão desabou. Os dois deles caíram em um quarto embaixo.

Todos estavam surpresos. O’Connell perguntou: “Tinha um porão?”

O curador assentiu: “Sim, tem um quarto embaixo para guardar documentos, mesas quebradas e múmias… Você tem certeza que eles são humanos?”

O’Connell olhou para o segundo andar e disse: “Eu não sei se eles são humanos ou não, mas se nós não corremos agora… Eu não acho que podemos sermos humanos por muito tempo.”

O homem magro que tinha sido acertado pelos tiros estava em pé no segundo andar. Não tinha nenhum traço de sangue nele, como se as balas só o tivessem empurrado. Sua espada curva era bastante estranha, tinha uma névoa branca circulando ela. O homem pulou para o primeiro andar e, sem dizer uma palavra, se virou para Evelyn.

Logo nesse momento, duas garotas entraram no museu pelo local onde Zheng tinha entrado. A mão da garota de cabelo curto se mexeu em uma velocidade incrível, uma faca pequena voou em direção ao pescoço do homem, forçando ele dar alguns passos para trás. Quando ele parou, Evelyn já estava nos braços de O’Connell sendo carregada para fora do museu.

As duas garotas que entraram eram Yinkong e Lan. Lan ficou em dúvida quando olhou para o buraco enorme no chão: “Vocês saiam primeiro. Nós iremos conversar depois… Wind Spirit!”

Yinkong já estava correndo em direção ao homem magro enquanto segurava sua adaga. Lan imediatamente usou sua magia de aceleração nela. Sua velocidade incrível se tornou maior ainda. A adaga entrou em contato com a espada curvada do homem em um instante. Sangue escorria pelo braço esquerdo do homem.

“Você! Você também é do clã dos assassinos!” – O rosto do homem mudou de repente. Ele rapidamente pulou para longe.

Os olhos de Yinkong mostravam que ela estava louca. Ela se moveu devagar passo a passo, mas sua velocidade não era menor que a do homem.

Quando ela estava prestes a entrar na área de ataque dele, ela imediatamente pulou para trás. Várias facas apareceram onde ela estava antes… Não, não eram facas, mas sim vários bisturis. Uma pessoa de branco apareceu no segundo andar. Um doutor europeu loiro estava em pé na frente do homem magro.

Perto da janela no segundo andar, um monge e vários homens e mulheres estavam parados lá. O monge olhou para baixo em direção à eles com desprezo… Como um gato estivesse olhando para os ratos que tentavam fugir. Frio e cruel…

Contribua com a Novel Mania!