TI: Volume 4 Capítulo 3-1

Volume 4: Capítulo 3-1

Ao amanhecer do outro dia, O’Connell levou todos para o porto de Giza. Evelyn e seu irmão Jonathan já estavam esperando por eles. Eles deixaram sair um suspiro depois de acharem O’Connell, mas ao mesmo tempo eles perceberam o grupo de Zheng e ficaram preocupados.

Evelyn foi bastante direta, uma vez que O’Connell se aproximou, ela perguntou imediatamente: “Você não disse que só iria nos levar? Por que tem tantas pessoas? Só para deixar claro, eu não vou pagar pela despesas deles. Você, você é O’Connell?”

O’Connell estava coberto de sujeira enquanto estava na prisão, mas depois de limpo e usando suas roupas novas, ele parecia bastante bonito. Antes que ele tivesse a chance de responder, Evelyn estava totalmente surpresa: “O-oi…”

“Haha, hoje é um bom dia para aventuras. Não tem nenhum problema de termos mais pessoas… Mas eles são confiáveis? Claro, você sabe que eu estou me referindo ao ouro. Não tem ouro o suficiente para dividir entre tantas pessoas…” – Jonathan riu enquanto perguntava para O’Connell em voz baixa.

O’Connell assentiu: “Sim, o clima está agradável para aventura. Em relação à eles, eles não devem estar interessados no ouro. Além de que vão nos proteger na jornada… O que eu estou mais preocupado é com…” – Ele colocou a mão no seu bolso e olhou para sua carteira.

Jonathan era um ladrão profissional. Ele sorriu envergonhado: “Não se preocupe, eu não vou roubar das nossas pessoas. Hoho, você mencionou que eles não estão interessados no ouro. Isso significa que… eles são ricos?”

Zheng andou para perto deles e riu: “Haha, eu ouvi o que vocês disseram… Meu nome é Zheng Zha e esses são meus companheiros. Nós somos um grupo de exploração patrocinado por bilionários americanos. Nossa missão é achar todos os locais secretos no mundo… Claro, que a legendária cidade dos mortos é um desses lugares secretos. Nós vamos tomar conta das despesas da viagem e vamos providenciar a proteção adequada. Claro que vocês terão que ouvir nossos conselhos e não fazer nada que nos coloque em perigo. É basicamente isso.”

Evelyn estava encarando O’Connell o tempo inteiro e só voltou para a realidade quando Zheng começou a falar: “O-O que? Nós não nos unimos a nenhum grupo expedicionário! Nós estamos procurando pela cidade dos mortos como indivíduos, por que teríamos que ouvir seus conselhos? Nós não precisamos que vocês paguem por nossas despesas, nós podemos pagar por elas…”

Zheng balançou a cabeça e disse: “Eu acho que você está enganada. Nossa missão é exploração, nós não estamos interessados no ouro.”

Sua reação aumentou. Ela quase gritou com seu rosto vermelho: “Eu entendo agora! Seu objetivo é o Livro dos Mortos e o Livro de Amun-Ra, certo? Impossível! Mesmo que essas literaturas milenares existam, nós não podemos dar elas para alguém rico. Essas literaturas são tesouros históricos, eu não vou deixar você levar elas!”

Zheng percebeu que as pessoas estavam olhando para eles e até sentiu alguma hostilidade. Ele balançou a cabeça: “Tá bom…tá bom…tá bom. Nós não vamos levar nada, ok? Só para exploração, exploração… Mulheres… tudo é uma paranóia.” – Então ele subiu no barco.

Evelyn ainda não tinha desistido. Ela puxou a camisa de O’Connell: “Você pode me prometer que eles estão dizendo a verdade? Eu não me importo, você trouxe eles aqui! Você tem que me prometer que eles não vão levar os dois livros. Se não, eu estou te avisando…”

O’Connell só podia sorrir, especialmente quando ele viu que o grupo de Zheng já tinha embarcado…

De qualquer forma, ele finalmente pegou Evelyn e subiu no barco, Zheng já tinha comprado a maioria dos quartos da primeira classe com seu ouro. E Jonathan parecia ter virado seu melhor amigo depois de receber uma moeda de ouro. Claro que qualquer um que tinha assistido ao filme sabia que devia evitar ele, porque ele era um ladrão incrível.

“Seguindo esse rio, nós vamos sair do barco amanhã à noite. Então nós iremos andar para o leste por quase metade de um dia e iremos alcançar o maior e único oásis à caminho de Hamunaptra. Lá é um local que comerciantes trocam itens. Nós iremos comprar camelos e suprimentos. Depois iremos para o sudeste e devemos chegar em Hamunaptra depois de três dias se nenhum acidente acontecer…”

O’Connell abriu um mapa em cima da mesa e disse enquanto apontava para cada lugar.

Evelyn perguntou: “Acidente? Que tipo de acidente?”

O’Connell não disse nada. Ele jogou sua bolsa em cima da mesa e abriu ela. A bolsa estava cheia de armas, rifles e munição. O suficiente para todos eles.

Evelyn estava surpresa: “Eu… Eu esqueci de alguma coisa? Nós estamos em uma expedição, certo? Ou nós estamos indo para uma guerra?”

O’Connell não respondeu ela e carregou uma pistola: “Senhorita, esse lugar não é seguro… Tem algo debaixo daquela tumba e um grupo misterioso está protegendo ele… É literalmente uma cidade dos mortos.

Evelyn imediatamente se virou para Zheng: “Vocês não disseram que iriam nos proteger? Eu só quero aqueles dois livros, vocês podem levar todo o restante… Mesmo que meu irmão acredite que tenha tesouros lá, mas eu não acho que vamos achar nenhum ouro…”

Zheng assentiu: “Eu disse que nós só vamos pela exploração. Nós não estamos interessados em nada mais… Mas parece que você sabe bastante desses livros.”

Evelyn respondeu animada: “Mais é claro, o lendário Livro de Amun-ra, também chamado do Livro de Ouro do Renascimento [PE: Diferente do filme.] e o Livro dos Mortos. Esses dois livros contêm magias do Egito Antigo. Eles fizeram me apaixonar pelo Egito…”

De repente, Honglu interrompeu ela: “Que horas são?”

Eles foram pegos desprevenidos. Zheng olhou para seu relógio e disse: “Dez horas…” – Zheng parou e viu Honglu assentir.

Lan tinha dito à todos o roteiro do filme na pousada. Talvez devido à sua capacidade mental melhorada, ela tinha uma memória incrível e disse cada pequeno detalhe da história.

Zheng se lembrou que eles seriam atacados por Medjais, perto desse horário.

“Evelyn, vá pegar a cha-… vá pegar o mapa e aquela caixa estranha. Zero e Jie, vão proteger ela… O’Connell, venha achar Jonathan comigo, ele deve estar jogando poker com os americanos. Todo mundo protejam esse lugar. Se alguma coisa acontecer, então sigam as ordens de Lan… Vamos! A jornada começa!” [PE: Puff, que bosta kkk]

Zheng se levantou e pegou sua faca do seu anel e correu para o deck.

 

Contribua com a Novel Mania!