TI: Volume 4 Capítulo 2-3

Volume 4: Capítulo 2-3

O’Connell foi quase forçado a aceitar o pedido deles de levar o grupo para Hamunaptra. Claro, Zheng deu à ele duas barras de ouro, o que fez ele se sentir melhor. Sem escolha, ele levou Zheng e os outros para a pousada.

O’Connell parecia familiar aqui. Ele começou a conversar com uma loira quando entrou lá. Basicamente, falava sobre os dias que ele passou na prisão e como ele quase foi enforcado.

Depois de um tempo, O’Connell se virou para Zheng: “Vocês fiquem aqui, eu preciso vender o ouro primeiro… e comprar algumas armas e munições. Eu tenho quase certeza que vocês não precisam de nenhum dos dois, certo?” – Então ele apontou para Zero e riu.

Zheng riu junto. Ele sabia que O’Connell era alguém que mantinha sua promessa. Mas por causa da limitação dos 5000 metros, ele tirou outra barra de ouro do seu anel e disse: “Devido alguns motivos, nós temos que seguir você. Mas nós não vamos segurar o dinheiro. Não se preocupe, nós sabemos que tem algumas pessoas protegendo Hamunaptra. Nós vamos lidar com eles quando chegarmos lá. Eu só desejo chegar lá.”

O’Connell olhou desconfiado para Zheng. Ele pegou a barra de ouro e disse: “Então vamos nos apressar. Eu prometi aquela mulher que iria encontrar ela no porto de Giza amanhã pela manhã. Não é seguro entrar no mercado à noite. Vamos nessa.”

Eles voltaram para a pousada logo depois. O’Connell trocou as barras de ouro por uma grande quantidade de dinheiro sem nenhum problema. Ele não só comprou uma bolsa cheia de armas, mas também novas roupas e sapatos. Quando eles voltaram para a pousada, ele já estava mais íntimo com o grupo de Zheng.

A pousada não era muito grande, mas os quartos tinham todo o necessário. Durante o jantar, O’Connell começou a falar sobre suas experiências como soldado, especialmente o que aconteceu quando ele entrou em Hamunaptra, três anos atrás, e como ele escapou do deserto.

“.. Nós recebemos uma ordem para procurar pela cidade dos mortos, que tinha uma quantidade ilimitada de ouro… Hoho, eu quase suspeitei que vocês tinham achado o ouro de lá… De qualquer forma, depois que todos comeram areia o suficiente, Hamunaptra apareceu no horizonte. A tumba do faraó, o livro dos vivos e dos mortos e uma grande quantidade de ouro…”

“Depois de nós alcançarmos, nós só tivemos a oportunidade de explorar o exterior antes que fossemos atacados por um grupo de roupas pretas. Eles queriam matar todos nós. Eu escapei depois de passar por um estranho evento. Eu ia ser morto, mas o chão que eu estava subiu de repente. Era o rosto de um homem, provavelmente o espírito que protegia a tumba… Então, deixando isso de lado, eu fui o único que escapei vivo. Então eu tive que encarar o deserto inacabável…”

O’Connell bebeu um gole de tequila e continuou: “Eu estava sem suprimentos ou água. Demoraria três dias para eu chegar ao oásis mais perto de Hamunaptra. Lá é um deserto, e sem um camelo ou cavalo, iria demorar no mínimo cinco dias andando. Debaixo do sol escaldante e nas condições que eu estava, qualquer humano teria se juntado à areia…”

“No terceiro dia, eu comecei a comer cobras e escorpiões, usando o sangue para molhar minha garganta… Então à noite eu entrava na areia para me manter quente… Eu não sei como eu conseguir chegar no oásis, eu deveria estar parecido com uma múmia. Haha…”

Mesmo que ele tenha dito isso com um tom normal, mas o perigo e dificuldades estiveram lá. Alguns deles confortaram O’Connell enquanto Zero e Yinkong comiam com indiferença.

O’Connell disse de repente: “Por que vocês querem ir para Hamunaptra? O ouro que vocês me deram é da melhor qualidade. E vocês não parecem se importar muito com isso, como se fossem podre de ricos. O ouro de Hamunaptra é tão atraente assim?”

Zheng deu um sorriso forçado e bebeu sua tequila: “Se eu dissesse que não é pelo ouro, mas que nós iríamos morrer se não formos para lá. Você iria acreditar em mim? Isso parece uma loucura…”

“É uma maldição? Não importa, eu não sei sobre esses tipos de coisas mesmo. Eu vou fazer o que eu prometi. Nós vamos ir para Hamunaptra amanhã… Eu espero que eu não tenha que fugir dessa vez.”

‘Isso seria difícil…’

Aqueles que sabiam da historia do filme riram. No roteiro, o grupo de O’Connell iria liberar Imhotep e fugiriam para o Cairo. Mesmo que eles tivessem recursos o suficiente, ser caçado por uma múmia não deveria ser uma sensação muito boa.

“Bom! Então nós vamos sair amanhã!” – Zheng levantou sua tequila para O’Connell e assentiu determinado.

Lan de repente disse com um sorriso malicioso: “Certo, nós ainda temos que comprar uma coisa. Isso será nosso amuleto.”

“O que é?” – Todo mundo perguntou ao mesmo tempo, incluindo Zheng e O’Connell.

“Um gato!”

Contribua com a Novel Mania!