TI: Volume 4 Capítulo 10

Volume 4: Capítulo 10

“Infelizmente parece que vocês ignoraram nossa sugestão para paz, ou talvez vocês acreditem mesmo que vocês podem ganhar essa batalha. Mesmo que vocês tenham perdido um membro no começo…” – O monge andou devagar.

Ao lado dele estavam duas mulheres e um homem. Incluindo o doutor loiro, o homem musculoso e o cyborg, Time Índia tinha no mínimo oito membros.

Yinkong não tirou seu olhar do homem loiro para olhar os recém chegados. Os dois estavam se movendo de maneira similares, passos silenciosos, segurando suas armas com ambas as mãos, olhos fixos um no outro, quando o oponente abaixasse sua guarda, eles iriam atacar sem hesitar como se fossem uma cobra.

“Foi você que capturou Muhammad Joseph? Então você deve estar segurando uma arma mágica. Iria me custar muito para conseguir fazer o mesmo que você fez… Jovem assassina, pele branca como a neve, veias vermelhas e sangue macio. Abrir seu estômago, segurar seus órgãos e depois amassar todos eles… Hahaha!” – Ele ficava cada vez mais excitado enquanto falava. No final ele começou a rir como um louco. Ele andou em direção dela como uma sombra.

Yinkong imediatamente levantou sua faca em frente dela. Com um barulho alto, ela sentiu uma pressão enorme em cima da sua mão. O homem loiro estava com dois cristais parecidos com bisturis. Yinkong só pôde ver um traço de luz quando ela sentiu uma dor na sua mão direita. Um quinto do seu polegar tinha sido cortado fora. Devido à sorte, ela recuou automaticamente se desviando dos ataques seguintes. Mesmo assim, sua mão direita já estava encharcada em sangue.

“Doutor Lobo Arot… Você já não estava morto? O clã assassino da Europa não teria deixado você sair impune… Por que você ainda está vivo?” – Yinkong nem olhou para sua mão. Seus olhos perderam o foco, ela tinha entrado no primeiro estágio enquanto falava. Mesmo que sua vida não estivesse em risco, a pressão exercida por Arot era imensa, como se ela fosse ser cortada ao meio no próximo momento.

O estado mental de Arot estava ficando pior. Ele lambeu o sangue no bisturi e com uma puxada da sua mão, ele cortou um pedaço da sua língua. Ele gritou: “Sangue virgem! Pele, veias, músculos, órgãos, cérebros… Cortar todos eles! Hahaha!”

A mulher ao lado do monge que estava com seus olhos fechados o tempo inteiro, se virou para o loiro e contorceu seu rosto: “Líder, ele está ficando louco de novo. Eu não consigo mais segurar… Se continuar assim, ele vai matar tudo que estiver na sua frente..”

O monge olhou para o primeiro andar e disse: “Então deixe. Nós podemos ver quão forte o Time China é. Se ele conseguir matar todos lá, então nós iremos nos juntar a caçada e massacrar todos eles…”

Arot continuava gritando, seu sangue estava tremendo como um organismo. Yinkong tentava achar algum ponto fraco, mas toda vez que ela se mexia, ele mudava sua posição. Forçando ela a ficar parada. O corpo de Arot começou a crescer devagar, rasgando suas roupas. O pelo do seu corpo começou a crescer até se transformar em um lobisomem. Suas unhas eram bisturis de cristão invés de garras.

O lobisomem levantou sua cabeça para o céu e uivou. De repente, sangue espirrou da sua garganta, uma faca de arremesso estava presa nele. Infelizmente, a potência do lançamento só foi o suficiente para penetrar uma pequena parte dela. Arot puxou a faca e a amassou com sua mão, transformando-a em um metal no formato de uma bola. Durante um tempo, as outras pessoas só podiam ouvir o som de metal batendo em metal.

Lan rapidamente pegou uma granada de fumaça. Ela tinha trocado uma antes de entrar no filme e nunca teve a oportunidade de usar. Quando ela estava prestes a puxar o pino, Tengyi colocou sua arma na cabeça dela.

Lan gritou surpresa e com raiva: “Qi… Qi Tengyi! Você ficou louco!? Você acha que eles vão deixar você viver se você me matar!? Impossível! Eles só vão matar… Tengyi?”

O rosto de Tengyi estava contorcido em dor. Todo seu corpo se tremia, mas a arma ainda estava apontada na direção dela.

A mulher com olhos fechados disse: “A garota do clã dos assassinos passou por treinos mentais, eu não consigo controlar ela. A mulher parece ter melhorado sua capacidade mental… Então eu só consigo controlar aquele do lado dela…”

O monge deu uma risada leve: “Não, você fez um bom trabalho, Shanaia. Mate os quatro. O que foi para o porão já deve ter se tornado carne amassada agora. A força de Minima só é menor que de Ariot… Time China é só isso, nós podemos…”

Antes que ele terminasse de falar, eles ouviram um impacto imenso e um grito vindo do porão. Vários segundos depois, duas pessoas pularam para o primeiro andar. O rosto de Zhang estava cheio de sangue, seus músculos estavam enormes e sua mão estava segurando o pescoço do gigante. Os dois continuaram a lutar no chão até que eles ouviram o som de ossos sendo quebrados. O corpo de Minima perdeu toda sua força. Os olhos de Zheng estavam vermelho sangue. Ele estava mordendo o ombro do gigante enquanto sua outra mão estava segurando a faca perto do pescoço dele.

“Eu sei que vocês tem um médico no seu time. Vocês puderam recuperar o braço dele mesmo depois de cortado fora. Eu só quebrei seu pescoço… Ele ainda está vivo, mas não vai durar por muito tempo. Solte Tengyi, deixem eles saírem do museu ou nós iremos ter perdas iguais!”

O homem magro com a espada curvada começou a se mover em direção à Zheng, mas o monge rapidamente disse: “Pare, Charcoal! Minima ainda está vivo!”

Charcoal hesitou, mas parou. O monge andou pela beirada do segundo andar como se pudesse flutuar. Para surpresa de todos, ele desceu devagar pelo ar.

Zheng já tinha entrado no segundo estágio.

………………….

Quando eles estavam no porão, devido a falta de luz, ele não recebeu muitos danos. Mesmo que os golpes do gigante fossem extremamente fortes, especialmente a mão com as garras, que podia transformar uma parede de pedras em poeira. Mas além do poder, seus sentidos, visão e controle sobre sua força eram extremamente fracos. Enquanto estavam dentro do porão, só alguns murros passaram perto de Zheng, a maioria o errou drasticamente.

Zheng não se aproximava de Minima despreparado. Ele atacava com sua faca pelos lados. Depois de alguns cortes, o corpo gigante estava cheio de marcas e todo ensanguentado. Vários tendões tinham sido cortados. Se não fosse pelo medo da força imensa dele, Zheng já teria colocado sua faca dentro do coração dele.

Minima não era um idiota. Depois de vários cortes ele sabia que iria morrer se continuasse assim. Incapaz de acertar seu alvo enquanto recebia cortes pouco a pouco. A amarga sensação fez ele gritar com ódio. Ele ignorou tudo e correu para cima de Zheng, deixando a faca entrar em seu estômago e cortar metade do seu intestino. Mas ao mesmo tempo, ele segurou Zheng e o fechou em um abraço.

“Continue correndo! Seu macaco chinês! Corra! Você acha mesmo que você é um macaco? Me deixe transformar você em papa! Fracote que só sabe correr!” – Ele gritou e apertou seu abraço com mais força. Ele podia ouvir os sons de ossos sendo fraturados de Zheng.

“Aah!”

Zheng também começou a gritar como um louco. A sensação de quase morte caiu sobre ele. Essa era a primeira vez que ele sentia algo assim desde que entrou nesse filme. O poder originado dos braços de Minima era tão forte que mesmo ativando seu Ki não ajudava. Se ele continuasse assim, ele não iria durar mais que dez segundos antes de ser esmagado.

‘Eu não posso morrer! Depois de passar por tantas coisas… Como eu posso morrer aqui!?’

Zheng abriu sua boca e mordeu o ombro do gigante. O gosto de sangue desceu pela sua garganta. Ele sentiu uma sede de sangue e uma violência monstruosa dentro dele. Sua trava genética finalmente foi liberada nesse momento crucial e ele entrou no segundo estágio. Seus músculos começaram a entrar em convulsão, dois segundos depois ele estava cerca de duas vezes maior que o normal. Essa era a forma do segundo estágio, a habilidade de controlar seu corpo pela vontade e liberar todo seu potencial!

“Vá para o inferno, seu macaco maldito!” – Minima ainda estava gritando, mas antes que ele pudesse terminar, uma pressão tremenda atingiu seus braços e o derrubou contra a parede.

“Você é uma merda de um macaco!”

Os olhos de Zheng estavam vermelho sangue. Por alguma razão, ele queria beber sangue. Assim que ele derrubou Minima, ele pulou em cima dele. Vários instintos de combate apareceram na cabeça de Zheng durante a liberação genética. Quando suas mãos bateram contra as mãos do gigante, ele chutou o chão e pulou para trás de Minima, o que dobrou os braços dele e *Páh!*! Os braços dele foram quebrados.

Minima gritou, mas Zheng o derrubou no chão e quebrou ambas as pernas dele. Ainda não tinha terminado, Zheng segurou ele e pulou para o primeiro andar, finalmente tendo controle sobre a vida de Minima.

……………………..

O monge estava parado dez metros de distância. Ele olhou para Zheng e disse: “O segundo estágio da liberação genética? Então você é o líder do Time China? Shanaia… Faça o homem falar a missão deles.”

O corpo de Tengyi continuou a tremer e uma voz forçada saiu de sua boca: “Eliminar Imhotep!”

O monge tocou sua testa com seu dedo indicador e disse: “Eliminar Imhotep? Bom… Eu pensava que a missão de vocês era matar Anck-Su-Namun. Então… o Livro dos Mortos está com vocês? E vocês usaram o livro. Esse é o motivo por vocês terem recusado a trégua. Salvar os personagens é uma forma de conseguir achar o Livro de Amun-Ra. É uma pena que vocês descobriram sobre o segredo desses dois livros, então nós não podemos continuar em paz. Mas como vocês já sabem…”

Zheng estava surpreso, ele perguntou sem pensar: “Os segredos dos dois livros? Que segredos?”

“Deus irá colocar alguns itens dentro dos filmes. Esses itens não podem ser trocados com Deus, como as magias que os dois livros possuem. Especialmente o Livro de Amun-Ra. Mesmo que cada time só tenha uma oportunidade de ter eles… Lembre-se, essa é uma regra geral para qualquer batalha entre dois times. Se ambos tiverem o mesmo poder de combate, então eles trocam informações, como sobreviver um filme específico ou como fugir quando o roteiro muda. Nós encontramos um time que tinha passado por esse filme, então nós também sabemos sobre o segredo desses dois livros… Mas se os dois não tiverem o mesmo poder de combate… Shainaia!”

O monge gritou e abriu seus braços. Uma serpente gigante de quase um metro de diâmetro e dez metros de comprimento apareceu atrás dele. Ela tinha duas cabeças com cores diferentes. Quando a serpente apareceu, Tengyi caiu no chão como se tivesse desmaiado. Ao mesmo tempo, Zheng sentiu uma força tentando controlar seu corpo. Ele soltou Minima e uma das cabeças da serpente foi para cima dele com a boca aberta.

Ela era tão imensa que parecia conseguir engolir Zheng inteiro.

A única coisa que sobrou na mente de Zheng era a vontade de sobreviver. Tudo ficou em câmera lenta. Tengyi tentando se levantar do chão, Lan correndo para ele em pânico, papéis e lascas de madeira caindo devagar e a cabeça da serpente se aproximando dele. Ele podia sentir o cheiro de sangue da boca dela.

Se o segundo estágio da liberação genética dá controle absoluto sobre o corpo, o sistema nervoso também está incluso? Quando você consegue controlar os potenciais do sistema nervoso, então sua velocidade de reação…

Todo o corpo de Zheng estava tremendo mais rápido que uma convulsão. Por causa da velocidade, os outros só conseguiam definir a forma do seu corpo, mas seu rosto e roupas estavam embaçados. Assim que a serpente estava prestes a morder ele, Shainaia gritou: “Aah!… Eu não consigo mais segurar ele com a Corrente Psíquica!”

Assim que ela terminou de falar, Zheng apareceu no lado da cabeça da serpente, quase o acertando. Ele deu um murro com seu anel nela. Quando o campo de força do anel atingiu a serpente, pareceu fogo em contato com neve. Um buraco enorme apareceu na cabeça da serpente. Metade dela tinha se tornado pó. Então Zheng chutou ela e usou a força de propulsão para se mover em direção à Tengyi.

“Me dê uma granada!”

Para Tengyi suas palavras não faziam sentido devido sua velocidade monstruosa. Zheng se aproximou em um piscar de olhos e pegou uma granada no cinto de Tengyi. Ele puxou o pino dela e a jogou em cima do monge. Uma fumaça espessa branca começou a encher o museu.

“Ok, todos! Saiam do museu agora!… Merda! O que vocês estão esperando!? Vão!” – Zheng se virou para O’Connell e viu que ele estava parado em pé como um idiota. O’Connell e os outros personagens voltaram a realidade depois do grito e correram para a saída.

“Lan, vá com eles, não deixe eles se separarem… Tengyi, se apresse, me ajude a ler essa magia. Tinha várias coisas boas no porão… Tengyi?”

Zheng tirou alguns pedaços quebrados de uma múmia e um jarro de areia. Então pegou o Livro dos Mortos. Mas Tengyi estava parado sem nenhuma reação, somente depois de alguns segundos depois, ele desmaiou. Então Zheng e Lan perceberam que uma agulha estava cravada em seu coração.

O rosto de Zheng ficou vermelho de raiva. Ele segurou Tengyi, mas ele não conseguia tirar a agulha do seu peito… Julgando pela sua posição e profundidade, assim que ele tirasse a agulha, Tengyi iria perder sua vida…

“Zheng, me dê o livro. Haha, minha visão está começando a ficar embaçada.” – Tengyi murmurou. Sangue saia pela sua boca com cada palavra que ele dizia.

Zheng apertou ele: “Não se preocupe, você está bem. Zero e Yinkong são bons em lidar com ferimentos. Você vai ficar bem…”

“Porra! Eu disse pra você me dar o livro!” – Tengyi gritou, o que fez ele vomitar mais sangue. Sua roupa já estava ficando encharcada com sangue.

Zheng abriu o livro na página da magia. Tengyi tocou os símbolos com seus dedos trêmulos e pronunciou cada um deles. Zheng só pôde se concentrar em se lembrar de cada palavra. Cinco segundos depois, Tengyi tinha terminado de ler. O monge ainda não tinha saído da fumaça. Talvez eles não fossem bons em combate corpo-a-corpo, mesmo que Zheng sentisse que o monge tivesse voltado para o segundo andar.

“Eu só sou um ladrão de túmulos. Essas relíquias antigas e a cultura do nosso país, a cultura mais magnífica que qualquer outra. Eu só queria trazer de volta essa cultura para o mundo… Eles mentiram para mim e venderam as relíquias para outros países. Eu não sou a merda de um traidor…”

A voz de Tengyi foi ficando cada vez mais fraca. Depois das suas últimas palavras, ele ficou deitado parado. Sangue parou de sair do seu peito e a agulha saiu dele se transformando em fumaça.

“Guardiões da morte. Ouçam o meu chamado…”

Zheng colocou o corpo de Tengyi no chão. Ele segurou o Livro dos Mortos e começou a recitar as magias. Quando sua energia sanguínea foi sugada, os pedaços da múmia e a areia se uniram e começaram a crescer. Poucos segundos depois, quatro esqueletos com espadas e escudos apareceram na sua frente. Zheng apontou para a fumaça e eles pularam com uma velocidade incrível.

“Lan, leve Tengyi para fora. Lembre-se de não deixar os personagens se separarem…” – Zheng respirou fundo e segurou sua faca.

Lan queria dizer alguma coisa, mas quando ela viu o rosto de Zheng, ela pegou o corpo de Tengyi e correu para fora. Quando ela saiu do museu, o uivo de um lobo soou do outro lado da sala.

Um lobisomem de três metros estava em pé. Sua mão estava segurando Yinkong. Todo o corpo dela estava cheio de cortes e parte do seu ombro tinha sido arrancada por uma mordida. O braço esquerdo dela estava balançando no ar sem nenhuma força, mas ela ainda estava viva. Ela olhou para Zheng com um olhar febril e nebuloso.

O lobisomem uivou de novo e jogou Yinkong em Zheng. Quando Zheng pegou ela, o lobisomem já estava correndo em sua direção. Os bisturis em suas garras já estavam quase entrando no corpo de Yinkong. Zheng não teve escolha a não ser se virar e receber os bisturis em suas costas para proteger ela. Os bisturis entraram no seu corpo e o lobisomem continuou a empurrar Zheng até ele atravessar a parede para fora do museu.

Com sua garra dentro das costas de Zheng, ele uivou e levantou Zheng. Sua outra garra estava se movendo na direção do pescoço dele. Mas Zheng não podia fazer nada agora. Quando ele viu que o monge e os outros membros do Time Índia tinham andado para fora da fumaça, desespero começou a encher seu coração.

*Páh!*

Uma bala atravessou o lobisomem com uma força aterrorizadora, penetrando seu pulmão direito e o derrubando no chão. A bala destruiu a parede e o chão do museu. Esse tiro veio do Gauss rifle…

Contribua com a Novel Mania!