TI: Volume 3 Capítulo 1-2

Volume 3: Capítulo 1-2

Gritos seguiram os tiros tanto embaixo quanto em cima deles. Os novatos correram para fora da casa em direção a estrada gritando. Os seis novatos junto com o grupo congelaram. Então Xuan se levantou.

“Eu assisti à esse filme. O número de pessoas não ajuda na probabilidade de sobrevivência. Mesmo que você escape para outro país, mesmo que tenha dezenas de pessoas protegendo você, você ainda vai ser morto… Eu vou abandonar esse time, se nós pudermos sobreviver para nos vermos de novo… Jie, a comida de Nana estava deliciosa.”

Xuan e Arnold pegaram suas mochilas e desceram.

Zheng olhava para ele saindo em silêncio: “Vocês podem perguntar para gente o que quiser. Lan, você recebeu o bônus de 100 pontos?”

Lan assentiu, ela estava se lembrando de como Zheng era na primeira vez que ela viu ele. Esse homem tinha mudado tanto em dois filmes, ele tinha ganhado as habilidades de um líder.

“Então nós vamos sair desse lugar.” – Zheng sorriu amargamente: “Esse lugar não é… seguro.”

Todo mundo concordou. Os três jovens fugiram em pânico. A mulher os seguiu. Mas o homem e o garoto andaram calmamente.

Jie e Zero ficaram por último. Eles podiam ver que esses dois tinham algum talento ou, pelo menos, potencial. Depois que Xuan saiu, eles estavam desesperado por alguém com sabedoria. Mesmo que Lan pudesse preencher essa posição, ela era incomparável com Xuan.

Zheng checou o ambiente enquanto segurava a arma. Então ele percebeu Lan olhando para ele: “Pelo que você está esperando? Se apresse e vá dar cobertura para nossa retirada.”

Lan ficou vermelha: “Você não precisa estar tão nervoso. Sempre tem algum tipo de sequência nesse tipo de filme. Nós estaremos seguros por um ou dois dias. Essas coisas só vão atacar a gente quando não estivermos prestando atenção… Você descobriu alguma coisa?”

“Se eu te contasse que posso ver… Não, posso sentir essas coisas, você acreditaria em mim? Eu sinto que o ar está cheio de escuridão e está preso nos nossos corpos. Isso é provavelmente a marca do ‘Ju on’… Ela vai achar a gente usando essa marca!”

Lan imediatamente começou a tocar nela enquanto gritava: “Está limpo? Está limpo?” – Isso fez Jie correr para perto deles.

Quando ela viu Jie, ela parou, empurrou Jie para longe e desceu as escadas correndo.

“Mulheres são assustadoras, hm?”

“É, verdade.”

Todos eles saíram da casa assim que possível. Zheng soltou um suspiro de alivio, uma vez do lado de fora. Aquela casa fazia ele ficar muito tenso, ele quase não conseguia respirar. Essa sensação de perigo estava além de tudo que ele experienciou em Alien. A pior parte era que ele não conseguia ver o fantasma.

Zheng achou seis novatos no lado de fora, o homem de rosto vermelho e aqueles que seguiram ele sumiram. Até Xuan tinha sumido.

“É 10 da manhã, então primeiro temos que achar um local para discutirmos como vamos sobreviver nesses sete dias. Se não tivermos nenhum problema…”

Quando Zheng colocou a arma de volta no anel. Ele notou que todo mundo estava olhando para casa atrás dele em choque. Ele podia ver medo nos olhos deles.

Zheng se virou  e viu uma mulher com uma roupa branca na janela do segundo andar encarando ele com seu par de olhos negros. Zheng não podia explicar como ele se sentia, se era frio, morte, horror ou ódio atrás daqueles olhos.

Quando ele se recuperou do trauma, ele pegou sua arma de novo e atirou na janela. Mas as balas só quebraram os vidros, a mulher já tinha sumido.

Jie e Zero seguraram ele e gritaram: “Zheng! Calma, nós já estamos a salvos! Rápido, se não a policia japonesa vai vim para cá!”

Eles puxaram Zheng para longe. Ele sentia febre e não conseguia ficar em pé por si só. Quando a casa estava saindo do seu campo de visão, Zheng deu uma última olhada e a mulher estava lá de novo.

“Você já se acalmou?”

Zero deu para ele uma lata de refrigerante e Zheng forçou um sorriso: “Obrigado por aquilo… Parece que eu me tornei um peso morto.”

Eles estavam sentados em um parque. Zero tinha saído quando eles levaram Zheng e trouxe de volta refrigerantes e comidas. Mesmo que as rações que trocaram não custassem muito, eles queriam guardar elas até que fosse necessário.

Zheng bebeu e se sentiu melhor. Lan disse: “Você está bem? Eu disse para eles que você consegue sentir a maldição. Você é o único entre nós que pode sentir isso, então vamos ter que depender de você.”

“Essa sensação é agonizante. Se continuar assim, eu provavelmente vou enlouquecer antes que o fantasma me pegue.”

O garoto disse friamente: “Você não está calmo o suficiente. Quando você encontrar coisas inexplicáveis, a primeira coisa não é entrar em pânico, mas tentar entendê-los… Mesmo que você tenha tantos poderes, você só é um fracote.”

Ele disso isso sem levantar a cabeça. Sua voz parecia à de uma garota e sua pele era mais macia que a de Lan. Mas ele estava lendo o livro o tempo inteiro, então ninguém olhou bem para seu rosto.

Zheng estava surpreso: “É, eu não estou calmo o suficiente… Então vamos nos apresentar. Você viu a coisa lá atrás, então você acredita em nós agora, certo? Mesmo que isso pareça loucura, mas nós estamos em outro mundo… Eu começo. Meu nome é Zheng Zha, o líder temporário desse time.”

Esse foi o resultado que os quatros inventaram. Eles não podiam aceitar o que Xuan fez, até Zero se uniu ao time deles. Mas Zheng só pensava em si mesmo como um líder temporário, já que ninguém sabia quem iria morrer.

Jie tirou um pacote de cigarros e deu um para Zheng e outro para Zero: “Meu nome é Zhang Jie, eu posso ser contado como um soldado.”

Lan riu: “Eu sou Zhan Lan, uma auxiliar, não muito boa em combate, mas eu posso prestar os primeiros socorros e ajudar na análise de algumas situações.” [PE: Faz nada :v]

“Zero, Sniper.”

Os três jovens se olharam: “Lu Renjia, eu ainda sou um estudante.”

“Xiao Binyi, desempregado.”

“Qun ZhongDing, universitário.”

A mulher gemeu: “Ming Yanwei, Gerente de RH, mas Japão hm… Eu sempre quis viajar pelo Japão. Não esperava que iria realizar meu desejo antes de morrer.”

Das duas pessoas que sobraram, o homem que tinha olhado a casa disse: “Qi Tengyi, Eu sou um otaku… Estou brincando, eu sou um arqueologista… atraído por tumbas. Eu quero me juntar ao seu time.”

Zheng sorriu, um arqueologista é algo que eles precisavam. Ele poderia ser útil em muitos filmes.

O garoto abaixou seu livro e todo mundo olhou para ele. Eles perceberam que era uma garota! Ela devia ter quase 15 anos e seus olhos eram parecidos com o de Xuan.

“Zhao Yinkong, assassina…” – Sua voz era fria. Ela voltou a ler o livro. Zheng, Jie e Lan se viraram para Zero.

“Zheng, você é o líder, então nós precisamos que você nos explique nossos planos. Assassinos são bons, esse time precisa de todo tipo de talento.”

Zheng assentiu, ele estava preocupado se teria algum conflito entre Zero e Yinkong, mas parece que eles não se conheciam. Parece que os assassinos não se comunicam entre si.

“Eu acho que precisamos de dinheiro japonês. Nós temos que viver aqui durante sete dias, a não ser que vocês todos queiram ficar nas ruas.”

Zheng riu e tirou duas barras de ouro do seu anel. Ele deu elas para Zero e disse: “Felizmente eu troquei essas barras com Deus. Zero, você deve ser mais acostumado com o mercado negro do que nós. Troque elas por dinheiro japonês, isso deve ser o suficiente para todos nós. Também compre um mapa local. Incluindo locais de hotéis e templos que estão nessa cidade… Aah! Você sabe falar japonês?”

Yanwei e Tengyi disseram: “Eu sei um pouco.”

Quando Zheng e continuar, Yinkong atrapalhou: “Eu sei japonês… porque você quer saber a localização de templos?”

Zheng sorriu para ela: “Como existe maldições nesse mundo, porque não teria templos que retirassem as maldições? Se a lógica do mundo real não se aplica aqui, então nós temos que pensar usando a lógica desse mundo.”

Ela abaixou seu livro: “Você é bastante interessante, mesmo que você seja um fracote com poderes, mas parece como um líder… Ok, eu vou me juntar à vocês.”

Enquanto Zheng sorria para ela, Lan disse em voz baixa: “Mais outra menor para casa…” [PE: Tentei ser engraçado, tentei ]

Zheng tossiu: “Então está decidido. Zero, tente arranjar algumas armas também, nós temos munição o suficiente. Tente dar uma arma para cada um.”

Zero colocou as barras de ouro no seu bolso e foi embora. O clima estava ensolarado, crianças brincando e pessoas velhas dormindo no parque. Tudo parecia tão pacífico.

Mas quem diria isso com certeza? Esse era um mundo de filme de terror, especialmente um que não podia ser explicado através da ciência, um mundo com fantasmas e maldições!

Zhen olhou para o céu, a luz do sol parecia gelada para ele, então ele se lembrou daquela mulher de branco… Quem sabia quantos deles conseguiriam voltar dessa vez.

Contribua com a Novel Mania!