TI: Volume 2 Capítulo 8-2

Volume 2: Capítulo 8-2

Zheng não deixou que Jie carregasse ele na ultima parte do caminho. Eles não estavam tão longe, Zheng queria ter a oportunidade de alongar e esquentar o corpo. Mesmo que cada movimento no seu braço direito fizesse com que ele sentisse bastante dor. Ele teve que amarrar o braço junto à seu corpo. Ele sentiu bastante dor enquanto fazia isso, suor estava caindo como chuva. Qualquer um podia ver que ele estava sofrendo bastante. O coração de Lan apertava quando ela olhava para ele. Lan só podia segurar sua mão esquerda e foi quando ela percebeu que Zheng não podia mexer ela direito devido a dor que ele estava sentindo.

Zheng estava desmanchando em suor depois de amarrar seu braço. Ele tentou andar e forçou um sorriso: “Isso é bom o bastante, meu braço não vai ser mais um problema agora. Vamos indo, nós temos que acelerar.”

Lan estava segurando sua mão. Ela hesitou e disse: “Nós podemos… nós podemos não ir e voltar para a sala de controle? Eu sei como fechar a porta. Nós podemos ficar lá até que a nave chegue à Terra, então podemos deixar os exércitos matarem os aliens. Nós não precisamos nos arriscar, principalmente você que já…”

Zheng estava surpreso, então ele tirou a mão do aperto dela sem ela perceber e apontou para o chão. “Veja, não tem vários buracos nele? Esses vieram do sangue dos aliens, eles são inteligentes. Quando eles se sentirem em perigo, eles vão ferir a si mesmo para atravessar as paredes. Essa foi a forma que esses aliens escaparam.”

“Se nós formos bloquear eles até que cheguemos na Terra, eles certamente vão atravessar aquelas paredes quando estiverem com fome. Enquanto isso, eles se multiplicarão. Se lembra daquelas quatro pessoas que ele levaram para depois da sala 15? Então nós temos que matar a Rainha antes que os outros aliens nasçam. Essa é nossa única chance de sobrevivência. Se não, Xuan não teria arriscado ir para o arsenal. Ele sabe que essa é nossa única chance.”

Zheng riu e passou a mão no seu cabelo: “Só siga a gente. Pode relaxar nós não vamos desistir de ninguém. Nós também não vamos colocar nossa esperança na sorte. Eu vou viver não importa o que!”

Devido a determinação de Zheng os outros dois seguiram ele em direção ao arsenal. O barulho de tiro estava ficando cada vez mais claro e intenso. Zheng ficou tenso. Ele correndo parecia mancar devido ao seu braço amarrado, mas ele se adaptou depois de um tempo.

“Jie, pegue a barra mais longa. Eu não sei se consigo matar eles de primeira com a granada. Se eu não matar eles, você vai ficar na frente e manterá os aliens longe com ela. Eu vou te proteger caso eles usem a língua ou a calda. Mas você terá que manter eles longe, não deixe que eles cheguem perto. Com minhas condições atuais, eu só posso jogar essas lanças e defender o ataque deles. Eu não posso entrar em combate pessoal. Jie, não importa o que aconteça, você não pode perder.”

Então Zheng pegou as barras de Lan. Eles estavam na última interseção antes do arsenal. Depois da dobra, eles iriam ver ou dois aliens ou pedaços de carne humana.

‘Os tiros ainda estavam intensos. Xuan provavelmente ouviu a explosão de antes. Em outras palavras, eles vão manter a atenção dos aliens para eles. Dois aliens na terceira fase… O primeiro lançamento tem que acertar não importar como! Se não estaremos todos mortos. Eu não posso morrer! Eu vou viver!’ – Zheng pensou.

Zheng respirou fundo e correu. A velocidade deixou os outros dois impressionados. Ele não diminuiu a velocidade e correu direto para a parede.

O ar começou a ficar mais denso. Zheng estava se acostumando com esse ambiente e seu corpo estava no limite. Mas sua trava genética ainda estava lá. Ele podia usar todas as suas habilidades físicas, visão, velocidade de reação, flexibilidade, mas aqueles instintos de combate e a trava só iriam aparecer quando ele estive encarando a morte. Ele ainda não podia controlar eles.

Zheng usou toda sua velocidade e correu para a parede. No momento que ele pisou na parede, ele podia ver as costas de um alien na porta do arsenal. A metade do seu corpo já estava dentro da sala.

Enquanto ele estava no meio do pulo, ele puxou o pino da granada com a boca e jogou a barra de ferro. Por ele ter usado o braço esquerdo, esse lançamento não se comparava com os outros, tanto em força quanto em mira. Ele mirou no peito do alien, mas acabou acertando um pouco abaixo da cintura. [PE: ‘-‘ Deu dó] O alien saiu do arsenal e se virou, mas quando ele olhou para Zheng, a granada explodiu!

A granada estava dentro do corpo do alien. A explosão destruiu toda sua cintura. Seus órgãos internos e um sangue amarelo foram espalhados por todo o corredor. [PE: Que eu me lembre, era para ser verde. Maas, blz] Todo local onde o sangue bateu começou a ser corroído pelo acido. Então uma fumaça branca encheu o ambiente. Zheng podia ver uma sombra caída no chão.

“Ele está morto?”

Zheng rolou no chão quando ele caiu. Ele ignorou a dor que ele sentiu em seu braço direito. Ele focou sua atenção na sombra no chão. Já estava com outra barra em sua mão quando a sombra pulou do chão e correu em sua direção. O alien era muito rápido, Zheng não conseguiu lançar a barra em tempo. O alien com um buraco na cintura saiu da fumaça e pulou em Zheng.

Quando ele ia furar a cabeça do alien, um mão o puxou para trás. Jie pulou para frente e enfiou na boca do alien quando a língua estava saindo dela. Ela furou o ombro de Jie.

Por um momento, sangue se espalhou por todo lugar, isso pintou o mundo de Zheng em vermelho.

Contribua com a Novel Mania!