TI: Volume 1 Capítulo 1-1

Volume 1 – Capítulo 1-1

Zheng Zha sempre se sentia morto na realidade. Ir trabalhar, voltar para casa, fazer as mesmas refeições, ir dormir e acordar. Ele não sabia onde o sentido de sua vida estava. Com certeza não estava na cara gorda de seu supervisor, também não estava no corpo da mulher que ele conheceu no bar e não estava na floresta de concreto e ferro – A cidade moderna.

Zheng sentia que ele estava apodrecendo. Toda essa sensação começou  aos 24 anos de idade e iria durar até o final da sua vida. Ele morreria e se tornaria uma parte da Terra deixando seu nome para trás. Não, nem mesmo o seu nome, desde que ninguém iria se lembrar dele. Ninguém se lembraria de mais um empregado sem importância. Quer ele tenha vivido como uma boa pessoa ou só fingindo ser uma. Ele só era um pequeno pedaço desse mundo.

Ele queria mudar alguma coisa. Ele queria ter um motivo de vida.

“Quer saber o sentido da vida? Quer viver… uma vida de verdade?”

Quando ele ligou o computador do seu trabalho, uma mensagem apareceu. Obviamente algum hacker iniciante procurando atenção. Ela iria forçar você a baixar um vírus, dependendo da opção que você escolhesse. Zheng riu disso e estava preste a fechar ela, mas seu coração parou quando sua mão tocou no mouse.

“Quer saber o sentido da vida? Quer viver… uma vida de verdade?”

Zheng se sentiu um pouco perdido. Uma força indescritível atraiu ele para clicar no botão “SIM”. Ele fez sua escolha e desmaiou…


Frio. Vibrações…

No momento em que ele acordou, Zheng deu um salto.  Olhou em volta em pânico. A visão nublada de seu escritório e sua visão atual fizeram sua cabeça rodar em confusão, mas depois de alguns segundos, ele já tinha se recuperado da confusão.

“Nada mal, você tem a melhor qualidade desse grupo.” – Uma voz fria falou.

Zheng virou sua cabeça e viu um homem de cabelo preto olhando debochadamente para ele. Ele parecia ter uns 24 ou 25 anos, um rosto bastante comum, mas algumas cicatrizes nela faziam-no parecer bastante assustador.

O homem segurava um cigarro em sua mão, fumando devagar. Ele olhou para trás de Zheng. Só então Zheng percebeu que cinco pessoas estavam deitadas perto dele. Três homens e duas mulheres. Além disso, havia cerca de dez estrangeiros nesse quarto isolado.

O quarto era um compartimento de um trem e ele estava se movendo em uma velocidade alarmante. Os sentimentos de frio e das vibrações eram gerados por esse trem.

“Onde nós estamos? Quem é você? Por que estou aqui?” – Zheng perguntou para essas pessoas. Devido à presença dos estrangeiros, ele repetiu em inglês.

Os estrangeiros olharam para Zheng no instante em que ele virou sua cabeça para olhar eles. Só o homem de cabelo preto disse: “Pense com clareza, tudo deve ter sido inserido em sua cabeça”.

Pensar com clareza? Zheng tentou se lembrar de tudo. Ele só conseguiu se lembrar de quando ele viu aquela mensagem “Quer saber o sentido da vida? Quer viver… uma vida de verdade?” e ele clicou “SIM”, antes de ficar inconsciente.

Calma… Zheng sentiu que estava se lembrando de alguma coisa relacionada com sobrevivência e vida.

Isso era um jogo. Quem quer que tenha criado esse jogo não foi mencionado. Talvez tenha sido Deus, talvez o Diabo, talvez os aliens ou seres humanos do futuro. Agora ele tinha se tornado um jogador desse jogo e talvez parte dele.

Um jogo que juntou ele e outros que estavam perdidos na vida, mas ainda estavam por se tornar loucas. Quando eles escolheram “SIM” na mensagem, eles seriam transportados para várias cenas ou filmes de terror. [PE: O ‘terror’ aqui é o mesmo que ‘horror’. Então filmes de ficção científica como Tropas estrelares, Guerra nas estrelas e outros também estão inclusos.]

“É Resident Evil 1 dessa vez. A sorte de vocês não é tão ruim, novatos. Entrando em um filme de terror tão fácil pela primeira vez. Mesmo quando vocês morrerem, será uma morte leve.” – O homem de cabelo negro pegou o cigarro e amassou em sua mão.

“Você está dizendo que só nossa consciência entrou no computador? Como em livros? [PE: Seria “novel” no lugar de “livros”, mas prefiro assim] E quando a gente completar esse jogo, nossa consciência voltará para nossos corpos?” – Um cara acima do peso, perto de Zheng, falou.

O homem de cabelo preto tirou uma arma, uma Desert Eagle. Enquanto ele girava ela na mão, disse: “Eu não sei se é a consciência ou não, mas você irá sentir dor, você irá se machucar e você irá morrer. E você está errado, quando terminarmos esse filme, vamos ir para o próximo. Talvez você tenha assistido a esse filme, talvez não. Toda vez, Deus irá trazer novos membros para substituir aqueles que morreram no filme anterior. Todo filme consiste de sete à vinte pessoas. Em outras palavras, esse é um filme fácil, nós só temos sete pessoas aqui.”

O homem acima do peso disse com sarcasmo: “Como você sabe que aqueles que morreram não voltaram para o corpo deles? Talvez eles quisessem morrer.”

O homem de cabelo preto levantou a cabeça de repente, e como ele tivesse se transformado em uma pantera, dobrou os joelhos e, em menos de um segundo, estava em cima do homem gordo. Sua arma estava enfiada na boca dele.

“Então você gostaria de tentar e morrer!? Você pode imaginar esse terror inacabável!? Eu vivi por três filmes. O primeiro foi A Hora do Pesadelo [PE: Se não souber, é do Freddy Krueger. Dá uma olhada, vale à pena… e.e]. Quinze novatos e dois sobreviventes. Mas você quer saber como foi o final!? Todos eles morreram nos seus sonhos. Eu e outra pessoa fomos os únicos sobreviventes. Você quer saber como é se sentir sendo torturado em um sonho estúpido!? Imagine tudo em volta de você se tornando carne apodrecida! Você assistindo um par de tesouras cortando cada parte do seu corpo bem devagarinho em uma fábrica nojenta! Você pode imaginar a dor!? Seu pedaço de merda!!! Você quer morrer!?

Ele estava gritando como um homem louco. Era óbvia em seus olhos a vontade de matar o gordo. O homem debaixo dele estava aterrorizado e não conseguia se mexer. E com uma arma na boca, ele não podia nem implorar.

Zheng e as outras quatro pessoas conseguiram separar eles. O homem de cabelo preto andou de volta para seu lugar e disse: “Morrer em um filme de terror é uma morte de verdade. Além disso, quando você for morrer aqui, você poderá ser torturado por demônios e monstros. Então se você não tem a determinação de viver, eu aconselho a se matar agora.”

Uma garota com óculos disse: “Então não tem um jeito de retornamos para nossos corpos?”

O homem de cabelo preto disse com sarcasmo: “Eu venho dizendo que não é sua consciência que veio para dentro do computador. Você acha que humanos tem a tecnologia para criar esse jogo? Não, isso é o trabalho de Deus, nós não somos nada mais que insetos em seus olhos. Nós fomos trazidos aqui para sobreviver só para divertir Ele. Nossos corpos e consciências foram ambos trazidos para cá e não podem ser levados de volta. Pelo menos, eu não acho que conseguiremos voltar.”

A garota de óculos tinha uma presença de calma. Ela pensou por um momento e disse: “Pelo seu tom, parece que ainda tem um jeito de voltarmos?”

O homem de cabelo preto respondeu sorrindo: “A qualidade dos novatos dessa vez não é ruim. Você está certa, ainda existe um jeito.”

Todo mundo olhou para ele. “Toda vez que você termina uma missão, quer dizer, vive durante um filme, você irá obter 1000 pontos. Você pode trocar esses pontos por várias coisas, como o direito de viver durante o filme por 100 dias.”

Um homem de meia idade disse: “Quem gostaria de viver em um filme de horror? Não estaria pedindo para morrer?”

O homem de cabelo preto permaneceu quieto. A garota de óculos que respondeu: “Não, eu acho que entendi o que ele quis dizer. Têm muitos gêneros de filme de horror, ficção científica como Resident Evil, onde tudo pode ser explicado pela ciência. Você só precisa ir para longe de onde os acontecimentos principais estão ocorrendo e o resto do mundo estará normal.”

O homem de cabelo preto estalou os dedos: “Bingo! Você pode sim viver em outra parte desse mundo normalmente por esses dias. Pense sobre isso, depois de passar por várias experiências de vida ou morte, a chance de viver uma vida normal nesse mundo é uma benção.”

O corpo de Zheng tremeu. Ele pensou que ele entendeu um pouco do motivo desse mundo. Sim, a razão que ele estava se sentindo apodrecer era por causa de sua vida ser muito chata. Uma vez que você passar por situações de vida ou morte, então a vida mundana iria se tornar algo que você gostaria de ter.

O homem de cabelo preto continuou: “Além de trocar por tempo, tem muitas outras coisas. Como essa desert eagle com munição infinita. Só me custaram 100 pontos. Você também pode usar os pontos para melhor você, incluindo inteligência, capacidade mental, tempo de reação, vitalidade celular, densidade muscular e imunidade. Em outras palavras, se você sobreviver esse filme, você pode dobrar sua força. Se você viver por 100 filmes, você pode se tornar um super humano.”

A mulher de óculos perguntou calmamente: “Vamos voltar para o ponto principal, quantos pontos temos que ter para voltarmos para o nosso mundo?”

“50.000 pontos.” O homem de cabelo preto pegou outro cigarro. “Se você não usar nenhum ponto, você só precisa passar por cinquenta filmes. Então você poderá voltar.”

De repente, todo mundo ficou quieto. De acordo com esse cara, se você não usar seus pontos é impossível viver por cinquenta filmes.

“Com certeza, 1000 pontos é a recompensa base de todo filme. Você pode fazer missões secundárias nos filmes para ganhar pontos. Como quando eu expliquei tudo para vocês, de acordo com as regras de Deus, explicar para os novatos ganha 100 pontos. Vocês devem ter notado o relógio especial nos seus pulos.” Ele balançou o braço esquerdo. Um relógio preto de metal estava lá.

Todo mundo olhou para seus próprios relógios. Algumas linhas de informações estavam nele. Um cronômetro contando regressivamente 3 horas e 7 minutos. Um contador para zumbis, hunters [PE: caçador ou linguarudo do filme. Quem assistiu sabe :P] e novatos.

“Vocês iram ganhar um ponto para cada dez zumbis que vocês matarem, 100 pontos para cada Hunter e 1000 pontos para cada novato…” Ele olhou para todo mundo com um olhar ameaçador. Só Zheng e a mulher de óculos permaneceram calmos olhando para ele.

“Claro que são 1000 pontos negativos. Beleza, se vocês têm alguma outra pergunta, se apressem e perguntem O filme está preste a começar.”

A mulher de óculos olhou para Zheng e continuou: “Eu tenho mais três perguntas. Eu assisti Resident Evil, no final o T-vírus do laboratório se espalha por Racoon City. E se nós pegarmos um carro e sairmos da cidade, isso não deixaria a gente em segurança?”.

O homem de cabelos negros assentiu e respondeu: “Olhe para seu relógio, tem um nome na parte superior esquerda, leia.”

“One.” Todo mundo falou, então eles notaram que um dos estrangeiros tinha uma aura brilhante sobre ele que se dispersou lentamente.

“Esse é o líder dos mercenários desse filme. Esse filme pertence a uma localização específica. O roteiro só depende do laboratório. Nesse tipo de filme, você não está permitido a sair da área do evento ou se afastar demais dos personagens. Se você ficar mais longe que 90 metros do One, então baang!, não sobrará nada de você. Entendeu? Claro que quando o One morrer então a restrição irá ser movida para outro personagem.” – O homem de cabelo preto respondeu.

Zheng então perguntou: “Quem é deus que você vem mencionando?”

“Deus é a coisa que comanda nossas entradas nos filmes. Ele nos dá os pontos e você pode trocar as coisas com ele. Deus é uma bola de luz. Eu não sei muito bem o que é também.”

A mulher de óculos assentiu e disse: “Uma última questão. Esse número, o que ele significa?” Ela apontou para o cronômetro.

“Esse é o tempo que você tem que ficar nesse filme. Uma vez que ele terminar, você vai ir para onde Deus está e ganhará suas recompensas. Lá vocês também vão esperar pelo próximo filme.”

O trem começou a frear. O homem de cabelo preto pegou sua desert eagle: “Beleza, o filme está começando. Os personagens vão poder ouvir nossa conversa agora. Se lembre, se eles ouvirem algo que não pertença a esse mundo ou sobre o futuro do filme, 10 pontos serão reduzidos por cada sentença. Bom, novatos, tentem seu melhor para sobreviver.”